1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Fabricante espanhola pede indemnização de 50 milhões de euros à Nokia

Discussão em 'Digital Life' iniciada por RavenMaster, 19 de Novembro de 2004. (Respostas: 0; Visualizações: 827)

  1. RavenMaster

    RavenMaster Power Member

    "A fabricante de telemóveis espanhola Vitelcom avançou com um processo judicial contra a Nokia por injúrias e calunias solicitando uma indemnização de 50 milhões de euros à empresa finlandesa. A acção surge em resposta a uma primeira medida judicial supostamente desencadeada pela Nokia, que acusa a fabricante espanhola de usar tecnologias por si patenteadas sem autorização.

    Em declarações à Europa Press, o presidente da empresa espanhola diz ter sido informado pela Nokia, através de uma carta, que a fabricante finlandesa iria avançar com um processo por uso indevido de tecnologia patenteada, mas que nunca lhe foram dados a conhecer pormenores da acusação ou da acção alegada apresentada num tribunal alemão.

    Em defesa, Carlos Carrero garante que os terminais fabricados pela sua empresa e vendidos à Telefónica Móviles (através da marca TSM) utilizam tecnologia não patenteada e sistema operativo próprio.

    Em declarações ao site, o responsável estranha que a Nokia tenha escolhido uma semana em que se reuniram em Espanha todos os quadros de topo da Telefónica para participar num evento organizado pelo grupo, acrescentando que em sua opinião tudo não passa de uma manobra para prejudicar a empresa espanhola nas vendas de Natal.

    Em resposta, a Vitelcom avançou com a acção onde se pede que a Nokia apresente um pedido de desculpas "pelas acusações caluniosas e injuriosas, reconhecendo que as mesmas são incorrectas", ao que se junta o pedido de compensação financeira pelos danos morais causados. "

    link
     

Partilhar esta Página