FF + Primes

Rui Marto

Power Member
  1. O QUE: Corpo FF
  2. POR QUANTO: 1000-2100€ corpo
  3. PARA FAZER O QUE: Retratos, street/viagens e paisagens (por esta ordem)
  4. PARA USAR ONDE: Todo o lado
  5. COMO ÉS: Entusiasta, eventualmente poderei voltar a fazer retratos profissionalmente
  6. JÁ TENS: Nada.
  7. COMO É A TUA "REDE": Samsung Galaxy S9+, Samsung Galaxy S10e e Xiaomi Mi Note 10 Lite. :D
  8. ONDE COMPRAR: Tanto faz

@m4ndr4ke aqui está a minha indecisão:
Sony A7R II - Usada por +- 1000€, grey market 1300€ e nova 1800€
Sony A7R III - Usada por +- 1800€, grey market 1790€ e nova 2600€

O que quero é de facto resolução, gama dinâmica e cores. Entre as duas só me prende a questão de se o AF da III é assim tão melhor. Eu viajo muito (viajava) e em viagem não sei o que me vai aparecer, um mercado inundado em que quero focar só alguém no meio da multidão ou macacos nos templos na Tailândia, Cangurus na Austrália ou outra coisa que se calhar não estou a imaginar.
Se bem que se calhar vai acontecer um par de vezes na vida e se perder a foto ninguém morre.
Depois há pequenas questões de utilização e ergonomia, já li muita coisa sobre decidir entre as duas, mas fico sempre a achar que estão a exagerar quando dizem que a III é significativamente melhor que a II. Mesmo algumas diferenças, como o ecrã ou o carregamento por USB, depois venho a ver que afinal é igual.

As primes que ando a ver para já são:
Sony ZA 35mm 2.8 - ~600€
Sony ZA 55mm 1.8 - ~800€
Sony 85mm 1.8 - ~600€

A lógica diz-me para tentar oferecer 800€ pela A7R II usada e comprar a 35mm + 85mm, deixando a 55mm para depois visto que com 35mm + 42MP tão cedo não devo sentir falta da 55mm.

Houve uma loja em Lisboa que há pouco tempo teve a A7R II nova por 1200€, mas já não fui a tempo.
 
Última edição:

m4ndr4ke

Power Member
Visto que não conheço as duas câmaras ao pormenor, estava a ler um pouco sobre elas antes de responder.

Como já é habitual, olho sobretudo para fotografia e não vídeo.

Vou ser-te franco, acho que o que mais me perturba na A7R II é mesmo o EVF de 2,3M. Se for o mesmo que usam nas a6xxx e nas A7, eu não posso com aquele EVF, detesto a imagem dele, e ele foi uma das coisas que me fez não chegar a mirrorless mais cedo.

A minha opinião nos últimos tempos tem mudado um pouco do tradicional "as lentes são o mais importante" para um "as lentes importam, mas o corpo é o factor determinante" muito por causa de todas as funcionalidades que têm sido desenvolvidas nas câmaras mirrorless. EYE AF com tracking, simulação de exposição, IBIS, informações visíveis no EVF (como o histograma)... são coisas que não são dependentes da lente mas influenciam muito a nossa eficácia enquanto fotógrafos, pois acertamos mais com menos disparos.

Dito isto, se tiveres oportunidade de experimentar alguma câmara com o EVF de 2,3M, nem que seja numa loja, o meu conselho é que faças isso primeiro. Esses EVF's estão em muitas mirrorless, como sabes, desde Fuji a Sony, às Canon abaixo da R. Tenho ideia que é a Sony que os fabrica para todas as marcas.
Por outro lado, se já souberes que o EVF não é um incómodo, ou se achares que não o vais usar muito (parece-me ser uma tendência em crescimento), então acho que as grandes diferenças entre as duas câmaras estão sobretudo na rapidez e bateria. E quanto a isso...não estou a ver desporto nem vida selvagem na tua lista, e baterias resolve-se (na pior) com um grip.

Se isto fosse para mim, a montar o sistema de raíz, não considerando o material Canon que tenho, o obstáculo na A7R II seria o EVF, a menos que exista alguma outra coisa muito óbvia na III que não esteja na II.

Dupla slot de cartões, ergonomia...acho que isso é uma questão de gosto pessoal.

Como digo, por mim era a questão do EVF. Se para ti isso não for obstáculo, então acho que está dada a minha resposta :P
 

Rui Marto

Power Member
Obrigado :D Sim, o vídeo pouco me interessa... :p

Quanto ao desporto e vida selvagem, epah, pode acontecer tirar umas fotos no clube onde jogo ténis, pode acontecer ir fotografar umas motas, pode acontecer uma viagem a África (onde não vou ter uma 600mm de qualquer forma a menos que alugue), mas são tudo coisas que lá está... Se acontecer duas vezes na vida...

Eu vejo o marketing e a malta toda "excitada" a fazer vídeos de novas features e afins, especialmente sendo tudo tão diferente das DSLR de há 10 anos. Mas ao fim do dia sou um gajo um pouco tradicional. Penso "muito fixe, quero!" mas umas horas depois de ver essas reviews onde mostram por exemplo Real Time AF Tracking, começo a pensar "há 20 anos ninguém tinha nada disto e as fotos apareciam na mesma". E isto aplica-se ao dual slot, ao animal eye tracking, ao LCD touch, etc.

A questão do EVF sinceramente tenho que ir ver, porque na M200 não tinha, mas tendo é provável que se torne o meu default.

A questão das baterias parece-me o mesmo que a questão dos cartões de 128gb e afins. Alguém tira 1000 fotos sem pausas? Não, então se podes parar para respirar e beber um café/água/cerveja, também podes parar para trocar uma bateria ou um cartão. Além disso, a máquina carrega por USB e a bateria da II também é quase metade do preço da bateria da III.

Entre a II e a III acaba por ser se vale a pena dar mais +-500€ por algo mais actual.
 

m4ndr4ke

Power Member
Sim, mas com essas coisas que acontecem uma ou duas vezes na vida eu não gasto dinheiro. Quando lá chego, faço o melhor que posso, com o que tenho, e certamente já ficarei todo contente porque também não serei um fotógrafo experiente na matéria.

Olha, posso falar de algumas das funcionalidades que mencionas aí como exemplos:
  • Ecrã táctil é algo que tenho há anos. Facilita nos menus, mas nem sequer uso sempre. Para vídeo acredito que simplifique muita coisa. Torna a experiência mais parecida com um telemóvel, mas passo sem ele. Com as luvas da mota nem o consigo usar.
  • O eye AF com tracking ainda é cedo para eu falar, mas é uma das funcionalidades de que fui atrás. Mas no teu caso isso não deve ser problema porque ambas têm.
  • Dual slot ainda nem usei. Nunca foi uma prioridade para mim.
  • Eye AF para animais só uso para fotografar o meu gato em casa. Na prática, nunca deverei dar uma utilização séria a isso.
  • Em termos de baterias, gosto pelo menos duma bateria que me aguente uma tarde inteira com bastante uso. Menos do que isso já me sabe a pouco, mas a R6 consegue.
  • Cartões de memória grandes? Depende, já viajei uns dias sem o portátil, e tive que ter cartão para a viagem toda. Fui fazendo backup no telemóvel, mas é demorado. Se calhar o dual slot vai dar jeito nisso, agora que penso. Mas sim, já tirei mais de 1000 fotos sem pausas, em concertos.
  • Não me vejo a usar carregamento por USB a não ser com a câmara parada, sem uso. Tenho receio de andar com um cabo encaixado durante o uso, nem nos telemóveis faço isso.
  • 10fps da a7R3? Úteis, mas acho que a partir de 5 já se pode tentar um pouco de tudo.
Se fosse para mim, aí, era a questão do EVF. É onde eu tenho os olhos durante todo o tempo de operação da câmara, por isso considero essencial que tenha um patamar mínimo de qualidade. Era o meu maior medo na R6 porque comprei-a sem experimentar. Fiz figas e avancei. Já tinha experimentado no passado a EOS R, que tem um EVF da mesma resolução, e em termos de nitidez achava-o porreiro, mas notava a intermitência das luzes artificiais e isso desencorajou-me, até porque tenho histórico de enxaquecas. Na R6 felizmente já não noto isso, o que foi um alívio enorme. Tinha um sério medo nesse aspecto, porque se não me adaptasse poderia ficar preso a DSLR por um tempo indefinido, que poderiam ser muitos anos até a tecnologia melhorar.
 
Última edição:

Rui Marto

Power Member
Acabas por ter razão... A questão dos EVF tenho que ir ver mesmo porque não tenho termo de comparação sequer.

Sobre os teus pontos:
  1. Ecrã táctil na M200 só usava para escolher o ponto de foco. Ela permite disparar pelo ecrã mas desactivei logo isso. Na 40D/50D era via joystick, mas também só havia pouco mais de meia dúzia de opções.
  2. Certo. O eye tracking é relevante. A M200 tem e é fixe. A minha única preocupação em relação a isto é que como deves imaginar, com FF de 42MP sem AA filter e primes, se o AF falhar vou só ali cortar os pulsos.
  3. O animal tracking acho que vai ser irrelevante para mim, mas é curioso que comentei sobre a indecisão com a minha mulher e sem sequer saber que a feature existe ou perceber o que quer que seja de máquinas, a primeira coisa que ela fez foi mandar-me umas fotos que tirou a uns macacos no Japão, em que não se aproveitou uma. A perguntar se esta Sony faria melhor que o S9+ dela. :D
  4. As baterias duravam bastante nas DSLR e tinha várias, na M200 dura umas 300 fotos mas no meu entender é mais que suficiente. Acredito que tires 1000 fotos "sem pausas" num evento, também já o fiz, mas não acredito que seja seguido ao ponto de não conseguires trocar bateria. Eu costumava fazer rotação de cartões para caso um berrasse não perder uma fase inteira do evento (obrigada Lexar!!!) e trocar baterias que estivessem perto do fim em momentos mais mortos ou quando sabia que a seguir vinha algo importate. On the go é ter baterias extra e carregar na mota, no restaurante, com a powerbank, etc, como já faço com o telemóvel.
  5. Os cartões e dual slot faz-me mais sentido. Sem ter um PC, as alternativas de backup são lentas e/ou caras. Ao preço dos cartões, mais vale ter a máquina a gravar em duplicado. Mas ainda vou ver se faço uma drive de autobackup com um Raspberry que tenho por aqui e um dos SSDs.
  6. Em algumas situações nota-se que 4/5 FPS é curto mas voltamos à coisas que acontecem duas vezes na vida.
 

Drackey

Power Member
Se fazes mesmo questão dos 42MPX eu pessoalmente ia para a A7r2 e comprava lentes. Mais tarde se achares que queres mais podes comprar o modelo a seguir ou 2 a seguir, a desvalorização não vai ser muita.
Eu já me perguntei o mesmo e a escolha que fiz foi a A7iii, não preciso de ter 42mpx, quando faço panorâmicas com a A7iii consigo ter ficheiros gigantes.
Dou prioridade ao uso sem grão, e aqui as Sony estão bem lançadas, sendo a A7iii melhor que a A7riii para mim é a escolha.
Podes usar lentes Canon L na Sony e funciona bem.
O ecrã ser articulado dá muito jeito, tirei fotos com a Canon 6d à uma semana e cheguei a conclusão que só para exteriores, para interiores fiquei mal habituado poder ter margem de puxar as sombras.
O que é eu uso mais é a 16-35 f4 is, sigma 35mm 1.4 art e a Sony 85mm F1.8 . Gostava de testar algo nos 24 ou menos fixa com qualidade da sigma, aí talvez descarta se a zoom.
Quando fui a Islândia há 2 anos usei uma Sony a6300 com a Canon 70-200 is f4 para tele. E na A7iii usei a 16-35 e a 35mm.
Para mim que tenho a 135mm art 1.8 não uso tele a 70-200 nestes 2 anos, estou a pensar vender e ir para algo mesmo zoom ou ficar nos 135mm, por norma eu ando para compensar o zoom e quando quero tele diria 400mm para cima. (diria a sigma 150-600 ou algo parecido seja a tal :p)

Ps: eu na A7iii tinha bateria para mais de 700 fotos... :)
 

Rui Marto

Power Member
A decisão de passar para FF veio pela lógica de obter a melhor qualidade possível em todos os aspectos, sendo que ruído é a mínima das minhas preocupações porque:
a) raramente passo de ISO 1600 porque costumo usar tripé, flash, lentes rápidas, etc
b) fazendo downsample, a diferença de ruído das R para as outras não é assim tão significativa (para mim)
c) se vier a usar a máquina para fins profissionais será com ambiente controlado, portanto ISOs baixos
Posto isto, tendo os 42MPx dentro de alcance e sendo o foco coisas estáticas... why not?!

Mas é pelo teu primeiro ponto. Acho que vou para a II. Há cerca de 1 mês atrás estava decidido a isso, depois comecei a ler sobre a III e baralhou... Mas a diferença é o preço de uma lente.

Também vi uma A7R II na Amazon por 1350€, vindo com os 24 meses de garantia parece-me bem. :) PS: Não vem, é sem garantia.
 
Última edição:

Drackey

Power Member
Atenção aos usados na amazon de vendedores externos com e sem feedback, andam a meter preços baixos em usados onde dizem que há stock mas depois de comprar, 1 dia depois dizem não haver stock, cancelam a compra o dinheiro saiu e temos de esperar 5 a 7 dias pelo reembolso. No fim não podemos avaliar a experiência visto que não chegamos a comprar porque foi cancelado.
O pior é que quando se compra diz que há 7 ou mais artigos...
 

Rui Marto

Power Member
Sim, eu sei. Não é só na DE, é em todas. Vi a A7R II por 600€, 800€, 900€, a III por 950€ na IT, etc. Mas não, a que estava a falar é mesmo via Amazon, só que não tem garantia, só dão 90 dias. Deve ser refurbished ou algo assim.
 

Drackey

Power Member
Para mim quando preço de usado custa o mesmo que comprar novo no grey Market prefiro grey market.
Caso não tenhas pressa é uma questão de ir vendo as promo que por aí vão aparecendo. :)
Claro que se a a7r3 baixar para preços mais próximos da a7r2 aproveitava o modelo mais recente.
 

Rui Marto

Power Member
Fiz update. A A7RIII encontrei por 1790€, mais barata até que o que encontro usada.

Quanto a pressas não há... Vou ver, até porque como surgiram promos para a A7RII há pouco tempo, podem também surgir para a A7rIII e sim, se a diferença for pouca, sou capaz de ir para a 3, se não é o que for mais barato.
 

m4ndr4ke

Power Member
Certo. O eye tracking é relevante. A M200 tem e é fixe. A minha única preocupação em relação a isto é que como deves imaginar, com FF de 42MP sem AA filter e primes, se o AF falhar vou só ali cortar os pulsos.
Eu não encaro dessa forma, isto é, não lhe coloco essa pressão toda.
Vejo o Eye AF com tracking como um recurso que nos permite tirar fotos que antes não conseguíamos, como por ex fotos em grandes aberturas (>f/1.8) a motivos em movimento, ou com composições fora do centro em aberturas em que, no passado, o efeito paralaxe as impedisse de ficarem focadas no sítio certo.
Lembra-te que continuas a poder usar os métodos tradicionais na mesma, mas aí provavelmente já não vais arriscar numa abertura tão grande, como farias com Eye AF, ou então não vais arriscar com um sujeito em movimento.

O animal tracking acho que vai ser irrelevante para mim, mas é curioso que comentei sobre a indecisão com a minha mulher e sem sequer saber que a feature existe ou perceber o que quer que seja de máquinas, a primeira coisa que ela fez foi mandar-me umas fotos que tirou a uns macacos no Japão, em que não se aproveitou uma. A perguntar se esta Sony faria melhor que o S9+ dela. :D
Mas aí nem precisas do Animal Eye AF, tens também a tua skill...tu com qualquer câmara atinges melhores resultados do que com o telemóvel. Tens mais controlo. Também não se precisa do Eye AF para tudo.

Para mim quando preço de usado custa o mesmo que comprar novo no grey Market prefiro grey market.
+1
Desde que eu saiba que posso fazer reparações cá sob orçamento, avanço. Novo é novo.


Eu, como sei que sou esquisito com os EVF's (visão de águia, adoro OVF's, tenho histórico de enxaquecas, e uma dose de mesquinhice acima da média), iria para a A7RIII.
Se não tiveres as minhas manias todas, então a II deve servir-te perfeitamente :biglaugh:
 

Drackey

Power Member
Fiz update. A A7RIII encontrei por 1790€, mais barata até que o que encontro usada.

Quanto a pressas não há... Vou ver, até porque como surgiram promos para a A7RII há pouco tempo, podem também surgir para a A7rIII e sim, se a diferença for pouca, sou capaz de ir para a 3, se não é o que for mais barato.
€1,686.01 é o mais barato que vejo agora mas ainda tenho de pesquisar melhor a loja em questão que parece ter bons preços e feedback (o que é de estranhar)
 

Rui Marto

Power Member
Eu não encaro dessa forma, isto é, não lhe coloco essa pressão toda.
Vejo o Eye AF com tracking como um recurso que nos permite tirar fotos que antes não conseguíamos, como por ex fotos em grandes aberturas (>f/1.8) a motivos em movimento, ou com composições fora do centro em aberturas em que, no passado, o efeito paralaxe as impedisse de ficarem focadas no sítio certo.
Lembra-te que continuas a poder usar os métodos tradicionais na mesma, mas aí provavelmente já não vais arriscar numa abertura tão grande, como farias com Eye AF, ou então não vais arriscar com um sujeito em movimento.
Se calhar expliquei-me mal. O eye tracking é fixe, mas sim, o mundo não gira à volta disso. O resto do meu comentário é sobre o facto de overall ter um sistema de AF melhor e mais preciso. A M200 também tem eye tracking e não é por isso que deixa de falhar o foco, como qualquer máquina de 500 paus. E provavelmente a A7R III também há de falhar ocasionalmente. Mas é algo que o meu OCD não suporta, especialmente se só conseguir perceber quando chegar ao PC. Mas acho que com qualquer mirrorless mais moderna isso já é difícil, os LCDs são bem melhores.

Mas aí nem precisas do Animal Eye AF, tens também a tua skill...tu com qualquer câmara atinges melhores resultados do que com o telemóvel. Tens mais controlo. Também não se precisa do Eye AF para tudo.
Esta parte era gozo... lol Os macacos pelo que vi estavam parados numas termas, portanto até com MF fazia melhor certamente.

+1
Desde que eu saiba que posso fazer reparações cá sob orçamento, avanço. Novo é novo.


Eu, como sei que sou esquisito com os EVF's (visão de águia, adoro OVF's, tenho histórico de enxaquecas, e uma dose de mesquinhice acima da média), iria para a A7RIII.
Se não tiveres as minhas manias todas, então a II deve servir-te perfeitamente :biglaugh:
Pelo que li a Sony não é tão esquisita como a Nikon e repara, mas não sei se posso ligar para lá a confirmar. Até porque a minha mulher tem uma casa a 30min do Japão por isso não era estranho ter uma máquina do mercado asiático.
Eu vejo a 20/20, com as TVs sou muito picuinhas mas porque aí estou a fixar a visão ali durante horas. Não sei se num EVF me vai chatear, especialmente não tendo hábitos (a última vez que usei um EVF/OVF foi há... 9 anos? lol). Só o AF é que me está a causar aquela sensação de que se gastar >2000€ num set de super-alta resolução e depois tiver falhas, vou andar a remoer que fiz má compra. E depois vou trocar rapidamente para a III só para aprender que afinal não é assim tão melhor. :D Mesmo à idiota.

€1,686.01 é o mais barato que vejo agora mas ainda tenho de pesquisar melhor a loja em questão que parece ter bons preços e feedback (o que é de estranhar)
Acho que vi 1860 na Infinity e cerade menos 100€ no eBay (suiça) e também na global central (que tem um feedback medonho). Não conheço mais nenhuma. Mas se baixar para esses preços ou um pouco menos, sem dúvida.
 

Drackey

Power Member
Não sabia se podia dizer o nome T-dimension, mas ainda não conheço, no tripadvisor tem bom feedback mas ainda tenho de explorar. Einfinity funcionava bem , global central é arriscado o feedback há de tudo nessa loja. (só comprei umas coisas á 2 anos de 200 euros e correu bem mas demorou a chegar).
 

miguelbarroso

Power Member
A Sony vai agora apresentar a A7RIIIa (e A7RIVa) o que provavelmente fará descer o valor da A7RIII (enquanto houver stock)

  1. LCD resolution has changed from 1.44 million dots to 2,359,296 dots
  2. They both support USB 3.2.
  3. The Sony logo under LCD monitor has been removed
  4. There are also small changes in their battery life
 

miguelbarroso

Power Member
E porque não optar pela Sony FE35/1.8 ?

Tamanho intermédio entre a 35 ZA e a Sigma 1.4, performance fantástica, leve e com weather sealing. Não chega aos 500€ em grey market.

Com opção baratíssima, a nova Samyang 35/1.8 que em grey market fica por 300€
 

Rui Marto

Power Member
Apenas e só porque tinha lido que era das melhores lentes compactas do sistema e gostei do facto de ser tão pequena, ficava tipo "super máquina de bolso"... Mas no geral não conheço bem o sistema, como deves ter percebido por outros posts.
O meu foco para já é conseguir um compromisso para tirar proveito dos 40mpx sem andar a largar um rim em cada lente e sem andar com lentes extremamente grandes. A tua sugestão parece-me bem.
 
Topo