Discussão Fibra na minha aldeia

pm2lp

Power Member
Não ponho nada disso em causa e a minha indignação não era nesse ponto, era apenas na parte de, se há forma de colocar lá fibra porque é que quando ligo me dizem que não há? Eu preferia, de longe, ter um sistema tipo EDP, eu acabei agora de construir casa, sei como funciona, custa x para fazer a puxada de luz até casa, queres pagas, não queres não tens.
Eu pagava, à vontade, 600€ para ter um poste de fibra à porta de casa como paguei para a luz, mas parece que aqui nao tenho essa possibilidade, ou tenho? É essa falta de transparência que me chateia.
 
Última edição:

Parkway

Power Member
E eu não disse que não usava, se o TAP ou o PDO que já agora na NOS é chamado de PLC estiver instalado nos postes da MEO, é para ser usado os postes da MEO. Como disse mais a cima grande parte da rede de coaxial que a NOS tem já é do tempo da TVCABO que era propriedade da PT MULTIMEDIA, o que quer dizer que essa rede coaxial foi construída nas infraestruturas da antiga PT agora MEO/ALTICE
Não está, o traçado é todo feito em postes de cimento da EDP.
Mas como a caixa de telecomunicações é exterior, a Nos teve de usar o poste Altice que servia antigamente a moradia.
 
Não ponho nada disso em causa e a minha indignação não era nesse ponto, era apenas na parte de, se há forma de colocar lá fibra porque é que quando ligo me dizem que não há? Eu preferia, de longe, ter um sistema tipo EDP, eu acabei agora de construir casa, sei como funciona, custa x para fazer a puxada de luz até casa, queres pagas, não queres não tens.
Eu pagava, à vontade, 600€ para ter um poste de fibra à porta de casa como paguei para a luz, mas parece que aqui nao tenho essa possibilidade, ou tenho? É essa falta de transparência que me chateia.
Já ouvi falar em meia dúzia de situações em que a pessoa pagou pela linha. Se eu tivesse na tua situação o que eu faria era entrar em contacto com as operadoras pela provedoria do cliente de cada uma e expor a situação e dizer que estás disposto a pagar pela a instalação.
Se tiveres uma empresa podes tentar fazer em nome de empresa um pacote empresarial com um gestor de clientes que normalmente dão mais vantagens nesse tipos de situações.
Também se dizes que a casa é nova,no sistema da como não existente e as pessoas que te tenham atendido não fazem o pedido de cadastro da morada e aí está o problema.
Tive um exemplo com um familiar que diziam que o prédio não tinha possibilidade de instalação do serviço por causa de um erro na morada no qual a morada correta é bloco 1 enquanto para as operadoras é bloco A
 
Não está, o traçado é todo feito em postes de cimento da EDP.
Mas como a caixa de telecomunicações é exterior, a Nos teve de usar o poste Altice que servia antigamente a moradia.
O que me queres dizer é que usaram postes de EDP até ao último poste que é da MEO.
Isso teoricamente não é possível sem pedir autorização a MEO no entanto eu nunca disse que o técnico não vá fazer a instalação sem seguir as normas.
Isso é muito fácil de dar a volta basta o técnico dizer que foi usada a instalação que o cliente já tinha e não apontar cabo, para todos os efeitos já tinhas o cabo passado e quando apanhar uma instalação já feita aponta o cabo que gastou e não apontou. Toda a gente fica a ganhar tu ficaste com o serviço instalado, a operadora ganha o dela ao final do mês e o técnico recebeu pelo trabalho se alguém depois vier dizer que não está dentro das normas, o cabo já lá está aos anos e ninguém faz nada. Problema resolvido

Vou lembrar que tudo o que disse é a maneira correta de ser feita. É claro que há situações que por diversos motivos se facilita e é feito sem seguir as normas porque os técnicos já cá andam a muitos anos e sabem quais as instalações propícias a lá ir um fiscal ou não.
 

Raisingx

Power Member
Para nessa zona tens muita rede da dstelecom faz um teste de cobertura no site da dst link
Sabes se é normal a Meo demorar mais a cadastrar moradas em relação aos outros operadores?
A minha morada tem fibra da DSTelecom(ficou operacional há uma semana) para os operadores todos e dá cobertura em todo o lado menos na Meo..
 
Sabes se é normal a Meo demorar mais a cadastrar moradas em relação aos outros operadores?
A minha morada tem fibra da DSTelecom(ficou operacional há uma semana) para os operadores todos e dá cobertura em todo o lado menos na Meo..

Quando se trata de redes alugadas não sei como funciona, mas teoricamente deveria ficar para todas as operadoras, porque quem faz o cadastro das moradas é a dst.
 

Parkway

Power Member
Sabes se é normal a Meo demorar mais a cadastrar moradas em relação aos outros operadores?
A minha morada tem fibra da DSTelecom(ficou operacional há uma semana) para os operadores todos e dá cobertura em todo o lado menos na Meo..
A Altice demora mais mais, porque utiliza algumas das suas infraestruturas mesmo funcionando sobre rede da DST, daí a domora, ao contrário da NOS e VDF.
 

tomas_loeps

Power Member
Se calhar a ideia já vem tarde, mas eu contactava a ANACOM por causa disso! Acho que a ORAP já foi alterada e, agora, a NOS e a VDF já podem usar indiscriminadamente os postes da Altice para passar os cabos de drop de cliente (acho que na proposta inicial só podiam usar um máximo de 3 postes, mas até acho que essa condição acabou por cair). Da última vez que ouvi falar disto, a proposta da ANACOM tinha seguido para consulta pública antes de passar a decisão definitiva, mas ainda não consegui perceber se a consulta pública já terminou e se isto já está a funcionar na prática. Aliás, acho que depois a ANACOM até acabou por autonomizar a parte que diz respeito aos cabos de drop do projeto de decisão inicial.

https://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=1477047

"Assim, a ANACOM entendeu que a instalação de drop de cliente deve seguir as seguintes regras:

  • A instalação de cabo de drop de cliente pelo beneficiário (para a qual é necessária a posse de uma credenciação ORAP ou ORAC, consoante os casos, válida), não implica o envio à MEO de qualquer notificação prévia ou posterior, pelo que não pode ser prevista qualquer obrigação desta natureza.
  • A figura do serviço de instalação de cabo de drop de cliente, e o respetivo preço, deve ser eliminada das ofertas e, em sua substituição, deve ser incluído o procedimento definido no parágrafo anterior.
  • A MEO deve eliminar das ofertas a obrigatoriedade de envio de cadastro de cabo de drop de cliente dos beneficiários. Esta alteração produz efeitos à data de publicação das primeiras versões das ofertas.
  • As penalidades por acesso indevido, por ocupação indevida e por ausência de envio de cadastro não se aplicam aos cabos de drop de cliente dos beneficiários desde a data de entrada em vigor das ofertas.
  • A aplicação de um qualquer preço mensal de ocupação de uma fixação de cabo de drop de cliente em poste da MEO e de um preço de instalação de cabo de drop de cliente em poste da MEO deve ser eliminada da ORAP. Esta alteração produz efeitos à data de publicação das primeiras versões das ofertas."
https://www.anacom.pt/streaming/25j...RAP.pdf?contentId=1476962&field=ATTACHED_FILE

"Deve a ORAP passar a prever a possibilidade de transição para postes da MEO de cabos do beneficiário suportados em postes de outras entidades. No caso da transição de cabos de drop de cliente, deve aplicar-se o disposto nos pontos decisionais D 12 a D 17 (citados nos pontos acima). No caso da transição de cabos de rede deve aplicar-se o mesmo procedimento associado ao pedido de viabilidade e instalação de cabos de rede que apenas utilizem os postes da MEO e respetivos prazos."

Pois, olha A Nos se tiver de usar postes da Altice para ligação a casa do cliente, usa pois aqui faz e continua a fazer a vontade.
Exacto. No meu caso foi preciso usar um poste da Altice para fazer transitar o cabo de drop do PDO da NOS, que está do outro lado da estrada (nos postes da EDP), para o lado de cá por onde passam os postes da Altice. Primeiro, aderi à VDF e disseram que precisavam de autorização da Altice para instalar o cabo. Em menos de 24h depois, tinha cá a NOS a instalar e a subir ao poste da Altice para pôr o cabo a descer pelo poste para entrar na tubagem da minha casa e nem deram satisfação nenhuma à Altice. O tipo limitou-se a subir ao poste e usar o cabo que eu tinha do ADSL da MEO para fazer de guia para o drop da NOS. C**** e andou para as autorizações da Altice.
 

Parkway

Power Member
Se calhar a ideia já vem tarde, mas eu contactava a ANACOM por causa disso! Acho que a ORAP já foi alterada e, agora, a NOS e a VDF já podem usar indiscriminadamente os postes da Altice para passar os cabos de drop de cliente (acho que na proposta inicial só podiam usar um máximo de 3 postes, mas até acho que essa condição acabou por cair). Da última vez que ouvi falar disto, a proposta da ANACOM tinha seguido para consulta pública antes de passar a decisão definitiva, mas ainda não consegui perceber se a consulta pública já terminou e se isto já está a funcionar na prática. Aliás, acho que depois a ANACOM até acabou por autonomizar a parte que diz respeito aos cabos de drop do projeto de decisão inicial.

https://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=1477047

"Assim, a ANACOM entendeu que a instalação de drop de cliente deve seguir as seguintes regras:

  • A instalação de cabo de drop de cliente pelo beneficiário (para a qual é necessária a posse de uma credenciação ORAP ou ORAC, consoante os casos, válida), não implica o envio à MEO de qualquer notificação prévia ou posterior, pelo que não pode ser prevista qualquer obrigação desta natureza.
  • A figura do serviço de instalação de cabo de drop de cliente, e o respetivo preço, deve ser eliminada das ofertas e, em sua substituição, deve ser incluído o procedimento definido no parágrafo anterior.
  • A MEO deve eliminar das ofertas a obrigatoriedade de envio de cadastro de cabo de drop de cliente dos beneficiários. Esta alteração produz efeitos à data de publicação das primeiras versões das ofertas.
  • As penalidades por acesso indevido, por ocupação indevida e por ausência de envio de cadastro não se aplicam aos cabos de drop de cliente dos beneficiários desde a data de entrada em vigor das ofertas.
  • A aplicação de um qualquer preço mensal de ocupação de uma fixação de cabo de drop de cliente em poste da MEO e de um preço de instalação de cabo de drop de cliente em poste da MEO deve ser eliminada da ORAP. Esta alteração produz efeitos à data de publicação das primeiras versões das ofertas."
https://www.anacom.pt/streaming/25j...RAP.pdf?contentId=1476962&field=ATTACHED_FILE

"Deve a ORAP passar a prever a possibilidade de transição para postes da MEO de cabos do beneficiário suportados em postes de outras entidades. No caso da transição de cabos de drop de cliente, deve aplicar-se o disposto nos pontos decisionais D 12 a D 17 (citados nos pontos acima). No caso da transição de cabos de rede deve aplicar-se o mesmo procedimento associado ao pedido de viabilidade e instalação de cabos de rede que apenas utilizem os postes da MEO e respetivos prazos."


Exacto. No meu caso foi preciso usar um poste da Altice para fazer transitar o cabo de drop do PDO da NOS, que está do outro lado da estrada (nos postes da EDP), para o lado de cá por onde passam os postes da Altice. Primeiro, aderi à VDF e disseram que precisavam de autorização da Altice para instalar o cabo. Em menos de 24h depois, tinha cá a NOS a instalar e a subir ao poste da Altice para pôr o cabo a descer pelo poste para entrar na tubagem da minha casa e nem deram satisfação nenhuma à Altice. O tipo limitou-se a subir ao poste e usar o cabo que eu tinha do ADSL da MEO para fazer de guia para o drop da NOS. C**** e andou para as autorizações da Altice.
Lá está, a Nos se precisar de utilizar os postes da Altice, utiliza e não há cá 40 dias para pedido de transição de postes
 

Rubenzito

Power Member
Vou explicar como funciona cada operadora e os procedimentos básicos de cada uma.
A MEO usa única e exclusivamente postes que lhe pertencem, normalmente são de madeira, mas também há postes em betão. Durante um curto espaço de tempo foi autorizado a passagem de drop nos postes elétricos da EDP dentro de certos parâmetros, no entanto novas instalações de momento na MEO só são usados postes de propriedade da MEO.

A Vodafone tanto usa postes da MEO, EDP e consequentemente poste de propriedade da Vodafone (também existem com pouca frequência, mas existem), agora a Vodafone tem de seguir várias regras pois grande parte das infraestruturas que usa são de outras empresas, e como tal tem que seguir as regras impostas pelos donos das infraestruturas, correndo o risco de não estar conforme pagar multas pesadas, que por sua vez são os técnicos que as vão pagar pois foram eles que não seguiram o protocolo e não propriamente a operadora em si.
Então uma das principais normas impostas pela MEO é o orap, podes ver mais sobre o orap neste link, mas basicamente o orap diz que a Vodafone pode usar os postes da MEO se o PDO (ponto de distribuição optica) estiver instalado nos postes da MEO, e deve seguir o traçado existente sempre nos postes da MEO só podendo trocar para postes da EDP na chegada a casa do cliente podendo fazer até 3 postes da EDP, sem pedir autorização a EDP, mas é preciso dizer que é preciso tirar as coordenadas GPS dos postes MEO usados. Agora se o PDO da Vodafone está instalado nos postes da EDP tem de fazer o traçado existente nos postes da EDP, e agora vem o problema que é de ter de usar um poste de MEO na chegada a casa do cliente, pois é preciso pedir autorização a MEO e normalmente a MEO não autorizado por causa disto link. Agora podes dizer que a culpa é da MEO mas foi a Vodafone que não estava a seguir as regras.
A NOS é basicamente a mesma coisa que a Vodafone, lembrando que a rede de coaxial da NOS em grande parte foi construída quando era tvcabo que por sua vez era propriedade da pt multimedia.
É preciso ter em atenção que existem redes de outras empresas como por exemplo a dstelecom que aluga a sua rede as operadoras.


A tua outra questão da distancia de cabo que as operadoras fazem depende de muitos fatores.
A MEO não tem distancia limite, se dá cobertura do serviço eles fazem a instalação nem que tenham de meter postes ou abrir valas para tubagem subterrânea. Pode é demorar algum tempo até ser feito a instalação do serviço com a salva guarda que as câmaras municipais dão autorização para a obra ser feita.
A Vodafone e a NOS normalmente não fazem mais de 5 postes de distância, muito dificilmente vão colocar postes ou abrir valas, normalmente só o fazem em sítios que não tenham postes da MEO ou EDP e tem de construir a rede de raiz, o que hoje em dia é muito difícil de acontecer.

Tudo o que disse aplicasse quando é uma rede própria da operadora e em fibra optica, outro tipo de acessos tem regras e protocolos difrentes

Já agora, como é que a Meo faz na questão em que os pdos são partilhados ? Aqui no prédio instalaram um PDO para ser partilhado entre Nos e Vodafone, será que a Meo também irá participar ?
Pergunto isto, porque aqui no prédio salvo erro sou o único que tem meo, irá compensar-lhes fazerem-me o upgrade para fibra ?
 
Já agora, como é que a Meo faz na questão em que os pdos são partilhados ? Aqui no prédio instalaram um PDO para ser partilhado entre Nos e Vodafone, será que a Meo também irá participar ?
Pergunto isto, porque aqui no prédio salvo erro sou o único que tem meo, irá compensar-lhes fazerem-me o upgrade para fibra ?
A MEO só tem PDOS partilhados com a Vodafone e essa partilha já acabou a algum tempo.
Por isso tens zonas que a MEO partilha com a Vodafone e zonas que é o contrario onde é a Vodafone a partilhar com a MEO.
Todos os PDOS que foram partilhados continuam a ser partilhados.
Depois da partilha entre MEO e Vodafone ter acabado, a Vodafone e a NOS começaram a partilhar as novas construções, por isso é que os novos PDOS da NOS normalmente são partilhados com a Vodafone e os velhos não, e na Vodafone a mesma coisa.
Se no teu prédio tens um PDO da NOS com partilha da Vodafone, a MEO quando fizer a construção na tua zona vai instalar um PDO a parte só da MEO, pois a MEO atualmente não partilha construções novas.
Para a MEO fazer o upgrade para a fibra, só o vão fazer quando tiverem a zona onde vives com cobertura, pois nenhuma operadora anda a instalar PDOS ao calhas. Uma operadora quando tem interesse numa zona fazem a construção de principio a fim não andam a saltar casas.
Podem dizer que instalaram um PDO no determinado sitio e que o resto a volta não tem, isso tem explicação que são os clientes empresariais, acontece isto especialmente na MEO, por exemplo onde há farmácias, escolas, juntas de freguesia, câmaras municipais, escolas, esquadras de PSP e GNR, bancos, supermercados, McDonalds, sítios onde são realizados grandes eventos, zonas industriais, grandes fabricas ou grandes empresas.
As operadoras e a maneira como trabalham nem sempre é fácil de compreender mas normalmente a uma razão como as coisas são feitas.
 
Topo