Fonte ac variável - led

filipe_agostinh

Power Member
Boa noite.

Depois de muita procura e sem conseguir encontrar ajuda, decidi tentar aqui...

Preciso de saber a rotação de um motor ac blindado... A única ligação externa a que tenho acesso é de uma Bobina com 2 fios, 1 vai à massa, o outro produz uma voltagem ac com frequência e amplitude variáveis.

Depois de ligado ao osciloscópio verifiquei que:

Voltagem máxima produzida 66v
Frequencia máxima 166hz

Preciso de usar um microcontrolador para obter a rotação do motor, e pelo que consegui apurar, a maneira mais segura será utilizar um optoisolador.

Agora as dúvidas... Tenho vários pc817, posso utilizar um? Alguém sabe como ligar um sem queimar com o aumento de corrente/voltagem?
 

godevskii

Power Member
rpm = f da rede / nº de pares de polos x 60 (isto sem contar com o escorregamento), se souberes o nº de polos a conta é simples.
Esse condensador a que tens acesso é para arranque, e provavelmente para ajudar a manter o motor mais suave e constante etc.
Quanto a usares um optocopolador só dependendo da potência do motor, mas esse que mencionas parece-me ser muito fraco.
 

diogoc

Power Member
Pelas ligações externas que tens não vais conseguir saber grande coisa sobre os rpm do motor.
Não tens acesso ao veio de rotação? Podias usar um sensor ótico para determinar o numero de rotações por minuto do veio.
 

filipe_agostinh

Power Member
bom dia. a minha dúvida não é sobre calcular a rotação, mas sim em converter o pulso vindo do motor em um sinal pwm que consiga ler com um arduino. utilizando um transistor NPN alimentado com 3,3v e utilizando o sinal vindo do motor através de uma resistência de 10k, consigo ler bem o sinal com o arduino, contudo, se o transistor queimar, queimará o arduino também, daí a duvida sobre a utilização do optoisolador.

ja tentei alimentar um com a mesma resistencia de 10k, mas antes de atingir a rotação maxima, queimou.... tentei com resistencias mais altas, mas o sinal fica muito fraco...
 

Tuga67

Power Member
Utilize um transistor para comutar o optocoupler.

Qualquer coisa como:
MJG4u.png
 

godevskii

Power Member
Tá bom então queres pegar no sinal sinusoidal do motor e passar para ttl para poderes ler no microcontrolador. Assim não vais lá e para a programação no mc não te chega apenas saber quanto impulsos tiveste num minuto para chegares aos rpm certos. Tens de saber o nº de pares de polos como já tinha dito para fazeres as contas no código e teres um valor correto, isso se tiveres acesso ao veio colas um iman e usas um sensor de hall e depois fazes as contas para saberes o nº de pares de polos.

Quanto a converter o sinal, uma resistência de 10k chega para esse optocopolador 230*raiz(2)/10k= 32.5mA a que usaste queimou porque deve ser de baixa potencia de dissipação, convém saber a corrente que o motor consome. Deves também meter um díodo para retificar para meia onda.

Uma coisa que me está a escapar é o seguinte, quando no título escreves "Fonte ac variável" estás a controlar a velocidade do motor com um variador ou estás a usar o motor como gerador e queres relacionar a saída de tensão em função da velocidade?

Outra coisa a ter em atenção é o nível de trigger, no osciloscópio, para essa frequência medida, pois na saída do condensador isso deve atuar como um filtro.
 
Última edição:

filipe_agostinh

Power Member
Tá bom então queres pegar no sinal sinusoidal do motor e passar para ttl para poderes ler no microcontrolador.
exacto!

Tens de saber o nº de pares de polos como já tinha dito para fazeres as contas no código e teres um valor correto, isso se tiveres acesso ao veio colas um iman e usas um sensor de hall e depois fazes as contas para saberes o nº de pares de polos.
ja tentei com o sensor hall (um 3144) mas a partir de uma certa RPM começa a variar, acho que fica afetado pelo campo magnético gerado pelo motor...
quanto à bobina externa a que tenho acesso, 1 pulso por revolução ... quanto a isso também está orientado. ja liguei com um diodo, seguido de um diodo zener de 5v e uma resistencia de 10k, e os valores que obtive são bastante aproximados. queria mesmo era utilizar o optoisolador para proteger o microcontrolador em caso de falha de um dos diodos por exemplo, pois se entrar + de 5,5v ou um spike negativo por exemplo, era uma vez um mc...

Quanto a converter o sinal, uma resistência de 10k chega para esse optocopolador 230*raiz(2)/10k= 32.5mA a que usaste queimou porque deve ser de baixa potencia de dissipação, convém saber a corrente que o motor consome. Deves também meter um díodo para retificar para meia onda.
com o respectivo diodo, experimentei 1k, 10k, 50k e 100k.... queimou o optoisolador ....
com a de 100k não queimou, mas o sinal fica fraco demais...

Uma coisa que me está a escapar é o seguinte, quando no título escreves "Fonte ac variável" estás a controlar a velocidade do motor com um variador ou estás a usar o motor como gerador e queres relacionar a saída de tensão em função da velocidade?

Outra coisa a ter em atenção é o nível de trigger, no osciloscópio, para essa frequência medida, pois na saída do condensador isso deve atuar como um filtro.
o motor é um gerador actuado por uma embraiagem, e a embraiagem atraca consoante o LOAD na saída, daí precisar de ler a rotação dele. a embraiagem é controlado por PWM, mas essa parte está toda funcional, falta mesmo só conseguir ler a RPM do motor para poder controlar o sinal de PWM baseado na rotação.
 

godevskii

Power Member
quanto à bobina externa a que tenho acesso, 1 pulso por revolução ... quanto a isso também está orientado.
Como é que sabes isso com certeza, andas-te com o motor à mão ou atracado na embraiagem a uma velocidade fixa para confirmar?


com o respectivo diodo, experimentei 1k, 10k, 50k e 100k.... queimou o optoisolador ....
com a de 100k não queimou, mas o sinal fica fraco demais...
Esse optoacoplador como já te tinha dito é fraco, a dissipação total são 200mW, se tens tensões de 66V isso quer dizer que entre coletor e emissor não podes ter mais de 3mA. Mede a corrente...
 

filipe_agostinh

Power Member
Como é que sabes isso com certeza, andas-te com o motor à mão ou atracado na embraiagem a uma velocidade fixa para confirmar?
está à vista... a bobine é externa e so tem 1 magneto, que passa apenas uma vez a cada rotação. e a rotaçao máxima bate-me certo, que serão 5450rpm e consigo ler com o MC utilizando este esquema:

<a href="https://ibb.co/chYGndZ"><img src="https://i.ibb.co/HThW8Qb/Whats-App-Image-2022-06-26-at-18-24-43.jpg" alt="Whats-App-Image-2022-06-26-at-18-24-43" border="0" /></a>

input pickup-> diodo-> resistencia 1k->diodo zener 5v à massa e um condensador cerâmico (103) em paralelo para filtrar o sinal

contudo, com este setup sei que não tenho o MC protegido em caso de falha de um dos diodos...

Esse optoacoplador como já te tinha dito é fraco, a dissipação total são 200mW, se tens tensões de 66V isso quer dizer que entre coletor e emissor não podes ter mais de 3mA. Mede a corrente...

que optocoupler me sugerem? e como posso medir a corrente se aquilo não está ligado a nada atualmente??



EDIT: o esquema que meti, tem o diodo zener ao contrário, ele está ligado em reverse a limitar a voltagem a 5v
 
Topo