1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Fraude com cartão visa

Discussão em 'Apple Geral' iniciada por sendas, 14 de Abril de 2017. (Respostas: 62; Visualizações: 4257)

  1. MCSMK

    MCSMK Power Member

    Por isso perguntei, pois por vezes acontece onde menos esperamos.

    À cerca de 6 meses numa rent-car pediram-me o cartão para depósito da caução, depois de passar a autorização o funcionário deu-me a entender que o sistema deles criava base de dados dos cartões, faziam a todos os clientes. Passei-me...obriguei o gajo a apagar no sistema e cancelar a operação e fiz a caução com dinheiro. Para apagar os dados no tal programa pus-me ao lado dele, e estava lá toda a informação. Agora pensa, funcionários que apenas ficam 15 dias o acesso que eles têm. Isto é apenas um exemplo, muitos mais existem. Claro que cancelei esse cartão no banco, pois fiquei logo desconfiado.

    Pagamentos só com Pin, nunca ficar sem o cartão na nossa mão. Pois qualquer deslize e lá se foram os 3 números preciosos.
     
  2. Lucien

    Lucien What is folding?

    É por estas e por outras que o mercado negro de cartões fradulentos está como está. Um hacker jeitoso que consiga entrar num sistema desses tem tudo para sacar um bom lucro para ele e todos os demais. Para além dos números de cartão, CVV2, etc. tem os dados do cliente.
     
  3. Pr0zIn

    Pr0zIn Power Member

    É por isso que sempre que o banco me tenta impingir um cartao de credito eu digo logo que não quero.
    Viva os cartoes temporarios
     
  4. Antes de mais, lamento o sucedido. Tratando-se de um caso fora do país, desconfio que nunca vai ser resolvido; mesmo que fosse interno teria as mesmas dúvidas...

    Quanto aos cartões de crédito, a segurança está muito longe de satisfazer!

    -Ainda na semana passada a minha mulher fez uma compra através do Amazone, teve que pagar com cartão (não aceitava paypal) e nem o código de segurança teve que introduzir! Passados alguns minutos lá estava o movimento registado no Banco em estado pendente pelo próprio vendedor mas sem necessidade de qualquer confirmação!

    -Um colega pagou uma viagem de férias numa agência de viagens muito conhecida dando apenas o número do cartão via telefone! Ficou "piurso" quando percebeu que apenas isso bastava para lhe sacarem a massa!

    -Há uns meses fui a UK e aluguei um carro, que paguei com o cartão de crédito. Fui autuado em Londres (não sabia que tinha que pagar a tal taxa de circular dentro da cidade (ou em parte dela) e vim embora sem me aperceber de nada. Passados uns dias recebo um email da rent-a-car a informar-me da multa! Poucos dias tinham passado desse email e já o cartão tinha pago a multa sem qualquer intervenção minha!

    Moral das histórias: Numa boa parte dos casos basta ter o número do cartão (e talvez a data de caducidade) para validar pagamentos. Tenham muito cuidado, em especial nos pagamentos presenciais onde haverá maior probabilidade de fraude. Evitem problemas nunca permitindo que um funcionário leve consigo o cartão! O cartão nunca deve sair da nossa mão e mesmo assim ficam lá os dados que poderão vir a ser usados!
     
  5. sendas

    sendas Power Member

    Nunca vai ser resolvido ?! Espero não ser eu a pagar essa dívida !!!

    Até porque todos os mecanismos de protecção a compras online falharam ...
     
  6. Imaginando que quem cometeu a fraude usou uma VPN ou Proxy mais obscuro, nunca vão obter a informação sobre a origem dos IPs, logo não conseguem chegar a quem cometeu a fraude.

    Não sei onde usaste o cartão, mas talvez ajudasse uma recapitulação do seu uso, não só online mas também presencial. Conhecer onde foi usado pode ajudar muito para perceber o perfil da pessoa em causa.

    Sobre os mecanismos de protecção... não há protecções seguras! O melhor mecanismo é aquele em que o vendedor e/ou emissor do cartão têm protecção contra fraudes e assumem eles (o seguro deles, claro) o prejuízo.
     
  7. Stormgiant

    Stormgiant Moderador Corredor
    Staff Member

    Já tive duas situações com o CC.
    Há uns 4/5 anos tive uma situação em que usaram o meu cartão para comprar 1 jogo Xbox e uma mensalidade.
    Quando me apercebi, fui ao banco, fiz queixa do sucedido e devolveram-me o dinheiro passado uns dias na conta. Também fiz queixa na Microsoft, mas como é evidente caiu em saco roto. nunca mais ouvi nada.

    Numa outra vez, penso que no ano seguinte a esta situação, estava colocado nos Açores por uns meses e o meu CC foi bloqueado. Recebi um SMS do banco a dizer que por precaução, o CC tinha sido bloqueado. Fui a um balcão e disseram-me que tinha sido usado num SPA na nova zelandia para pagar um artigo de 3€. Claro que aquilo foi uma compra probe para ver se o cartao estava activo.
    Emitiram um novo.

    Sugiro que leiam um bocado sobre como o numero dos cartões é gerado para verem como é fácil obterem cartões no submundo da internet e usa-los.
    Por isso tenho um cartão com pouco plafond para as compras online. se der asneira, bate no limite baixo e acabou. Com o seguro, nem me preocupo.
     
  8. jtmf

    jtmf Power Member

    O pior é que até os novos cartões de débito podem ser utilizados para compras online... Enfim. Recentemente recebi o cartão de débito do meu banco com todos os dígitos necessários para efectuar compras online. Nunca pedi por tal coisa.
     
  9. iRock

    iRock Power Member

    Espero que consigas encontrar o responsavel e sobretudo que consigas reaver o montante pois 5000€ jà é um grande balurdio.
     
  10. Stormgiant

    Stormgiant Moderador Corredor
    Staff Member

    encontrar o responsavel e reaver o dinheiro são duas coisas completamente diferentes neste momento.
    O seguro trata do reeembolso. Ele já disse isso
     
  11. Walderstorn

    Walderstorn Power Member

    Sim é verdade, o seguro devolve. Aconteceu o mesmo em NY a um amigo meu o ano passado numa loja de indianos (não sei o nome mas é para perceberem o contexto) quando foi comprar um cartão de memória. Telefonaram-me do Banco (roaming) a indicar que bloquearam um pagamento a partir do Paquistão ou la o que era. Ele aprendeu a lição, agora cartão não sai da mão e sempre a tapar os números quando possível.

    Aqui na Suécia os cartões são todos Mastercard mas pode-se bloquear pagamentos sem serem os físicos.
     
  12. iRock

    iRock Power Member

    Aqui na França também existe mecanismos bastante seguros em relação a compras com o CB na internet...
     
  13. Polarity

    Polarity I folded Myself

    Tive um problema há coisa de 9 anos atrás com um CC onde um individuo comprou uma passagem para o Dubai (cerca de 1000€). Falei com o banco (na altura era o BES) e eles em coisa de 3 dias uteis creditaram-me o valor na conta.

    Desde aí que só faço compras via paypal ou websites estilo Amazon com o máximo de segurança possível (muitas vezes via VPN privado).
     
  14. Walderstorn

    Walderstorn Power Member

    @Polarity ...o scammer foi "scammado" :p

    Não vais pagar nada, era o que faltava.
     
  15. sendas

    sendas Power Member

    Não sei bem como mas um dia depois de ter enfiado a declaração da polícia recebi um sms do barclaycard / wizink a dizer:

    O Processo de Fraude xxxxx foi concluido a seu favor. Os valores foram creditados na sua conta-cartao. Obrigado



    PS: tinham dito que podia demorar até 45 dias ...
     
  16. jfbbms

    jfbbms Power Member

    Por acaso ontem o meu cartão do montepio pré-pago azul deixou de funcionar, hoje num tpa dá anulado e apenas utilizei pelo mbnet (via mbway ) e nao directamente em compras do *****.
    Isto anda agreste :P
     
  17. dercio24

    dercio24 Power Member

    Então o gajo foi viajar de borla LOL
     
  18. Opera_Phantom

    Opera_Phantom Power Member



    Trabalhei numa rent-a-car até 2007 e se os procedimentos se mantém iguais, o número do cartão é introduzido no início do aluguer para garantir o que for necessário, combustível, danos, franquias, etc, o que estiver planeado para ser feito.

    Ao imprimir o contrato para o cliente, o número do cartão já se encontra "escondido", ou seja, se alguém entra no tal contrato, a única coisa que vai ver do cartão é "XXXX XXXX XXXX YYYY", sendo que os YYYY serão os únicos números visíveis. (Também se vê se o cartão é Visa, Mastercard, etc) Nesta fase, é pedida uma autorização ao plafond do cartão, ou seja, se têm um plafond de 2000€ e a autorização é de 500€, apesar de não ter sido feito nenhum débito, só terão disponíveis 1500€.

    Quando o cliente devolve o carro e o contrato é encerrado, são feitos os débitos que sejam necessários nesse plafond, ou no caso de o valor final ser zero, é libertada a quantia bloqueada. Todos os dados do cartão (neste momento visíveis, só os últimos 4 dígitos) são eliminados do sistema após uns dias, dias esses que permitem ainda à rent-a-car aceder ao contrato e debitar multas por ex. Mas sempre sem ver os dados do cartão, ou seja, se a multa for superior ao valor disponível/restante na tal autorização inicial, chapéu, não há nada para ninguém e têm de vos mandar uma carta para casa para ver se pagam a multa.

    Não há nenhuma base de dados com os números dos cartões. Se houvesse, tinha-me poupado muito trabalho, desde gajos que faziam porcaria com os carros, a empresa queria ir buscar o valor e só tínhamos os últimos 4 dígitos do cartão, ou seja, nada. Com a suposta base de dados, era uma maravilha, era só lá ir ver e debitar o que me apetecesse.

    Resumindo, eu posso querer sacar os números dum cartão de crédito. Se não o fizer no início do aluguer, (e não através do sistema pq isso não me adianta nada) só escrevendo o número, tirando uma fotocopia ao cartão, uma foto, etc, senão nunca mais consigo saber o número do cartão.


    Não é o sistema mais seguro do mundo obviamente, mas pelo menos na altura já eram feitas coisas para evitar que mentes iluminadas tentassem sacar esse tipo de dados.



    Cancelaste o cartão, tudo bem, estás no teu direito claro, mas foste perder tempo com isso. E "obrigar" o gajo a apagar o número do sistema só serviu de alguma coisa se isso foi feito antes de imprimir o contrato, senão já tinha acontecido o que te expliquei em cima.
     
  19. Lucien

    Lucien What is folding?

    Que é super fácil de fazer, logo esse mecanismo é apenas para a empresa não ser processada. Os empregados podem muito bom obter o chamado "fullz" porque têm tanto o número do cartão dado ao início pelo cliente mais os detalhes como nome completo, morada, etc.

    Quem for minimamente competente em engenharia social ve ali um esquema de milhares com pouco risco. Quem foi? "Ah pois, nós não fomos porque a empresa não guarda CC's, etc."

    O meu conselho é usem sempre cartões prépagos tipo Skrill ou então temporários.
     
  20. MasterDarkSide

    MasterDarkSide Power Member

    Antes demais, deixa me dizer que lamento profundamente esta situação pelo qual estas a ser vitima.
    Infelizmente a Policia em Portugal opera de forma corrupta e deficiente, pois possivelmente se tivesses "cunhas" dentro delas as coisas mudavam de politica. Eu sei disso porque vi a diferença de operacionalidade entre a nossa Policia e a Policia da Alemanha que tratou um caso quase igual ao teu! Nem quero imaginar as andanças que isso te causa, as dores de cabeça. Contudo, amigo, sem querer parecer mau, nunca facilitem essas coisas de "comprarem" online e evitem usar esses cartões de crédito!

    Ora, infelizmente reparei que o meu MB do Novobanco tem uns dígitos atrás, como sou noob de coisas bancárias só ha tempos reparei que o meu MB se for roubado podem fazer compras com ele sem PIN pois os digitos estão lá todos que permitem compras "online". Nem sei se existe algum limite de compras mas fiquei cheio de medo... e curiosamente perdi o MB ontem no Cinema (felizmente já o recuperei).

    Agora, pedi ao banco um novo cartão sem essa modalidade e eles dizem que agora é tudo assim :( jasus, é a facilitarem o ladrão...
    O meu conselho é apertares com a Policia, se por vezes tiveres algum conhecimento dentro de alguma esquadra, força... usa-o porque nada é impossível e da forma como falastes, se ele fez compra, tem sempre forma de descobrir onde foi parar a encomenda, ainda que o destinatário seja falso, para Policia competente isso é um petisco descobrir!

    LEVA é tempo e lamento que seja logo de um valor que para mim me deixaria doente se fosse vitima disso :(

    Força amigo e boa sorte!
    Caso resolvas, pf, avisa aqui a malta!
     

Partilhar esta Página