1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

[Glossário] Termos usados

Discussão em 'Análises e Artigos - Internet, Redes e Segurança' iniciada por amjpereira, 16 de Abril de 2008. (Respostas: 0; Visualizações: 4287)

  1. amjpereira

    amjpereira Folding Member


    100Base T
    - É conhecido também como Fast Ethernet. As redes baseadas nesse padrão atingem 100 Megabits por segundo. Ao contrário da 10Base T, admitem três tipos diferentes de cabeamento: dois pares de cabos de par trançado de alta qualidade; quatro pares de cabos de par trançado convencionais; ou cabos de fibras ópticas.


    10Base T
    - Padrão de rede Ethernet, baseada em cabos telefónicos de par trançado, no qual a velocidade de transferência de dados é de 10 Mbits por segundo.


    3G - Terceira geração de telefones sem fios, designa a nova linhagem de telefones móveis capaz de oferecer uma infinidade de recursos não disponíveis na geração actual, como desempenho entre 144 Kbps e 2 Mbps. Pelos telefones 3G é possível transferir voz, dados e vídeo, incluindo video on demand. Outra característica é o serviço de roaming global avançado. A geração 3G está sendo desenvolvida pela ITU (Internet Telecommunication Union) e simultaneamente na Europa (UMTS - Universal Mobile Telecommunications System). América do Norte (cdma2000) e Japão (NTT DoCoMo) trabalham na sua implantação.

    A


    ABR - Available Bit Rate ou taxa de bit disponível. Modalidade de serviços de transmissão de dados ATM (asynchronous transfer mode) que ajusta a largura da banda ao nível de congestionamento na rede. Para garantir uma performace mínima, a operador oferece controles de fluxo e de tráfego de dados com taxa predeterminada de perda de células. Normalmente, não é utilizada em aplicações que exigem altas taxas de transferência, como voz e vídeo em tempo real.

    Acesso Dedicado - É uma forma de acesso à Internet no qual o computador fica conectado permanentemente com a rede.

    Acesso Múltiplo por Divisão de Código - Também conhecido pela sigla CDMA (Code Multiplo Access), usa uma técnica de espalhamento espectral que consiste na utilizaçã de toda a largura da banda do canal para a transmissão. Com essa tecnologia, um grande número de utilizadores acede simultaneamente num único canal da estação radiobase sem que haja interferência entre as conversas.

    Acesso Múltiplo por Divisão de tempo - Um dos padrões de comunicação de voz via ondas de rádio, usado por operadoras móveis, consiste na divisão de cada canal celular em três períodos de tempo para aumentar a quantidade de dados que pode ser transmitida.

    ACKs - Pacotes de informação gerados pelo receptor no sentido de informar sobre o status dos pacotes que vão chegando, chamam-se acknowledgments (ACKs).

    Active-X - Componentes utilizados para permitir a conexão via objectos activos, com aplicações do lado servidor.

    ADSL - Assymetric Digital Subscriber Line (ver DSL)

    ADPCM - Adaptive Differential Pulse Code Modulation, técnica de modulação de código de pulso para a conversão dos sinais sonoros analógico em formato digital. Consiste na gravação apenas da diferença entre os exemplos, ajustando a escala de códigos automaticamente para acomodar pequenas e grandes variações. A velocidade transmissão obtida (32 Kbps) é a metade da taxa padrão PCM (Pulse Code Modulation).

    Agent - Um programa de computador ou processo que opera sobre uma aplicação cliente ou servidor e realiza uma função específica, como uma troca de informações.

    Aiff - Um dos muitos formatos de arquivos de som para Mac.

    Alias - Significa segundo nome, ou apelido. Pode referenciar um endereço electrónico alternativo de uma pessoa ou grupo de pessoas, ou um segundo nome de uma máquina. É também um dos comandos básicos do Unix.

    AMPS - Sigla de Advanced Mobile Phone System, padrão analógico de telefones móveis, que opera na frequência de 800 MHz. É utilizado em vários partes do mundo.

    Analógico - Sinal eléctrico ou forma de onda na qual a amplitude e/ou a frenquência variam continuamente. Opõe-se a digital, caracterizado por níveis descontínuos.

    Anonymous - Nome normalmente utilizado para o login num servidor FTP, e indica tratar-se de um usuário anónimo, ou seja, não cadastrado na máquina em questão. A password a fornecer em seguida deve ser o endereço electrónico ou guest. O sistema permitirá apenas o acesso aos arquivos públicos.

    ANSI - American National Standards Institute.


    1. Uma organização afiliada à ISO e que é a principal organização norte-americana envolvida na definição de padrões (normas técnicas) básicos como o ASCII.


    2. Conjunto de normas para a transferência de caracteres de controle. Utilizado para tratamento de atributos, cores, endereçamento do cursor, etc, em terminais ou emuladores de terminais.

    Antivírus - Programa que detecta e elimina vírus do computador.

    API - Application Programming Interface. Conjunto de funções e procedimentos que, depois de devidamente compilados, são colocados num ficheiro cuja designação genérica é Dynamic Link Library, ou DLL. As DLLs contêm código executável mas não são executáveis.

    Apple - Empresa fundada em 1976 por Steven Jobs e Stephen Wozniak. A Apple criou em 1977 o primeiro computador pessoal verdadeiramente prático, o Apple II e, mais tarde, o primeiro computador pessoal com características modernas, o Macintosh.

    Applet - Mini-programa integrado numa página web. Normalmente escrito em ActiveX ou em Java.

    Aplicação - Programa que permite, ao utilizar, realizar trabalho útil.

    Aplicações Internet - Também conhecidas como aplicações TCP/IP, são os programas de aplicações que utilizam os protocolos da rede conhecidos como:


    FTP (File Transfer Protocol) para transmissão de arquivos;


    SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) e POP (Post Office Protocol) para correio electrónico (e-mail);


    HTTP e HTML em navegadores (browsers);


    IRC (Internet Relay Chat) para chat; e outros;

    Aplicações Java - São programas de aplicação, desenvolvidos utilizando a linguagem java, porém com comportamento similar ao de outras aplicações.

    Applets Java - Utilizam uma janela dentro da página web, para interface de entrada e/ou saída com o código intermediário (byte code) java que é executado pelo browser.

    Archie - Um serviço de busca de arquivos armazenados em FTP anónimo. Pode ser usado para procurar determinado arquivo por assunto, título ou palavra-chave.

    Archive - Ficheiro comprimido que aglutina vários outros ficheiros, de forma a poupar espaço de armazenamento.

    ARP - Adress Resolution Protocol.

    ARPANET - Advanced Research Projects Agency Network. Rede de longa distância criada em 1969 pela Advanced Research Projects Agency (ARPA, atualmente Defense Advanced Projects Research Agency, ou DARPA) em consórcio com as principais universidades e centros de pesquisa dos EUA, com o objectivo específico de investigar a utilidade da comunicação de dados em alta velocidade para fins militares. É conhecida como a rede-mãe da Internet de hoje e foi colocada fora de operação em 1990, posto que estruturas alternativas de redes já cumpriam o seu papel nos EUA.

    ARQ - Abreviatura de Automatic Repeat reQuest, um método de correção de falhas que consiste na solicitação automática da retransmissão de um pacote de dados, caso o receptor detecte algum erro.

    Arquitectura de rede - Conjuntos hierárquicos de protocolos de comunicação. É a colecção de regras lógicas que estabelece a comunicação entre os computadores interligados fisicamente numa rede.

    Arquitetura Cliente Servidor (Client/Server) - É toda arquitectura de rede onde estações (microcomputadores) executam aplicações clientes que se utilizam de programas servidores para transferência de dados do próprio servidor ou comunicação com outras estações e suas aplicações clientes.

    Arrab - Palavra utilizada para representar, quando estiver sendo ditado, o caracter "\". É a barra invertida.

    Article - Artigo. Um texto existente na Usenet/News.

    ASCII - American Standard Code for Information Interchange. Código para representação de caractéres tais como letras, dígitos, sinais de pontuação, códigos de controle e outros símbolos. Também denomina o arquivo texto que foi editado sem qualquer recurso de formatação (acentuação, negrito, sublinhado, fontes de letras, etc.). Os caractéres são definidos com códigos de 0 a 127.

    Attachment - Anexo. A frase 'esta mensagem de E-mail tem um attachment' significa que a mensagem tem um ficheiro em anexo. Um ficheiro anexo a uma mensagem é normalmente representado por um 'clip'.

    ATM - Assynchronous Transfer Mode, ou modo de transferência assíncrono, é uma tecnologia para a transmissão de dados, voz e vídeo em alta velocidade em meio digital como fibras ópticas ou satélites. A tecnologia ATM é baseada na comutação de pacotes de dados (células) com tamanho fixo de 53 bytes.

    .au - Formato de arquivos de som do sistema operacional Unix.

    AUP - Acceptable Use Policy. Regras de boa conduta para a utilização correcta da rede e seus serviços. Pode ser um documento distribuido ao novo usuário de um determinado sistema.

    Authoring tools - Ferramentas de criação. Programas para criar conteúdo não limitado, inclusive editores de texto, processadores de palavras, gravação de áudio, vídeo e cinema, processando e aplicando imagens.

    AVI - Audio Video Interleave (Entrelaçamento de Áudio e Vídeoformato). Padrão para gravação e reprodução de vídeo no ambiente Windows.

    B


    B2B - Business to Business. São os negócios efectuados entre empresas.

    B2C - Business to Consumer. São os negócios efectuados entre empresas e consumidor.

    Backbone - Se traduzirmos livremente esta palavra para português ficamos com ''espinha dorsal''. Podemos dizer, por exemplo, que as ligações entre todos os pontos de acesso de um fornecedor de acesso Internet formam um Backbone uma vez que esse conjunto de ligações é essencialmente a ''espinha dorsal'' de toda a rede do fornecedor de acesso. É composto por linhas de conexão de alta velocidade, que se conectam às linhas de menor velocidade.

    Backup - Termo normalmente usado no contexto das cópias de segurança de documentos, ficheiros ou programas. Pode ser usado no contexto do software usado para realizar a tarefa ("software de backup") ou como referência directa às cópias realizadas ("cópia de backup" ou simplesmente "backups"). Pode ser igualmente usado no contexto de algo que permita redundância, como no caso das fontes de alimentação ("backup power supply"), ventoinhas ("backup fan") ou mesmo discos rígidos ("backup disk").

    Banco de canais - Equipamento que conecta múltiplos canais de voz a enfaces de alta velocidade, executando a digitalização de voz e a multiplexação por divisão do tempo. A voz é convertida em um sinal digital que navega a 64 Kbps.

    Banco de Dados - São programas que organizam e classificam grandes quantidades de informação. Exemplos: Access, MySQL.

    Banda - Nome que designa uma faixa de frenquência delimitada no espectro magnético. A autoridade que regulamenta as telecomunicações reserva uma banda para cada tipo de serviço, para evitar interferência entre os sinais.

    Banda A - Primeira faixa de frequência do espectro eletromagnético reservada pelas autoridade que regulam as telecomunicações para telefone móvel.

    Banda B - Segunda faixa de frequência reservada para telefone móvel.

    Banda base - Área de frequência original de um sinal antes da sua conversão para outra mais alta e eficiente.

    Banda C - Em telefone móvel, é a terceira faixa de frequência reservada para o celular.

    Banda D e banda E - A faixa de operação das estações radiobase da bada D é de 1805 MHz a 1820 MHz, enquanto a banda E opera entre 1835 MHz e 1850 MHz. A banda C, por sua vez fica entre 1820 MHz e 1835 MHz.

    Banda Ka - Faixa de frequência entre 18GHz e 31 GHz, usada em comunicações por satélite móveis fixos.

    Banda Ku - Faixa de frequência ente 10,7 GHz e 14,8 GHz, usada principalmente na transmissão via satélites fixos.

    Bandwith - Largura de banda. Definição da capacidade de transmissão de um canal de comunicações: quanto maior é a largura de banda, mais informação se pode transmitir ao mesmo tempo. No caso da Internet, é normal considerar-se igualmente a relação entre a largura de banda disponível (teórica) e o número de utilizadores que a usam em simultâneo. É esta relação que permite determinar a largura de banda real do ponto de vista do utilizador: um determinado fornecedor de acesso pode ter disponível o dobro da largura de banda do seu concorrente mas, porque tem 50 vezes mais utilizadores, acaba por fornecer menos largura de banda na prática. O termo emprega-se também para descrever o tráfego num grupo de notícias (ver Newsgroup), numa conferência ou em qualquer outro serviço. O envio de mensagens não desejadas a grupos de notícias ou a muitas caixas de correio (ver Mailbox) equivale a um desaproveitamento da largura de banda.
    Termo que designa a quantidade de informação passível de ser transmitida por unidade de tempo, num determinado meio de comunicação (fio, onda rádio, fibra óptica, etc.). Normalmente medida em bits, kilobits, megabits por segundo.


    Banner - Gráfico, geralmente de forma rectangular, que se insere numa página Web e que pretende chamar a atenção do leitor com uma mensagem que pode ter um carácter publicitário.

    Baud - Unidade de medida de velocidade de transmissão de dados na qual 1 baud equivale a uma mudança de estado electrónico por segundo. Como uma única mudança de estado pode envolver mais de um bit de dados, acabou substituído, na prática, pelo uso da unidade de medida bps (bits por segundo).

    Baud-rate - Medida de velocidade (taxa de transmissão) de tráfego electrónico de dados. Geralmente usada para determinar a velocidade de modems. Mede o número de sinais eléctricos transmitidos por unidade de tempo.

    BBS - Bulletin Board System. Uma base de dados que pode ser acessada remotamente por um microcomputador e um modem utilizando a linha telefónica, onde normalmente são disponibilizados arquivos de todos os tipos, softwares de domínio público e conversas on-line (chat). Muitos BBS oferecem acesso ao correio electrónico da Internet.

    BER - Bit Error Ratio, ou taxa de erro de bits, é a relação entre o número de bits com erro e o total de bits enviados numa transmissão, Geralmente, é representado pela potência 10.

    Beta - Programa que se encontra em fase de testes. Muitos programas beta encontram-se disponíveis na internet para testes por parte dos utilizadores.

    Binário - é o sistema de numeração usado na computação, que trabalha com os dígitos zero e um (0 1).

    Bios - Basic Input and Output System; Sistema básico de entradas e saídas de informação, normalmente contido numa memória ROM, e que faz correr o "Power on Self Test", no arranque do computador.

    Bit - Binary Digit, ou digito binário; é a mais pequena unidade utilizada para medir quantidades de informação (0 ou 1).

    Bit de paridade - Bit adicional anexado a um grupo de bits com o único propósito de detectar erros na transmissão.

    BITNET - Because It's Time Network. Criada em 1.981, é uma rede educacional internacional que liga computadores em aproximadamente 2500 universidades e institutos de pesquisa nos EUA, Europa e Japão. A BITNET não usa protocolo da família TCP/IP, mas pode trocar mensagens electrónicas com a Internet. O protocolo usado é o RSCS (Remote Spooling Communication System).

    Blindagem - Camada de protecção que envolve um cabo de transmissão de voz ou dados para minimizar a interferência eletromagnética.

    Bluetooth - Especificação aberta para conexão sem fio em curtas distâncias, via frequêcia de rádio, entre computadores, celulares, portáteis e outros dispositivos para transmissão de voz e dados. A taxa média de transmissão entre os aparelhos baseados na tecnologia é de 1 Mbps, e a distância máxima entre eles é de 2,4 GHz. O nome vem do rei Harald Blatan, que comandou a Dinamarca no Século X, apelidado Bluetooth (dente azul).

    .BMP - BitMaP. Formato padrão do Windows para imagens.

    Bookmark - Favoritos ou, e se traduzirmos à letra, marcador de livro. A função Bookmark (favoritos) encontra-se normalmente nos browsers para marcar uma página que se pretende visitar mais tarde. A página ''marcada'' é adicionada à lista de favoritos que é acessível no menu correspondente.

    BOOT - Inicialização do sistema.

    Boucing - Sinal injectado no cabo por um PC, através do adaptador terá um efeito de retorno, incapacitando a comunicação, numa rede topologia BUS.

    bps - Bits per second. Uma medida da taxa de transferência real de dados de uma linha de comunicação. É dada em bits por segundo. Variantes ou derivativos importantes incluem Kbps (= 1000 bps) e Mbps (= 1000.000 bps).

    BRB - Be Right Back. O equivalente a "volto já".

    Bridge - Ponte. Um dispositivo que conecta duas ou mais redes de computadores transferindo, selectivamente, dados entre ambas.

    Broadcast - Sistema de difusão de sinais em que é transmitido o mesmo conteúdo para todos os receptores. Numa transmissão de TV, por exemplo, todas as pessoas sintonizadas no mesmo canal assistem ao mesmo programa. Em internet, o termo é usado muitas vezes para designar o envio de uma mensagem para todos os membros de um grupo, em vez da remessa para membros específicos.

    Browser - Nome genérico do programa que nos permite navegar na Internet. O mais popular é o Internet Explorer.
    Programa de aplicação cliente que permite acessar, por meio de uma interface gráfica (Windows), de maneira aleatória ou sistemática, informações diversas, contendo textos, imagens e gráficos, sons, etc.


    Buffer - Rotina ou meio de armazenamento temporário de dados. Em comunicação de dados, é usado para compensar as diferenças de taxas do fluxo dos dados ou de sincronia de eventos na transmissão de um dispositivo a outro.

    Bug - É um erro num programa (software) ou mesmo num equipamento (hardware) que provoca uma acção inesperada. Um bug pode ser uma falha de segurança num programa, a incapacidade de lidar com datas posteriores a 31 de Dezembro de 1999, entre muitas outras falhas.

    Bus - Conjunto de condutores físicos que transportam dados entre componentes de um sistema informático. Tal como numa estrada, quanto mais largo for o bus (expresso em bits - 8, 16, 32, 64, etc.) e maior for a velocidade permitida (expressa em MHz) maior é quantidade de informação capaz de ser transferida numa unidade de tempo. Num computador pessoal, podem existir mais do que um tipo de bus, para transferir dados entre diversos sub-sistemas internos. Os bus podem ou não ser acessíveis externamente. No caso do PCI, o mais usado em computadores pessoais, o bus é tanto usado internamente como acessível externamente, para ligação de componentes adicionais, como placas de vídeo e de som.

    Byte - Conjunto de 8 bits. Nos textos electrónicos, por exemplo, cada letra é representada por um byte, ou seja, um conjunto de oito bits (A=1byte).

    C


    Cable Modem - Modem de cabo. Modem que se liga a um sistema de distribuição de TV por Cabo. Permite velocidades muito mais elevadas que um modem telefónico convencional. Os modems de cabo de primeira geração (1999/2000) seguem a norma DOCSIS ("Data Over Cable Service Interface Specification") e são capazes de velocidades reais entre os 500 Kbps e os 4 Mbps.

    Cabo - Suporte físico de transmissão de dados, formado por um conjunto de vários fios metálicos ou de fibras ópticas, envolvido numa camada protectora (por exemplo um cabo telefónico ou de antena de TV).

    Cache - É a parte da memória (SRAM - Static-RAM) do computador ou do disco rígido que armazena dados frequentemente requisitados, de modo a aumentar a rapidez de acessibilidade; O Internet Explorer p.ex. cria um espaço no disco para utilizar como 'cache' para que as páginas web já visitadas pelo utilizador fiquem guardadas e apareçam mais rapidamente quando as volta a visitar.

    Caixa de diálogo - Janelas por meio das quais o sistema operativo ou outro programa solicita a introdução de informação por parte do utilizador para que possa executar uma determinada tarefa.

    Call center - Centro de atendimento telefónico. Estrutura montada para centralizar o relacionamento com clientes que entram em contato com uma empresa pelo telefone. É realizado pelas próprias empresas ou, seguindo uma tendência crescente, por operadoras especializadas, que contam com grande número de linhas telefónicas, operadores e computadores para acesso às informações contidas nas bases de dados.

    CCITT - Comité Consultatif Internationale de Telegraphie et Telephonie. Um órgão da International Telecommunications Union (ITU) das Nações Unidas que define padrões de telecomunicações. (Em 1993, foi extinto e suas atribuições passaram para o ITU-TSS, Telecommunications Standards Section da ITU).

    CD-ROM - Iniciais de Compact Disc - Read-Only Memory. Variação do disco compacto para armazenamento de dados surgida em 1985. Os CD-ROM são capazes de armazenar cerca de 640 MB de informação.

    Cello - Um browser para navegar na WWW.

    Centronics - A norma de facto usada na transmissão de informação pelas portas paralelas, para ligação de impressoras em computadores pessoais, inventada pelo fabricante de impressoras Centronics. Apesar de não ser absolutamente correcto, é usual usar-se indiferentemente os termos "porta paralela" e "porta Centronics" para designar a mesma coisa.

    CERN - Trata-se do European Laboratory for Particle Physics, possivelmente o mais importante centro para pesquisas avançadas em física nuclear e de partículas, localizado em Genebra, Suíça. O nome CERN relaciona-se ao seu nome anterior, Conseil Europeen pour la Recherche Nucleaire. Para os utilizadores da Internet, o CERN é conhecido como o local onde foi desenvolvido a Web.

    CGI - Common Gateway Interface; tecnologia utilizada para fazer a ''ponte'' entre o browser e as aplicações de servidor. Os programas de servidor a que damos o nome de CGIs são utilizados para desempenhar inúmeras tarefas, como por exemplo processar os dados inseridos em formulários, mostrar banners publicitários, permitir o envio de notícias para amigos, etc.
    Aplicação servidora utilizada geralmente para processar solicitações do navegador (browser) através de formulários HTML, enviando o resultado em páginas dinâmicas HTML. Pode ser utilizado para conexão (gateway) com outras aplicações e bancos de dados do servidor. Exemplo de linguagens são: Perl, C e C++.


    Chain letter ou chain mail - Uma carta que é recebida por alguém e enviada para várias pessoas e assim sucessivamente até que se torna excessivamente difundida. Normalmente o seu texto incita a difusão da carta por outras pessoas.

    Chip - Referência a um circuito integrado. Pode ser desde um simples circuito controlador até ao próprio processador.

    CHIPSET - nome colectivo para os dois chips de Apolo que se encontram em todas as placas de sistema que fornecem memória e tratamento I/0 (circuitos integrados "north bridge" e "south bridge".

    Ciberespaço - É o conjunto formado pela rede de computadores e serviços que compõe a internet.

    Cliente - É o computador que envia as solicitações ao servidor. Exemplo: Microcomputador utilizando o sistema operacional Windows 95 e browser Microsoft Internet Explorer (MS IE).

    Clip Art - Biblioteca de figuras que são usadas para ilustrar textos, cartões, etc.

    CMOS - Complementary Metal-Oxide Semi-conductor. Referente à tecnologia utilizada para construir a CMOS-RAM. Esta memória guarda as informações da configuração do BIOS-SETUP, e é alimentada por uma bateria para que não perca os dados quando desligamos o computador. A tecnologia CMOS é de muito baixo consumo energético.

    CMYK - Cian, Magenta, Yellow and Black. Sistema de quatro cores que, combinadas, podem gerar outras cores. Bastante usado em impressão e trabalhos gráficos e também nas telas dos computadores.

    Compilador - Programa principal de uma linguagem de programação. Transforma um programa fonte (o programa que as pessoas entendem) em linguagem de computador (programa executável).

    Cookies - Se traduzirmos à letra significa 'bolachas'. Os cookies são pequenos ficheiros criados pelo Internet Explorer p.ex. a pedido do website que se está a visitar. Um cookie contém normalmente um número de série. Quando se visita de novo o website que gerou o cookie, o servidor do website repara que já existe um cookie e assim percebe que o utilizador já visitou o site. O servidor apenas pode ler o número de série contido no cookie e nada mais. O servidor não pode saber quem o utilizador é nem pode obter qualquer tipo de informações pessoais.

    Comércio Electrónico - Este é o nome genérico que se dá à compra e venda de bens e serviços via Internet. A todo o tipo de comércio que ocorra na Internet dá-se este nome.

    Compactar - Comprimir os dados de forma a ocupar menos espaço em disco. Tal processo é realizado mediante a utilização de software apropriado para tal, como por exemplo o Winzip.

    CorelDraw - Programa de criação de imagens.

    Cracker - Indivíduo que faz tudo para invadir um sistema alheio, quebrando sistemas de segurança para causar danos.

    Criptografia - Criptografia é a técnica de converter uma mensagem ou mesmo um arquivo utilizando um código secreto. Com o propósito de segurança, as informações nele contidas não podem ser utilizadas ou lidas até serem decodificadas.

    Cyberspace - Por cyberspace designa-se habitualmente o conjunto de computadores, serviços, enfim toda atividade que constitui a rede Internet. Mundo virtual, onde transitam as mais diferentes formas de informação e onde as pessoas que fazem parte da sociedade da informação se relacionam virtualmente, por meios eletrônicos. Termo cunhado em analogia com o espaço sideral explorado pelos astronautas inventado por William Gibson no seu romance Neuromancer.

    D


    Daemon - Programa em execução num computador servidor e está sempre pronto para receber solicitações de outros programas, executar determinada acção e retornar a resposta adequada.

    Database - Base de dados. Conjunto ordenado de dados que permite administrá-los, consultá-los, cruzar e filtrar informações sobre si mesmos, etc.. Deste modo, a informação registada numa ocasião específica pode ser localizada e classificada pelos seus mais diferentes aspectos e da forma mais rápida possível. As bases de dados são a raiz de elementos mais complexos como aplicações em CD-ROM, motores de pesquisa da Internet (como por exemplo o SAPO) ou os sistemas informáticos centrais das companhias aéreas, bancos, etc.

    Data compression - Compressão de dados. Técnica que permite reduzir ao máximo o tamanho de um ficheiro de dados, com ou sem alteração da informação original. Estas técnicas podem ser incorporadas no próprio hardware, como é o caso dos dispositivos de comunicações (modems, placas RDIS...), a fim de que o tempo de transmissão de dados seja o mais curto possível. As normas de compressão mais utilizadas em modems são MNP5 e V.42bis. No caso da compressão para armazenamento, o formato mais popular na plataforma PC é o .zip, criado pela empresa norte-americana PKWare. Em todos estes casos, a informação comprimida pode ser descomprimida para reaver o ficheiro no seu formato original. Contudo, existem casos em que a técnica de compressão não permite a reconstrução do ficheiro original: é o caso da norma JPEG, para compressão de ficheiros de imagem. Após o processo de conversão para este formato a informação perdida não pode ser recuperada.

    Datagram - Datagram (datagrama) é um pacote de informação que contém os dados do usuário, permitindo sua transferência numa rede de pacotes.

    Data-Link - Camada do modelo OSI, o papel desta camada é controlar o adaptador de rede de modo a estabelecer a comunicação com outra máquina, controlar o fluxo de frames, detectar a ocupação ou não do meio de transporte por outras placas, sendo nesse caso aceites e transmitidos às camadas superiores. A camada é dividida em duas partes: LLC e MAC. Os drivers das placas de rede actuam no nível LLC.

    DDN - Defense Data Network. Uma porção da Internet que conecta bases militares norte-americanas e seus fornecedores, e é usada para comunicações não-confidenciais. MILNET é uma das redes DDN.

    DDoS - Distributed Denial of Service; ataque em simultâneo por vários pc's.

    Default - Normalmente traduzido (incorrectamente) por "defeito". Uma tradução mais correcta será "omissão", no contexto das características assumidas pelo hardware e pelo software sem intervenção do utilizador. Por exemplo: a instalação de um programa assumindo os seus valores por "default" pressupõe que o utilizador não intervirá de forma a personalizar essa mesma instalação, actuando assim "por omissão".

    Delete - Do inglês "to delete", apagar. Apagar dados, um ficheiro ou uma comunicação de um meio de memória, volátil ou não.

    Descompactar - Fazer retornar ao tamanho original um arquivo ou software que sofreu o processo de compactação.

    DHCP - Dynamic Host Configuration Protocol. Permite a atribuição dinâmica de endereços IP aos computadores que compõem uma rede. Este protocolo, também conhecido por servidor DHCP, mantem uma lista actualizada de todos os IP's atribuídos (associados a MAC ADDRESS), permitindo assim uma gestão centralizada e isenta de erros. No caso do DHCP se encontrar indisponível, é necessário configurar manualmente todos os pc's da rede. Caso a rede seja de grandes dimensões, torna-se pouco rentável e existe maior probabilidade de falha na configuração.

    Dial-up - Marcação. Tipo de ligação a uma rede informática que usa a rede telefónica pública em vez de um outro tipo de ligação privada e/ou permanente. Trata-se de tipo de ligação mais comum para acesso doméstico à Internet, em que a ligação é feita ligando o número de telefone do fornecedor de acesso.

    Digital - É digital tudo o que se pode mostrar e contar com números, e que tem uma magnitude que pode apresentar um conjunto limitado de estados ou valores. No caso da informática, é normal usar indiferentemente digital e binário, uma vez que os computadores modernos trabalham normalmente com dígitos binários, sequências de sinais "on" e "off", ou "sim" e "não" (os famosos "uns" e "zeros"). Em numeração decimal com base binária, é possível representar qualquer número, não interessa se grande se pequeno, se positivo se negativo. Tudo o que é necessário é espaço suficiente para armazenar essa informação. No entanto, esse espaço é dispendioso, por isso os computadores representam os números com um número limitado de bits (tipicamente 32, em alguns casos 64 no caso do PC comum). Assim, o número mais pequeno que se pode representar, em 32 bits, é 00000000 00000000 00000000 00000001. Esta é também a diferença entre números representáveis adjacentes (metade deste valor é o chamado erro de quantificação). Os valores digitais quantificados assumem um conjunto finito de valores, enquanto os valores analógicos podem assumir um conjunto infinito de valores.

    Digitalizar - Processo de transformação de som ou imagem em sinais binários (dígitos). Exemplo: através dum scanner, uma foto pode ficar armazenada no computador sob a forma de um arquivo.

    DIMM - Dual Inline Memory Module, módulo de memória com 168 contactos.

    Directorias - Também denominados de pasta, são a estrutura onde estão armazenados os arquivos. Podem conter dentro de si arquivos ou outras directorias. As directorias possuem uma organização hierárquica, sendo a directoria raiz a que contem todas as outras.

    Disco de Boot - Disquete que possui os arquivos necessários para carregar o sistema operativo. Para usá-lo ele deve estar na drive logo que o computador é ligado.

    Disquete - Disco feito de material flexível e revestido com uma camada de material magnético, capaz de armazenar dados.

    DMA - Direct Memory Address. Acelera a execução das operações mais comuns evitando o processador quando se pretende aceder à memória, com o DMA, os dispositivos de elevada velocidade ligados ao barramento de expansão poderem colocar os dados directamente na memória através de canais reservados DMA, sem que seja necessária a participação do processador.

    DNS - Domain Name Server (ou System) é a máquina responsável pela tradução dos domínios em endereços IP; define a sintaxe dos nomes usados na internet e as regras para delegação de autoridade na definição de nomes. Durante a década de 70 a Internet cresceu de forma acelerada, o que gerou um constrangimento. Para aceder a um servidor era preciso memorizar o endereço IP dessa máquina. Surge assim o DNS, que traduz o nome do site (p.ex. www.sapo.pt) para o IP da máquina (p.ex.194.65.79.190). Os DNS respeitam uma hierarquia de autoridade. O DNS do ISP é utilizado pelos seus clientes (p.ex. os DNS Sapo são 194.65.100.117 e 194.65.5.2) e acima destes estão os DNS do país e os DNS geográficos.
    Existem 5 tipos de registo DNS:
    SOA - Start Of Authority
    NS - Name Server
    A - Address record
    MX - Mail eXchanger
    CNAME - Canonycal Name


    Domínio ou Domain Name - Nome que descreve a organização com a qual um endereço na Internet está vinculado. Faz parte da hierarquia de nomes de grupos ou hosts da Internet, identificando as instituições na rede. Exemplo: sapo.pt, onde sapo indica a organização e .pt indica Portugal.

    Domínio Público (software de) - Programa disponível publicamente, segundo condições estabelecidas pelos autores, sem custo de licenciamento para uso. Em geral, o software é utilizável sem custos para fins estritamente educacionais, e não tem garantia de manutenção ou actualização. Um dos grandes trunfos da Internet é a quantidade praticamente inesgotável

    de software de domínio público, com excelente qualidade, que circula pela rede.

    DOS - Disk Operating System. Sistema operativo que controla o computador. Criado no início da década de 80, baseia-se em linhas de comando.

    DoS - Denial of Service; ataque onde é sobrecarregada a rede.

    DDoS - Distributed Denial of Service; ataque em simultâneo por vários pc's.

    Download - Transferência de arquivo (software, texto, imagens, etc) de um computador situado num ponto qualquer da rede para o nosso computador.

    DPI - Dots per inch ou pontos por polegada. Medida da resolução da imagem de uma impressora ou monitor.

    Drive - Dispositivo de armazenamento de dados na forma de arquivos. Entre os tipos de drives podemos citar os discos rígidos, discos flexíveis, CD-ROM, Zip drive, DVD.

    Driver - Software que permite que o sistema operativo reconheça um dispositivo de hardware, como uma placa de som ou CD-ROM. Normalmente quando adquirimos um novo periférico para nosso computador vem junto a ele uma disquete ou CD-ROM contendo os drivers para aquele dispositivo.

    DSL - Iniciais em inglês de Digital Subscriber Line. Nome dado à família das tecnologias que utilizam a rede de cobre da infraestrutura telefónica mas que garantem elevada capacidade de transmissão de dados. Há várias tecnologias da família DSL, que são conhecidas normalmente por xDSL. Cada tipo de tecnologia DSL tem um conjunto de características únicas em temos de performance, distância máxima, frequência de transmissão e custo.
    As principais tecnologias DSL sobre um par de cobre são:
    Assymetric DSL (ADSL) - Tem velocidades de transmissão diferentes para o "upload" e "download" (o que a torna indicada sobretudo para acesso à Internet) e que vão de 1 a 8 megabits por segundo, respectivamente, numa distância máxima de 4 Km;
    Symetric DSL (SDSL) e High data rate DSL (HDSL) - usado para linhas de 2 Mbits;
    Very high data rate DSL (VDSL) - usado para linhas de alta capacidade e serviços de banda larga;


    G.Lite - Também conhecido por "ADSL Universal". Um sistema baseado em ADSL que não necessita de filtro (Splitter) nas instalações do cliente simplificando a instalação dos modems e que permite débitos binários de 385/500 quilobits/segundo no sentido ascendente e 1500 kbps no sentido descendente e cobrindo distâncias que podem ir até 6 Km.

    DVD - Disc Video Digital. É parecido com o CD, porém possui uma capacidade de armazenamento de dados de sete a catorze vezes maior.


    E

    EEPROM - Iniciais de Electrically Erasable Programable Read Only Memory. Um tipo de EPROM que pode ser apagada através de impulsos eléctricos e que (ao contrário da RAM) retém a informação sem necessidade de energia.

    EIDE - Enhaced Integrated Device Electronics. Evolução do conhecido IDE. Este novo controlador consegue controlar até quatro dispositivos IDE.

    EISA - Enhanced Industry Standart Architecture. Slot de expansão de 32 bit que trabalha com um Busclock de 8.25 Mhz.

    Email - Contracção de Electronic mail ou seja, correio electrónico. Também é usado na forma "e-mail".

    EPROM - Iniciais de Erasable Programmable Read Only Memory, ou seja, ROM Programável e Apagável. Tipo de ROM que pode ser apagada pela exposição à luz ultravioleta. Para isso, o chip possui uma janela transparente, normalmente coberta, mas que pode ser aberta para exposição à luz. Ver ROM, EEPROM. Ao contrário da RAM, as EPROMs retêm a informação sem necessidade de energia.

    Ethernet - Um padrão muito usado para a conexão física de redes locais, originalmente desenvolvido pelo Palo Alto Research Center (PARC) da Xerox nos EUA. Descreve protocolo, cabeamento, topologia e mecanismos de transmissão. A velocidade nominal de transferência é de 10 Mbps.

    F


    FAQ - Iniciais de Frequently Asked Questions, ou seja perguntas mais frequentes. Para evitar responder muitas vezes às mesmas perguntas, as perguntas mais frequentes feitas pelos utilizadores de BBS, páginas web ou newsgroups são compiladas num ficheiro FAQ, juntamente com as respectivas respostas.
    É um arquivo contendo uma lista de perguntas mais frequentes relativas às dúvidas mais comuns sobre determinado assunto. As respostas destas perguntas são fornecidas por usuários mais antigos, experientes ou pelo responsável por determinado serviço. As FAQ's em geral são dirigidas para leigos. Contrapõe-se a RFC's.


    Fax modem - Modem com capacidade de recepção e envio de faxes. Na prática, todos os modems modernos são fax-modems, dependendo apenas do facto de incluírem ou não software que tire partido dessa capacidade adicional.

    FDDI - Fiber Distributed Data Interface. Um padrão para o uso de cabos de fibras ópticas em redes locais (LANs) e metropolitanas (MANs). A FDDI fornece especificações para a velocidade de transmissão de dados (alta, 100 Mbps), em redes em anel, podendo, por exemplo, conectar 1000 estações de trabalho a distâncias até 200 Km.

    FidoNet - Rede mundial de BBS, baseada no uso do protocolo Fido, interligando computadores pessoais via linhas telefónicas.

    File server - Servidor de ficheiros. Computador onde se armazena uma grande quantidade de informação em forma de ficheiros e que os torna acessíveis a diversos computadores e aplicações clientes, por exemplo, para os descarregar da Internet.

    FILE SYSTEM - partições tipo DOS, existentes no UNIX.

    Filename extension - Extensão do nome do ficheiro. Parte final do nome de um ficheiro, habitualmente separado por um ponto do nome propriamente dito, que faz referência ao conteúdo daquele, desde o tipo de informação que contém até ao método que se utilizou para a comprimir ou o programa a partir do qual foi gerada. Consta habitualmente de três caracteres.

    Filtro - Um programa (ou um conjunto de características dentro de um programa) que intervém na comunicação e/ou leitura de dados e que depois escreve os dados resultantes num dado dispositivo de saída. Por exemplo, um filtro de software pode servir para enviar apenas determinados conjuntos de dados para uma impressora, de forma a assegurar a sua compatibilidade com o computador à qual está ligada; e pode impedir a passagem de determinada informação solicitada a uma base de dados com base em critérios previamente definidos - de forma a obter apenas resultados dentro de um intervalo de datas, por exemplo.
    Equipamento que elimina variações bruscas de tensão ou corrente eléctrica num linha de energia ou de transmissão de dados.
    Painel de vidro ou de matéria plástica que se coloca à frente dos monitores de forma a evitar os reflexos da luz ambiente e aumentar o contraste da imagem.


    Finger - Um serviço de Internet que permite obter informações sobre utilizadores de uma máquina.

    Firewall - São elementos que combinam hardware e software construídos usando routers, servidores e uma variedade grande de software que corre num PC especialmente configurado para, evitar o acesso não autorizado, limitar o tráfego; autenticar os utilizadores, registar informação sobre o tráfego e produzir relatórios.

    Fkey - Abreviatura da expressão inglesa Function Key (Tecla de Função). Cada uma das doze teclas de funções do teclado padrão IBM-PC, de F1 a F12. A função específica destas teclas varia consoante o sistema operativo e os programas usados.

    Foo - Uma palavra usada para exemplificar qualquer coisa em literatura técnica na área de informática. Por exemplo, aparece frequentemente em exemplos de nomes de domínios como [email protected]

    Frame Relay - Tecnologia utilizada em WANs, com linhas dedicadas, possivelmente de fibra óptica, sendo um derivado do X.25, mas mais rápido, porque resulta numa simplificação do X.25, em que todas as componentes destinadas à verificação e correcção de erros foram retirados, já que o meio de transporte não apresenta os níveis de ruído das linhas convencionais. Para estabelecer a ligação entre redes, cada uma delas utiliza um FRAD (Frame Relay Adapter). Os ISPs poderão acessos frame relay.

    Freenet - Uma máquina na Internet que é dedicada a acesso pela comunidade sem cobrança de qualquer taxa. O acesso é fornecido através de bibliotecas públicas ou acesso dial-up. Oferece serviços de BBS's, correio electrónico e acesso (restrito, em geral) à Internet.

    Freeware - Software de domínio público.

    FTP - File Transfer Protocol. Protocolo que permite a transferência de ficheiros entre 2 máquinas; Utilizado, por exemplo, na actualização de conteúdos de um website. Por defeito, utiliza a porta 21.

    FTP anónimo - Serviço que possibilita o acesso a repositórios públicos de arquivos via FTP.

    FYI - For Your Information. Um sub-conjunto das RFCs com conteúdo consideravelmente menos técnico.

    G


    Gateway - Passagem. Ponto de união ou enlace entre dois sistemas de redes para permitir o intercâmbio de dados entre elas. gateway;
    Sistema que possibilita o intercâmbio de serviços entre redes com tecnologias completamente distintas, como BITNET e INTERNET;
    Sistema e convenções de interconexão entre duas redes de mesmo nível e idêntica tecnologia, mas sob administrações distintas;
    Roteador (terminologia TCP/IP).


    GB - Abreviatura de gigabyte. Unidade de armazenamento normalmente usada em informática e que é igual a mil milhões de bytes, ou mil mega bytes. Contudo, uma vez que a linguagem binária dos computadores é calculada sobre potências de base 2, não há uniformidade de critérios entre os fabricantes de equipamentos - sobretudo de discos rígidos e dispositivos de armazenamento - pelo que é frequente entender-se 1 GB como 1.000.000.000 de bytes mas também como 1.073.741.824 bytes, ou seja 230, ou 1.024 megabytes. Até ao início dos anos 90, a capacidade da maioria dos discos rígidos e dispositivos de armazenamento eram expressos em megabytes mas, como o aumento progressivo das capacidades obtidas, o gigabyte tornou-se a medida mais usada.

    General MIDI - Conjunto de especificações estabelecidas em 1991 entre a Japanese MIDI Standards Committee e a American MIDI Manufactures Association (www.MIDI.org) para aperfeiçoar a norma MIDI. Definem a utilização de um mínimo de 16 tipos de instrumentos (128 sons) mais 47 instrumentos de percussão, bem como a sua exacta localização num sintetizador: de 1 a 8 os pianos, de 17 a 24 os órgãos e de 105 a 112 os instrumentos étnicos, por exemplo. Ao ordenar os instrumentos por categorias, atribuindo-lhes um número, o General MIDI garante que uma música criada num determinado equipamento MIDI seja correctamente reproduzida num outro dispositivo do mesmo género, sem alteração dos instrumentos originalmente utilizados, o que acontecia entre equipamentos MIDI de vários fabricantes até essa altura. O General MIDI especifica ainda uma polifonia mínima de 24 vozes e o suporte a 16 canais MIDI, com o canal 10 reservado às percussões. Empresas como a Yamaha e a Roland possuem versões acrescentadas do padrão General MIDI, respectivamente as normas XG e GS.

    GIF - Iniciais de Graphics Interchange Format. Formato de ficheiro de imagem tipo bitmap identificado no mundo PC pela extensão de nome de ficheiro .gif. Este formato suporta ficheiros de imagem de alta resolução mas apenas com um máximo de 256 cores, o que permite criar ficheiros de pequena dimensão, ideais para utilização na Internet. O formato foi criado pelo sistema de informação online Compuserve (daí que, muitas vezes, seja referido como "Compuserve GIF") e popularizou-se com o advento da World Wide Web. No final dos anos 90 começou a ser preterido em favor do formato JPEG, o qual permite criar ficheiros de maior qualidade (sem o limite de 256 cores) e maior compressão.

    GIF animado - Tipo de animação que consiste na sequência de diversas imagens em formato GIF num único ficheiro. Especialmente usada em documentos HTML na WWW.

    Gopher - Um sistema distribuído para busca e recuperação de documentos, que combina recursos de navegação através de colecções de documentos e bases de dados indexadas, por meio de menus hierárquicos. O protocolo de comunicação e o software seguem o modelo cliente-servidor, permitindo que utilizadores em sistemas heterogéneos naveguem, pesquisem e recuperem documentos armazenados em diferentes sistemas, de maneira simples e intuitiva.

    H

    Hacker - Habitualmente (e erradamente) confundido com cracker, um hacker é um expert ou Problem Solver, aquele que apresenta soluções para problemas técnicos relativos à Internet. Quebra barreiras mas não causa danos em sistemas alheios, deixando muitas vezes mensagens de alerta nos servidores vulneráveis.

    Hardware - Equipamento. Na informática, tudo o que é físico. Os computadores e os seus periféricos são, genericamente, "hardware".

    HDD - Dispositivo de memória magnética de grande capacidade (Disco Rígido).

    Header - Cabeçalho. Parte inicial de um pacote de dados a transmitir, que contém a informação sobre os pontos de origem e de destino de um envio e sobre o controlo de erros. Esta expressão aplica-se com frequência, e de maneira errónea, apenas a envios de correio electrónico, pelo que recebe o nome "mailheader", mas normalmente qualquer pacote de dados que se transmite entre computadores contém um "header". No contexto de documentos normais (texto, folhas de cálculo...), a expressão indica a informação presente no topo de cada um das páginas do documento, como o número de página ou a data.

    Homepage - Página principal.
    1. Página web principal ou de apresentação num sítio (site) da web. O sítio web pode conter múltiplas páginas web, mas apenas uma será a home page.
    2. Página que o browser mostra por omissão logo de início, e que se pode trocar segundo a preferência do utilizador.


    Host - Anfitrião. Computador central. Computador central que permite a um ou vários utilizadores comunicar-se em rede com outros computadores.

    HTML - HyperText Markup Language. Linguagem padrão usada para escrever páginas de documentos para Web ou WWW. É uma variante da SGML (Standard Generalized Markup Language), bem mais fácil de aprender e usar, possibilitando preparar documentos com gráficos e links para outros documentos para visualização em sistemas que utilizam Web.

    HTTP - HyperText Transfer Protocol. Este protocolo é o conjunto de regras que permite a transferência de informações na Web e permite que os autores de páginas de hipertextos incluam comandos que possibilitem saltos para recursos e outros documentos disponíveis em sistemas remotos, de forma transparente para o usuário.

    HZ - Hertz. Grandeza que serve para medir a frequência (ciclos por segundo).

    I


    IBM - Iniciais de International Business Machines. Thomas J. Watson fundou a empresa em 1914, com o nome de Computing-Tabulating-Recording Co.; dez anos depois viria a mudar o nome para IBM. Com a introdução, em 1981, do IBM-PC, a empresa criou o standard de facto para os computadores pessoais. Até ao final dos anos 80, o termo IBM-compatível designava todos os computadores pessoais, fabricados ou não pela IBM, mas capazes de correrem os mesmos programas.

    ICMP - Internet Control Message Protocol; é o protocolo auxiliar ao IP, que carrega informações de controlo e diagnóstico, informando falhas como TTL do pacote IP que expirou, erros de fragmentação, routers intermediários congestionados e outros.

    Icon - Ícone. Símbolo que num interface gráfico representa um comando, uma aplicação, um ficheiro, etc.

    IDE - Iniciais de Integrated Drive Electronics. Padrão para interfaces de disco no qual parte dos circuitos electrónicos residem no próprio disco rígido. Nos PCs modernos existem controladores IDE com dois canais, com suporte para um máximo de quatro dispositivos. Este interface é também usado em unidades de CD-ROM, de fita magnética, discos Zip, leitores de cartões PC Card e até digitalizadores. As variações deste interface com acesso directo à memória, designadas Ultra DMA/33 e Ultra DMA/66, permitem débitos de transferência até 33 e 66 MB/segundo, respectivamente.

    IETF - Internet Engeneering Task Force. Comité aberto de desenvolvimento de recursos para a Internet.

    IMAP - Tipo de servidor de recepção de correio electrónico; Permite a consulta directa no servidor, apesar de trabalharmos remotamente.

    Intel - Empresa fundada em 1968 por Robert Noyce, Gordon Moore e Andrew Grove. O nome é uma contracção de INTegrated ELectronics. Nos anos 90, o termo "compatível Intel" substituiu "compatível IBM" na designação dos computadores pessoais baseados em processadores Intel e capazes de correrem sistemas operativos Microsoft.

    Interface - Ponto de ligação entre dois elementos diferentes de forma a que possam trabalhar em conjunto. No caso do software, a aplicação mais conhecida é o interface gráfico, introduzido pela primeira vez em computadores pessoais pela Apple em 1984 e popularizado pela Microsoft com o Windows. Neste caso trata-se de um interface entre o hardware e o seu utilizador. Uma aplicação comum de um interface de hardware é a placa de rede, também conhecida pelas iniciais NIC, de Network Interface Card. Neste caso, trata-se do interface físico entre o computador e uma rede.

    Internet
    1. Com inicial maiúscula, significa a "rede das redes". Originalmente criada nos EUA, tornou-se uma associação mundial de redes interligadas, em mais de 70 países. Os computadores utilizam a arquitetura de protocolos de comunicação TCP/IP. Originalmente desenvolvida para o exército americano, hoje é utilizada em grande parte para fins académicos e comerciais. Permite transferência de arquivos, login remoto, correio eletrónico, news e outros serviços;
    2. Com inicial minúscula significa genericamente uma colecção de redes locais e/ou de longa distância, interligadas por pontes, roteadores e/ou gateways.


    Intranet - São redes corporativas que se utilizam da tecnologia e infraestrutura de comunicação de dados da Internet. São utilizadas na comunicação interna da própria empresa e/ou comunicação com outras empresas.

    IP - Internet Protocol. Protocolo responsável pelo roteamento de pacotes entre dois sistemas que utilizam a família de protocolos TCP/IP desenvolvida e usada na Internet. É o mais importante dos protocolos em que a Internet é baseada.

    IRC - Internet Relay Chat.

    IRQ - Interrupt Line Request. Linha de pedido de interrupção. Esta linha indica ao processador se o periférico ao qual está atribuída quer comunicar com ele ou não.

    ISA - Industry Standart Architecture. Slot de expansão com uma largura de bus de 16 bit a uma velocidade de 8.25Mhz.

    ISAPI - Internet Server Aplication Program Interface. São aplicações, similares às CGI, que rodam do lado servidor e estendem as características do Microsoft IIS (Internet Information Server) em máquinas com sistema operativo Windows NT. Estas aplicações são geralmente escritas em C ou C++.

    ISDN - Integrated Services Digital Network. Sistema telefónico digital que, mediante o uso de equipamentos especiais, permite enviar e receber voz e dados simultaneamente através de uma linha telefónica.

    ISO - International Organization for Standardization. Uma organização internacional formada por órgãos de diversos países, tais como o ANSI (americano), o BSI (inglês), o AFNOR (francês) e a ABNT (brasileira), e que estabelece padrões industriais de aceitação mundial.

    ISP - Internet Service Provider. É uma empresa que disponibiliza os mecanismos necessários para aceder á Internet. Pode ainda comercializar produtos específicos como caixas de correio ou alojamento de sites.

    ITU - International Telecomunications Union. Órgão da ONU responsável pelo estabelecimento de normas e padrões em telecomunicações.

    J


    Java - Linguagem orientada a objetos, com sintaxe similar a C++, porém com biblioteca bastante distinta, que permite o desenvolvimento de aplicações e applets java. Gera código intermediário (byte codes) que são interpretados em tempo de execução, o que, juntamente com a sua biblioteca, torna a liguagem multi-plataforma, permitindo que o seu código seja executado nas mais diversas máquinas e sistemas operativos, sem a necessidade de adaptação. A Sun Microsystems, que inventou a linguagem Java, desenvolveu um browser para leitura dos applets e classes, e também uma consola para adaptação noutros navegadores.

    JPEG - Iniciais em inglês de Joint Photographic Experts Group. Trata-se de um formato de compressão de imagens muito usada pela forma como consegue reduzir o tamanho dos ficheiros. É o tipo de formato de ficheiro de imagem mais usado na Internet, juntamente com o GIF. Os ficheiros com compressão JPEG têm normalmente a extensão .JPEG ou .JPG.

    Javascript - Linguagem de programação integrada nas páginas da web. É similar à linguagem Java mas, ao contrário desta, que se carrega separadamente da página web e cuja área de influência está restringida a uma zona da mesma, a Javascript executa-se ao mesmo tempo que se apresenta na página e tem sobre esta uma influência total.

    K


    KB - Abreviatura de kilobyte. Unidade de armazenamento normalmente usada em informática e que é igual a 1024 bytes. Usa-se normalmente como unidade de medida da magnitude de uma memória.

    Kernel - O núcleo de um sistema operativo. A parte do código que controla as funções básicas do hardware, como a gestão de memória e dos periféricos; programa central que permite o acesso aos comandos do sistema, é compilado a partir de ficheiros fonte, ficheiros binários e parâmetros configuráveis.

    Keyword - Palavra-chave. Palavra usada em ferramentas de busca ou base de dados, que traz em si o significado de um assunto; através dela, é possível localizar esse mesmo assunto.

    L


    LAN - Local Area Network. Uma rede formada por computadores localizados no mesmo espaço físico, como uma sala ou um prédio.

    LCD - Iniciais em inglês de Liquid Crystal Display, ou ecrã de cristais líquidos.

    Linguagem Script - São linguagens de programação cujo código fonte é interpretado pelo programa em tempo de execução. Por exemplo, o browser interpreta HTML, Javascript e Vbscript.

    Linha dedicada - Linha de telecomunicações, normalmente digital, destinada a assegurar uma ligação permanente entre dois pontos. Este tipo de linhas é especialmente usado pelas empresas para estabelecer ligações entre delegações e/ou conectividade entre redes e acesso à Internet.

    Link - Ligação, elemento de união. Surge habitualmente como abreviatura de hyperlink.
    Conexão, ou seja, elementos físicos e lógicos que interligam os computadores da rede. São ponteiros ou palavras chaves destacadas num texto, que quando "clicadas" nos levam para o assunto desejado, mesmo que esteja noutro arquivo ou servidor.


    Linux - Sistema operativo de funcionalidade semelhante ao Unix e de distribuição livre, muito divulgado na Internet. Criado em 1994 (versão 2.0) pelo programador finlandês Linus Torvalds. Tal como o servidor Apache, o Linux é desenvolvido em todo o mundo por milhares de programadores e distribuído livremente.

    Listserv - Software servidor que mantém os grupos de discussão, também conhecidos como newsgroups. O mais famoso conjunto de grupos de discusão é a USENET.

    Local loop - Lacete local. Circuito físico de telecomunicações constituído por cabo de cobre que liga a casa do cliente ao comutador local de uma infraestrutura de comunicações telefónicas.

    Login - O login é o nome que o usuário utiliza para aceder ao servidor da rede. Para entrar na rede, você precisa de introduzir a sua identificação (login), seguido de uma senha (password).

    Log off - Despedir-se. Terminar adequadamente uma sessão on-line ou ligação à rede, em oposição a fazê-lo pouco tecnicamente, sem seguir as formas de se desligar conforme estabelece o protocolo.

    Log on - Entrar. Entrar com prévia identificação, num sistema informático ou numa rede.

    Logfile - Ficheiro de registo no qual se arquivam todas as actividades realizadas por um programa ou durante uma sessão on-line. É normalmente escrita no disco rígido e serve como futura referência ou como controlo de segurança.

    M


    Macintosh - Computador pessoal criado pela Apple em 1984. Foi o primeiro computador pessoal bem sucedido a introduzir conceitos que só muito mais tarde se tornariam norma, como o rato e o interface gráfico com o utilizador. Um ano antes, a Apple tinha já feito uma tentativa, que acabaria por não ter seguimento, com o Lisa.

    Mail gateway - Computador que distribui correio electrónico entre dois ou mais sistemas diferentes de correio electrónico.


    Mail server - Computador de um fornecedor de serviços Internet através do qual circula o correio electrónico.

    Mailbox - Caixa de correio. Zona de um computador central (Host) à qual se envia e de onde se recebe o correio electrónico do utilizador. É equivalente a um apartado físico dos CTT.

    Mailing list - Lista de correios. Conjunto de endereços de correio electrónico agrupados numa lista de nomes. A lista tem uma direcção electrónica fictícia - que não corresponde a uma caixa electrónica real (mailbox), de modo a que uma mensagem enviada por correio electrónico seja recebida em todas os endereços que compõem a lista.

    MAN - Metropolitan Area Network. Uma rede de abrangência metropolitana.

    Matriz Activa - Tecnologia de fabrico de ecrãs de cristais líquidos em que são usados transístores especiais (designados Thin Film Transitor, ou TFT) para activar ou desactivar os pontos de luz que constituem o ecrã, permitindo assim uma imagem muito mais brilhante e estável que a tecnologia de matriz passiva, mais simples e barata. Além do preço, o maior problema desta tecnologia face à de matriz passiva é o mais elevado consumo de energia eléctrica. Os ecrãs de matriz activa são normalmente usados nos notebooks de gama alta, embora no final dos anos 90 as economias de escala tenham permitido fazer baixar os preços, ao mesmo tempo que os avanços na tecnologia de baterias e na gestão de energia tenham tornado menos relevante o seu elevado consumo.

    Matriz Passiva - Tecnologia de fabrico de ecrãs de cristais líquidos mais simples e barata que a de matriz activa. Muitas vezes referida com as siglas STN, CSTN ou DSTN.

    Mbps - Megabits por segundo. Velocidade de transferência de dados, equivalente a 10 milhões de bits por segundo.

    MIME - Multipurpose Internet Mail Extension. Extensão que permite o envio de arquivos que não sejam texto, via e-mail, como imagens, áudio e vídeo.

    Modem - MOdulator/DEModulator Um dispositivo que adapta um computador a uma linha telefónica. Converte os impulsos digitais do computador para frequências de áudio (analógicas) do sistema telefónico, e converte as frequências de volta para impulsos no lado receptor. O modem também marca o número, responde à chamada e controla a velocidade de transmissão, em bps.

    Mosaic - Um programa cliente de fácil utilização projectado para procura de informações disponíveis na Web. Distribuído como freeware, o Mosaic foi criado pelo National Center for Supercomputing Applications (NCSA) dos EUA e tem capacidade multimédia.

    MPEG - Motion Pictures Experts Group. Algoritmo de compressão de arquivos de áudio e vídeo.

    MUD - Multi-User Dungeon. Jogos de RPG (Role-Playing Games) usados actualmente como ferramentas de conferência ou ajuda educacional. Este nome provém do pai dos RPGs, o jogo Dungeons and Dragons.

    Multicast - Um endereço para uma colecção específica de nós numa rede, ou uma mensagem enviada a uma colecção específica de nós. É útil para aplicações como teleconferência.

    Multithreading - É a capacidade de uma tarefa que está a ser executada dar origem a uma subtarefa, que irá disputar tempo de processador com todas as outras tarefas em execução no sistema.

    N


    NAT - Network Adress Translation. Esta funcionalidade permite que um dispositivo de rede (router) funcione como um interface entre a Internet e uma rede local. Isto significa que é necessário um único IP para representar um grupo de computadores inseridos nessa rede.

    Net - Rede. Usado normalmente como abreviatura de Internet. Muitos referem-se ainda à Usenet e ao conjunto do ciberespaço como "a rede".

    NetBeui - É um protocolo não roteável e baseado em broadcasts. Como o NetBeui utiliza broadcast para todas as funções, isso pode causar intenso tráfego de pacotes (para uma rede de poucos computadores, o NetBeui é a melhor opção).

    NetBios - Network Basic Input Output System. É uma especificação de interface para o acesso a serviços de rede, (software)desenvolvido para enlace de um sistema operativo de rede com hardware especifico. Resumindo, permite às aplicações 'falar' com a rede. A sua intenção é a de conseguir tirar dos programas de aplicação qualquer tipo de dependência de hardware.

    Netiquette - Termo que se refere às boas maneiras de usar a Internet como por exemplo o evitar o envio de mensagens que possam ofender alguém. Por exemplo, escrever com letras maiúsculas é equivalente a gritar numa conversa.

    Network - Rede. Grupo de computadores que comunicam entre si e partilham os recursos de que dispõem (como por exemplo as impressoras ou discos). Há diversos tipos de redes: locais (LAN), alargadas (WAN), a própria Internet, etc.

    Newsgroup - Grupo de Discussão. Um tipo de BBS para troca de notícias onde se colocam artigos, informações e cartas dos participantes. Usenet não é mais do que conjunto de grupos temáticos de notícias que se distribuem mundialmente através de uma rede interligada de servidores de notícias (News servers). Existem várias dezenas de milhar de grupos de notícias na Usenet e o número cresce diariamente.

    News server - Servidor de Notícias. Computador no qual se podem encontrar os mais diversos newsgroups; a maioria das vezes, o fornecedor de serviços Internet põe à disposição dos seus clientes um servidor de notícias. A maior parte de servidores de notícias só é acessível por um círculo determinado de utilizadores; por exemplo, os clientes de um ISP são os únicos autorizados a aceder ao servidor de notícias daquele, embora também haja um grande número de servidores de notícias públicos.

    NFS - Network File System. É o protocolo de partilha de arquivos remotos desenvolvido pela Sun Microsystems. Faz parte da família de protocolos TCP/IP.

    NIC - Network Information Center. Um centro de informação e assistência ao utilizador da Internet, disponibilizando documentos como RFCs, FAQs e FYIs, realizando treinos, etc.

    NIS - Network Information System. Um serviço usado por administradores Unix para gerenciar bases de dados distribuídas através de uma rede.

    NIS+ - Versão actualizada do NIS. É um sistema distribuído de bases de dados que troca cópias de arquivos de configuração unindo a conveniência da replicação à facilidade de gerência centralizada. Servidores NIS gerem as cópias de arquivos de bases de dados, e clientes NIS requerem informação dos servidores ao invés de utilizar as cópias locais destes arquivos.

    NNTP - Network News Transfer Protocol; é o protocolo por defeito para os newsgroups, este protocolo funciona de forma similar à combinação dos protocolos SMTP e POP3.

    - Qualquer dispositivo, inclusivé servidores e estações de trabalho, ligado a uma rede.

    NOC - Network Operation Center. Um centro administrativo e técnico que é responsável por gerir os aspectos operacionais da rede, como o controlo de acesso da mesma, "roteamento" de comunicação, etc.
    Nslookup - É utilizado para verificar os registos DNS do domínio pesquisado. Ex: nslookup www.sapo.pt

    Nul modem - Um cabo que permite a comunicação entre dois computadores através de uma porta série sem a presença de um modem. Isto é feito através do cruzamento dos fios de forma a que os que servem para a transmissão num ponto estejam ligados aos que servem para recepção no outro e vice-versa.

    O


    OEM - Iniciais em inglês de Original Equipement Manufacturer. A expressão refere-se aos fabricantes de equipamento ou de software no contexto do fornecimento de componentes. Por exemplo, a Microsoft pode referir-se aos OEMs ao indicar os fabricantes de computadores que pré-carregam os seus produtos (sistemas operativos e aplicações) nas máquinas; por seu lado, a Microsoft designa alguns dos seus produtos como "versões OEM" para designar o software que não é destinado à venda ao público, mas sim à instalação pelos fabricantes. A expressão "equipamento OEM" pode também designar máquinas ou componentes produzidos por determinadas empresas e especialmente destinados a serem revendidos a outras empresas para só então serem postos à venda ao público - normalmente sob a marca da última empresa e não do fabricante original.

    Offline - Fora de linha, desligado. Quando não existe nenhum contacto do computador com uma rede através da linha telefónica.

    Online - Em linha, ligado. Estado em que o computador está em ligação directa com uma rede, através de um modem, de uma placa RDIS, uma placa de rede ou qualquer outro sistema.

    OSI - Open Systems Interconnection. É um modelo conceitual de protocolo com sete camadas definido pela ISO, para a compreensão e o projecto de redes de computadores. Trata-se de uma padronização internacional para facilitar a comunicação entre computadores de diferentes fabricantes.

    Overclocking - Processo de fazer um processador funcionar a uma velocidade mais elevada do que a originalmente prevista pelo fabricante. Os processos de "overclocking" são normalmente referentes a processadores centrais e processadores gráficos. No caso dos primeiros, existem basicamente duas formas de fazer "overclocking": aumentar a velocidade interna de processamento ou aumentar a velocidade externa de comunicação com o sistema, sendo igualmente possível realizar uma conjugação das duas.

    Overhead - Taxa de transferência, reduzida pelo peso criado pela informação de controlo, que constitui uma sobrecarga relativamente aos dados a transmitir. Se tem ADSL e está a pensar que vai fazer um download a 512kbps ou 64kBps está enganado, as linhas ADSL necessitam de um certo controlo como em qualquer outra, mas em ADSL o controlo dos pacotes TCP/IP usam 16% de overhead, ou seja usam 16% da sua largura de banda para controlar estes mesmos pacotes, lê os headers dos pacotes TCP/IP e verificam se vão para o sitio certo e se chegam ao local como deveriam chegar. Por ex:
    1b (bit) = unidade mais pequena para medir a informação.
    1B (byte) = 8bites
    512kbps /8 -> 64kBps velocidade de download (downstream)
    128kbps /8 -> 16kBps velocidade de upload (upstream)
    16% overhead -> 64*0.16 = 10.24
    64kBps - 16%(10.24) = 53,76kBps velocidade de download.


    P


    Pacote - Dado encapsulado para transmissão na rede. Um conjunto de bits compreendendo informação de controlo, endereço fonte e destino dos nós envolvidos na transmissão.

    Partição - Pela altura da inicialização de um disco podemos criar várias partições (drives) dentro do mesmo disco. Este processo pode ser feito com o Fdisk.

    PCI - Peripheral Component Interconnect. Slot de expansão que comunica a 32 ou a 64 bit.

    Ping - Envia pacotes de controlo para o destino especificado com o objectivo de verificar se a máquina está a responder, e dá o tempo de retorno. Permite ainda verificar o endereço IP da máquina que pretendemos testar. Ex: ping www.sapo.pt

    Placa de expansão - Placa de circuito impresso que encaixa num slot de expansão, e que serve para aumentar as capacidades de um computador (vídeo, som, fax-modem,etc).

    Placa de vídeo - Placa que converte os sinais digitais do processador em sinais de vídeo, visíveis no monitor.

    Plug-Ins - Extensões do browser, fornecidas pelo fabricante do browser ou empresas parceiras que fornecem recursos adicionais de multimédia, facilitando a visualização de textos, som, vídeo, etc, e uma maior interacção com o utilizador.

    POP
    Point Of Presence - Local na espinha dorsal de rede, onde uma rede permite acesso a sub-redes e a fornecedores de serviços. Uma rede madura cobre a sua região de actuação através de pontos-de-presença nas principais cidades/distritos dessa região, interligados por um conjunto de linhas dedicadas, compondo um backbone.
    Post Office Protocol - Protocolo usado por clientes de correio eletrónico para a manipulação de arquivos de mensagens em servidores de correio eletrónico.


    POP3 - Post Office Protocol v3. É o protocolo utilizado que permite a recepção de mensagens de correio.


    Porta paralela - Porta usada essencialmente para a impressora. Esta porta pode servir também para ligar dois computadores e estabelecer comunicação entre eles. A diferença de uma porta de série para uma paralela é que a porta paralela comunica com vários bits simultâneos, e a porta série comunica bit a bit.

    Porta Série - Porta de comunicações também conhecida por RS232.

    POST - Power On Self Test. São as etapas de arranque de um computador e o modo como ele se testa quando o ligamos.

    Postmaster - E-mail do responsável pelo correio electrónico de uma máquina ou domínio.

    PPP - Point-to-Point Protocol. Um dos protocolos mais conhecidos para acesso via interface serial. O PPP estabelece um método de acesso à Internet em que um computador, ligado a um host Internet via telefone e um modem de alta velocidade, aparece para o host como se fosse uma porta Ethernet no sistema de rede local do host. É considerado o sucessor do SLIP por ser confiável e mais eficiente.

    Protocolo - Um conjunto de regras padronizado que especifica o formato, a sincronização, a sequência e a verificação de erros em comunicação de dados. Uma descrição formal de formatos de mensagem e das regras que dois computadores devem obedecer ao trocar mensagens. O protocolo básico utilizado na Internet é o TCP/IP.

    Proxy - É uma máquina que tem por objectivo criar uma cópia das páginas mais visitadas pelos utilizadores desse proxy, de forma a rentabilizar os recursos da rede Internet. O utilizador usufrui assim de uma maior rapidez no acesso a determinados sites que estejam disponíveis na memória do servidor (cache). Desta forma, caso o cliente tenha configurado o endereço de servidor proxy nas definições do Internet Explorer, sempre que abre uma página esse pedido é reencaminhado para o servidor proxy.

    Q


    QoS - Quality of Service.

    R


    RADIUS - Remote authentication dial (in user services).

    RAM - Random Access Memory, ou seja, memória de acesso aleatório que permite escrita e leitura. Memória de trabalho de um computador. A informação que contém perde-se ao desligá-lo.

    RDIS - Iniciais de Rede Digital com Integração de Serviços. É o termo usado em Portugal para designar ISDN. Na sua versão básica, uma linha RDIS fornece dois canais de comunicação digital de 64 kbps cada um, os quais podem ser usados separadamente ou em conjunto, para uma largura de banda total de 128 kbps.

    RDP - Remote Display Protocol.

    Read only - Apenas de leitura. No contexto da Internet, refere-se a fórum ou conferência em linha onde se pode ler, embora não se possa participar activamente mediante contribuições específicas. No contexto do hardware, refere-se à possibilidade de protecção contra escrita em suportes magnéticos ou magneto-ópticos (disquetes, cartuchos de fita, etc.). No contexto do software, diz-se de um documento que só se disponibiliza para leitura, de forma a ser protegido contra alterações ou mesmo contra a sua destruição acidental.

    Realtime - Tempo real. Modo de diálogo que se caracteriza pela transmissão de informação entre dois agentes que é realizada em directo, conforme sucede durante uma conversa via teclado, o que a diferencia, por exemplo, de mensagens depositadas em Newsgroups, ou em Fóruns de discussão, ou enviadas por correio electrónico, estas recebidas com algum tempo de atraso. Genericamente, toda a acção realizada num sistema informático que seja realizada de imediato e não diferida no tempo.

    Repetidor - Um dispositivo que propaga (regenera e amplifica) sinais eléctricos numa conexão de dados, para estender o alcance da transmissão, sem fazer decisões de roteamento ou de selecção de pacotes.

    RFC - Request For Comments. RFCs constituem uma série de documentos editados desde 1969 e que descrevem aspectos relacionados com a Internet, como padrões, protocolos, serviços, recomendações operacionais, etc. Uma RFC é em geral muito densa do ponto de vista técnico.

    RGB - Red, Green, Blue. Método de geração de cores, através da combinação das cores, vermelho, verde e azul.

    RIP - Routing Information Protocol.

    ROM - Iniciais de Read-Only Memory, ou seja, memória que permite apenas a leitura e que contém a BIOS. Também pode ser referida por memória não-volátil. Trata-se de um tipo de memória capaz de reter a informação nela inscrita mesmo sem qualquer corrente eléctrica. Nos dispositivos electrónicos, incluindo os computadores, é usada para guardar informação que não necessite de ser actualizada. Existem pequenos computadores portáteis onde as ROM são usadas para guardar o próprio sistema operativo e os principais programas usados, de forma a evitar a presença de um disco rígido e assim poupar espaço, peso e energia.

    Roteador - Dispositivo responsável pelo encaminhamento de pacotes de comunicação numa rede ou entre redes. Uma instituição, quando se liga à Internet, deverá adquirir um roteador para conectar sua Rede Local (LAN) ao Ponto-de-Presença mais próximo.

    S


    Scroll - Deslocamento. O termo usa-se no contexto dos jogos onde a imagem apresenta deslocamento horizontal (scroll horizontal) ou vertical (scroll vertical) para simular movimento: nos jogos mais antigos, é frequente existir uma pequena nave ou outro veículo com pequena capacidade de movimento, a qual é compensada pelo scroll do cenário. Barras de scroll (ou de deslocamento) são as barras que, na parte inferior ou lateral das janelas permitem visualizar gradualmente o documento em toda a sua extensão, quer em largura, quer em altura.

    SCSI - Iniciais em inglês de Small Computer System Interface. Pronuncia-se "scuzzi". Mais sofisticado, rápido e flexível do que o interface IDE, o SCSI foi popularizado na microinformática pela Apple, que o adoptou como interface de eleição para o Macintosh. Um interface SCSI permite a ligação entre 7 e 15 dispositivos em cadeia: um cabo liga o interface ao primeiro dispositivo, sendo o segundo dispositivo ligado ao primeiro, o terceiro ao segundo e assim sucessivamente. Os dispositivos mais frequentemente ligados a interfaces SCSI são os discos rígidos, digitalizadores e dispositivos de armazenamento, entre eles os leitores e gravadores de CD. Existem várias declinações deste interface, sendo a implementação mais potente (em 1999) designada SCSI-3, capaz de um débito de transferência de dados até 160 MB por segundo.

    Search Engine - Motor de pesquisa, motor de busca. Base de dados cujo conteúdo são ligações que se remetem a páginas web ou a recursos da Internet em geral, e que permitem uma consulta de várias maneiras. Por exemplo, com a ajuda de um motor de pesquisa encontram-se conceitos que incluem uma determinada palavra ou se centram num tema em concreto, e cuja endereço exacto, não é conhecido. Habitualmente procura-se na World Wide Web, embora também se possa pesquisar nas mensagens dos newsgroups, na Usenet, ou ficheiros em servidores de FTP. Os motores de busca dividem-se em dois grandes grupos: os directórios (como o Yahoo e o SAPO) e os "crawlers", (como o AltaVista e o Cusco). Apesar de cada um deles puder incorporar funções do outro tipo, os directórios funcionam com base em informação pré-indexada e organizada e são mais úteis para procurar locais específicos, como endereços de empresas; os "crawlers" procuram informação mais profundamente, indexando o próprio conteúdo das páginas dos sites, pelo que são mais adequados para encontrar documentos e informação específica.

    Server - Servidor. Computador central de uma rede (network) e seu correspondente de software (entre outros sistemas operativos de rede) que põe os seus serviços à disposição dos computadores integrantes da rede (cliente) por meio de um software cliente-servidor. Quando se faz o download de software na Internet, esse software está residente num servidor, algures no mundo.
    Computador que administra e fornece programas e informações para os outros computadores conectados. No modelo cliente-servidor, é o programa responsável pelo atendimento a determinado serviço solicitado por um cliente. Serviços como archie, Gopher, WAIS e WWW são fornecidos por servidores; Referindo-se a equipamento, o servidor é um sistema que fornece recursos tais como armazenamento de dados, impressão e acesso dial-up para utilizadores de uma rede de computadores.


    Shareware - Tipo de software que se caracteriza pela distribuição gratuita de forma a que o utilizador final pague o produto apenas depois de o ter experimentado durante um tempo máximo pré-determinado. A partir desse momento, deve comprar o produto (pagando uma taxa de registo) ou deixar de o utilizar.

    SMB - protocolo Server Message Block. É basicamente uma rede de ficheiros partilhados com um protocolo baseado no modelo client/server, é usado para partilhar ficheiros, directórios, impressoras e links de comunicação série.

    SLIP - Serial Line Internet Protocol. Serial Line IP é um protocolo serial assíncrono, bastante popular, usado na Internet para acesso remoto discado.

    Smiley - Uma "carinha" construída com caracteres ASCII para ajudar a contextualizar uma mensagem electrónica. Por exemplo, a mais comum é :) que significa humor ou alegria.

    SMTP - Simple Mail Transfer Protocol. É o protocolo usado para envio no sistema de correio electrónico na arquitectura Internet.

    Sniffer - A acção de capturar informação destinadas a uma outra máquina é chamada sniffing.

    SNMP - Simple network management protocol. Protocolo usado para monitorizar e controlar serviços e dispositivos de uma rede TCP/IP. É o padrão adoptado pela RNP para gerir a sua rede.

    Socket - Consiste numa associação de um endereço e de um número, designado por port, que usados em conjunto, definem a máquina com que se pretende comunicar, bem como o tipo de serviço dessa máquina que deve ser envolvido na comunicação. Um caso típico de utilização de sockets é o dos browsers, que nos permitem aceder às páginas www. Neste caso especifico é usado um socket formado pelo endereço IP do servidor HTTP, associado ao port 80, (Port padronizado). No caso da utilização de FTP, são utilizados dois ports , 20 e 21.
    Conector utilizado entre as aplicações e a rede.


    SSI - Server Side Includes, ou ASP (Active Server Pages). São comandos extensivos à linguagem HTML que são processados pelo servidor Web antes da pagina HTML ser enviada. No lugar do comando é enviado apenas o resultado do comando no formato normal de texto HTML.

    SSL - Secure Socket Layer. É um padrão de comunicação, utilizado para permitir a transferência segura de informações através da Internet.

    Strings - Uma string de incialização é um conjunto de constantes alfanuméricas que informam o modem de acções a tomar, como por exemplo ignorar o sinal de linha ou activar a correcção de erros. Existem vários modelos de modems que, por terem diferentes comportamentos, poderão causar alguns pequenos problemas. É comum utilizar strings de inicialização que ajudam a ultrapassar estes pequenos problemas comuns.

    SYSOP - SYStem OPerator. A pessoa responsável pela manutenção e operação de um BBS ou provedor de acesso à Internet.

    System Calls - chamadas ao sistema feitas por programas de utilizadores que solicitam serviços ao kernel.

    T


    Talk - Serviço que permite a comunicação escrita on-line entre dois utilizadores da Internet. Veja também sobre IRC.

    TB - Abreviatura de Tera Byte. Unidade de armazenamento normalmente usada em informática e que é igual a um milhão de milhões de bytes, ou mil giga bytes. Contudo, uma vez que a linguagem binária dos computadores é calculada sobre potências de base 2, não há uniformidade de critérios entre os fabricantes de equipamentos - sobretudo de discos rígidos e dispositivos de armazenamento - pelo que é frequente entender-se 1 TB como 1.000.000.000.000 de bytes mas também como 1.099.511.627.776 bytes, ou seja 240, ou 1.024 gigabytes.

    TCP/IP - Transmission Control Protocol/Internet Protocol. Toda a informação é fraccionada e enviada sob a forma de pacotes (função do TCP). Estes pedaços de informação sao encaminhados para o seu destino de acordo com a informação contida no protocolo IP. A confirmação de entrega dos pacotes é garantida pelo TCP, pois verifica se obtém resposta positiva do destinatário. Sem este protocolo, seria impossível a comunicação entre as várias máquinas que compõem uma rede (independentemente do tipo). Trata-se de um protocolo muito dinâmico, pois é compatível com todos os Sistemas Operativos.

    Telnet - Protocolo que permite estabelecer uma ligação remota a uma determinada máquina. Desta forma o utilizador pode utilizar o pc sem necessidade de estar no local.

    Text file - Ficheiro de texto. Ficheiro que, ao contrário de um ficheiro binário (Binary file), contém exclusivamente caracteres que se podem imprimir. A maior parte dos ficheiros que circulam na Internet são ficheiros de texto baseados em ASCII, os quais podem ser abertos e lidos em qualquer tipo de computador.

    TFT - Abreviatura de Thin Film Transistor. O mesmo que matriz activa.

    TIFF - Iniciais de Tagged Image File Format. Trata-se de um formato muito usado na indústria gráfica e que permite guardar imagens em alta resolução preservando toda a informação. Ao contrário dos formatos JPEG e GIF, que comprimem a informação, o TIFF tende a gerar ficheiros bastante grandes. No mundo dos PCs, os ficheiros TIFF são normalmente identificados pela extensão .TIF.

    TLAs - Three-Letter Achronyms. Termos ou acrónimos, em geral de poucas letras, usados para descrever todo o tipo de coisas ligadas à Internet.

    Tracert - Permite definir o trajecto dos pacotes até ao seu destino, apresentando o tempo de resposta das várias máquinas por onde passa a informação. Ex: tracert www.sapo.pt

    Transceiver - Dispositivo para conexão física de um nó de uma rede local.

    TWAIN - Iniciais de Technology Without An Interesting Name, ou seja, tecnologia sem um nome interessante. Twain é o interface (de software) normalizado que permite a ligação de dispositivos de digitalização (scanners e câmaras digitais) a PCs.

    U


    UDP - User Datagram Protocol. Encarrega-se do transporte de informação. Semelhante ao TCP/IP, no entanto não é orientado para a confirmação de entrega. Usado com aplicações como o de gerenciamento de redes SNMP e de serviço de nomes DNS.

    Upload - Carregar. Enviar um ficheiro do próprio computador para outro, ao qual o primeiro está ligado por uma linha de dados, como por exemplo um modem. Ver Download.

    Unix - Sistema operativo multiutilizador e multitarefa desenvolvido originalmente em 1969 por Ken Thompson e Dennis Ritchie nos laboratórios AT&T Bell, nos EUA. Uma das razões da popularidade e flexibilidade do UNIX é o facto ter sido escrito na linguagem C, o que o torna mais fácil de adaptar para correr em diferentes tipos de máquinas. A sua popularidade na Internet advém do facto de, durante anos, esta ter sido baseada fundamentalmente em máquinas que corriam UNIX.

    URL - Uniform Resource Locator. Código para localização universal, que permite identificar e aceder a um serviço na rede Web. Por exemplo, o URL seguinte aponta para o WWW do Sapo: http://www.sapo.pt

    USB - Iniciais em inglês de Universal Serial Bus. Trata-se de um interface série com uma largura de banda de 1,5 MB por segundo destinado a ligar até 127 periféricos em cadeia a um computador pessoal - Macintosh ou PC. Este interface foi originalmente desenvolvido pela Intel e começou a aparecer instalado em computadores pessoais em 1997. Desde final de 2000 que está a ser preparada a versão 2.0 do protocolo, que reclama ser quarenta vezes mais rápida do que a 1.1, ainda em utilização à data.

    Usenet - Rede particular dentro da Internet, que se divide em milhares de subgrupos orientados tematicamente, conhecidos por grupos de notícias (Newsgroups). Aqui se trocam novidades e ficheiros, discute-se filosofia e problemas técnicos e presta-se ajuda. Como é normal na Internet, a Usenet está organizada de forma distribuída (ou seja, de maneira descentralizada), não havendo qualquer censura - excepto nos grupos que contam com um moderador - e apenas é possível controlar a informação que nela circula.

    User - Utilizador, participante. Toda a pessoa que utiliza um computador, uma aplicação ou um serviço on-line.

    Username - Nome do utilizador. Nome do utilizador de um sistema em linha, que o identifica.

    UUCP - Unix-to-Unix CoPy. É uma colecção de programas para intercomunicação de sistemas Unix. Possibilita transferência de arquivos, execução de comandos e correio electrónico.

    UUEE - Unix to Unix Encode. Ferramenta para transferência de arquivos via e-mail.

    V


    VCI - Virtual Channel Identifier; em conjunção com o parametro VPI, identificam a ligacao de dados entre um router e a rede do ISP.

    Veronica - Very Easy Rodent-Oriented Net-wide Index to Computerized Archives. Ferramenta para pesquisa no GopherSpace, o conjunto de servidores Gopher disponíveis na Internet. Procura de informações, por palavras-chave ou assuntos.

    VGA - Iniciais de Variable Graphics Array. Norma gráfica criada pela IBM em 1997 nos computadores IBM PS/2 e que pressupõe uma resolução de 640x480 pixéis a 16 cores. Qualquer conjugação de resolução e cores superior a esta é geralmente designada SVGA, ou SuperVGA.

    Virtual Circuit - Circuito virtual. Conceito abstracto que faz referência ao caminho que percorrem os dados no curso de uma determinada transmissão. Designa o percurso que os dados devem levar a cabo na Internet desde o computador de saída ao computador de destino.

    Virtual reality - Realidade virtual. Um mundo tridimensional simulado por meios informáticos que o utilizador pode experimentar e manipular como se fosse físico. Perante a tecnologia informática, simula-se hoje a realidade, que neste caso, e ao contrário de outros tipos tradicionais de realidade artificial (como a cinematográfica), é interactiva. Ou seja, os elementos que a configuram actuam e reagem de modo semelhante ao que seria a realidade "verdadeira", que é o mesmo que dizer o mundo real. A realidade virtual encontra numerosas aplicações na indústria e na técnica; utiliza-se, por exemplo, nos simuladores de voo, na arquitectura assistida pela informática ou num laboratório de reacções químicas.

    Vírus - Nome retirado do mundo da medicina por analogia e que é dado a um programa que actua no computador e no software de forma similar à de um vírus num organismo vivo. O objectivo de um vírus informático é propagar-se, ou seja, chegar a qualquer tipo de troca entre computadores, transportado em ficheiros de programas, e modificá-los, a maioria das vezes negativamente. Pode-se eliminar com programas antivírus embora para isto seja importante que estes estejam sempre actualizados.

    VPI - Virtual Path Identifier; em conjunção com o parametro VCI, identificam a ligacao de dados entre um router e a rede do ISP.

    W


    Waffle - Um programa que possibilita a um BBS tornar-se um site Usenet.

    WAIS - Wide Area Information Server. É um serviço que permite a procura de informações em bases de dados distribuídas, cliente/servidor, através de uma interface bastante simples. A sua principal peculiaridade é a conversão automática de formatos para visualização remota de documentos e dados.

    WAN - Wide Area Network ou rede de longa distância. Toda a rede que interliga computadores distribuídos em áreas geograficamente separadas, ou seja, um conjunto de redes locais interligadas por meios de comunicação remotos (Modems, linhas dedicadas, rádios, etc).

    .wav - Tipo de formato de arquivo de som do Windows.

    Wavetable - Termo que significa "tabela de sons" e que traduz uma técnica de síntese sonora, neste caso na recriação dos sons de instrumentos musicais reais e de outros efeitos sonoros. Parte de uma biblioteca com sons de vários instrumentos previamente gravados, armazenados e organizados em memória (os chamados "samples"), que podem ser reproduzidos e manipulados, normalmente a partir de um teclado. Quanto maior o tamanho da wavetable (mede-se em Megabytes) melhor é a qualidade dos sons nela incluídos. A maioria das placas de som à venda no mercado utilizam este tipo de síntese, sendo também habitual encontrar placas de som que reúnem uma tabela de sons interna com outros sons gerados por software.

    Web - Teia, rede. Abreviatura de World Wide Web; geralmente aparece como "The Web".

    Web server - Servidor de web. Servidor ou programa localizado num servidor, cujo objectivo é facilitar o acesso dos browsers às páginas web. Exemplos de servidores da rede são o Apache, o Enterprise Server/Commerce Server da Netscape e o Internet Information Server da Microsoft.

    Whois - Permite acesso a um banco de dados de informações sobre domínios, redes, hosts e pessoas, fornecendo um serviço de directório de utilizadores da Internet.

    Winchester - Disco rígido. O termo deriva do nome de código usado pela IBM, inventora do disco rígido em 1973, para denominar este novo tipo de dispositivo de armazenamento. A analogia é com a espingarda de repetição do mesmo nome, tornada famosa pela sua rapidez.

    Windows - O termo descreve a família de sistemas operativos da Microsoft cuja primeira versão foi comercializada em 1985. Até à versão Windows for Workgroups 3.11, lançada em 1993, o Windows era apenas um interface gráfico do sistema operativo DOS. As versões que são verdadeiramente sistemas operativos só surgiram com o Windows NT, o Windows 95 e o Windows CE.

    Windows 95 - Sistema operativo criado pela Microsoft e lançado em Agosto de 1995, destinado a computadores pessoais baseados em processadores Intel. O Windows 95 foi o primeiro sistema operativo da Microsoft de 32 bits, apesar de manter alguns sub-sistemas internos de 16 bits por questões de retro-compatibilidade. Na linha de produtos Microsoft, o Windows 95 substituiu a conjugação do DOS e do Windows 3.1 nos PC. O Windows 95 foi substituído pelo Windows 98, lançado no final de 1997.

    Windows CE - Sistema operativo criado pela Microsoft em 1996 e destinado ao mercado dos pequenos assistentes pessoais, telemóveis e electrónica de consumo. Apesar de não ser oficial, é comum assumir que "CE" são as iniciais de Consumer Electronics, ou electrónica de consumo. Um significa alternativo seria Compact Edition; contudo, o CE não é uma versão reduzida do Windows 95 ou do NT, mas sim um sistema operativo concebido de raiz.

    Windows NT - Sistema operativo de 32 bits criado pela Microsoft e lançado em Maio de 1993. Apesar do nome, não existe uma relação directa com as versões Windows até às versões 3.11 ou com o Windows 95. Trata-se de um sistema operativo criado de raiz e vocacionado para empresas, destinado a estações de trabalho e servidores.

    Windows Sockets (WinSock) - Trata-se de um API que permite estabelecer a comunicação entre outros computadores que utilizem TCP/IP, com base na utilização de um socket, que funciona como elo de ligação entre aplicações e serviços a correr nas duas máquinas.

    WORM - Write Once Read Many.
    1. Ferramenta de procura na rede Web;
    2. Verme, programa que, explorando deficiências de segurança de hosts, conseguiu propagar-se de forma autónoma na Internet pela primeira vez na década de 80.


    WWW - World Wide Web ou Web ou W3. Literalmente, teia de alcance mundial. Baseada em hipertextos, integra diversos serviços Internet que oferecem acesso, através de hiperlinks, a recursos multimédia da Internet. Responsável pela popularização da rede, que agora pode ser acessada através de interfaces gráficas de uso intuitivo, como o Internet Explorer ou o Netscape.

    WYSIWYG - What You See Is What You Get. Sigla atribuída a softwares que mostram no écran do computador os arquivos como eles realmente são.

    X


    X.25 - Protocolo de roteamento muito utilizado em redes públicas de pacotes.

    X.400 - Um protocolo que especifica serviços do tipo store-and-forward, sendo o serviço de correio electrónico Message Handle System (MHS) o mais conhecido deles, como parte das recomendações OSI/ISO.

    X.500 - É um padrão ITU-TSS/ISO para serviços de directório electrónico.

    XML - Iniciais de eXtensible Markup Language. Formato de documento para a web mais flexível do que o HTML, permitindo documentos mais ricos, funcionais e com elementos de interactividade.

    Xmodem - Um protocolo de transferência de ficheiros normalmente usada em comunicações assíncronas, por modem, em blocos de 128 bytes.

    Y


    Ymodem - Melhoria do protocolo de transferência de ficheiros Xmodem, que adiciona a capacidade de processamento "batch", sendo possível o envio de múltiplos ficheiros em simultâneo. É mais rápido do que o Xmodem e tem a capacidade de enviar o nome do ficheiro antes dos dados propriamente ditos. Uma variante, Ymodem-G, transmite dados ignorando a presença de canais de comunicação sem erros; contudo, é capaz de cancelar a transmissão quando um erro é detectado.

    Z


    Zip - Extensão associada a ficheiros comprimidos com o utilitário PkZip ou similar, como o WinZip. O termo generalizou-se para definir qualquer ficheiro comprimido: é normal a referência a "ficheiros zipados" (ficheiros comprimidos) ou "deszipados" (descomprimidos). Hard. Tipo de discos e respectivas unidades de leitura criadas pela empresa Iomega, com capacidades de 100 ou 250 MB.

    Zmodem - Melhoria do protocolo de transferência de ficheiros Xmodem que permite a transferência de ficheiros de maiores dimensões e com menos erros. Ao contrário do Xmodem, permite a retoma a partir do ponto de interrupção, quando as transferências são quebradas por problemas de comunicações.
     
    Última edição: 15 de Outubro de 2009

Partilhar esta Página