1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

GPS: Mudanças no estilo de conduçao

Discussão em 'Digital Life' iniciada por mcog_blaster, 25 de Março de 2008. (Respostas: 11; Visualizações: 1105)

  1. mcog_blaster

    mcog_blaster Power Member

    Boas, gostava de perguntar a quem usa GPS no automovel, se o estilo de conduçao se alterou aquando da instalaçao da maquina, isto porque o condutor terá de olhar mais vezes para o GPS, interagir com ele, etc, podendo provocar algum calafrio ou mesmo acidente por descuido.

    Eu nao vou usar, mas como estou tentado em oferecer um, gostava de alertar a pessoa para que tivesse alguns cuidados, por isso venham dai as experiencias.
     
  2. Inspecter

    Inspecter [email protected] Member

    É por isso que os GPS trazem todos avisos que não devem ser operados enquanto se está a conduzir... inclusive o TT desabilita certas funções quando se está em andamento...

    Eu quando quero mexer no GPS, encosto o carro, tal como faço com o telemovel, se não puder, não lhe toco....
     
  3. flybikes

    flybikes Banido


    Não altera em nada. Não é por olhares 1 ou 2 segundos para o gps que te vais despistar. Exprimenta olhar para o relogio do carro a ver se te acontesse alguma coisa. É igual.

    Com o GPS ainda por cima tens a voz que te indica onde tens de ir....escusas de olhar para o ecra.

    Quanto a mexer...para quê mexer depois de a rota já estar programada e de já estarmos a caminho? não faz sentido.

    É um objecto que hoje em dia considero indispensavel e que todos os carros deveriam trazer de origem, quando comprados novos.
    Sim não é para ser usado todos os dias, mas também não precisamos de ambulâncias todos os dias e é bom saber que se precisarmos elas estão lá e veem-nos buscar.
     
    Última edição: 25 de Março de 2008
  4. Meje

    Meje Power Member

    Quando andas a escrever nomes de ruas ou a navegar pelas opções dos menus, sim, pode ser perigoso.

    Se escolheres uma boa localização para o GPS e não fizeres o que referi acima, é seguro.

    O TomTom tem uma opção que bloqueia a maioria dos menus quando o carro se encontra em andamento.
     
  5. joaocb40

    joaocb40 Power Member

    O flybikes disse tudo o que havia para dizer.

    Usar o GPS é o mesmo que usar o computador de bordo, o rádio, etc...

    Em relação ao estilo/segurança da condução o GPS até tem vantagens, ao evitar aquelas mudanças repentinas de direção por não se saber bem qual o caminho a seguir. ;)
     
    Última edição: 26 de Março de 2008
  6. mcog_blaster

    mcog_blaster Power Member

    Sendo assim, vou começar a ler umas reviews e escolher o modelo, embora já tenha um em vista.
    Obrigado a todos.
     
  7. Jo_luana

    Jo_luana Power Member

    Olá a todos, aproveito para me apresentar já que sou nova aqui!

    Eu acho que o GPS altera em muito o estilo de condução. Conduzo bastante (faço mais de 1500km por semana - dos quais 30% em cidade) e acho que com o hábito acabamos por facilitar demasiado. Só tenho gps há cerca de 3 meses e desde então tive mais "distracções" daquelas que fazem "calores" do que nos últimos 8 anos de estrada.

    É certo que os sistemas de gps à venda têm o sistema de segurança, que pode ser activado, mas mesmo assim não impede a tendência para dar uma "olhadela" ao dito cujo, sempre que nos encontramos perto de uma alteração no trajecto. E penso que 2 segundos fazem toda a diferença.

    A meu ver, as alterações do trajecto não são indispensáveis, especialmente nas grandes cidades. Isto porque penso que os sistemas de GPS não estão ainda evoluidos o suficiente para "pensarem sózinhos". Talvez quando tiverem ligação permanente à internet isto mude...

    Agora, se todos fizessemos como o Inspecter, e encostassemos sempre que necessitamos de fazer alguma alteração, certamente minimizariamos esse risco. O problema é o facilitismo...
     
  8. Tigrao

    Tigrao Power Member

    Mas se ouvires a informação não é complicado. pelo menos o meu NDRIVE vai-me avisando com antecedencia as alterações de via e volta a avisar perto e em cima. Tem uma distancia de erro curtissima.
     
  9. Inspecter

    Inspecter [email protected] Member

    Epah mas por causa das alterações de trajecto é que o GPS recalcula as rotas.... agora se te referes a mudar a morada de destino a meio, acho que não custa nada encostar... aé porque ir a escrever uma morada num GPS, requer tanta atenção como escrever um SMS no telemovel... depois queixam-se das distracções...
     
  10. Jo_luana

    Jo_luana Power Member


    Pois se calhar não me expliquei como queria. Referia-me às alterações de trajecto para um destino, especialmente nas grandes cidades onde factores como o transito fazem das rotas calculadas pelo GPS inutilizáveis. Mas sem dúvida que tens toda a razão, não custa nada encostar...

    Bem, se calhar também é o meu gps que é burro e por isso e que tenho que o fazer tantas vezes... uso um acer p610 com o copilot. de certo que um tom tom funciona melhor, não?
     
  11. ciberg

    ciberg Moderador
    Staff Member

    Antes de mais bem vinda.

    Eu não acho que o GPS cause mais distracção do que o auto-rádio ou do que o computador de bordo, agora como é óbvio é necessário usar o bom senso e não ficar a olhar para o mapa continuamente enquanto se conduz, ou introduzir moradas em andamento.

    Se o GPS te causou assim tantos "calores" se calhar é melhor repensares o seu uso.

    Eu não me distraio com o GPS, até porque como já vinha com o carro, além do écran com o mapa, também me aparecem as indicações básicas no painel de instrumentos.
     
  12. Lusitanius

    Lusitanius Suspenso

    E o problema é que há pessoas que confiam demais no GPS. Alguns basta mandar virar à direita numa rua de sentido proibido e viram nem olham à sinalização vertical.
     

Partilhar esta Página