1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

[Guia] Instalação OpenSuSE 11.1 a partir LiveCD KDE

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por APLinhares, 6 de Janeiro de 2009. (Respostas: 7; Visualizações: 3117)

  1. APLinhares

    APLinhares OpenSource Moderator
    Staff Member

    Instalação passo-a-passo de OpenSuSE 11.1 a partir de LiveCD KDE

    [​IMG]


    Passo 1. Obter imagem OpenSuSE 11.1 no site ofical que mais se enquadrar com a máquina em questão. Genericamente aconselha-se o DVD de instalação (PC (x86) 32bits ).
    Neste exemplo foi usado o LiveCD KDE4, por ser LiveCD (dá para testar e é um CD).

    2. Gravar a imagem do OpenSuSE, usando um programa como por ex o infrarecorder. Relembro que deve ser guardado como imagem de disco (não tentem descomprimir ou adicionar o .iso como 1 ficheiro em CD de dados)
    Usando no InfraRecorder, o InfraExpress
    [​IMG]

    Ou o Infrarecorder
    [​IMG]
    3. Reiniciar o computador com CD/DVD "OpenSuSE" introduzido, colocando na bios, o arranque do leitor CD's em 1º lugar.

    4. Após arranque do CD, aparece a seguinte imagem.
    [​IMG]

    5. Depois surge uma barra de loading (se tudo correr bem, a barra tem uma animação).
    [​IMG]
    [​IMG]

    Existe ainda a hipotese, carregando em "Esc" se acompanhar o processo do boot.

    [​IMG]


    [​IMG]


    6. O sistema Live será então carregado, aparecendo o seguinte ecrã.

    [​IMG]


    Basta apenas um clique sobre o "INSTALL", estando à vontade para explorar o livecd :)

    [​IMG]


    [​IMG]


    7. De seguida, surge o seguinte ecrã, onde já está selecionada a língua (caso não tivesse alterado seria possível aqui). Passemos ao seguinte passo. (Next)

    [​IMG]


    Visto estar a usar o LiveCD, não é possível estarem disponíveis todas as línguas, situação que não acontece aquando o uso da versão DVD.
    Por usar o LiveCD será necessário no final fazer actualizações para instalar (automaticamente) a respectiva língua.

    [​IMG]



    8. Escolhemos o país/cidade, para efeitos de fuso horário. *(Next)

    [​IMG]



    10. Agora irá arrancar o particionador de disco, devendo esperar pacientemente.
    Qualquer dúvida relativamente a partições, favor usar o tópico [Tutorial] Particionar um disco


    11. Após carregado, deve aparecer correctamente o disco indicado. Neste caso foi utilizada uma drive virtual de 5Gb. Neste ponto não é efectuada qualquer alteração aos discos.

    [​IMG]


    Opção 1. Pode usar-se o método automático, que formata o disco e cria o sistema de partições. (Create Partition Setup)

    [​IMG]


    [​IMG]


    Opção 2. Ou podemos então, criar um perfil manual. Eu prefiro separar em partições distintas a raiz / e o /home, podendo 1 dia mais tarde mudar de sistema ou formatar a raiz, e ficando com todas as configurações pessoais de parte. (Avançar)

    [​IMG]



    12. De seguida, podemos escolher os dados do utilizador e password, assim como nome da máquina. (Next)

    [​IMG]



    13. É importante conferir se todas as informações foram introduzidas correctamente (nomeadamente partições). (Next)

    [​IMG]



    14. Agora, serão aplicadas as alterações necessárias. Primeiro as formatações seguida pela instalação dos dados.

    [​IMG]


    [​IMG]


    [​IMG]



    15. Concluída a instalação, podemos continuar a usar o LiveCD ou reiniciar. (Reiniciar e premir ENTER no final)

    [​IMG]



    16. Reiniciada a máquina, deverá aparecer novamente o loading do OpenSuSE, seguido do ecrã de pré-configuração.

    [​IMG]


    Em sistemas com outro sistema operativo, será instalado o GRUB. Dúvidas relativamente a multiboot, por favor usar [Questões] Grub / Boot Manager.

    [​IMG]


    [​IMG]



    17. E temos o sistema pronto a trabalhar.

    [​IMG]



    18. Provavelmente receberão um aviso da existência de actualizações.
    [​IMG]

    Podemos aproveitar para addicionar mais repositórios.
    (a adicionar)


    Passo 1. No menu Principal, deslocar até Computer > Install Software.
    [URL="http://forum.zwame.pt/mod/AndreAPL/Guia_OpenSuSE_11.1/26.jpeg]
    [​IMG][/URL]


    Passo 2. Aparece um aviso, no qual deve ser introduzida a password do root.
    [URL="http://forum.zwame.pt/mod/AndreAPL/Guia_OpenSuSE_11.1/28.jpeg]
    [​IMG][/URL]
    [URL="http://forum.zwame.pt/mod/AndreAPL/Guia_OpenSuSE_11.1/29.jpeg]
    [​IMG][/URL]

    Poderão reparar que neste processo, se não tiverem feito a instalação do DVD, será automaticamente adicionada a língua escolhida e quando reiniciarem o sistema, estará já em Português.



    Relembro que este não é o tópico de dúvidas, visto já existir um.
    Mas podem deixar opiniões :D
     
    Última edição: 6 de Janeiro de 2009
  2. PapiMigas

    PapiMigas Power Member

    Tá excelente! Esta versão só peca pela falta de drivers para a minha ATI. Quem sabe, um dia... :S
    Tb encontrei aqui um guia excelente para quem preferir gnome, com todos os extras necessários para o dia-a-dia. ;)

    Cumps
     
  3. Tuca

    Tuca Power Member

    eu vou experimentar o live cd, esta versão em comparação com a gnome, qual é a melhor ?! gnome é melhor nao é?
     
    Última edição: 26 de Setembro de 2009
  4. Impersonator

    Impersonator Power Member

  5. E uma questao de testares ambas e veres qual gostas mais.

    Eu quando usei o Opensuse (na versao 10) preferia o KDE 3.5 ao gnome. Neste momento prefiro o Gnome ao KDE4... Sao gostos...
     
  6. Impersonator

    Impersonator Power Member

    No caso do OpenSUSE, o KDE vai passar a ser o DE por defeito.
     
  7. sempre me lembro de ver o KDE por defeito no OpenSuSE
     
  8. Aparicio

    Aparicio /dev/mod
    Staff Member

    Ainda hoje instalei o OpenSUSE pelo DVD para testar e nem um nem outro estavam seleccionados por defeito, escolhi Gnome mas por acaso o menu mais parecia o do KDE, mas pior, uma aberração.
     

Partilhar esta Página