1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

High Dynamic Range (HDR)

Discussão em 'Fotografia e Vídeo' iniciada por Koncaman, 16 de Fevereiro de 2008. (Respostas: 288; Visualizações: 17407)

  1. Koncaman

    Koncaman Utilizador Saloio

    Voces estão com uma grande pancada com o HDR...
    Isso tira a naturalidade toda da foto, no que respeita a luz e cores.. :(
     
  2. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    :x2: Já não falam de outra coisa... A próxima hype vai ser o quê? Fill in flash? IR foto? Sync à 1º e 2º cortina?
     
  3. Epá, natural ou não temos de admitir que se bem feito dá resultados de uma beleza extraordinária. Eu pessoalmente não gosto de fotos demasiado "naturais". Não têm impacto e há algo que me fascina e sempre me fascinou: a cor. Quando era puto e apareceram as 1ªs televisões a cores e os meus pais compraram uma eu ía desmaiando. Hoje vejo fotos com belíssimas cores (que se consegue com HDR - SE BEM FEITO) e fico literalmente "colado" às fotos. Gosto muito de fotos pós-processadas por Photoshop e mesmo até com efeitos especiais que realçam céus, criam céus artificias de alto impacto, etc. Isto feito por quem é PRO, claro. Temos que nos lembrar que de dia não conseguimos sacar as cores que conseguimos de noite sem necessidade de pós-produção. E o HDR consegue resultados que o contraste/saturação/curvas/whatever não conseguem, a não ser que tenhas uma colecção infindável de plugins milagrosos (que os há) e mesmo assim, é difícil remover highlights. Mas tudo se consegue. Já vi coisas fascinantes sem HDR por grandes artistas de Photoshop.
     
    Última edição: 16 de Fevereiro de 2008
  4. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    O HDR é meramente uma técnica para expandir o alcance dinâmico da máquina. Não está propriamente ligado à cor, mas sim à luz, tanto que até pode ser feito num P&B. O que faz é aclarar as sombras e recuperar algum detalhe delas.
    Pessoalmente até acho que nas zonas que sofrem recuperação de detalhe, a cor tende a ficar baça.
    Se as cores ficam diferentes, é porque certamente também mexem em contraste, saturação, curvas, etc. Aliás, um dos problemas do HDR é que tende a baixar o contraste da foto, o que muitas vezes não dá um resultado melhor.
     
    Última edição: 16 de Fevereiro de 2008
  5. Por falar em dynamic range, nunca mais sai a Fuji S100 fs. Babo-me para experimentar aqueles "até 400%" in loco (e o film simulation - VÉLVIA, etc). Acho que vou ser dos 1ºs a ter uma cá em .pt :D
     
  6. mundano

    mundano Power Member

    Não te iludas muito... A Fuji S100 faz isso por software.. Aposto que o que faz é o mesmo que muitos fotografos fazem quando fotografam em RAW, expõem para os highlights, depois no "Curves" puxam as sombras de forma a meter um maior alcance dinamico no JPEG final..

    A Fuji S5, usa dois tipos diferentes de sensores para captar efectivamente um alcance dinamico muito superior a qualquer outra máquina..
     
  7. Warlord

    Warlord [email protected] Member

    Mas olha k vejo por aki mts fotos sem ser HDR mt mechidas a nivel de cor e contraste, para mim isso e que tira a naturalidade de uma foto.
    Agora kando ves 1 HDR sabes a partida k e uma foto artificial composta por varias fotos c/ exposicoes diferentes.
    Nas "normais" ficas sempre na duvida se a foto saiu assim (e trata-se de um bom fotografo/click) ou se andaram a dar retokes nela...
    Do mm modo k uma mulher normal se torna espectacular c/ makilhagem, uma foto completamente normal torna-se espectacular c/ algum photoshop em cima (recorta aki, ajusta ali, adiciona moldura, retoka ali, mete cores mais brilhantes, tira ruido, etc, etc). IMO nesses casos nao se trata de bons fotografos mas sim de uma boa edicao grafica. Infelizmente cada vez mais há mais dos segundos do k dos primeiros :P
     
  8. newcabaret

    newcabaret Power Member

    Isto está um bocadinho off-tópico, mas aqui vai mais um.
    Em relaçaõ à edição da imagem utilizando contraste/brilho/intensidade, mesmo sendo em partes especificas de uma foto, é um processo que já se utiliza desde o tempo do analogico. Provas de contacto, fazer testes com várias aberturas e tempos de exposição no ampliador eram (e são)práticas comuns de um fotografo, se bem que não estava ao alcance de qualquer um poder fazer as suas revelações. Inclusivé alterações durante o processo de revelação do próprio rolo. Agora o processo apenas está "democratizado".
    Em relação às alterações das fotos em relação ao que foi fotografado, aí já tenho algumas reticencias em relação ao assuntto. Depois posto um exemplo.
     
  9. Piois é, mundano, houvesse dinheiro e já cá cantava uma Fuji S5. Mas isso usa viewfinder óptico (se não me engano) e eu necessito mesmo do electrónico. Tenho um problema na retina e só vejo a 110% com viewfinders electrónicos por causa da alta luminosidade. Daí a F100 fs e seja lá que método ela usar, vai dar sempre melhores resultados do que na edição, porque se a foto te sai over-exposed não há muito que possas fazer e esse dynamic range vai fazer o trabalho (ou grande parte dele) in loco. Lembra-te também que aqueles modos de filme como o Vélvia, etc, só existem nas S5 e acima e dá cores/ambiente magníficas utilizadas por grandes profissionais. E ainda o enorme sensor e o novo processador. Mas venham lá as reviews para vermos se é hype ou se vai ser eleita a máquina de 2008, que algo me diz que sim! :D
     
  10. Warlord

    Warlord [email protected] Member

    [​IMG]

    HDRs dao bons resultados no interior de igrejas
     
  11. O que não foi aí o caso, Warlord :P
     
  12. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Exacto, HDR quando bem feito, dá resultados excelentes ;)

    Pessoalmente gosto, e agora com RAW's facilita muito, do que andar a tirar várias fotos in sitio.
     
  13. Warlord

    Warlord [email protected] Member

    ficou assim tao mau? :sad:
     
  14. Koncaman

    Koncaman Utilizador Saloio

    nem por isso... mas se calhar uma foto de exposição prolongada tinha dado melhor reusltado...

    como se fosse preciso alguma edição de imagem para conseguir cores a bom nivel.

    Um filtro UV faz milagres com o ceu.
    uma boa definição de white balance também ajuda bastante na precisão da cor, ou a obter cores de acordo com o desejado.
    Mas a exposição é algo essencial para uma boa fotografia.

    O HDR, desvaloriza o factor exposição (que deve ser das coisas mais importantes numa foto), e é disso que não gosto (pessoalmente, claro).
     
    Última edição: 16 de Fevereiro de 2008
  15. mundano

    mundano Power Member

    Pessoalmente todos os HDR's que tenho visto me parecem excessivamente processados e começam a parecer mais arte digital do que propriamente fotografia...


    Pessoalmente acho que o método que ainda vai dando melhores resultados é mesmo expor correctamente para não queimar os highlights e disparar em RAW.. E depois dar um jeitinho nas curvas de forma a acomodar um maior alcance dinâmico no JPG final...

    Há máquinas que já fazer isso automaticamente o que simplifica o processo para quem fotografa em JPG, como é o caso das Nikon com Active D-Lightning..
     
  16. Warlord

    Warlord [email protected] Member

    [​IMG]

    ha situacoes em k simplesmente nao existe tempo de exposicao certo para obter o resultado ideal... pelo menos c/ uma makina compacta :005:

    [​IMG][​IMG][​IMG]
     
  17. SideWalker

    SideWalker Colaborador
    Staff Member

    Acho que não tem grande coisa a ver. Com o HDR não consegues artificialmente a exposição correcta. Consegues, sim, algo que n consegues com exposição nenhuma.
     
  18. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Acho que também anda aí ainda alguma confusão em relação ao que é HDR.
    O processamento de imagem, curvas, contraste, etc, é algo aceite, e no digital tens sempre que o fazer. O RAW em si não é nada, não é uma imagem. E o JPEG é simplesmente aquilo que a máquina decidiu fazer em relação a isso. Não quer dizer que tenha menos processamento.

    E eu aqui concordo que muita gente abusa destes processos para corrigir fotos mal tiradas/expostas ou para conseguir efeitos demasiado artificiais. Se há uma forma correcta de o fazer, através da máquina, façam-no. E valorizo a naturalidade.

    Depois, mais uma vez digo, o HDR para mim tira uma coisa muito importante à foto: contraste. Muitas vezes para termos uma imagem toda bem exposta, mandamos o contraste todo pela janela, enquanto ganhamos ruido e posterizarão.

    Enfim, mais importante que tudo isto numa foto, é a composição/motivo/conteúdo. Isto sim, deveria ser a prioridade na fotografia.

    PS: fantasticmelga, se fizeres tanta questão assim de ver o "efeito" Velvia, tenho ali um Velvia 100F no frigorífico.
     
  19. mundano

    mundano Power Member

    O Velvia mitico é o Velvia 50 ;)


    By the Way... Não pensem que essas opções de imitar rolos fazem milagres.. Simplesmente ao escolherem isso a máquina fica configurada para imitar o comportamento do rolo, mas qualquer boa máquina, com alguns ajustes nos settings acaba por ter o mesmo resultado..

    No fundo o que fazem esses perfis é o mesmo que acontece quando na minha Nikon selecciono nas optimizações das fotos, Vivid, ou Portrait, ou Landscape.. A diferença é que neste caso a máquina configura-se para situações concretas, no caso das Fujis configuram-se para imitar o comportamento de filmes mais ou menos conhecidos..
     
  20. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Pois... E encontra-los? Já este quase que só se encontra a ser roubado (18€ na Fnac).
    Hoje em dia é difícil encontrar aqueles rolos mais "emblemáticos" como o Fuji Velvia 50, o Kodak Portra 160NC/VC, o BW400, etc... Só o Portra é que ainda encontro bem, os outros dois é para esquecer.

    Sim, o Velvia no fundo é um rolo super-saturado com grão extra fino, pelo que dar esse nome a uma opção quase que se pode dizer que é mais uma jogada de marketing que outra coisa.
     

Partilhar esta Página