1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. COVID-19 Mantenham-se seguros: Pratiquem distanciamento físico de 2 metros. Lavem as mãos. Usem máscara.
    Informação sobre COVID-19. Ajuda a combater o COVID-19 com o [email protected] e com o [email protected].
    Remover anúncio

Hardware iMac 27" (2020)

Discussão em 'Macintosh e OS X/macOS' iniciada por gif, 5 de Agosto de 2020. (Respostas: 51; Visualizações: 2681)

  1. Trance

    Trance Power Member

    Ola ainda não chegou o meu. Mas sim, pelo que li para essas tarefas compensa.
     
  2. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Na minha opinião, não me pareça que compensa o 10 cores vs o 8 cores que vem com ele.

    Estes CPUs intel são alta fornalha e num cooling limitado que é o iMac vai perder performance. Só deve ter diferença em algum render/encoding pesadão!

    É melhor tentar obter feedback de como se porta nestas tarefas e ver se compensa.

    Fora que o CPU é de socket, no futuro depois de acabar a garantia podem tentar arriscar trocar, se não existir impedimentos de por um i9 10900(T) retail e não o 10910 que vem com ele.
    Com sorte até dá para por um Rocket Lake.

    A única coisa que fazia BTO era gráfica e SSD.

    Mas tens "receio" do que em gaming? Nada impede de montar um monstro de um threadripper e usar uma GT1030 só para dar imagem :D
     
  3. @JPgod
    Obrigado pela opinião e o meu receio em gaming é não parar de jogar eheh
    As reviews que vi a comparar o i7 com o i9 parecem dizer que a o i9 na "vida real" não é tão melhor que o i7 como seria na teoria e uma que vi explica isso exatamente pela temperatura(segundo percebi o imac não deixa o i9 bombar ao máximo para não sobreaquecer, mas eu percebo tanto disto como de pesca de bacalhau...ou seja quase nada)

    @Trance

    Eu tinha acabado de ver uma review do canal maxtech em que parecia indicar que não valia a pena o i9 mas agora o vídeo que partilhaste refere mais que uma vez que para produção musical(um dos principais motivos pelos quais uso um computador) o cpu é muito importante...dúvidas dúvidas...
     
  4. Trance

    Trance Power Member

    Já cá está ...

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  5. Trance

    Trance Power Member

    Pela primeira vez em 10 anos não quis o usar o Migration Tool ao trocar de Mac e recriei o ambiente de trabalho de raíz coisa que me levou mais de 10 horas e ainda não está como está o MBP.

    Depois escrevo algo mais detalhado ... qualquer coisa como: "iMac 27' 2020 + iPad Pro 12.9" 2020 vs MacBook Pro 16" 19/20"

    As as primeiras impressões em relação deste desktop comparando com o portátil ... é 10 a 0 em tudo na secretária menos quando se muda de secretária :) Coisa que a racionalidade para isso apontaria e confirmo. Note-se que há 17 anos que uso exclusivamente portáteis para trabalho e lazer pelo que para alguns poderá parecer estranho o que aqui escrevo.

    A configuração iMac:

    iMac (Retina 5k, 27-inch, 2020)
    Processor: 3.6Ghz 10-Core Intel Core i9
    Memory: 64GB 2667 MHz DD4 (comprado á parte, simples de instalar)
    GPU: AMD Radeon Pro 5700 XT 16GB
    SSD: 500GB

    A configuração do MBP:

    MacBook Pro 2.4 8-Core Intel Core 9
    Memory: 32GB 2667 MHz DDR4
    Graphics Intel UGD Graphics 630 1536MB + AMD Radeon Pro 5500M
    SSD: 500GB

    Preços: iMac foi mais barato (pouco menos que 3K).

    Ambos o topo de gama cada um na sua gama.

    A performance do iMac vai consideravelmente muito além do que MBP vai. Coisa que noto de facto segundo a segundo em qualquer operação. Mas o que mais impressiona é que consegue-o fazer em silêncio. O MBP ligado aos mesmos equipamentos (ver foto), as ventoinhas disparavam quando por exemplo se corria o Parallels com o Windows 10 ... mesmo em idle ... por vezes ouvia-se as ventoinhas (modo desktop em que não hiberna). Isto é algo que sempre me aconteceu em todos os MBP ... Neste iMac até há data, não ouvi qualquer ventoinha ... pese embora o CPU esteja a 63c. Isto dá um ambiente de trabalho absolutamente silencioso ... confortável. Creio que a longevidade activa disto para desenvolvimento vai ser brutal ... 6 anos sem espinhas para o meu tipo de tarefas. Coisa que em portáteis ia no máximo aos 4.

    Abraço.

    PS: Sim a espessura dos bezels ao início estranha-se, eu estranhei nos 2 primeiros dias ... mas honestamente já nem ligo.
     
    Última edição: 31 de Agosto de 2020
  6. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Esta mesa:drooling:

    Eu acho o Macbook tão silencioso que até mete impressão se as ventoinhas não estão avariadas... Certo que não estou num "home office" totalmente silencioso.

    Só escutei as fans a trabalhar quando rodei um cinebench R20. E mesmo assim desconfio que não foram ao máximo, dado que não achei tão barulhento assim, mas tinha o CPU a 95 graus 8|

    Mas não estou a fazer um trabalho tão pesado. Só as vezes quando dou build que aquece um pouco e nada mais. E máquina muito rápida mesmo.

    Mas muito bom! gz

    Mas tipo se tu tens necessidade de Windows 10, não teria sido melhor montar um desktop? Em raw power o meu desktop da assinatura não fica atrás deste mac...

    Claro que tem a questão do monitor, mas tendo tu monitores 4K.

    Do resto é o que digo, se a mobilidade não for importante, nada bate um desktop. Gastaste menos e tens mais power! O que perdes é o facto de ter uma "UPS integrada".
     
    Última edição: 31 de Agosto de 2020
  7. Trance

    Trance Power Member

    @JPgod

    As temps do MBP em causa quando ligado a um monitor externo acima WUXGA activa o GPU secundário sempre. Como consequência a temp base sobe cerca de 15ºC (45ºC/60ºC -> 60ºC/75ºC). Isto é, fica com pouca margem para não disparar as ventoinhas ... o meu já teve pelo menos um pico de 95ºC sem andar com stress tests.

    Sem ligar a monitores externos deste tipo é silencioso com cargas padrão. O MBP como portátil é uma excelente máquina e é rápida, não é isso que está em causa na minha observação. Mas sim que quando comparado com o desktop numa secretária é sempre uma solução quanto baste e mais cara.

    Em suma se a performance e longevidade em secretária não for importante nada bate um portátil. Por outro lado se a mobilidade sem limites não for importante nada bate um desktop. Há ainda uma terceira opção, coisas do tipo MacMini que oferece algo mais perto de um Desktop em performance mas continua a ser transportável quando necessário. E uma quarta, emparelhar um desktop para a secretaria com o tablet para computação móvel.

    Hoje temos várias soluções. Conforme as necessidades umas são melhores que outras.

    Não sei qual é a spec do teu, mas creio teres me dito que não o tens ligado a monitores externos de alta resolução e trabalhamos com cargas destintas. Daí talvez não tenhamos um comentário condizente relativamente ao silêncio.

    Abraço.
     
    Última edição: 31 de Agosto de 2020
  8. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    O macbook é o 16" base (i7 9750H, Radeon 5300M, 512 SSD e 16 GB DDR4). Não esta sendo usado em monitor externo, mas hoje deve chegar o cabo e ai digo alguma coisa. Mas será ligado à um monitor 1080p.
     
  9. cuiver

    cuiver Power Member

  10. Trance

    Trance Power Member

    @cuiver,

    Estou a par. Até há data não me deparei com esse problema.

    @JPgod,

    Uma config de gama abaixo é possível que aqueça menos e como consequência dê menos trabalho ao sistema de circulação de ar.

    Para o meu de 2015 não quis GPU discreto por isso.
     
  11. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    @Trance chegou o cabo e comecei a ouvir as fans... Tens razão, ele ativa a grafica dedicada. O CPU ta igual.

    Nem os macs escapam deste flagelo de consumo maior quando se usa certas graficas AMD:

    [​IMG]

    [​IMG]

    Se bem que o meu desktop com a Vega 56 o consumo e igual.

    Mas e estranho isso de usar o GPU dedicado ao ligar outro monitor. o igp suporta 3 monitores nativos.
     
  12. Trance

    Trance Power Member

    @JPgod,

    No caso do iMac, quando se liga um monitor externo ele coloca um cap máximo de Watts disponíveis para ao CPU. Baixa de ~150W Para ~120W compensando assim o maior consumo do GPU. O resultado positivo é que não há alterações das condições térmicas internas; O negativo é que a potência máxima do CPU fica aquém do seu potencial.

    Isto é visível num stress test feito com e sem monitores externos.
     
    Última edição: 31 de Agosto de 2020
  13. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    no iMac sem monitor, ele usa iGPU ou grafica dedicada?
     
  14. cuiver

    cuiver Power Member

    Ou seja um desktop com as desvantagens thermal/power limited tipicamente associadas a laptops. Nestes TDPs ou colocavam dissipadores independentes e/ou + beefier tendo em conta que há espaço, ou então uma solução Zen 3 da AMD a 7nm (que certamente não seria conveniente nesta fase, há que aproveitar a inabilidade da Intel descer dos 10nm para maximizar o gráfico [daqueles comparativos exponenciais que a Apple costuma apresentar nas keynotes] quando sair a variante ARM do iMac)...
     
  15. Trance

    Trance Power Member

    Creio que o iMac não tem iGPU.

    Não. O throttling num laptop é activo conforme a temperatura do portátil podendo chegar a 800Mhz em alguns modelos (não MBP). Aqui o dual e fixo, muda apenas com a ligação ou não de monitor externos devido a uma limitação da gráfica neste contexto (poderiam usar outra também). Em todo o caso como dizes, bastaria alterar o sistema de exaustão e refrigeração como fizeram com o iMac Pro. Este último suporta processadores mais rápidos ... mas ainda não foi actualizado.

    EDIT: Por fim é comum em DIY Desktop fazer-se este tipo de operações. “Turbo Modes” conforme o workload que se pretende, com a consequente aceleração do sistema de refrigeração e maior desgaste.
     
    Última edição: 31 de Agosto de 2020
  16. cuiver

    cuiver Power Member

    O i9-10910 do iMac 2020 tem iGPU (Intel UHD 630 - suporta 3 displays simultâneos 4k 60Hz). Desconheço no entanto se o macOS o usa e hot swap dinamicamente entre este e a dedicada conforme o workload (???).

    Exceptuando o BD PROCHOT (directamente accionado por um threshold de temperatura), nos processadores actuais o clock é modulado de forma a cumprir com um TDP (step up) máximo. Existem também limites definidos no que respeita à capacidade (A) que os voltage regulators podem dispor, independentemente da temperatura dos cores (o que referi como power limited - que pode ter em conta a própria temperatura dos VRs).

    Muito possivelmente de modo a manterem as RPMs da fan do dissipador partilhado entre o CPU e GPU num nível pouco audível (bom exemplo da típica form over function que a caracteriza), preferem reduzir o TDP do CPU de modo a acomodar o acréscimo em termos de calor gerado pelo GPU. Vai muito em linha com o que acontece em CPUs com gráfica integrada, com um design mais próximo de SoC do que CPU propriamente dito, onde o TDP é partilhado entre todos os componentes (cores, co processadores e aceleradores aritméticos, controlador de memória, gpu, caches, etc) e onde a performance em CPU bound loads difere de CPU + GPU loads em simultâneo.

    Diga-se de passagem que o aproveitamento do espaço interno é pobre (exceptuando o custos $$$ [discutível numa máquina que não é propriamente budget minded] nada os impede de colocar uma fan de maior diâmetro que poderia debitar um maior CFM mantendo o mesmo ruído ou mesmo duas a metade das RPMs em dois dissipadores):
    [​IMG]

    Solução de arrefecimento/dissipador insuficiente para tanto TDP (125W do i9 + ??? da 5700XT):
    [​IMG]

    Aparentemente nem aproveitam a caixa traseira de alumínio como mais uma superfície de arrefecimento, o contacto é mínimo a inexistente:
    [​IMG]
     
  17. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Nos desktops há quem use coolers gigantes para mante-los frescos... Vai ter um thermal restriction daqueles com este cooler pequeno...

    [​IMG]
     
  18. Trance

    Trance Power Member

    O de 2019 não tinha. Este não sei, mas parece-me que não tem.

    Em todo o caso para perceberes um um tudo nada mais sobre a engenharia aplicada desde 2019 nos iMacs neste contexto ...

    Ouvir partir do min 3:40.



    Em suma, algo longe da tua observação que comentei. A Tech dTDP da Intel está em todas os Desktops e Laptops Intel. Diferentes fabricantes fazem as suas alterações conforme pretendem para o seu design. A Apple não é a excepção e nesta matéria faz um trabalho fora da caixa :)

    E neste 2020 faz ainda melhor. No de 2019 o TDP usado era de 85W, abaixo dos 95W de referência da Intel. No 2020, não só usa o recomendado 125W, em determinadas situações como vais aos 150W quando necessário em single monitor. Em multi monitor limita não o CPU mas os tweeks que usa.

    Do teu texto pode-se ficar com duas impressões. Ou é uma equipamento mal desenhado para o efeito ou um equipamento que no teu intender poderia mesmo assim ser melhorado não alterando o conceito AllInOne.

    Fico assim mais com a segunda impressão. Dentro dos AllInOnes este é sem dúvida o mais bem desenhado e equilibrado a todos os níveis no mercado. Com performance comparável ou superior a muitas torres de prateleira com o mesmo CPU.

    @JPgod,

    Pois, teria que ter uma torre para isso.

    Creio que a Apple poderia criar um MacMini Max :) Algo um pouco maior que o mini com uma gráfica mais potente e com mais espaço para ventilação, por forma a se consegui extrair mais performance.

    Abraço.

    EDIT: Já agora. Como seria de esperar, enquanto um MBP 16" andava como monitores externos com temps na ordem dos 64ºC on boot ... o iMac anda na ordem dos 42ºC.
     
    Última edição: 1 de Setembro de 2020
  19. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Sim, o cooler que mostrei e um extremo. Eu mesmo o uso, o objetivo de usar algo grande como o noctua D15 e ter silencio quase absoluto e ao mesmo tempo ter o CPU sempre fresco mesmo em load constante.

    No meu 3800x nunca passa sequer dos 75 graus. E os AMDs sao mais quentes por causa do die pequeno. Eu nem sequer uso a segunda ventoinha, so abaixa em 1-2 graus ai, a uso como intake no topo da torre.

    Ha coisas menores e igualmente boas, poderão e ser mais ruidosas.

    o i9 em desktop ultrapassa dos 200w, dai que ja e preciso algo bem maior. Os 150w no iMac sera de burst, nao tem como sustentar este consumo com aquele cooler e vai ser com a fan a bufar. em load sustentado deve cair.

    Mas podes tu fazer o teste se puderes. Saca o intel power gadjet e roda algo pesado sustentado.

    Por exemplo cinebench R20 no macbook, ele da um burst de quase 90w, reduz quase de imediato para 70w e depois estabiliza nos 55w-60w durante todo o teste.

    Ou seje, ele vai acima do TDP de 45w, mas tambem fica nos 3.4 ghz em vez dos 2.6 de base.

    Sobre o mac mini max, era bom. Ha um gap enorme entre o mac mini e o pro e all in one nem todo querem...
     
    Última edição: 1 de Setembro de 2020