1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Indicador de fusível queimado

Discussão em 'Electrónica' iniciada por faiscanet, 11 de Fevereiro de 2009. (Respostas: 6; Visualizações: 5616)

  1. faiscanet

    faiscanet Power Member

    Aqui está um interessante circuito http://electrotuga.com/fusindicator.htm muito simples constituído por um fusível que é calculado através da intensidade de corrente que percorre o circuito, um Led vermelho ou verde e uma resistência de 1.5k que é calculada através da tensão de alimentação fornecida pela fonte.
     
    Última edição: 11 de Março de 2009
  2. redalert

    redalert Folding Member

    Boas,

    Sem querer ser "birrento" :P, esse circuito é um autêntico perigo:

    [​IMG]

    O díodo está em paralelo com o fusível. Se se dá o caso de este queimar devido a uma sobreintensidade de corrente (está lá para isso mesmo), o díodo dará continuidade à corrente de defeito podendo este disromper (durante o transitório do fusível - continuidade da corrente), destruindo-se ou até mesmo criar um foco de incêndio. Basta que a corrente de defeito tome um valor minimamente considerável (alguns Ampere).

    É sempre má prática colocar seja o que for em paralelo com dispositivos limitadores de sobreintensidades ou sobretensões. Nunca se sabe no que dará. ;)

    Podes colocar uma sonda de corrente ou um opto-isolador para criar isolamento galvânico, podendo fazer a detecção em segurança.

    [[]]
     
    Última edição: 14 de Fevereiro de 2009
  3. faiscanet

    faiscanet Power Member

    O simbolo que estas a ver não é um diodo, é um Led ou seja um diodo emissor de luz em que está colocado em série com uma resistência de valor 1,5k que por sua vez está em paralelo com o led. Quando há um problema no circuito que faça o led queimar, a intensidade de corrente vai ser percorrida directamente pelo led + resistência + circuito. Não estou aqui a ver o problema.
     
  4. fasica, acho que tás um bocado trocado. ele refere-se a diodo mas obviamente sabendo que é um led e tal como disseste "diodo emissor de luz". a questão aqui é, estando o led em paralelo com o fusivel, caso haja um curto circuito, o fusivel arde mas o circuito não fica aberto pois tem o led a fechar o circuito, então toda a corrente que queimou o fusivel vai seguidamente atravessar o led. isto sim é perigoso pois um fusivel tá protegido de forma a que se queimar abra o circuito eliminando a possibilidade de sobreaquecimento e incêndio. o led nepia, se sobreaquecer, pode mesmo arder e provocar um incêndio.
    a solução que ele falou é de em vez de usares o led em paralelo com o fusivel, usas um optocoupler que é resumidamente como se utilizasses um led em série com o fusivel e com uma LDR do outro lado a receber a luz do led. aí sim, caso desse para o torto, o fusivel ardia, o led apagava e a resistencia da LDR ía aumentar, permitindo assim detectar o problema.

    cumps ;)
     
  5. V_Man

    V_Man Power Member

    Não deve haver qualquer problema com o Led e resistência em paralelo com o fusivel, pois onde trabalho é esse o sistema para detectar fusiveis queimados(em equipamentos sensiveis e ultra caros)
    A resistência deve estar calculada para no caso do circuito ser alimentado a 12v, ela criar essa mesma queda de tensão, aquando da queima do fusivel.
    Cumps
     
  6. faiscanet

    faiscanet Power Member

    Eu estou plenamente de acordo contigo. Alem de que o Led tendo a resistência calibrada para uma certa tensão consome unicamente umas dezenas de miliampéres.
     
  7. redalert

    redalert Folding Member

    Se tentarem perceber o que eu escrevi, vão chegar à conclusão de que estava a falar em regime transitório e não em regime estacionário. Peguem nas equações diferenciais que regem a maioria dos circuitos (pressupondo que a carga do fusível não é "101%" resistiva) e façam as contas.



    [[]]
     

Partilhar esta Página