1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

ink.sapo vs jQuery+jQueryUI

Discussão em 'Web Development' iniciada por naoliveira, 26 de Setembro de 2013. (Respostas: 12; Visualizações: 2487)

  1. naoliveira

    naoliveira Power Member

    Veio aqui pedir a vossa opinião sobre qual a melhor opção, utilizar o ink do sapo ou é preferivel utilizar jQuery+jQueryUI. Qual das 2 opções é mais fácil de adaptar às nossas necessidades? Quais as vantagens e desvantagens de cada uma?

    Agradeço os vossos comentários.
     
  2. Matabicho

    Matabicho Power Member

    Pelo que entendi do INK isso é tipo Bootstrap e Foundation , logo consegues utilizar em conjunto JQuery com isso portanto consegues adaptar facilmente ás tuas necessidades a framework..

    Nunca usei JqueryUI mas parece-me que não tem muito a ver com o genero de framework que é o INK ..
     
  3. PedroKosta

    PedroKosta Power Member

    Apenas conhecia de nome e também fiquei com a ideia do Matabicho: ink é algo do tipo do bootstrap, ink.js UI do tipo jQueryUI e ink.js CORE, até certo ponto, do tipo jQuery.
    Por outras palavras: parece-me mais uma das inúmeras reinvenções da roda (já dá dor de cabeça a quantidade de frameworks que existem e que aparecem todos os dias).
     
  4. Boa noite, correndo o risco de parecer mal educado, vou pôr as coisas assim: se estás na dúvida entre qual dos dois usar, pára e aprende um pouco mais do que está na base destas coisas (HTML, CSS, JavaScript). Depois vais perceber o porquê da tua pergunta não fazer muito sentido. O ink bem como as outras frameworks que os colegas já referiram ( bootstap, foundation, skeleton, 960.GS) é aquilo que se chama uma responsive framework. Qualquer que seja a que escolhas para arrancar um projecto puderás incluir por exemplo outros plugins em jquery/jquery.UI.
    Não interpretes mal o que escrevi, apenas um conselho sem qualquer intenção de sobranceria.
     
  5. legion

    legion Power Member

    Subscrevo na totalidade.

    É preferível saber as bases e o potencial de cada uma e após isso pegar em "ferramentas" baseadas nessas bases, desculpem a redundância, e aplicá-las nos teus projectos.
     
  6. naoliveira

    naoliveira Power Member

    Mas no caso do ink, não é apenas uma responsive framework, tentar ser um 2 em 1, uma mistura de jQuery com Bootstrap. Mas pelos comentários aqui postados, vou optar por Bootstrap + jQuery. Até porque a minha dúvida tinha mais a ver com as tabelas, fazer a paginação de tabelas e/ou usar ajax para ir buscar os dados, isto no ink está tudo incluindo na framework.

    Obrigado a quem comentou.
     
  7. Olá.

    O Ink é uma framework como as outras mencionadas nas várias respostas. É feita pelo SAPO, para uso no SAPO e disponibilizada para a comunidade como open source para quem a quiser utilizar e contribuir.

    É certo que é mais uma, mas ainda bem. É bom que haja variedade para dar a liberdade às pessoas de escolherem qual a melhor se adapta às suas necessidades. Tem coisas diferentes do bootstrap, como é o caso das grelhas e na componente de JavaScript não depende de libs 3rd party.

    Portanto, o Ink existe, está disponível em http://ink.sapo.pt/ para download ou em https://github.com/sapo/Ink vejam quais as necessidades e escolham. Não pedimos para que seja usada em Portugal, só porque é portuguesa. Se optarem pelo Ink, estamos abertos para comentários, sugestões e bugreports.


    Mas, no ponto de vista de quem acha que o que é feito lá fora é melhor, então podemos estar descansados, o feedback que temos recebido da comunidade lá fora tem sido bastante bom.

    Se nos achamos melhores que os outros para termos feito mais uma framework, não, não achamos, mas temos algumas razões para o termos feito.

    Só na homepage, temos 30M de visitas mensais, portanto em todos os sites da rede SAPO poderão imaginar a quantidade de visitas que temos. Temos uma equipa de 200 pessoas a trabalharem diariamente nos vários projectos do SAPO, que de maneira nenhuma poderão estar à espera da comunidade para que sejam feitas ou corrigidas.

    As coisas "à SAPO" têm de ser mesmo assim, um simples "fork" dum projecto que já existe pode ser suficiente a curto prazo, a longo prazo têm de ser começadas tendo em mente as necessidades que o SAPO tem e virá a ter. Nenhuma framework é completamente perfeita, todas elas têm os seus problemas e os seus bugs. Tendo uma framework que se conhece "a fundo", conseguem-se adicionar funcionalidades necessárias na hora assim como corrigir algum bug que exista e ser publicado na hora.

    O "reinventar da roda", nem sempre é o que parece, pode simplesmente não haver... além das razões apontadas no ponto anterior, no caso da componente de JavaScript o SAPO teve a sua framework usada internamente antes da existência do jQuery. Na altura, em 2005, usava como base o Prototype.js e azar dos azares, em 2007 o Prototype.js resolveu estender os objectos nativos do JavaScript... e deu asneira.

    Além da quantidade de visitantes e de sites que temos de manter, muitos dos nossos sites têm muita informação, chamadas de publicidade e outros componentes de JavaScript transversais. Os sites têm de estar preparados e "blindados" para receberem estes componentes e manterem a sua integridade. Uma vantagem que o Ink tem na componente de JavaScript é que se podem usar várias versões do mesmo módulo na mesma página, assim como mantém o funcionamento misturada com outras frameworks. Na componente de CSS algumas das classes também usam como prefixo "ink-" para prevenir estas situações.

    Admitimos que a nível de documentação pode não estar tão boa como outras, mas a equipa está a trabalhar nisso, infelizmente não conseguimos ser tão rápidos como gostaríamos. Mas já agora, estamos a contratar: http://jobs.sapo.pt/9166.html
     
  8. karkovo

    karkovo Power Member

    De facto nem sei como sites tão pequenos como o twitter (1.8.3), linkedin (1.7.1), ebay (1.7), quora (1.7), wikipedia (1.8.3), pinterest (1.10.2) ou tumblr (1.10.2) usam jquery.
     
    Última edição: 21 de Novembro de 2013
  9. PedroKosta

    PedroKosta Power Member

    Porque ainda não conheçem o INK ;)
    Brincadeiras à parte: bem dita empresa para se trabalhar, onde se consegue convençer o upper management que é absolutamente necessário desenvolver (ou continuar a desenvolver) mais uma framework. Kudos.
     
  10. karkovo

    karkovo Power Member

    Quando se teve, e ainda tem, uma posição de monopolio, ha dinheiro de sobra que permite estas brincadeiras.
     
  11. Cfreitas

    Cfreitas Power Member

    Monopólio é uma palavra usada tão livremente hoje em dia! xD
     
  12. Nada

    Nada Power Member

    Acho que com mais de 2400 milhoes de utilizadores acho que a espaço para INK's e clones do INK's xD
    Acho que é apartir destas ideias que nascem grandes ideias e tecnologias, eu quando vejo o lançamento de uma nova tecnologia/frameworks/modelo não vejo como "mais uma", vejo como o "um aumento de possibilidades" e não simplesmente estarmos sempre centrados nos mesmos modos de realizar algo...

    Opiniões a parte ainda bem que a tecnologia "made in" Portugal cresce, apesar de todos os erros e coisas sem sentido que se lança é com os erros que se aprende, seja cá seja lá fora :)
    (eu nao sei como funciona o INK foi a minha opinião do tema e nao do topico em si. Nem sei se o INK é feito totalmente em Portugal)
     
  13. karkovo

    karkovo Power Member

    Então e o Ink? Este tópico é um bom exemplo de que não se deve confiar em software de vão de escada, para não se ficar agarrado quando se lembram de o abandonar.

    https://github.com/sapo/Ink/
     

Partilhar esta Página