1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. COVID-19 Mantenham-se seguros: Pratiquem distanciamento físico de 2 metros. Lavem as mãos. Fiquem em casa.
    Informação sobre COVID-19. Ajuda a combater o COVID-19 com o [email protected] e com o [email protected].
    Remover anúncio

Internet Social a caminho...

Discussão em 'ISPs' iniciada por viperbruno, 28 de Outubro de 2019. (Respostas: 49; Visualizações: 3550)

  1. viperbruno

    viperbruno Suspenso

  2. viperbruno

    viperbruno Suspenso

     
  3. jonas78

    jonas78 Power Member

    Internet social? Bem nem sei o que dizer.. num país em que fica praticamente ao mesmo preço ter um pacote apenas de NET e um 3p e o "regulador" nada faz, esta ideia gira è apenas para as operadores mamarem ainda mais... e venha de lá uns tachos para os boys and girls
     
  4. cRaZyzMaN

    cRaZyzMaN Power Member

    a saúde nas lonas, mas calma importante é ter net
     
  5. jorge.antunes

    jorge.antunes Power Member

    São coisas incompatíveis? Isso é a chamada falácia de causa maior: quando não se gosta de algo, aponta-se algo mais prioritário (nunca falha, há sempre algo mais importante!).
    Esta ideia deve representar para aí 0,0001% do PIB e pode ter impacto positivo numa altura em que é cada vez mais complicado não ter net para comunicar com o Estado, banca, etc.
    Claro que a ideia é excelente em teoria mas resta saber como vai aplicada na prática. Há risco de ser feito algo a que ninguém vai aderir ou que apenas beneficia os operadores privados. Vamos esperar para ver.
     
  6. viperbruno

    viperbruno Suspenso

    Para quem gosta de mais estado, logo mais socialismo, tudo bem. É esse mais estado e mais socialismo que te leva boa parte dos teus rendimentos, bem acima da tua vizinha Espanha. Mas se gostas deste estado deficitário que te leva impostos, te tira a iniciativa deixando-te sempre dependente da próxima medida social, então fazes bem em apoiar esta medida (como todas as outras, que em vez de fazer as pessoas sair da pobreza, fazem com que as mantenham por lá sempre).
     
  7. Nem mais!
     
  8. cRaZyzMaN

    cRaZyzMaN Power Member

    Hoje em dia, todos os centros comerciais, tem net de borla, muitos cafés, supermercados, etc

    não é desculpa, para quem não tem internet em casa, não usar

    segundo sei, em algumas lojas do cidadão, tem ainda, pc's para uso de qualquer cidadão
     
  9. berniejoe

    berniejoe Power Member

    Tendo em conta que a maioria das obrigações fiscais (é o exemplo mais flagrante) são cumpridas através da internet, estranho é não ser assegurado um serviço básico universal a toda a gente.
     
  10. goliath_2k

    goliath_2k Power Member

    Por acaso estive há 6 anos de férias na Estónia e era impressionante o acesso à internet. Em qualquer sitio tinha wi-fi sem ser preciso andar a pedir passwords. Na pior das situações tinha de aceitar as condições. Ah e era internet boa, não é como às vezes acontece em alguns centros comerciais com velocidade deplorável ou sempre a ir abaixo.
     
  11. mr_zener

    mr_zener Power Member

    Viperbruno, só um parentesis... então estás de acordo que a saúde deve ser PAGA? Então que seja... o que farias se um dia chegares ao hospital e te disserem... são 50 000€ para uma cirurgia... ok.

    Dentro do tema: acho bem que se democratize o acesso á net e que se defina, à semelhança do serviço telefónico, um serviço universal de net.
     
  12. viperbruno

    viperbruno Suspenso

    Falei da saúde por acaso?
    Um liberal não implica que acredite na não existência de Estado nas áreas chave.

    Um exemplo de um país liberal é a Holanda onde tens de pagar um seguro, à tua escolha, e depois tiras os benefícios de ter um sistema universal. Por isso, respondendo à tua questão, não acredito numa realidade estilo EUA (como a que estavas a propor) mas em modelos que já provaram que são funcionais onde não é preciso depender da oferta que o Estado te dá.

    Esta medida não democratiza o acesso à Internet, o que estás a dizer é que quem trabalha e já paga para ter telecomunicações, deva sustentar quem opta, muitas das vezes, por não o fazer.
     
  13. brock

    brock Moderador
    Staff Member

    Pessoal, não se percam em offtopic, quando a tema / noticia partilhado na thread é simples.
    ps: Outro tipo de questões tem lugar próprio para o efeito que não este, obrigado.
     
  14. JXulo

    JXulo Power Member

    Já estou mesmo a ver o filme...vão colocar ainda mais hotspots em Porto, Lisboa e nas maiores cidades...ou seja, precisamente nos locais onde existe internet a rodos de todas as maneiras e feitos, net em quase todos os cafés, Meo Wi-Fi e zons fons aos pontapés etc.

    Nas vilas e aldeias onde muitas vezes nem fibra existe, e a quantidade de internets “públicas”/acessíveis a toda a gente é diminuta ou mesmo inexistente...vai continuar na mesma.

    É rir para não chorar.
     
  15. m.r.f.

    m.r.f. Power Member

    Chegou o momento de não adiar mais um serviço público internet.
    Os problemas que se está enfrentando mostra o quanto em século XXI é essencial um serviço de internet de acesso a todos como a TDT.

    E não adianta nada mesmo que existisse uma cobertura de internet total através dos privados, porque pagar 25€ por mês não é um serviço universal, nem toda gente pode disponibilizar 25€ mês.

    Um serviço público internet também não poderia ser entregue a uma empresa que concorre no privado com serviço igual, como foi entregue à MEO a supervisão da TDT.

    Somos um país pequeno em dimensão o que torna um serviço público internet acessível a todos viável.

    Já é hora do interesse público prevalecer em detrimento do privado.
     
  16. SMOL25

    SMOL25 Power Member

    Vamos lixar mais uns milhões a quem trabalha, para os coitadinhos do costume usufruirem. Bem vindos ao Portugal sec XXI.
     
  17. Parkway

    Parkway Power Member

    E depois andam com Iphones nas mãos, desculpem mas isto é muito mau.
    Não gosto de discriminar, mas um gajo vê tudo louco nos supermercados a comprar o que precisa e não precisa, tentar furar a quarentena para ir para o Algarve, e depois nestas alturas choram que não têem dinheiro para pagar a luz, água e neste caso internet...
    Não estou a afirmar que é toda a gente, mas muitos são e depois choram...
    Mas já se costuma dizer, quem não chora não mama e depois paga aquele que infelizmente faz um esforço tremendo para ter as suas contas em dia e a sacrificar de muita coisa.
     
  18. m.r.f.

    m.r.f. Power Member

    Se não existe é devido aos lobis privados.
    Se se fizer é mais despesa para o contribuinte.
    Sinceramente uma pessoa é presa por ter cão e por não ter.
     
  19. saccor

    saccor Power Member

    alguém que pergunte à Altice o motivo pelo qual um pacote 500Mbps + ~150 canais e box aqui custa cerca de 35€ e em frança 15€.
    se calhar se a oferta fosse ajustada à realidade do pais era mais simples. em frança ordenando minimo de 1500€ pagam 15€. aqui de 600€ fica por 35€....algo está muito errado.

    https://www.sfr.fr/offre-internet
     
  20. salvador66

    salvador66 Power Member

    Pois é o monopólio a funcionar infelizmente no nosso país