1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Irá a Apple ultrapassar AMD, nVidia e Intel em performance?

Discussão em 'Apple Geral' iniciada por JPgod, 31 de Outubro de 2018. (Respostas: 41; Visualizações: 1962)

  1. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Ontem a Apple anunciou o novo iPad Pro, com um monstro de processador, o A12X, que segundo eles, está ao nível da Xbox One S.

    Isso para min já põe em causa o mercado x86 e gráfico do "big three", ao lançar um SoC que consome muito menos que o SoC da Xbox One S.

    Basta ver que já bateram eles no processo de fabrico...

    Para min não deve demorar muito para a Apple abandonar a AMD e Intel e equipar seus computadores com variantes musculadas dos SoCs dos iDevices e sinalizando pro resto do mercado.

    E vendo no passado, o "speed up" entre as gerações de iPhones supera largamente o speed up quer de CPUs, quer gráficas.
     
  2. black_edition

    black_edition Power Member

    Parece-me que já faltou muito menos para isso acontecer, basta ver a review da Anandtech (aqui e aqui) sobre o iPhone XS para se ficar com a ideia que falta pouco para Apple se quiser deixar de depender da AMD/Intel.

     
  3. lenric

    lenric Power Member

    Eles podem dizer o que quiserem e, teoricamente, o A12x pode estar ao nível da One S em raw power. Mas conseguiria a mesma performance do que a One S durante meia hora, uma hora, duas horas? Obviamente que não por razões várias.
     
  4. JAFoNEXUS

    JAFoNEXUS Power Member

    Inevitavelmente eu penso que isso vai acontecer. E penso que vai começar precisamente pelos Macbook.

    Deverá acontecer quando houver uma mais valia Watt/Performance de ARM acima de um determinada % sobre os X86, para justificar toda a alteração do ecosistema.
    Penso que eles já devem ter organizado bem as linhas para mudança do Software que se vai seguir, de modo a suportar a mudança de arquitectura.

    De qq maneira, penso que não será tão cedo ainda.
     
  5. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    A Apple é uma empresa que aposta na integração vertical.

    A mim parece-me bastante provável que a Apple irá passar os Macs para ARM. Em performance/watt, penso que já terão ultrapassado a Intel e AMD. Em performance pura, não, mas os dispositivos onde a Apple usa os seus processadores, também estão limitados pelo formato.
    Além disso, penso que vão tentar uma junção entre o MacOS e o IOS. Nota: Não quer dizer que o interface seja igual em todos os dispositivos Apple.

    Para quando, não faço ideia. Se tivesse que apostar, penso que será para breve (2 ou 3 anos).
     
  6. black_edition

    black_edition Power Member

    O primeiro passo está a ser dado, a própria Apple já "portou" aplicações do iOS para o macOS.
     
  7. Rseven

    Rseven Power Member

    Acho que mais rápido vai acontecer é os modelo Pro serem "Pro", correrem MacOSe Intel porque questão de compatibilidade e performance.
    Depois os Macbooks, Air e iPads correrem iOS (ou algo entre iOS e Mac OS), num Soc Apple.
     
  8. Trance

    Trance Power Member

    Para já, creio que haveria mais desvantagens para o macOS correr em ARM do que vantagens. Além de não resolver coisa alguma particularmente interessante. Não acredito que isso aconteça tão cedo.

    O que acredito é que Apple vai continuar a melhorar e a aprimorar o iPad Pro e tentar convencer as pessoas a comprarem esse aparelho em vez o MacBook Air, Macbook ou mesmo modelos de entrado do MacBook Pro.

    Creio que no entanto não está a ser tão agressiva no pricing como foi em tempos com o iPhone face à concorrência, uma altura em que era mais clara a sua liderança tecnológica para o homem comum. Está no entanto a tentar uma estratégia diferente para convencer o cliente que o preço é muito bom ...

    ... sim o iPad Pro 12.9" é mais barato que o MacBook Air, mas rapidamente se percebe que isso foi feito artificialmente. O novo MacBook Air, naquilo que faz a diferença para o modelo anterior tem apenas um melhor ecrã mas é substancialmente mais caro que o modelo anterior. É preciso estar desesperado para comprar isto, mais vale o Pro ou .... Para justificar a "pechincha" que é o iPad Pro :). Um pouco como fez com o iPhone XR, vejam as reviews, passou de "algo muito caro" para "algo acessível" (o iPhone acessível) ... é mesmo à Americana.

    Acredito que o Air é tão mau negócio que só existe mesmo para justificar o preço do iPad Pro e para calar as bocas que o Air não é actualizado à muito. Se vender, vendeu, se não vender também cumpriu o propósito.

    Depois digo qq coisa sobre o iPad Pro ... é tudo o que esperava nesta release.
     
    Última edição: 1 de Novembro de 2018
  9. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Eu sei que são dispositivos diferentes, sistemas operativos diferentes, benchmarks sintéticos, arquitecturas de processador diferentes, mas, infelizmente, dos poucos benchmarks que se pode usar para comprar os processadores da Apple com os Intel, é o Geekbench.

    Esta é a comparação do melhor resultado no Geekbench 4.3, da versão de topo do actual Macbook Pro de 15 polegadas, com o processador de 6 cores + HT, 2.9 Ghz base/ 4.6 Ghz turbo e 12 MB de L3. O i9-8950HK, com 32 GB de RAM. Contra o Ipad Pro de 12 polegadas anunciado nesta apresentação, com o Apple A12X de 4 Big Cores + 4 Little Cores e 8 MB de L2.

    [​IMG]

    Resultados detalhados desta comparação: https://browser.geekbench.com/v4/cpu/compare/10571714?baseline=10567048

    Vale a pena ver. Na maior parte dos Benchmarks, o A12X perde por pouco. É interessante que ganha nos testes de acesso a memória RAM, algo que não estava à espera, visto que o Mac tem memória DDR4 a 2400 Mhz em dual channel. Não sei como está disposta a memória do Ipad Pro, mas seja qual for, é muito rápida e com menos latência.

    Apesar de todas as diferenças nas duas plataformas, este resultado só vem confirmar os bons resultados dos processadores da Apple.
    Também reafirma a minha convicção que a Apple, se assim entender, pode mudar os Macs (Talvez menos o Imac Pro e o Mac Pro), para ARM quando quiser.

    Agora que há o Photoshop e Autocad para IOS, espero que se possam fazer benchmarks e comparar com outras plataformas em aplicações "reais". :)
     
    Última edição: 1 de Novembro de 2018
  10. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Última edição: 1 de Novembro de 2018
  11. hildeberto

    hildeberto Power Member

  12. JAFoNEXUS

    JAFoNEXUS Power Member

    Mas depois há tb a questão do bootcamp e das VMs com outros SOs que vão ter a vida complicada se se mudar o ecossistema para ARM
     
  13. MiguelX69

    MiguelX69 I fold therefore I AM

    A Apple não deve estar muito preocupada com o Bootcamp sinceramente...
     
  14. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Existe Windows 10 para ARM em versão "completa". :p Bem, nesta altura é mais "Windows para Qualcomm", mas se a Microsoft quiser apostar mesmo em ARM, esse "exclusivo" não dura para sempre. :)
    Tal como o Rosetta quando a Apple passou de PPC para x86, a Microsoft também faz binary translation para correr aplicações x86 em ARM. A Apple poderá fazer o mesmo para correr aplicações MacOS x86 em ARM.
    Claro que há sempre perca de performance ao se usar binary translation.

    Linux em ARM, nesta altura, é relativamente banal.

    Por isso, pelo menos tecnicamente, não há nada que impeça que se corra Windows e Linux em máquinas virtuais ou no Bootcamp.
     
  15. MiguelX69

    MiguelX69 I fold therefore I AM

    Vai-se passar por um período de transição em que as coisas vão ser lentas e as pessoas vão se queixar e vão dizer que a Apple está condenada...

    E 2 anos depois tá tudo de volta à normalidade. Também choraram muito quando se passou de PPC para x86 e não deixou de ser uma excelente jogada da Apple. Por isso que venha o ARM.
     
  16. Trance

    Trance Power Member

    Que problema o macOS on ARM resolve? Por exemplo, para developers? Para advogados arquitectos ....

    Não é melhor a Apple fazer o que está a fazer, que é tentar convencer empresas como a Adobe a implementar o seu melhor software para o iOS? Esse já muito optimizado para a architectura ...

    O que me parece é que também tem que conseguir convencer o consumidor, mas não sei se a este preço as pessoas vão arriscar. Há demasiadas questões para a qual não existe resposta ainda. Demasiados, “depende”.
     
    Última edição: 1 de Novembro de 2018
  17. Dape

    Dape Suspenso

    Creio que o ARM tem dado muitos passos grandes em performance, mas não está ainda ao nível de x86. Mas acredito que lá chegue. E que ultrapasse. A Apple já se viu que dá muito mais atenção ao iOS que ao MacOS, que para eles o iOS é o futuro e não o MacOS. Mas para produtividade o iOS ainda me parece muito verde.

    Uma vantagem que o ARM me parece trazer é que poderemos ter muitas mais empresas a desenhar chips ARM. Em x86 temos apenas Intel, AMD e VIA, esta última ninguém conhece, mas existe. Em ARM, temos carradas de empresas, a Samsung tem chips próprios, a Huawei igual, a Apple também e muitas outras. Isso poderá permitir melhor otimização e performance.
     
  18. Trance

    Trance Power Member

    O ARM já está ao nível do x86 faz algum tempo na maior parte dos casos e em determinados casos até ultrapassa vastamente. Outros casos há que fica aquém.

    A questão não é essa. É que não basta estar ao nível nem ultrapassar em casos. Mas sim, a relação custo benefício a médio prazo tem que se mais clara.

    Estar a mover uma plataforma inteira como o macOS ou Windows10 para uma nova arquitectura computacional acarreta investimentos avultados a todos os níveis. Não só para a MS, Google ou Apple mas também para os developers, utilizadores ...

    Assim como a Apple está a fazer, torna as vantagens ou desvantagens mais claras. É só ver a confusão que é o Windows on ARM, não é boa para ninguém. So trouxe uma má imagem para o ARM (que convém à MS), e os otários que foram na conversa da MS deitarm dinheiro para o lixo.
     
    Última edição: 4 de Novembro de 2018
  19. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Vi agora um post sobre performance entre os actuais processadores da Apple e Intel, que me parece bastante interessante, nem que seja por não ser o "comum" resultado de Geekbench.

    Foi testado este programa cientifico num Intel 7700K e num A12 (Do Iphone XS):

    • Ele é praticamente single threaded.
    • Não é influenciado pelo GPU.
    • Versão "curta" e "longa" duração para evitar cenários onde o Turbo tenha muita influencia.
    • Bastante sensível à performance da cache e memória.
    Resultado da versão "curta": (Menos é melhor)
    [​IMG]

    Evolução desde o Apple A7, na versão "longa", com comparação de alguns processadores x86 da Intel:
    [​IMG]

    Conclusão do Post:

    Source: https://homes.cs.washington.edu/~bornholt/post/z3-iphone.html
     
  20. Dape

    Dape Suspenso

    Creio que a Apple está (novamente) a mostrar como se faz. Se o Windows é considerado SW legacy, creio ser justo considerar x86 HW legacy também.

    O ARM apresenta muitas vantagens. A começar pelo facto de que é muito menos monopolizado. Temos múltiplas empresas a desenhar chips ARM (Qualcomm, Apple, Samsung, Huawei, etc) enquanto em x86 temos 3 (Intel, AMD e Via) com um claro monopólio da Intel como se sabe.

    Depois, em x86 não existe uma entidade central como em ARM, na qual temos a ARM empresa que atualmente é detida pelo Softbank.

    Com a capacidade de cada empresa desenhar os próprios chips, vem a melhor Otimização na relação SW/WH e vice-versa. Que é o que a Apple já executa aos anos e aos poucos outros tem imitado. Até já em Windows existe uma semi-réplica disto com a Qualcomm a fazer chips específicos para Windows (SD850) mas ainda não é bem o nível de personalização que a Apple aplica pois apesar de ser uma parceria entre a Microsoft e a Qualcomm não é a mesma coisa que se fosse apenas a Microsoft a desenhar os chips para o SW.

    Tendo dito isto, creio que a Apple está a mostrar qual o caminho e as suas vantagens. E que ARM tem muito mais margem de progressão que x86.

    PS: temos também em Android Samsung e Huawei a desenhar chips ARM mas sem dominar o SW não é o mesmo nível de otimização que o da Apple. Se bem que a Samsung tem o seu SO móvel próprio (Tizen) e aí sim pode equiparar-se.
     
    Última edição: 6 de Novembro de 2018

Partilhar esta Página