1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Java vs. ActionScript

Discussão em 'Programação' iniciada por wack, 9 de Agosto de 2007. (Respostas: 7; Visualizações: 1017)

  1. wack

    wack Power Member

    Podemos alguma vez comparar a linguagem de programação Java com a ActionScript?

    Deixem as vossas opiniões sff.
     
  2. lfdesign

    lfdesign Power Member

    Comparar em termos de quê? Funcionalidade, sintaxe... ??
     
  3. DonAC

    DonAC What is folding?

    facilidade, compreençao, resultados?
     
  4. HecKel

    HecKel The WORM

    São coisas totalmente distintas, não dá para fazer esse tipo de comparações.

    ActionScript é uma linguagem de script, não tem a robustez do Java, não tem 1/10 das capacidades do Java.

    Facilidade? ActionScript é capaz de ser a mais fácil de começar, não tens de saber grande coisa para teres efeitos visuais bonitinhos.

    Compreensão? Não consigo comparar isso.

    Resultados? Java sem qualquer sombra de dúvidas, ActionScript é bastante limitado comparando com Java.

    HecKel
     
  5. alph

    alph Power Member

    Na verdade são bastantes comparáveis. O Actionscript 3.0 está mesmo muito robusto e está-se a tornar em algo que não estamos habituados. A principal diferença entre Java e Actionscript é que vemos muita diversidade no mundo do Java, como aplicações de desktop. Mas isto não significa que não seja possível fazer em Actionscript.

    Outra diferença é que a biblioteca de Java que vem com o próprio compilador é completíssima, enquanto que a Actionscript apenas está virada para o desenvolvimento de aplicações Flash para sites (pelo menos até à versão 2) - mas isto não significa que o Java é melhor, apenas que o que o Java já tem, ainda não foi criado em Actionscript. Não se trata de maiores capacidades, mas de disponibilidades.

    Ambas têm uma máquina virtual que se torna quase obrigatória em todos os browsers de hoje em dia, por aí não dá para comparar.

    Quanto a ser uma linguagem de scripting, o Java também o é mas faz uso de binários pré-compilados, coisa que o Actionscript também pode fazer.

    Ambas são extremamente orientadas para os objectos, ambas fazem recolha do lixo (muitas o Actionscript até tem uma operação explícita para isto, o delete() coisa que o Java não tem) e são sintacticamente parecidíssimas.
     
  6. CoolMaster

    CoolMaster Power Member

    Java:
    var = null;

    Depois o garbage collector vê que referências ainda estão atribuidas, no caso do objecto que o var apontava não ser mais preciso o gc vai apanhar o lixo :joker:

    Podes obrigar o garbage collector a correr com --> System.gc(); no entanto nem me parece que valha a pena faze-lo, ele quando quiser que corra.
     
  7. alph

    alph Power Member

    Exacto. O Java não tem operação explícita para isso acontecer. O Actionscript tem. Obrigado pelo exemplo.
     
  8. AliFromCairo

    AliFromCairo Power Member

    Boas, o ActionScript tem tido uma evolução vertiginosa, desde os tempos em que era uma simples linguagem de scripting (AS 1.0), até ao momento (AS 3.0) em que passou a ser uma verdadeira linguagem orientada a objectos. É por esta razão, que penso que as duas linguagens são bastante comparáveis.

    Sendo linguagens orientadas a objectos, ambas suportam os conceitos básicos de OOP (Herança, Delegação, Encapsulação e Polimorfismo). O AS suporta ainda dynamic classes que permite adicionar atributos e métodos a uma classe em tempo de execução. Em termos sintácticos, as linguagens são de facto muito semelhantes. Podes ver uma comparação aqui.
    É claro que o Java, devido a ser uma linguagem muito mais madura, suporta uma parafernália de keywords que o AS não suporta (transient, native, etc.), mas as mais comuns existem (quase) todas no AS.

    No que diz respeito às bibliotecas, concordo com o que o alph disse, mas, o AS tem também uma API bastante poderosa. Gostaria de salientar o E4X (ECMAScript for XML), que consiste no novo método existente no AS 3.0 para manipular XML, que na minha opinião, é fabuloso. Para mais informações, dá uma vista de olhos neste tutorial.
     

Partilhar esta Página