1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Jogos da EA disponíveis no Ubuntu

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por CMatomic, 9 de Maio de 2012. (Respostas: 41; Visualizações: 3721)

  1. CMatomic

    CMatomic Power Member

    A EA (Electronic Arts) já tem dois jogos disponíveis no centro software do ubuntu , dois jogos são gratuitos , Lord of Ultima e Command & Conquer , mais jogos da EA esta previsto a ser lançados este ano no Ubuntu este dois são só inicio .

    info : http://fridge.ubuntu.com/2012/05/08/ea-games-and-ubuntu/
     
  2. Amazing_Randy

    Amazing_Randy Power Member

    Muito bem. É de aplaudir a iniciativa!
     
  3. McFreak

    McFreak Banido

  4. Gaugamela

    Gaugamela Power Member

    Têm que começar por qualquer lado...
    Mas acho curioso este interesse súbito da EA e Valve por Linux. Parece que existe muita gente descontente com o Windows 8 e o seu marketplace.
     
  5. Dogzilla

    Dogzilla Power Member

    Venham eles. Quero o NFS nativo. :P
     
  6. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    À 20 anos atrás a EA era uma empresa interessante, com jogos de qualidade.
    Agora espero que ardam no inferno.

    Seja como for, a EA é uma empresa que tem nome. Mesmo que os jogos não passem disto (Web apps) vai fazer ver a outras empresas que talvez o mundo linux seja um mundo a explorar, até porque é um mundo ainda pouco explorado nesta plataforma.
     
  7. muddymind

    muddymind 1st Folding then Sex

    Tem calma... Não deixam de ser os publishers de alguns dos meus franchises preferidos como o Mass Effect e Dragon Age ;)

    Mas toda esta história para mim é muito estranha... Então eles andam à impingir à força o origin no windows e sem mais nem menos vão usar um canal de terceiros em linux? É certo que isto irá ser apenas uma prova de conceito para eles mas mesmo assim não deixo de achar estranho.
     
  8. Rseven

    Rseven Power Member

    É que nada, mas nada haver.
     
  9. McFreak

    McFreak Banido

    Continuas a poder instalar jogos por fora do marketplace.
     
  10. Arucard1983

    Arucard1983 Power Member

    O problema é que a EA portou alguns dos jogos de topo para o Mac OS X usando um wrapper do Wine que foi licenciado pela Transgaming com o nome comercial de Cider. Para o Linux seria simplesmente a mesma receita, e estava o jogo portado sem grandes investimentos para um conjunto reduzido de utilizadores.
    O grande problema é que o Cider já está obsoleto e não aproveita os últimos recursos do DirectX implementados no Wine 1.4/1.5.x, o que resulta em muitos casos jogos "nativos" com piores funcionalidades e performances que os jogos Windows originais, mesmo correndo o referido executável pelo último Wine.
    A Valve já suporta o Wine a nível experimental pelo Steam, e o próprio cliente já detecta a própria versão e sincroniza estes dados com as fichas de utilizadores. Com o lançamento de um cliente nativo, a Valve devia integrar o suporte do Wine para instalar jogos que por diversos motivos não podem ser portados para Linux, mas de forma transparente de modo a que os dois tipos de programas (Linux e Win32) fossem utilizados no mesmo programa cliente sem se preocuparem em manter dois clientes em separado, com os inconvenientes daí resultantes.
     
  11. Gaugamela

    Gaugamela Power Member

    Sim, mas tanto a Steam como a Origin ganham um concorrente de peso na distribuição digital de jogos na forma da Microsoft com o Marketplace.
     
  12. Arucard1983

    Arucard1983 Power Member

    Últimas Notícias sobre a EA: a EA a partir de agora suporta (a nível técnico) todos os jogos do Windows no Linux pelo Wine!:001:
    http://www.phoronix.com/scan.php?page=news_item&px=MTA5OTc

    A acreditar pelas declarações da companhia, 14 jogos já foram certificados como compatíveis, acrescentando o suporte ao cliente Origin... :rolleyes:
    Por outro lado (uma vez que tiveram problemas como o Cider versus Wine) eles consideram o uso do Wine para os jogos AAA como a melhor solução ao considerar o rácio custo de portabilidade/middlewares proprietários/retorno económico dado o uso de tecnologias proprietárias cuja melhor implementação das camadas de compatibilidade é precisamente o Wine. :p
    Por outro lado, a EA não podia ajudar a equipa do Wine economicamente a implementarem o resto do DirectX 10 e 11 nem que seja pelo Gallium 3D que já implementou as primitivas desta API em sistemas Linux ?! :-D

    Na verdade a Canonical devia promover o Wine para mostrar que o seu sistema operativo suporta boa parte do software Windows, e mostrar a suas vantagem a nível de integração e simplicidade que nenhum software de virtualização (para não falar da licença do Windows) consegue fazer. Se a Canonical não tivesse abandonado o seu projecto de um sub-sistema Android, hoje seria um bom concorrente ao Bluestacks que permite instalar e correr aplicações Android no Windows (mas não funciona no Wine) e o Ubuntu seria um sistema polivalente por correr aplicações de três plataformas diferentes. :rolleyes:
     
  13. s0ldier

    s0ldier Power Member

    Pelo que escreveste parecia que era uma boa noticia, mas lendo a totalidade da notica vi que afinal foi só mais do mesmo, a Valve está a fazer mais que a EA neste caso! Eles simplesmente estão a dizer que os jogos são suportados pelo Wine e que muito remotamente é que irá haver uma versão nativa de algum jogo deles para Linux, e se sair ou está pronto ao mesmo tempo que a versão do Windows ou é atrasada e provávelmente nunca será lançada, já que o uníco interesse deles é ganhar "uns" €€. A EA simplesmente está à espera do feedback que a Valve irá ter com os seus jogos!! Se for bom e verem que realmente existe mercado nos users de Linux então ai sim a EA irá começar a pensar no Linux como uma provável plataforma de jogos, até lá duvido que faça algo para além dos flash games!
     
  14. Ketheriel

    Ketheriel Power Member

    Amén to that brother :)
     
  15. Arucard1983

    Arucard1983 Power Member

    O que acontece é que o Win32 e DirectX API são de longe a plataforma de programação de muito software e jogos AAA, pelo que se os sistemas operativos com menor quota de mercado tiverem a mesma API é o melhor para estas empresas em termos de custos de portabilidade. Ao existir uma API multi-plataforma que seja compatível entre vários sistemas operativos (algo que nem o OpenGL conseguiu criar), torna a programação muito mais fácil sem se preocuparem com as minúcias entre os diferentes sistemas.
    Não devemos esquecer que o próprio Wine serve igualmente como ferramenta de portabilidade de software Windows para Linux, reduzindo os custos elevados da re-escrita de grande parte do software sem garantias de retorno financeiro pelo esforço gasto. Desta forma cria-se um executável nativo mas que usa as bibliotecas do Wine na pasta do sistema operativo Linux, em vez de usar os links dos dll presentes no respectivo Wineprefix quando corremos executáveis Windows pelo wine loader.
    Mesmo que o EA Origin e o Steam sejam suportados oficialmente pelo Wine, não são as primeiras companhias a suportar este software de compatibilidade. Muito software freeware exclusivo para Windows suporta o Wine, e até mesmo software de gestão comercial (AceMoney).
    http://wiki.winehq.org/AppsThatSupportWine

    E não devemos esquecer que determinadas distribuições destinadas ao mercado empresarial, incluem o Wine para verificar se determinadas aplicações que não podem ser portadas ou substituídas conconvenientemente são compatíveis, e desta forma é feita a migração de sistema operativo sem mudar de aplicações.
     
  16. MCH2387

    MCH2387 Power Member

    Onde está mesmo o guia de instalação, se for para ubuntu ainda melhor :D
     
  17. wwwjunk

    wwwjunk Power Member

    Wing Commander, Need For Speed II, III e Porsche Unleashed.....
    Já não compro um jogo aos anos, é que não sai nada de jeito. Gráficos bonitinhos todos querem fazer, mas jogos que se joguem com prazer nem vê-los. Quem jogou jogos antigos (1980-1990) sabe bem do que falo (Rick Dangerous, The Lost Vikings, Prince of Persia, Leisure Suit Larry, King's Quest, Indiana Jones, Full Throttle, 4DS Driving/Boxing, Circus Games, Amazon, e muitos muitos mais)....

    Uma API multiplataforma é o ideal, mas algo dependente do Window$ não. Nem tecnologias proprietárias. Não tinha problemas nenhums em comprar BONS jogos nativos para Linux.

    Embora ache o Wine um bom produto, é daqueles tipos de software que por uma questão de princípio não instalo/uso. Só software nativo para Linux :D
     
  18. Arucard1983

    Arucard1983 Power Member

    A razão de defender o Wine é que eu sou um dos inúmeros voluntários que mandam relatórios de compatibilidade para o Application Database do Wine :D
    Por minha parte já testei/joguei para aí 20 jogos e programas diferentes, incluindo uns jogos yaoi em japonês :-D.
    Depois de usar a aplicação para correr o software, acaba por gostar de poder correr dois tipos de plataformas de software no mesmo sistema operativo. :-D
     
  19. McFreak

    McFreak Banido

    Ou já não gostas simplesmente de jogar (natural e o mais provável), ou isso é só a nostalgia a falar. Jogos como o Mass Effects estão ao nível do melhor que sempre se fez, e eu já ando nisto há mais de 25 anos.
     
  20. wwwjunk

    wwwjunk Power Member

    Mass Effect é foleiro... Mas os gostos não se discutem.
    Vou sacando regularmente demos do que vai saindo e vou vendo uns videos de gameplay, mas é tudo mesmo muito mau. Não me importam gráficos todos XPTO, tipo Crysis quando apareceu. Depois vai-se a jogar e a história/gameplay não vale nada.
    Adoro jogar e jogo quase todos os dias Wolfenstein Enemy Territory e Minesweeper.
     

Partilhar esta Página