1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Ler temperatura à distância ?

Discussão em 'Electrónica' iniciada por jalves, 14 de Janeiro de 2008. (Respostas: 7; Visualizações: 2597)

  1. jalves

    jalves Power Member

    Boas tardes, seria possível a alguem que conheça melhor esta área que partir deste esquema de termometro ligado ao pc utilizá-se a comunicação via ondas rádio?

    Ultrepassando a necessidade de estender cabos ...

    A ideia é monitorizar a temperatura de 4 equipamentos de frio ( 4 vezes por dia ) remotamente, evitando ao operador deslocar-se fisicamente aos mesmos, podendo assim até implementar-se alertas em caso de avaria ou erro de utilização, sendo esta parte ligada à programação ( àrea onde me sinto mais confortável )

    O projecto do dj_fifas, desde já dou-te os meus parabéns , vai implementar uma tecnologia deste tipo.
    Estou aberto a sugestões, mas os meus conhecimentos de electrónica são muito limitados.

    Se conhecerem alguma solução existente e em conta (€ ) digam qualquer coisa.
    Obrigado
     
  2. Mortymore

    Mortymore Power Member

    Não sou técnico de frio e a sugestão que vou dar pode não ser exactamente o que procuras, mas fica para tua avaliação e á tua consideração, pois constou-me que é uma tecnologia que parece estar a ser adoptada por alumas empresas de frio. Refiro-me ao iButton.
    Basicamente é um pequeno registador de temperaturas, cujos dados podem ser recolhidos á posteriori por um técnico para análise subsequente. Não permitirá propriamente uma analise em tempo real, mas pode servir para o que pretendes.

    http://www.maxim-ic.com/products/ibutton/ibuttons/
    http://www.maxim-ic.com/products/ibutton/

    Mesmo podendo não servir os teus propósitos, espero que a informação seja pelo menos de alguma utilidade.

    Abraço

    PS: A leitura á distância pode ser feita em qualquer parte do mundo, se implementares um sistema com sensor de temperatura acopolado a um webserver. Digamos que seria um termómetro IP. Quem diz registo de temperaturas diz outras coisas...
     
    Última edição: 14 de Janeiro de 2008
  3. jalves

    jalves Power Member

    Obrigado pela rápida resposta, realmente é impressionante as capacidades deste pequeno gadget.

    Não conhecia e gostei apesar de não corresponder ao que procurava, pois não dispensa a interacção com o operador para a recolha, realmente pode aumentar a periodicidade do intervalo de leitura, nesse aspecto sim poupa tempo, mas dificulta a implementação de um sistema de " telemetria ", acompanhamento e prevenção de falhas.

    Quanto ao esquema que referi o unico senão é a limitação da comunicação via cabo, se pudesse por entre a porta com e o termoresistor uma ligação por ondas rádio era ouro sobre azul.

    Vou continuar a procurar se encontro algo tipo comunicação unidirecional entre um equipamento e o computador, para tentar adaptar a este tipo de solução.

    Se entretanto surgir algumas ideias não exitem , toda a ajuda é bem vinda.
    Obrigado.
     
  4. ScOrpion-boy

    ScOrpion-boy Banido

    Se a distância entre o PC e ponto de medição for pequena, e com linha de visão (i.e, sem paredes pelo meio), podes usar infravermelhos, procuca por "Phillips RC5 infrared" no google.

    edit:
    Se for uma grande distância for grande podes pensar nisto http://en.wikipedia.org/wiki/ZigBee, ligação por wireless (IEEE 802.15.4).
     
    Última edição: 18 de Janeiro de 2008
  5. jalves

    jalves Power Member

    Obrigado pelas ideias, gosto particularmente da possível utilização da tecnologia ZigBee, mas isto é desmotivante, não consegui arranjar por exemplo um DS1621 que por encomenda me iria custar 4.5€ + 9 de portes mais IVa.
    Isto de morar no alentejo tem os seus contras.

    Vou continar a procurar soluções, não fazia ideia que era tão complicado encontrar quem consegui-se desenhar um esquema destes, pois a minha formação é em programação e mais volta menos volta consegue-se chegar ao destino.

    Isto da electrónica parece-me bastante mais duro de conseguir transpor uma ideia para o plano real.

    Parece-me que existem companhias que vendem placas ZigBee com processadores programaveis incluidos e respectivas saídas e entradas, vou tentar encontrar algo que me sirva.
    Depois é o calvario de mandar vir do estrangeiro :lol:

    Ideias aceitam-se, no fundo não passa de ter uma sonda que comunique com o pc via wireless...

    Edit :
    Alguem conhece um manual de electrónica que junte a prática à teorica, pois torna a aprendizagem bastante mais interessante e menos intragavel.
     
    Última edição: 19 de Janeiro de 2008
  6. Mortymore

    Mortymore Power Member

    Vou tentar dar uma ideia de como pode ser possível construir o que pretendes.

    Mas antes vou deixar uma dica, se pretendes usar o DS1621 como sensor de temperatura.
    Podes pedir uma amostra grátis (free sample) ao fabricante (Maxim-Dallas) aqui:
    http://www.maxim-ic.com/quick_view2.cfm/qv_pk/2737/t/or
    Por norma, os ICs que esse fabricante disponibiliza como "free sample", costuma enviar 2 unidades de cada sample pedida. Claro que há limites, e cada vez que num forum falo sobre isto, não posso deixar de referir os cuidados que há que ter com abusos de pedidos, pois a Maxim não envia samples para o Brasil, por exemplo, porque os brasileiros abusaram. Recomendo que vejam bem o que querem pedir como sample que haja disponível para o projecto que têm em mente, e que não andem depois a fazer pedidos semanais ou mesmo mensais. Um IC que dá muito jeito até eventualmente para este projecto, é o MAX232 ou similar, que é um conversor bidireccional TTL-RS232.

    Agora quanto ao projecto, vou tentar dar uma ideia dos blocos que poderão ser necesários:

    TRANSMISSOR
    1- sensor de temperatura
    2- andar de entrada (eventualmente amplificador)
    3- conversão da leitura de temperatura (eventualmente linearização)
    4- transmissão via rádio frequência da temperatura

    RECEPTOR
    1- recepção via RF da temperatura
    2- conversão do sinal RF da transmissão para níveis RS232 (se for para usar porta série como interface com o PC)
    3- software de registo das leituras de temperatura a correr no PC

    TRANSMISSOR-comentários

    Em relação ao transmissor, referi mais etapas do que a que serão necessárias caso uses um IC como que mencionas, mas se usares um termopar, uma PTC/NTC ou outro tipo de sensor, terias que conceber um adaptador de entrada que depende do tipo de sensor usado, provavelmente um amplificador, pois as variações de tensão correspondentes á variação de temperatura no sensor, são normalmente de grandeza muito reduzida necessitam de amplificação prévia. Depois, a variação de tensão vs temperatura, não é normalmente linear, e tem que ser implementado um factor de correcção para que haja no final uma correspondente linear de X volts por ºC (ou ºF).

    A usar um IC como o DS1621, tens o trabalho largamente simplificado, pois ele pode ser ligado directamente a um microcontrolador (ponto 3) que se vai limitar a converter um dado valor digital enviado pelo DS, que corresponde ao valor de temperaura, num código que será enviado ao módulo transmissor de RF, que por sua vez o vai "madar pelo ar".

    Era bom que o DS podesse ser ligado directamente ao módulo TX de RF, e então bastavam estes 2 componentes, mas não me parece viável sem um conversor pelo meio, que seria implementado com recurso a um microcontrolador.

    Assim o resultado final disto é que no módulo Trasmissor ficas com 3 componentes: DS - microcontrolador - RF_TX

    RECEPTOR-comentários

    Da mesma forma que era bom que o DS (sensor de temperatura) podesse ser ligado directamente ao módulo transmissor, o mais simples era poder ligar o módulo receptor RF directamenta á porta série do PC (ou outra), mas não me parece que seja viável, e assim, teremos mais uma vez um microcontrolador pelo meio, necessário para interpretar o código RF recebido pelo módulo RX, num sinal TTL que possa depois ser enviado ao PC. Claro que a ser usada a porta série, o tal sinal TTL fornecido como resultado da conversão do microcontrolador, terá que ser convertido para níveis RS232, o que pode ser conseguido á custa do tradicional MAX232 ou similar.

    O resultado final disto são também 3 componentes no módulo receptor:
    RF_RX - microcontrolador - TTL_RS232

    Fica uma imagem de um conjunto de módulos trasmissor-receptor de rádio frequência (315MHz ou 433MHz)

    [​IMG]

    A distância que consegues entre TX e RX vai naturalmente depender dos módulos usados (entre outros factores), ou por outra, deves pensar usar módulos de acordo com a distância que queres cobrir e as condições físicas de implementação (terreno, ambiente...). Por outro lado convém verificar previamente a facilidade com que consegues encontrar documentação e informação relativa aos módulos pretendidos, pois sem informação depois vais ficar á rasca para implementar isso no teu projecto e podes ter o investimento perdido. Por muito bons que sejam os simuladores de cad electrónico, é necessário prever as dificuldades de implementação reais. Não serve de muito teres tudo estudado e implementado em simulador a correr 5 estrelas, com componentes que depois não vais conseguir encontrar, ou sobre os quais não vais conseguir obter a documentação necessária.

    Alguns links que podem dar umas ideias parciais para o projecto:
    http://www.seattlerobotics.org/encoder/200304/donc/TwoWayRF.htm
    http://www.electronics-lab.com/blog/?tag=atmega
    http://www.e-dsp.com/how-to-build-y...evice-create-rf-in-your-embedded-application/

    Se queres usar módulos, pré-concebidos para fazer isto, com tudo integrado, aí já não te posso ajudar.

    Espero ter ajudado de alguma forma
    Bom trabalho

    Abraço


    PS
    Pois... simples não?...
    Para além de teres que conceber o hardware, vais ter que programar 2 microcontroladores e ainda realizar o software para o PC. Coisa pouca...
     
    Última edição: 19 de Janeiro de 2008
  7. jalves

    jalves Power Member

    >(Boas, em primero lugar quero agradecer a todos pelo vosso tempo e paciência, quando referi

    não estáva, nem tal me passou pela cabeça, a ser depreciativo para quem faz da electrónica a sua vida, hobi ou nem a por em causa a sua complexidade e o valor e conhecimento de quem sabe e ainda tenta ajudar quem não percebe. :beerchug:

    Agora já reuni alguma informação e necessito de ter algum tempo para analisar detalhadamente o tipo de solução e em especial como o Mortymore refer e muito bem que componentes utilizar.

    Ontem estáva frustado, pois a opinião do dono da unica loja de electrónica num raio de 100 Km foi arrasador e desmotivante >(

    Agora com mais calma e depois do ultimo post do Mortymore, em especial o 1º link reparo que já existe muito feito ( tem lá um exemplo com 3 sondas ) e com a vossa ajuda devo conseguir.
    Quanto a pedir amostras, penso que não se justifica, pois se gastar 100€ a 150 € no total do projecto para 6 sondas é um valor aceitável, mas não deixa de ser interessante o posicionamento das empresas face ao mercado.

    Bem vou digerir isto tudo e depois de certeza volto à carga com algo mais concreto.
    Obrigado,
    Jose Alves
     
  8. Mortymore

    Mortymore Power Member

    Tem calma contigo.

    Quando fiz a observação sobre o teu comentário acerca da simplicidade, não o fiz crendo que estavas a ser depreciativo, mas tinha a ideia que talvez não tivesses a noção da complexidade que poderia estar envolvida no projecto, simplesmente porque esta não será a tua área e por conseguinte é normal que não tenhas bem a ideia de como as coisas podem ser implementas.

    É pá!... Um computador também é uma coisa simples... até só precisa de 0s e 1s. :004:

    Boa sorte com isso, e não desistas porque alguém te desanima.

    Abraço

    PS: Se como sensor um termistor servir, vê este link que pode ter já tudo feito tal como pretendes: http://members.shaw.ca/Botgoodies2/TempXmtr/TempXmtr.htm
     
    Última edição: 22 de Janeiro de 2008

Partilhar esta Página