1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Melhores empresas para trabalhar

Discussão em 'Programação' iniciada por Nervys, 7 de Dezembro de 2010. (Respostas: 530; Visualizações: 112067)

  1. Ace-_Ventura

    Ace-_Ventura Power Member

    na área de desenvolvimento não podias estar mais enganado.
     
  2. elkii

    elkii Suspenso

    Alguém? :|
     
  3. Magic Ownz

    Magic Ownz Power Member

    Com as famosas "consultoras", que ao ler os posts atrás é o que me parece com quem vais ter, a primeira entrevista é sempre com alguém de "Recursos Humanos" que te vai fazer as típicas perguntas da xaxa do costume: Se já conheces a empresa, percurso académico e profissional, ambições profissionais, pontes fortes e fracos de ti, etc etc etc. Ou seja, nada de especial para primeira fase portanto não precisas de te preocupar.
    Por outro lado o que não falta por aí são guias sobre como lidar com essa gente caso necessites. :winknu:
     
  4. elkii

    elkii Suspenso

    Detesto isso... porque nao passam logo ao que interessa? Nem uma pergunta tecnica me vao fazer?
    Vou ter que procurar esses guias porque as minhas respostas automaticas (e honestas) deixam-me logo pelo caminho.
     
  5. cconst

    cconst Power Member

    O que eles querem é avaliar a tua pessoa. Procuram encontrar alguns traços que vão de encontro ao perfil empresarial deles. Se o candidato vai de encontro à cultura da empresa. Podes ser o candidato mais competente, mas se não conseguires identificar-te com a cultura empresarial, não serves.

    Dessa forma vais estar a viciar a coisa. Estás desesperado? Se não estiveres desesperado, penso que deves ser tu próprio. Com todos os teus defeitos e [maus] feitios.
     
  6. Alguém por aqui conhece/tem feedback da MultiVision?
     
  7. blue2007

    blue2007 Power Member

    Por acaso tambem gostava de saber
     
  8. ultrauploader

    ultrauploader Power Member

    É um talho como tantos outros. Por norma peço sempre valores antes de ir a qualquer entrevista e na altura disseram-me uns valores ao telefone e quando cheguei lá era muito abaixo mesmo com AC's (e mesmo assim era grande parte do valor total). Pelos vistos a táctica dos recruiters dessa empresa é simplesmente mentir para conseguir entrevistas (já foram vários recruiters a contactar-me com valores muito acima do que normalmente os talhos oferecem).

    Por outro lado tem alguns clientes e projectos internos onde pelo que parece pagam bem, por isso é uma questão de ver caso a caso. Mas para mim uma empresa onde é prática comum mentir aos candidatos logo numa fase inicial é uma empresa a evitar e denunciar (teamlyzer, glassdoor,...).

    Existe um truque para evitar entrevistas desse tipo que tem resultado bem comigo: dizes que para ti é complicado pois estás a trabalhar ou tens outras obrigações e para fazerem por skype/telefone. Assim filtras logo o que não interessa sem perder muito tempo (alinha logo valores) e eles só te chamam se realmente tiverem algo concreto.
     
    Última edição: 3 de Novembro de 2018
  9. Boa noite,

    Alguém sabe algo sobre a Hardsecure ??
    Obrigado
     
  10. Obrigado pelo feedback. Eles entraram em contacto comigo, vou dar uma oportunidade.
     
  11. cconst

    cconst Power Member

    Não tenho muito boa impressão: Mesmo após eu ter dito que apenas tinha interesse em determinadas condições (falo de tipo de trabalho, não de valores) e de me terem garantido que assim era, quando lá cheguei não era assim. Foi uma perca de tempo. (nunca mais aceitei qualquer pedido da Multivision)
     
  12. bashir

    bashir Power Member

    Critical Manufacturing na Maia é talho?
    Referiram-me que a morada era na Maia, acho enganador se for o caso de me mandarem para um cliente em cascos de rolha.
     
  13. Nelson Pires

    Nelson Pires Power Member

    Se é talho ou não, isso não sei. Mas posso-te confirmar que a Critical Manufacturing é na Maia.
     
  14. elkii

    elkii Suspenso

    Desculpem a ignorância mas o que faz de uma empresa um talho?
     
  15. rastiff

    rastiff Power Member

    Não me lembro de alguém não ter ficado lá a trabalhar directamente para a CM, tanto em IT como em marketing. Cheguei a ir lá numa altura em que estavam a fazer obras de melhoria e o espaço em si pareceu-me que ia ficar porreiro.
    Fica na Tecmaia.
     
  16. É uma empresa que trata os developers como recursos e que normalmente tem um manager que trabalha metade do que tu, mas que ganha o dobro ou o triplo à custa do teu trabalho, normalmente anda logo montado num carro oferecido pela empresa, BMW ou Mercedes, enquanto diz que se preocupa muito contigo e que te diz que se estiveres mal pedes-lhe para te mudar de sítio, mas isso raramente ou nunca acontece. Também te diz que deves cumprir com os requisitos de horário do cliente para os manter satisfeitos, respeitando pouco ou nada a tua vida pessoal.

    Vou a 20% do livro mas aconselho todos os developers a ler. Podemos dizer que o senhor tem um desdém grande a Project Managers, Technical Managers, Whatever managers, Directores e por adiante que só servem para ganhar dinheiro à custa do trabalho dos developers e que não percebem nada sobre o ciclo de desenvolvimento.
     
  17. whitelines

    whitelines Power Member

    ahaha esta parte é tao clássico
     
  18. Totoro

    Totoro Folding Member

    Esse link está marado

    A parte a bold, depende muito mas diria que sao um mal necessario, muitos developers nao tem soft skills suficientes para funcionar... :P
     
  19. O link estava marado sim, peço desculpa por isso.

    Estás a referir-te a saber negociar, saber falar, saber apresentar? Porque é que se assume que um Developer é um geek, tímido, com óculos de fundo de garrafa, que não dá uma para a caixa à frente de "Gestores" e "Directores"? Errado.

    Já desenvolvo software à 16 anos e modéstia à parte, eu não tenho dúvida nenhuma que sei muito mais de negócio numa empresa que vive de software, que muitos "CEOs" e não tenho (nem preciso) de nenhum MBA. Aliás, tenho passado por empresas que facturavam milhões e que caem na miséria devido à falta de visão em relação ao software. As decisões são quase sempre as mesmas, "a equipa de software precisa de incentivos para trabalhar mais", "aquilo são só nerds que só sabem bater com a cabeça no código", "queremos é entregar, que se lixe a qualidade", "temos de aumentar a capacidade, contratar mais pessoas para entregar mais rápido". Isto é fatal e vai continuar a ser fatal para muitas empresas que até tinham potencial e pessoas que podiam potenciar o desenvolvimento de software, mas são tratados como alguém que não percebe nada de gestão, nem de prazos, nem de vendas e que não devem ser envolvidos nos assuntos "das pessoas grandes". Depois puff era uma vez uma empresa. Aliás, não preciso de gastar latim, existe muita literatura sobre todos estes assuntos, a começar pelo Dilbert.

    Claro que os programadores, que se apercebem de como as coisas funcionam neste mercado, passam a ser mercenários, trabalham onde lhes pagam melhor, a fazer o horário das 9-18, quando pedem para fazer horas dizem que não, até aparecer uma empresa onde se sintam completamente realizados, a ganhar justamente e onde possam evoluir e fazer evoluir os que estão à sua volta. Nessa altura não é preciso que te digam para fazer horas, vais fazê-las com todo o prazer, porque quem desenvolve, faz porque ama daquilo que faz e não porque te obrigam, ou porque te sentes obrigado. Um profissional da nossa área só se sente realizado quando chega a esse ponto. O objectivo não é chegar a gestor do que quer que seja, excepto talvez a CTO, mas um verdadeiro programador nunca quererá ser gestor, mas garantidamente sabe mais de desenvolvimento de software do que qualquer um que chega lá, porque quem chega lá raramente é bom programador.
     
  20. Totoro

    Totoro Folding Member

    @dwid a palavra chave na minha afirmacao é "muitos". Obviamente que também há muitos que tem as soft skills necessárias.
     

Partilhar esta Página