1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Melhores empresas para trabalhar

Discussão em 'Programação' iniciada por Nervys, 7 de Dezembro de 2010. (Respostas: 497; Visualizações: 103360)

  1. Reptil

    Reptil Power Member

    Ao ler os teus comentarios nas ultimas duas paginas, posso assumir que em Portugal continua a cultura que o programador/Developer tem que trabalhar mais que as 8horas?
    Digo isto porque eu sai de Portugal mal obtive o diploma (alias ate uns meses antes de defender a tese). A minha unica experencia com o mercado portugues foi trabalhar para a Altran PT, em Paris, naquele famoso projecto que os levou a criar um polo na Covilha. Alias na altura foi por isso que deixei a empresa.
    Mas la esta os outros colegas tugas que eu tinha falavam dessa cultura. De quando saias as 18h os colegas perguntavam se ele estava a tirar a tarde.

    Se for essa a realidade, entao e' melhor que nem vos falar da realidade aqui no estrangeiro :D
     
    Última edição: 10 de Novembro de 2018
  2. Boxxer

    Boxxer Power Member

    Mesmo quando estive em projectos em que era prática comum o horário religioso (a hora de entrada é sagrada e a saída é quando deus quiser), nunca o fiz. É bater o pé desde o princípio.
    Quando me perguntavam de ia lanchar a casa, eu dizia que sim e que só voltava no dia seguinte. Ou quando me perguntavam se ia tirar a tarde ou se era só meio dia de trabalho, eu respondia "viesses mais cedo". Na boa. Eram só bocas e não tinham, nem podiam ter, implicações práticas.
     
  3. blue2007

    blue2007 Power Member

    Raramente saio depois das 18h e nunca ouvi esse tipo de bocas nas 3 consultoras onde já trabalhei.
     
  4. Como é a realidade do estrangeiro?
     
  5. Reptil

    Reptil Power Member

    Tirando uma pequena experencia numa empresa de 50/60 pessoas, em que tinhas que fazer check-in/check-out (mas em que ofereciam a hora de almoco como hora de trabalho, ficando 9h-17h o horario), a liberdade e' enorme. Sobretudo com o crescer de confianca dentro da empresa. Obviamente que depois depende dos Managers, mas desde que cumpres sempre com o esperado, na maioria das vezes ate podes - em algumas empresas - sair as 16h/17h se chegares as 9h. Ou entao comecar as 10/11h.

    A flexibilidade e' enorme. Podes juntar a isso o "home office". Mesmo a minha mulher ela tem 2 dias por semana obrigatorios de trabalhar a partir de casa.

    Depois e' uma relacao que vai crescendo. Quando eu tava na Oracle, metade da minha equipa estava no HQ na California, ou seja eu tinha que ficar depois das 18h para ter o Stand-up ou outras reunioes relevantes. Para compensar podia comecar mais tarde, ou ainda sair mais cedo, levar o portatil e fazer a chamada a partir de casa.
     
  6. Só faz isso quem quer, eu jamais farei esforços extra recorrentemente, um dia de 6 em 6 meses e mesmo assim é muito, já não trabalho depois das 19, seguramente à mais de 4 anos, e se fico até às 19 é porque entrei as 10. :P Modéstia à parte tenho muito mais valor do que andar em projectos com gente maluca, que não percebe nada de Software Development. Se alguém me dissesse isso a minha resposta seria logo, "vou viver a vida, porque não me pagam para além das 18".

    Já agora fica aí um artigo fixe sobre esse assunto:

    https://daedtech.com/the-beggar-ceo-and-sucker-culture/

    Pelos vistos nos EUA também é normal fazer "esforços extra".
     
  7. cconst

    cconst Power Member

    Relativamente aos horários, as coisas estão a mudar. Lentamente, mas estão.

    Onde assisto a esse tipo de comportamento é para com os estagiários/programas de trainees em que esse pessoal é colocado logo em projetos e vai de boleia com os managers e afins (ficando assim condicionados ao horário da boleia...)

    Eu, desde o primeiro projecto, que essas coisas de dias de trabalho com 9 e 10 horas se acabaram. Existem dias desses, mas são dias excepcionais. A regra não é essa.
     
  8. Olá Pessoal,

    Alguém tem Feedback da armis Group (Porto) ?

    Obrigado.
     
  9. Boas pessoal!

    Já perguntei isto aqui nesta thread mas desta vez a zona é diferente, perguntei anteriormente qual o ordenado que podia experar para 3/4 anos de experiência em Lisboa e disseram-me entre 1500 a 2000 (liquido ja com SA) conforme as minhas capacidades técnicas.

    Agora para a zona Oeste do país (Leiria e etc) acham que deva pedir o mesmo ou os valores são elevados para esta zona do país.

    Alguém que tenha uma noção de valores e me possa esclarecer agradeço ;) Atualmente estou com cerca de 1100 líquidos já tudo (SA incluído) nesta mesma zona do país. É pouco, bom, devia esperar mais?
     
  10. elkii

    elkii Suspenso

    Numa entrevista quando perguntam se estamos a ter entrevistas com outras empresas o que é eles querem com essa pergunta? Todos perguntam isto. Também perguntam se estamos no inicio ou se já vamos numa fase mais avançada...
     
  11. st_lunatic

    st_lunatic Power Member

    Deduzo que seja para avaliar quanto tempo têm para avançar com o processo/fazer oferta. Pode ser também para tentar perceber quão desesperado estás por uma mudança, ou se há possibilidade de rejeitares por teres uma oferta melhor... muita coisa mas geralmente dá para perceber.

    No meu caso, respondo honestamente e tento não fazer muitos filmes em relação a isso.
     
  12. Boxxer

    Boxxer Power Member

    Querem saber se por acaso não estás a concorrer ao mesmo cliente através doutra empresa.
     
  13. Ace-_Ventura

    Ace-_Ventura Power Member

    Eu nem pergunto isso numa entrevista, assumo logo. 99% das pessoas vão estar em múltiplos processos de recrutamento
     
  14. NRaider

    NRaider Power Member

    Incluindo o próprio cliente, também acontece :p
     
  15. Pessoal:

    Como é que vocês conseguem conciliar o vosso trabalho com a procura de outro emprego?

    Pergunto isto porque tenho andado em processos de selecção e vejo que há várias fases (entrevista com RH, 1 ou mais testes técnicos, entrevista final). Neste momento não estou a trabalhar e tenho tempo, mas pergunto-me como seria se estivesse a trabalhar. Acho que não teria tempo, pois nessas empresas (grandes) o pessoal faz o horário de trabalho normal (9h - 18h).
     
  16. reise

    reise Power Member

    Eu faço fora das horas de trabalho normais, se o processo continuar e quiserem uma presencial coloco um dia de férias.
     
  17. blue2007

    blue2007 Power Member

    Primeira entrevista por Skype se a nova empresa for longe e não der para ir lá à hora de almoço. Depois se valer a pena poe-se uma manha ou tarde de férias
     
  18. Boxxer

    Boxxer Power Member

    Queimar férias com isso? Nem pensar.
    As primeiras faço por telefone ou Skype, para saber valores e isso. Sem valores nem avanço.
    Depois, se valer a pena, marco presencial para as 18:30, 19:00. Eventualmente para a hora do almoço. Gastar férias é que nem pensar.
     
  19. Xplouder

    Xplouder Power Member

    Antes de mais se queres realmente seguir DevOps olha para estes 2 artigos este e este. Certamente existirão muitos mais dos quais podes usar como referencia para definir o teu caminho. Mas com base no que disseste, diria para te focares em obteres pelo menos as skills básicas de dev. A não licenciatura não será um problema se tiveres contigo as skills.
    Eu no teu caso tentaria arranjar uma posição de backend (pois acho que é mais fácil arranjares posições de acordo com a tua experiencia) e depois eventualmente dar o salto para devops.
     
  20. Xplouder

    Xplouder Power Member

    Boa pergunta... mas diria que vai ao encontro a parte do que se ensina numa licenciatura. Ainda assim se tivesse de tivesse de especificar, diria, pelo menos confortável com uma linguagem de programação juntamente bons conhecimentos de algoritmia e estrutura de dados. Tudo o resto vem por acrescimo, desde fundamentos em redes, base de dados, inteligencia artificial, mobile, etc dependendo do que te gostares e/ou quiseres especializar.
     

Partilhar esta Página