Microsoft Office 365

MaxDamage

Power Member
office_365_610x458.jpg


Microsoft announced Office 365, the company’s new cloud services-based Office product.

Office 365 brings together the Office desktop software with Microsoft Web Apps, Sharepoint, Exchange and Lync. The move is in line with the company’s emphasis on a shift to a hybrid approach to cloud computing, with the combination of the existing Office software and the company’s Web-based applications (in contrast to Google’s cloud-based approach, though Google does sell a business version, Google Apps).

(...)
Forbes

Screenshots: http://blogs.forbes.com/velocity/2010/10/19/microsoft-announces-cloud-based-office-365/
 

MJMonteiro

Power Member
Cá está:

http://www.microsoft.com/pt-pt/office365/online-software.aspx

e

http://sol.sapo.pt/inicio/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=17058

A Microsoft está a disponibilizar a partir de hoje a versão preliminar do Office 365, um serviço de produtividade baseado num sistema de cloud computing, para as empresas portuguesas

A disponibilidade gratuita desta versão preliminar do Office 365 reúne os serviços online de produtividade pessoal, mensagem e partilha, portais e colaboração, comunicações unificadas e eventos e reuniões virtuais, assim como as aplicações Microsoft Office, SharePoint Online, Exchange Online e Lync Online.

A disponibilização do serviço é gratuita e permite aos colaboradores das organizações acederem às ferramentas em qualquer dispositivo ou telemóvel com acesso à Internet.

Além da disponibilização deste serviço, a Microsoft anunciou o lançamento do Office 365 Marketplace, um serviço que permite aos utilizadores encontrarem aplicações e serviços de parceiros do Office 365.

Segundo a multinacional, este serviço já se encontra também disponível para Portugal e permite aceder a mais de uma centena de aplicações e 400 serviços.

O lançamento da versão final do Office 365 está previsto ainda pare este ano.
 

amjpereira

Folding Member
Eu parece-me que eles devem dar prioridade às línguas/países cujo lucro tanto a nível de licenças empresariais como residenciais é maior, e depois todos os outros.

É a única explicação plausivel tendo em conta o ponto de vista de uma empresa quando distribui um novo produto deixar de fora uma das línguas mais faladas.
 

exxtreme

Power Member
Sim, Português que é a 4º língua mais falada do mundo está mais uma vez renegada. Mas esta gente sabe o que faz ? ...

Sim, tendo em conta que o Brasil e os PALOPS são conhecidos por comprarem muitas licenças da Microsoft. Eles certamente não sabem o que fazem, maus gestores não sabem fazer dinheiro.
 

Drax_pt

Power Member
O Brasil como uma potência emergente era um bom mercado para apostar.
Se não considerarem o Português como é que eles querem que as licenças sejam vendidas ?
É um ciclo.
 
O Brasil é conhecido por ter muito software alternativo . Toda a gente sabe que A Microsoft detesta países onde os governos apostam no software livre ... casos do Brasil e Portugal.... Cumps :)
 

Metro

Benevolent Dictator For Life
Staff
Eu discordo um pouco destas opiniões. Estão todos a partir do pressuposto que o português de Portugal e do Brasil é a mesma coisa. Não é, e implica ter traduções diferentes.

A minha sugestão?
Sempre foi e já a dei directamente à Microsoft até. Deixem de criar divisões artificiais como é o exemplo do Windows 7 em que apenas no Ultimate (agora não tenho a certeza se o profissional também dá) se pode mudar o idioma. Uma versão para toda a gente com possibilidade de tradução e melhorias nas ferramentas para que todo o processo fosse mais simples.
 

freewheels

Power Member
O Profissional não dá para mudar a linguagem. Business e Ultimate é que dão.
Estou de acordo com o que que dizes.
A Microsoft só tinha a ganhar em todos os campos,seja empresarial como doméstico,seja em sistemas operativos ou pacotes de produtividade.
Por acaso estou um pouco curioso massificação do cloud computing na empresas.
limoeirodobom
Que tenha conhecimento,existem poucas grandes empresas portuguesas que investem em soluções software livre.Alem disso,o programa e-escolas permitiu "vender" muitas licenças do Office2007.
 

scumina

Power Member
Muito bom, dia 5 vou á apresentação deste novo OFFICE e do WINDOWS INTUNE, na casa da música. Estou curioso para ver as suas funcionalidades...
 

firewalll

Power Member
Sim, Português que é a 4º língua mais falada do mundo está mais uma vez renegada. Mas esta gente sabe o que faz ? ...

A Microsoft, uma das multinacionais mais potentes do mundo, terá com certeza os melhores gestores do mundo... Todas as formas como lançam os produtos têm o seu "truque de marketing", não pensem que é: ah e tal, vamos fazer tradução para a Lingua x, y e depois fazemos para a z porque nos apetece que seja assim... tem sempre algum motivo forte, que pode estar relacionado com várias coisas que me transcendem.
 

MaxDamage

Power Member
Ballmer says Office 365 Launch this Month

More and more applications and services are migrating from local storage to storage in the cloud. Cloud storage has some big advantages with no need to store files locally and easier access to them when on the go.

Microsoft is looking to the cloud for some of its productivity apps to compete with offerings like Google Docs. Microsoft announced in October of 2010 that it would be offering a new cloud-based version of its Office productivity software in 2011. So far, Microsoft hasn't been any more specific with the launch date of the Office 365 offering other than to say later in 2011.

Microsoft CEO Steve Ballmer told a group of analysts last week in India that the Office 365 platform would be launching this month. Ballmer said, "We're pushing hard in the productivity space. We'll launch our Office 365 cloud service, which gives you Lync and Exchange and SharePoint and Office and more as a subscribable service that comes from the cloud. That launches in the month of June."

The new Office 365 product will replace the Business Productivity Online Suite and will offer access to Exchange, SharePoint, and Lync communications. It will have both desktop and web-based productivity tools like Word, Excel, and PowerPoint. There are 100,000 users already on Office 365 during the beta reports PCWorld.

Office 365 was said to be operable on multiple platforms in October of last year when it was announced. It will work on smartphones and the iPad for instance and on all major browsers.
DailyTech
 

MaxDamage

Power Member
Office 365 ditches the beta tag, ready to take on Google Apps

We know what you're thinking -- you like the idea of Google Apps, but the Mountain View crew kind of creeps you out. Well, don't worry, Microsoft has your back. After making its beta debut last year, Office 365 is officially ready to spread its wings and offer its productivity web app wares to the business-minded masses. For $6 per-user, per-month small businesses get access to Microsoft Office Web Apps, Exchange, SharePoint and Lync video conferencing and can take advantage of the suite's integration with WP7 once Mango lands. Larger, enterprise plans start at $10 per user while adding support for desktop Office products and Lync VoIP solutions as you climb the pricing ladder. Really there's not much more to say except, check out the full PR after the break.
engadget
 

MaxDamage

Power Member
Office 365 University for Higher-Education Students

Today, we're introducing a new offering for university and college students called Office 365 University. Available in the first quarter of 2013, Office 365 University will be offered online, at retail locations and at Microsoft Stores in 52 markets worldwide.

Starting today, eligible students can buy Office University 2010 or Office University for Mac 2011 and receive a free subscription to Office 365 University when it becomes available. 10 Reasons Higher-Education Students Will Love Office 365 University

  1. The best of Office: Includes the new Microsoft Word, PowerPoint, Excel, OneNote, Outlook, Publisher and Access.
  2. The best price: At US$1.67 per month, it's a great deal. (Estimated retail price of US$79.99 for a four-year subscription; non-U.S. pricing available.)
  3. Four years: If school takes more than four years, renew once for a total of eight years of Office 365 University.
  4. Digital note-taking: Take notes with touch, pen or keyboard in OneNote and keep them handy in the cloud and across multiple devices.
  5. Save to SkyDrive: Office 365 University saves documents to SkyDrive by default, so content is always available across devices.
  6. More storage: Additional 20 GB Premium SkyDrive Storage for a total of 27 GB.
  7. Skype: 60 Skype world minutes per month included.
  8. New upgrades: Get future upgrades and enhancements.
  9. Two installations: Install Office 365 University on up to two computers (PC or Mac) for one user.
  10. Office on Demand: Use it even when you are away from your PC by streaming full-featured Office to an Internet-connected Windows-based PC.
http://blogs.office.com/b/office-ne...university-for-higher-education-students.aspx
 

Metro

Benevolent Dictator For Life
Staff
O Office em subscrição está disponível numa versão doméstica, o Office 365 Casa Premium (com subscrição anual) e numa versão para Universitários (com subscrição válida para 4 anos).

Para além da novidade das versões em subscrição, o novo Office continua a estar disponível no formato já habitual, como produto em pacote, com 3 novas versões atualizadas: o Office Casa e Estudantes 2013, o Office Casa e Negócios 2013 e o Office Profissional 2013.


A designação Office 365 distingue perante os consumidores a versão do Office em que poderá ser adquirida nas lojas ou online em modelo de subscrição, agregando até cinco dispositivos, tanto PCs como Macs.

...

O Office 365 Casa Premium está disponível a partir de hoje por 79,99€ quando comprado com um novo PC ou com um custo mensal de 8,33€ (em subscrição anual de 99,99€) e inclui:


O conjunto mais completo de aplicações do Office – Word, Excel, PowerPoint, OneNote, Outlook, Publisher e Access.
Uma licença para todo o agregado familiar – utilização do Office em até cinco PCs ou tablets Windows ou Macs, para além do Office a Pedido (Office On Demand) em qualquer PC ligado à Internet.
27 GB de armazenamento na nuvem (cloud) com o SkyDrive – Mais 20 GB do que um utilizador normal.
60 minutos gratuitos de chamadas por mês para contactos internacionais no Skype – para que possa ligar para qualquer telefone fixo ou PC no mundo.
Todas as futuras atualizações – para que possa utilizar sempre a tecnologia mais recente e rápida.
O Office 365 Universitários está disponível hoje a 79,99€ para uma subscrição de 4 anos e inclui:


Todas as aplicações, armazenamento no SkyDrive, chamadas no Skype e futuras atualizações incluídas com o Office 365 Casa Premium.
Uma licença para o estudante – utilize o Office em até dois PCs ou tablets Windows ou Macs e obtenha o Office a Pedido em qualquer PC ligado à Internet.


Fonte

À primeira vista é uma opção cara para o utilizador final mas acaba por ser mais do que o Office já que integra uma oferta do Skype e espaço na cloud.
A questão é se esta é uma opção interessante para os utilizadores.

Vão migrar?...
 
Topo