1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Microsoft Surface Duo

Discussão em 'Windows Desktop e Surface' iniciada por Metro, 2 de Outubro de 2019. (Respostas: 32; Visualizações: 1267)

  1. Daniel_mb1

    Daniel_mb1 Power Member

    Cá está o tão esperado surface phone... com Android lol
    Sinceramente nunca percebi muito bem qual a utilidade de um dispositivo assim. Se nem no tempo em que os telemóveis eram uns trambolhos estas invenções tiveram sucesso, fará agora!
     
  2. hjnr

    hjnr Power Member

    Agora tens conteúdos multimédia.

    Já reparaste que agora é normal 5,8 ou 6 polegadas de telemóvel.

    Eu ainda me lembro, e foi há uns 3 anos, em que disse a um colega que o "mini tablet" lenovo de 6" que ele tinha era um exagero...
     
  3. xpure

    xpure Power Member

    E já temos uma petição para trazer o Windows 10x ao equipamento ao inves de Android.

    Já está assinado, quem quiser e puder divulgue pff.

    Eu pelo, menos acho um erro de casting a máquina correr android.

    Está-me a parecer as decisões da velha Microsoft, short-sighted.

    E muito, num produto que já de si será de nicho, não percebo esta decisão, não é como se esperassem lucros relevantes deste lançamento certamente.

    Porque não promover o seu próprio software.

    Incrivel :facepalm:
     
  4. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    Não promove porque não espera que corra bem. Repara que não está a correr às mil maravilhas na Apple e supostamente devia ser mais simples. Era suposto ser "simples" as apps do iOS passarem para o Mac. Ninguém está contente. Os consumidores estão incomodados em comprarem duas vezes a aplicação, os programadores porque têm mais trabalho e se só vendem uma vez a aplicação ganham menos. Toda a gente se habituou a aplicações a poucos dólares/euros.

    A Microsoft nos Surface iamgine-se tem o último update bloqueado. Vai sair um novo e os utilizadores ainda nem o anterior ainda têm.
    Uma coisa é o que nós queríamos que fosse. Outra é o que é possível. A Microsoft simplesmente não está a conseguir executar. Mas até dia 5 de Novembro temos que esperar o que vale o Microsoft Surface Pro X. Começa mal porque custa o dobro do Surface Go que ao menos podia ter a desculpa de ter um preço de entrada baixo e temo que vá valer menos por causa das aplicações. Mas esperemos pelas conclusões reais.
     
  5. Trance

    Trance Power Member

    Já repararam que no Duo, cada vez que querem saber quem está a chamar ante de atender têm que abrir a geringonça? Então e a notificações? Coisa que se nota mal o telefone toque pá. Há já sei, ... lá vem ais um LCD zinho para a traseira .... lololol.

    Mas ninguém despede o Panos por uma coisa tão mal desenhada? Mesmo mau desenhada? Esta institucionalizado.

    Epa, a MS joga com o facto que a maior parte das pessoas gostam é de coisas futuristas. E os politicos da tech andam a discutir a relevância de ser ou não ser Android ou Windows. Se funciona bem ou não ... epa é a MS, grande empresa.

    Mas não é só a MS. Vejam a Samsung e o Bixby e as vendas. Que a coisa tem um aspecto futurista ... tem.
     
    Última edição: 10 de Outubro de 2019
  6. xpure

    xpure Power Member


    É verdade que o desejado Windows on Device, teria de vir sempre com a capacidade de correr apps Android (emulação/integração).
    Contudo apesar do Android ter-se tornado inevitável, continuo a achar que apostar num S.O. de terceiros num equipamento destes, é desperdiçar uma óptima oportunidade de reforço da marca e do SO, a Microsoft certamente terá recursos mais do que suficientes para investir no seu próprio software, mas é como dizes veremos.

    Quanto ao Surface Pro X depende das expectativas de venda, mas sim, concordo que deverá vender bem menos que o Surface Go, naturalmente, parece-me mais um dispositivo complementar que standalone.

    Por isso se diz produto de nicho.
    O seu público alvo, será certamente, muito especifico, pelo que a quem ele apela, dificilmente, o verá como substituto do telemóvel pessoal.
    Como já deu para perceber, vejo aqui um equipamento muito interessante, principalmente para o mercado empresarial, agora tudo dependerá, claro, do preço se for android, aliado à qualidade da oferta (maturidade do SO) se for Windows.

    Ps.- O Panos Panay é o tipo de funcionário que se demite, não é demitido.
     
    Última edição: 10 de Outubro de 2019
  7. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    I acaindo da cadeira. Geringonça já está patenteado :D Não resisti.
    Mas tens razão. Mas já que vão usar Android falam com a Apple e vem com o Apple Watch e assim vê-se quem está a ligar.
    Não está facil não.

    Para já depende do preço que é muito elevado. Não é uma venda fácil.

    Eu não consigo ver muito bem esta questão do público alvo muito específico. Se for para vender pouco, não vai ter sucesso, e vai ser cortado pouco tempo depois. É o que tem acontecido.
     
  8. Obviamente o Pro X é um produto de nicho , com um público definido , relativamente ao qual não devem ter expetativas de vendas desmedidas.
     
  9. Trance

    Trance Power Member

    Tipicamente um produto de nicho é um que oferece funcionalidades "ideais" para tarefas especializadas. Convido as pessoas a verem novamente o vídeo que promove o produto e me expliquem que tarefas especializadas estão a ser exemplificadas.

    Repare-se o problema de design do produto que refiro até em câmera lenta está a ser demonstrado (até parece que estão a gozar com o pessoal). Uma hipótese seria nunca fechar o dispositivo. Nesse modo não me parece nada robusto para andar a colocar no bolso, chaves areia ... está mesmo a pedir para a geringonça ser riscada de uma ponta à outra (colocar em cima da mesa pouco limpa etc etc etc). Nem um bolsa protectora me parece que funcione para proteger o dispositivo nesse modo (sempre aberto). É que se estamos a falar de meios empresariais certamente a robustez é algo importante uso intensivo.

    @Metro. Cheguei a pensar no relógio em vez do LCD nas costas mas não chegou aos dedos. Tudo isto me parece óbvio.

    Todo a demonstração é de um futurismo bacoco que me arrepia. E o pessoal tem ido neste futurismo bacoco desde que o Surface Pro foi lançado.

    O melhor produto me parece ser o Surface Laptop 3. Sempre gostei deste produto desde o seu lançamento. Permitir desta feita que se actualize o SSD é um passo positivo. Não percebo porque não foram mais além e disponibilizar o mesmo para a RAM. Neste cenário sim bateria palmas, mas lá está, cenários há muitos ...
     
    Última edição: 11 de Outubro de 2019
  10. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    A questão de produto de nicho o @Trance responde a seguir na definição que eu concordo. Por 1000€ não há cá nicho para ninguém. O potencial cliente vai ter que tomar uma decisão com a carteira e com o que vai poder fazer com o equipamento. Mas vou aguardar até dia 5 para ver reviews e ver se me está a escapar algo.

    Estamos de acordo.
     
  11. xpure

    xpure Power Member

    Nos moldes anunciados, esse destino é quase certo, dai querer acreditar que é possível fazer algo diferente.

    Como está, não passa de uma má execução de um foldable phone, isso tenho de concordar.

    Além disso parece-me claro que quem poderia ter interesse neste tipo de equipamento, como telemóvel, já terá dispositivos à venda, como o Note 10/sucessor e o suposto novo SM-N770F à la Note 3 Neo, que entregarão uma experiência similar, com as mais valias de um deles já estar disponível e o outro, supostamente, vir a custar consideravelmente menos.

    A não ser que o surface duo, viesse a posicionar-se na gama de preços de equipamentos como o Galaxy Fold e Huawei Mate X, mas isso recuso-me sequer a imaginar.

    Sem dúvida, acredito que com um Windows bem executado, apelará a um grupo muito especifico e alcançará a sua expectativa de vendas sem grandes problemas.

    Devo dizer que a minha expectativa face à janela de lançamento anunciada, é que a Microsoft tenha-o feito, para ver qual a nossa reacção e a taxa de aceitação.

    Não acredito que o modelo apresentado seja o modelo final, a Microsoft já nos habituou com a tomada de decisões discutíveis, mas lançar uma aparelho destes, que não deve ser barato, imagino na faixa dos 1000/1200€, com a oferta que existe hoje em dia....
    Além disso, na apresentação viu-se claramente que aquilo está nos inícios, o OS, as animações, a abertura das apps, tudo arrastava-se ali penosamente.

    Mas atenção, já os conheço de ginjeira, gostaria que este produto fosse mudado, mas não o espero sinceramente.

    O mais certo é a Microsoft acabar por lançar mais um peixe para o meio do oceano.
     
  12. Raen

    Raen Power Member

    Fácil, deixa-se o Duo dobrado com os ecrãs para fora, já que a dobradiça é de 360º. Assim quando tocar, dará para ver quem está a ligar.

    --- // ---

    Quanto à questão de ser lançado com o Android, é a escolha mais acertada. O Windows Phone/Mobile correu mal pelo app gap, e a Microsoft não quer correr o mesmo risco. Lança agora o Duo com Android de forma a possibilitar uma maior e mais fácil adesão, e quem sabe se quando o Windows 10 X no Neo estiver mais maduro, é uma questão de o lançar no Duo também (dual boot, de raiz num possível Duo 2, etc).
     
  13. Trance

    Trance Power Member

    É o que dá ler e ver as coisa pela metade. Boa sorte com os riscos num dos ecrãs ... e areias entre eles. A somar reza que não o deixeis cair ... ai lá vai um dos ecrãs. Capas nem pensar claro está. Este telemóvel, na versão actual, claramente foi feito para estar fechado. Assim o vídeo o demonstra. A melhor solução é ter mais um ecrã na traseira que fica activo quando está fechado. Mas lá está, o preço ... up up up up.

    Honestamente não me parece uma boa solução para telemóve, é ma mesmo.É pá pinta e para os jornais. O costume do designer mestre da MS. E claro está o Windows Central vaunted muitas views ..A a novela do costume.
     
    Última edição: 21 de Outubro de 2019 às 00:09