1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

MMO [MMORPG] Dungeon and Dragon Online

Discussão em 'PC Gaming' iniciada por Granadafeup, 7 de Janeiro de 2009. (Respostas: 273; Visualizações: 22709)

  1. Granadafeup

    Granadafeup Power Member

    Não encontrei nada no search sobre este jogo. Espero que não seja repost.

    Dungeon and Dragon Online

    Screenshots

    [​IMG][​IMG][​IMG]



    Site oficial:

    www.ddo.com


    Verdade seja dita, nunca joguei este jogo. Tenho dois amigos meus que jogam D&D pen n' paper e actualmente jogam este jogo.

    O jogo foi lançado em 2006 e tanto quanto eu sei é lançado novo conteudo/updates regularmente (ver aqui)

    Espero que gostem.
     
  2. Vassago

    Vassago Power Member

    Já joguei este jogo na closed beta e na altura da release e foi o unico mmorpg a que já regressei mais de 1 vez (re-subscrevi já em 3 periodos distintos e já consumi trials de 14 dias 2 vezes) :)

    É um mmorpg formidável para quem gosta de D&D pen´n´paper, embora muitíssimo diferente dos habituais mmorpgs.
    Neste jogo inicialmente nem pvp havia (entretanto já fizeram umas arenazecas) pois é totalmente baseado em group play do início ao fim em quests/dungeons instanciadas que demoram entre os 5 mins às 2h. Por vezes há quest-chains que podem demorar várias horas ou mesmo dias como é o caso da chain VoN.

    As quests/dungeons são tal e qual o esperado de uma aventura pen&paper e até voz de fundo do gamemaster tem que vai desenrolando a historia e dizendo os novos objectivos e por vezes alertando para perigos.
    São sempre necessárias skills caracteristicas de várias classes, como o thief para armadilhas várias, wizards/sorcs/bard para CC, Paladin/Cleric para turn undead, e claro, tanks, dps e healing. Tudo varia de aventura para aventura, e em algumas temos mesmo de levar algum char com X de uma stat específica para activar determinadas locks, bem como chars com elevado Spot para detectar passagens secretas.

    As classes criam-se tal e qual segundo as regras de D&D e como é obvio podemos criar classes hibridas, tipo fighter/wizard e coisas ainda mais esquisitas envolvendo hibridos de 3 ou mais classes :P

    Para quem gosta 100% de group-play pve este é o melhor jogo que existe ;)

    Agora que escrevi isto já fiquei novamente cheio de vontade de reactivar novamente esta account :P

    PS: para quem se interroga porque é que este jogo tem tão poucos subscritores se é assim tão bom, a resposta é simples: é um jogo totalmente de nicho. PvP é quase nulo, o mundo é totalmente instanciado, quase não se pode fazer nada sozinho, a criaçao dos chars é complexa, o modo de combate é bem mais complexo que o habitual (por exemplo os spell points (mana) não regeneram, são fixos para cada aventura tal como no pen&paper, o que entre várias coisas obriga a heals limitados, etc).

    PS2: este jogo é perfeito para quem gosta de jogar em grupo fixo em horários pre-definidos.
    Granadafeup, se tu e os teus amigos alinharem em criar chars para uso exclusivo em groupo fixo tal como no pen&paper e quiserem mais um elemento para o grupo digam qualquer coisa que reactivo de imediato a conta ;)
     
  3. Revenant

    Revenant Power Member

    Muito sinceramente parece ser interessante. Fazem falta mmos com bom sistema de group pve.
     
  4. Anti_Caspa

    Anti_Caspa Power Member

    Boas

    Eu nao joguei tanto como o Vassago mas exprimentei a trial e gostei.
    È um pouco confuso ao principio é certo.

    As varias quests que se apanham sao todas para pequenas instances ao longo do mapa.
    Confesso que nunca fiz instances em grupo,joguei sempre a solo...Nao explorei mais o jogo por nao ter muitos conhecimentos lá dentro e ter andado a explorar tudo sozinho...
    E ás vezes a estamos a jogar um jogo mas com a cabeça noutro,e depois nao desfrutamos em condiçoes do jogo/trial...

    E na classe que joguei,(Cleric uma classe de heal),pareceu me estranho algumas habilidades,estando um pouco fora de tempo quando se clica e pouco eficaz...
    Mas isto pode ser só impressao minha...

    O mais curioso de tudo é o lvl cap,e corrijam me se estiver errado mas penso que era 16...
    Começas no nivel 1,depois passas para 1.1 e por ai fora....

    Vale a pena espreitar o trial,e quem gosta do universo D&D de certeza que vai adorar o jogo.
     
  5. Vassago

    Vassago Power Member

    @Anti_caspa
    Antes demais um esclarecimento importante:
    Atenção que todas as quests têm a sua instanced dungeon específica e as quests não têm 1 objectivo logo definido inicialmente, são como uma historia que começa quando se entra na instance e se desenrola consoante vamos avançando e o gamemaster vai nos dando novos objectivos. É muito diferente dos habituais mmorpgs, mesmo muito diferente!

    Mais, TODAS as quests têm sempre pelo menos 3 níveis de dificuldade selecionaveis à entrada: normal, hard, elite. Algumas (muito poucas) tambem tambem a opção Solo.
    Quanto mais a dificuldade selecionada melhor a exp ganha e melhores as rewards.
    Não há drops de gear, a gear vem de rewards das quests que em algumas quests são fixas noutras random, e vêm tambem de chests dentro das instances das quests, chests esses que têm uma loot table e atribuem loot a cada um dos elementos do grupo.

    Agora indo por partes:

    - se jogaste apenas solo durante todo o trial é porque jogaste mesmo muito pouco pois as quests de solo são muito poucas.
    Aliás, na altura da release so haviam 3 quests solo que eram os tuturiais, a partir de aí era tudo em grupo.
    No entanto, ao longo de vários updates a Codemasters tem vindo a introduzir Solo option em algumas quests, mas mesmo assim isso não dá para muito, e certamente não é forma eficaz de leveling, alem de obrigar a muita repetitividade.
    Não conhecias ninguem no jogo, o que é natural quando se começa, mas no DDO isso não é problema pq há sempre grupos para quests, pelo menos para as mais recompensadoras em termos de exp.
    Procurar grupo tambem é muito simples, tens um interface LFG onde aparecem todos os grupos e a informação da quest onde estão actualmente, bem como chars LFG e podes ainda filtrar por classes, lvls, etc. Clicas num grupo e basta o lider do grupo aceitar e pronto, tá feito ;)

    - O Cleric é um excelente healer, mas tem muito que saber para ser jogado eficazmente. Tens de preparar os spells antes dos usar e a build que escolhes afecta em muito a tua capacidade de heal, buff ou turn undead, as principais funções de um cleric.
    No entanto, como referi no meu post anterior o healing é muito diferente do habitual em mmorpgs. O healing neste jogo é tratado tal e qual como no D&D pen&paper, como tal um heal é como qualquer outro spell e deve por isso ser preparado com antecedencia num inn ou shrine e gasta xx sp (spell points).
    Os clerics têm depois uma pool de sp que é finita e só é regenerada quando descansas num inn ou shrine, ou seja, tens de gerir muito bem os sp durante cada quest e por isso so deves curar quando realmente é preciso.
    Para curar há ainda poçoes como é obvio, e há wands que têm xx cargas de 1 spell específico, mas isto sao consumiveis e sao caros. Tambem há poçoes para regenerar sp mas essas ainda são mais caras, e totalmente proibitivas para o orçamento de um "newcomer".
    É por isso muito frequente jogar DDO com um grupo quase sempre em "low health".
    Como já tinha dito, o DDO não é um jogo "noob friendly", é um jogo para se jogar com calma e cuidado, e onde os "rushers" ou individualistas têm uma vida muito curta.

    Posto isto acho que quem tiver 2 palmos de testa já começa mais ou menos a perceber porque é que o DDO é um jogo de mercado de nicho, e porque razão é que não é nada popular entre a garotada :p

    - São efectivamente 16 levels apenas.
    Em termos de barra de exp ela tem de ser cheia 80 vezes (16x5) porque entre cada level temos 4 stages que nos permitem adquirir novas features que melhoram o nosso char, como se fossem "talents".
    No entanto só quando efectivamente subimos de nível é que ganhamos novas stats, spells, etc.

    Sempre que subimos de nível podemos optar por escolher outra classe, fazendo assim os chamados hibridos.
    Basicamente, um lvl 16 Ranger/Bard não se descreve assim pois não está correcto uma vez que ele não é nem um ranger lvl 16 nem um bard 16. Pode ter por exemplo 3 lvls de ranger e 13 de Bard, continua a ser um char de lvl 16, mas que conta com todas as skills base de ranger e bard mas apenas as skills de ranger até lvl 3 e as de bard até lvl 13, ou seja, não tem por exemplo os spells e abilities de um bardo lvl 16, apenas de 13.

    Espero que isto já dê uma melhor ideia do que é o DDO, para não fazerem como a maioria que joga o trial, não percebe patavina e depois vem dizer que o jogo não presta :x2:
     
  6. Darkthor

    Darkthor Power Member

    Bem, estive a ler todos os posts e o jogo parece-me realmente interessante. Já tinha ouvido falar dele, mas só agora estou a perceber mais ou menos como funciona..
    Já agora estive a ver umas classes e não percebi muito bem qual é a funçao do Bard, pelo que li pareceu-me ser um "tipo que dá buffs ao resto da party" ou algo do genero. Alguem que me pode-se explicar agradecia. =)
     
  7. Vassago

    Vassago Power Member

    Modestia a parte mas por acaso de bard posso falar com bastante conhecimento pois era o meu main de nome Lyla Birdsong da guild Drunk & Dangerous, que foi considerado durante bastante tempo nos forums oficiais como o melhor bardo do servidor Boldrei (agora merged).
    Na altura o cap era lvl 10 e ainda nao havia a raca Drow Elf. Era um puro bard, isto é, lvl10 Bard.
    A minha spec era basicamente baseada em charisma muito alto para poder ter bastante sucess rate no crowd control que é onde o bard brilha mais, logo seguido dos fantásticos buffs.
    Alem disso tinha muitos enhancements que melhoravam os meus heals e ainda tinha high umd que me permitia usar objectos mágicos como wands com spells de outras classes. Isto dava-me muita versatilidade pois há wands de todos os spells, por exemplo podia usar o excelente buff barksin (buff de ranger) usando uma wand de barskin, e por aí fora.
    Como downside, o meu bard fazia um dano da treta, mas tambem nao era essa a sua funcao.

    A título de curiosidade, na altura havia uma caverna com uns gigantes muito fortes que no final tinha 2 chests com high lvl items.
    O meu bard conseguia sacar os chests sozinho usando apenas sneak e CC aoe que era uma musica, e assim passava pelos gigantes todos sem os ter de matar.
    Era muito divertido especialmente porque esse crowd control é hilariante e mete os mobs aos pulinhos a dancar com uma notinhas de musica á volta da cabeca :p Havia sempre uma catrefada de pessoal a mandar-me whispers para os levar num giant cave farm :P Mais tarde acabaram com a brincadeira, mas felizmente nessa altura já tinha tudo o que queria, desde +4 Mithril Mail a aneis de +4cha, coisas que na altura era o melhor que havia :p
     
  8. Darkthor

    Darkthor Power Member

    Estou a ver, então é mais ou menos o que tinha referido em relação a dar buffs a algumas classes, mas faz também CC.. e ainda dá heal, parece porreirito. Mas no fundo é mesmo bom nos buffs ? Visto que pelo que dizes agora as habilidades de CC pioraram. :P
     
  9. Vassago

    Vassago Power Member

    Sim, é mesmo bom nos buffs. Tinhas dos melhores buffs do jogo, senao os melhores.

    Quanto ao heal usa exactamente os mesmos spells de healing que o Cleric, apenas tem a diferenca que os recebe sempre 1 ou 2 lvls depois.
    A grande diferenca está em que o Cleric quando recebe novos spells recebe-os todos de uma vez mas so pode preparar um numero limitado deles, e por isso so pode usar a cada momento os spells que tem preparados. O bard por seu lado nao tem de preparar spells, funciona com um sorceror, os spells que tens estao sempre todos preparados, o senao é que nao pode ter todos os spells, tens de escolher de uma lista de spells possiveis aqueles que queres ter quando sobes de nivel e nunca mais podes mudar essa escolha, por isso o bard requer extremos cuidado na escolha da spec, incluindo spells.

    Quanto aos CC nao pioraram, a Codemaster acabou com a brincadeira da Giant Cave mas foi aumentando a % de resist dos gigantes de tal forma que ja nao os conseguia controlar a todos. Alem disso aumentou-lhes a stealth detection por isso nao dá para fazer CC passar e sneak novamente porque és logo visto. Nao foi um nerf á classe, foi um boost aos gigantes da caverna :p

    E quanto ao dano, eu disse que o meu fazia pouco dano, mas isso era devido á minha spec, é claro que se fizeres um bard com muita Strenght, ou Dexterity + weapon finesse o bard pode dar montes de dano e mesmo assim curar e fazer CC, é claro é que com menos charisma tens menos sp e mais resists no CC. No D&D é mesmo assim, os chars sao totalmente costumizaveis, nao há 2 specs iguais ;)

    Vai aos forums de DDO e ve a catrefada de discussoes que ha sobre speccs, isto nao é como o os habituais mmos em que selecionas a classe e depois logo se ve, no DDO se nao pensares minimamente na spec com antecedencia podes chegar ao lvl cap e ter um char que nao presta para nada de nada, e depois chapeu, apenas te resta o re-roll :p
     
  10. Vassago

    Vassago Power Member

    Se quiserem, saquem o trial e instalem.
    Mandem-me uma PM e nesta 6feira á noite nao me importo de comecar outra trial de 10 dias com um char do zero e dar umas dicas, o que neste jogo acreditem que é bem util e poupa muitas horas as marradas com o jogo ou a spammar o general chat ;)
     
  11. Anti_Caspa

    Anti_Caspa Power Member

    Vassago,realmente joguei muito pouco confesso,mas deu para perceber alguma mecanica de jogo.

    Se em 10 dias joguei 4 foi muito,a maior parte do tempo passei a explorar e exprimentar chars.Se joguei e nao fiquei no jogo,acho que devia tambem apresentar as razoes para nao ter ficado,talvez ai tenha umas criticas ao jogo,mas isso sou eu...;)

    Se leres o meu post anterior,ves que nao digo mal do D&D,antes pelo contrario,é um jogo muito bom e acho que todos deviam exprimentar mesmo a trial, porque vale a pena dar uma vista de olhos.

    Acerca da dungeons,fiz uma que era numa inn,e depois fiz mais umas 3 na cidade....uma tinha aranhas,nao me lembro é dos nomes,mas fiz sempre sozinho...
     
  12. Revenant

    Revenant Power Member

    Não me importava mesmo nada.

    Simplesmente já nem tenho tido sequer tempo para jogar Atlantica quanto mais tirar umas horitas para testar outros. As próximas horitas que arranjar é mesmo para o AO, pode ser que este fim de semana tire uma horita ou duas para testar este.

    Abraço.
     
  13. Vassago

    Vassago Power Member

    Anti_caspa, quanto disse que devias ter jogado pouco não foi no sentido prejurativo, foi mesmo para dar a entender que as quests/dungeons de solo-play sao mesmo muito pouquinhas.
    Penso que nem tenhas entrado na zona do mercado pois nessa zona as quests de solo sao ainda menos, e então nas Houses há uma meia duzia se tanto.

    Se é possível chegar ao cap apenas com solo não sei porque como referi isto do solo não é original do jogo, é uma feature que a Codemasters tem vindo a implementar ao longo de vários anos de updates, mas mesmo que seja possivel o lvlup até ao cap com solo é garantido que será um processo lento, repetitivo e muito chato.

    Quanto a críticas ao jogo não tenho nada a apontar ao que escreveste, e o que eu escrevi não se destinava a ti mas sim a tentar alertar potenciais curiosos para que não fiquem depois "desiludidos" por terem ido para o DDO à procura de um mmorpg "à-la-WoW".

    DDO é um mmorpg para quem goste jogar rpg's pen&paper, mas tambem tem tudo para agradar a quem valoriza story-telling e group-play acima de tudo o resto, e goste de jogabilidade um pouco mais complexa e chars mais "únicos".
    Mas atenção não esquecer que o PvP aqui é quase inexistente e o mundo é heavy instanced ao estilo GW. Basicamente o DDO está para o PvE como o GW para o PvP.
     
  14. Anti_Caspa

    Anti_Caspa Power Member

    Resumindo,quando quiserem fazer uma perninha,digam me qualquer coisa que eu terei muito gosto em ir com voces.

    Pode ser que descubra algo novo no jogo e lhe de nova oportunidade.;)
     
  15. Vassago

    Vassago Power Member

    Como disse é só uma questão de se combinar ;)

    O trial sao 10 dias.
    Já o joguei 4 ou 5 vezes, de todas elas atingi o lvl 6-7, o que já vos dá uma optima ideia sobre o jogo e oferece horas muito bem passadas. E isso é a jogar de forma casual como faço, normalmente entre as 22:00 e a 01:00 aos dias de semana.

    Um grupo no DDO são 6 pessoas, sugiro por isso que nos juntemos 6 e se faça um grupo fixo para jogar o trial diariamente durante 10 dias.
    Se alguem estiver interessado coloque aqui o horario de jogo que pretende e a data sugerida para começar ;)
     
  16. Revenant

    Revenant Power Member

    Até alinhava mas não consigo ter a certeza de que consigo jogar todos os dias à mesma hora.
     
  17. Anti_Caspa

    Anti_Caspa Power Member

    Vassago,se por tua causa,entrei no universo Tabula Rasa e passei uns bons tempos,de qualidade e de grande diversao,só tenho é de confiar em ti novamente,e por mim posso jogar todos os dias,a partir da nove horas,mais ou menos,ao fim de semana é directa se for preciso:p....quem tiver curiosidade em ir exprimentar,diga aqui qualquer coisa para podermos combinar umas brincadeiras pelo mundo do D&D.
     
  18. vycent

    vycent Power Member

    um trialzito? contem cmg .. joguei isto na beta e ate gostei
     
  19. Vassago

    Vassago Power Member

    Bem, então já somos 3, se o Revenant conseguir uma disponibilidade +/- semelhante para não ficar com um level muito diferente então somos 4, mais 2 e temos um full group o que nos permite fazer algumas das quests mais giras do DDO que normalmente não se conseguem fazer com pugs ;)
     
  20. MonkSP

    MonkSP Power Member

    Já instalei o jogo e hoje vou testar.

    server: devourer

    *update* - já dei umas voltas e nao gostei :(
     
    Última edição: 9 de Janeiro de 2009

Partilhar esta Página