1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Modem marado = pagar 25€ de deslocaçao + 51 de modem novo

Discussão em 'ISPs' iniciada por CaRaMeLo, 6 de Outubro de 2006. (Respostas: 6; Visualizações: 788)

  1. CaRaMeLo

    CaRaMeLo Power Member

    Pois é meus amigos, ja me ando a passar com a cabovisao, é os pacotes que nao valem nada, a velocidade anda uma trampa e pelos vistos tenho o modem a ficar doido.

    Está sempre a piscar sem razão aparente, mesmo com tudo desligado, desligo o router e o modem continua a piscar como se estivesse a fazer muita coisa. Telefono para lá e o homem, ha não detecto nada, e pode ser trafego residual... Trafego residual e esta situaçao ja se arrasta a meses.
    E se quiser a troca do modem tenho que pagar a deslocaçao e um modem novo porque os 2 anos de garantia ja se foram, a nao ser que me fidelize e assim so pago a deslocaçao.
    Em 2003 já tinha trocado de modem porque o outro passou-se mas na altura não paguei nada.

    Epa paciencia tem limites...
     
  2. Triston

    Triston Aku Soku Zan SM

    Ja te ocorreu que pode não ser um problema de modem...

    Faz um netstat para ver se por acaso não tens ai ligações abertas e aproveita e vê o log da firewall (assumo que tenhas uma) a ver se não tens ai alguma coisa a martelar a firewall à força toda.
     
  3. CaRaMeLo

    CaRaMeLo Power Member

    Tenho apenas a firewall do router... mas sendo isso que dizes não deveria fazer mesmo quando está tudo desligado. Inclusive desligo o router da corrente e o modem continua a piscar...
    Tou certo? ou nao... lol?
     
  4. Triston

    Triston Aku Soku Zan SM

    Não necessariamente... ha sempre um tempo (que eu chamo de reciclagem) entre o desligar do router e o facto do servidor reconhecer que já não está la ninguem a ouvir no ip publico que tinhas atribuido ao teu cablemodem.

    Até isso acontecer vão continuar a haver requests dirigidos ao teu modem (isso acontece muito quando se usa p2p).
     
  5. CaRaMeLo

    CaRaMeLo Power Member

    Sim uso p2p. Mas esse tempo que falas... é possivel durar varias horas?
     
  6. Triston

    Triston Aku Soku Zan SM

    Por exepriencia propria com a netcabo ja aconteceu durar horas sim... em relação 'a netvisão não te sei dizer.

    Geralmente quando isso me acontecia o que eu fazia era desligar mesmo o cable modem durante de meia a uma hora que a partir do momento em que o servidor deles dava a volta a ver quais eram os modems a quem tinha de atribuir um ip publico notasse que eu ja la nao estava e rebatesse os pedidos.

    Lembra-te que um p2p uma das primeiras coisas que faz e' ir bater 'a porta dos peers seus conhecidos.
     
  7. Por experiência própria que já aprendi que assistencia da cabovisão == nada.

    Já sou cliente há uns largos anos, e nada de bom tenho a dizer quanto à assistência.
    Desde a má prestação de sinal televisivo (por péssima instalação e falta de amplificadores de sinal), quebras por vezes assíduas, constantes e duradouras de quebra de sinal tanto em telefone como internet, nunca resolveram qualquer tipo de problema.
    Aliás, a resposta mais directa e correcta (apesar de óbvia) que tive da assistência da cabovisao, foi na máquina de atendimento automático que rapidamente iniciou: "Se está a ligar por causa do serviço de internet, os servidores estão com problemas blah blah"

    De momento possuo modem alugado, devido à quantia exorbitante que pediam aquando o contracto do serviço. Por várias vezes fiquei sem sinal devido à ridícula instalação que cá fizeram. Resultado? Mãos à obra e toca a rever por mim mesmo toda a instalação da casa, por eles montada.

    Já nem refiro as duas semanas que demoraram a deslocar-se quando uma das caixas deles se afogou com a água das chuvas (incrível não?)



    Quanto à actividade do modem, tenho o mesmo problema. Resposta da assistência? Tráfego residual. Incrível como após duas semanas fora do país de férias, e quando volto, o tráfego residual continua. E bombardeamentos à firewall são praticamente inexistentes.
     

Partilhar esta Página