1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Modos manuais - Dicas

Discussão em 'Fotografia e Vídeo' iniciada por filipe85bcl, 6 de Novembro de 2007. (Respostas: 425; Visualizações: 31561)

  1. filipe85bcl

    filipe85bcl Power Member

    Penso que não existe nenhum tópico sobre este tema por isso lanço este tópico para aqui descrever como se tira fotos em Modos Manuais / Prioridade Obturador / Prioridade Abertura.
     
  2. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    esse tópico "n faz sentido", digamos assim, pq cada foto é um caso diferente
    td depende das condições de luz, posição, equipamento, ideia, objectivo...
    o que se pode criar é um tópico para se perguntar como se deve fazer para obter efeito X ou Y

    terás (e terão) que ser especificos no tipo de foto que querem fazer
     
  3. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    O adolfo tem toda a razão.

    Assim por alto eu dizia-te que nesses modos para tirares as fotos é simples, carregas no butão. :p
    Agora se a malta explicar "tenho esta situação assim e assado, onde quero o efeito XPTO e dar mais enfase a A e B" já pode ser que a malta desencante dicas para ajudar.
    Ou por exemplo "preciso de projecto tal que foque assunto X ou Y, alguém tem ideias para como o fazer?"
     
  4. filipe85bcl

    filipe85bcl Power Member

    Realmente têm razão. Digamos que eu não percebo nada de modos manuais e deparo-me com uma maquina como a Canon A720IS e... quais são os primeiros passos para saber controlar a maquina mesmo para tirar fotos "normais". Para quem desconhece o que é prioridade obturador / prioridade abertura... Por exemplo quais são os tipos de efeitos que mais se usam.
    Acredito que podem ser perguntas sem sentido mas deve existir pessoas que não dominem esta área por isso a abertura do tópico.
     
  5. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    tens alguma razão no que dizes, mas lá está.. uma foto é uma combinação de parametros e factores

    por alto o que se pode dizer é:

    abertura - um valor de F alto significa uma abertura pequena deixando entrar menos luz e um valor F baixo significa uma abertura grande, deixando entrar mais luz. numa abertura grande aumentas a area desfocada para tras e/ou para a frente do objecto fotografado. chama-se a isso profundidade de campo

    velocidades - uma velocidade baixa (abaixo de 1segundo) vai fazer com que a imagem fique com arrasto e uma velocidade alta (1/200 pra cima) vai congelar por exemplo um carro que vai a passar. a configuração disto depende, alem do efeito que pretendemos, da luz que existe no local

    iso - qt mais baixo melhor. pode-se usar isos altos se a máquina aguentar sem crir demasiado grão para substituir velocidades baixas, já que aumentando o iso aumenta-se a sensibilidade do sensor à luz

    agora é conjugar isto td para cd situação com que nos deparamos
     
  6. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Pois, o ponto forte da A720IS são os modos manuais para tudo e mais alguma coisa, e sem os saber usar tira-se pouco partido da máquina.

    Tendo em conta aquilo que dizes, e embora eu ache que se encontra de tudo na net, aqui sempre tens um ambiente mais familiar e mais aberto a conversa que em outros sitios, por isso quando me ocorrer vou postando aqui umas coisas.

    Profundidade de campo:
    É resumidamente o que o adolfo disse. É a distância entre o primeiro objecto focado e o ultimo. Util para fotos onde apenas queres focar o "motivo", por exemplo no retrato, focar apenas a pessoa e desfocar tudo o que está por trás. Efeito Bokeh ou lá como se escreve... lol
    Há essêncialmente 3 coisas que regulam a profundidade de campo. São elas a abertura, a distância focal, e a relação entre a distância da máquina ao objecto e do objecto ao fundo.
    A abertura é a forma mais simples, sendo que grandes aberturas (f/number baixo) obtêm menos profundidade de campo, e aberturas pequenas (f/number alto) obtêm profundidades de campo maiores.
    A distância focal funciona de forma parecida. Quanto maior (mais zoom de uma forma leiga) maior o desfoque, quanto mais pequena menor o desfoque. Cuidado com as grande-angulares pois podem provocar distorções indesejadas.
    A relação entre distâncias é a que tem mais "complicações". Quanto mais próxima estiver a máquina do "motivo" mais vai desfocar o fundo e vice-versa. Mas quanto mais próximo estiver o fundo do "motivo" menos vai desfocar. Se tu estiveres muito afastado e o "motivo" estiver encostado ao fundo, ficam ambos focados e por vezes até parece que estão no mesmo plano. Se estiveres colado ao "motivo" e o fundo estiver longe, pode mesmo ser impossivel focar os dois.

    Exposição:
    Assim para sumarizar, pois isto mexe com muita coisa, é a forma como captas a luz.
    Nisto tens que ter em conta a abertura, a velocidade, o ISO, e a quantidade de luz disponivel (Seja artificial ou não). Tens que jogar com estes factores de forma a obteres a exposição (quantiade de luz) desejada.
    A abertura, quanto mais aberta mais luz, quanto mais fechada menos luz.
    A velocidade, quanto mais lenta mais luz, quanto mais rápida menos luz.
    A sensibilidade (ISO), quanto mais alta mais luz, quanto mais baixa menos luz.
    Assim de cabeça tens a regra dos 16, que é uma forma de estimar a exposição correcta sem uma medição do fotómetro. Regulando a máquina para F/16, a velocidade de disparo deverá ser apróximadamente o mesmo valor da sensibilidade. Por exemplo, para ISO100, usas uma velocidade de 1/100s ou 1/125s.
    Aumentando a abertura para F/11, sem mexer na sensibilidade, poderás duplicar a velocidade, para uma exposição equivalente. Por exemplo, F/11, ISO100 e 1/200 ou 1/250.
    Para F/8 (que normalmente é a abertura minima das compactas), para a mesma exposição com a mesma sensibilidade, podes usar velocidades de 1/400s ou 1/500.
    Mantendo o F/8, para ISO200 podes usar velocidades de 1/800s ou 1/1000s. (Duplicas o ISO, duplicas a velocidade)
    Supondo que está razoavelmente nublado, usas um F/8 para ISO100 e 1/100 (ou 1/125). Se aumentares para F/5.6 podes usar ISO100 e 1/200s (ou 1/250). Ou podes manter o F/8 e usar 1/200 (ou 1/250) se mudares para ISO200.
    Por do sol, quando já não há luz, usas F/4, ISO100 e 1/100 (ou 1/125). Ou então F/4, ISO800 e 1/800 ou 1/1000, por exemplo.

    Isto da exposição está relacionado com os Stops de luz. Se perdes stops num lado, tens que ir buscar esses mesmos stops a outro lado.

    Stop:
    Stop é a unidade que se usa para medir a quantidade de luz captada pela máquina.
    Não te sei explicar muito sobre isto, mas quando levas o dedo até meio do butão de disparo, a máquina faz uma medição e mostra-te um valor. Por exemplo: +1.
    Isto significa que até atingires aquilo que a máquina considera a exposição correcta, tens um stop a mais.
    Se ela mostrar, por exemplo, -2, significa que tens menos dois stops do que a aquilo que a máquina acha o indicado.

    Esta informação dos Stops é dada por um fotómetro incorporado na máquina, que mede a quantidade de luz da forma que tu pedires (Pontual, matricial e mais uma qualquer) e te diz quantos stops de diferença é que a tua exposição vai ter em relação ao medido pela máquina.

    Uma coisa a ter em atenção é que o material não tem sempre razão, e como tal não andes a regular as tuas exposições de forma a teres sempre +-0 stops. As máquinas também cometem erros, e por vezes grandes. Há certas cores que vão influênciar a decisão da máquina. Se apontares a máquina a uma coisa muito escura (preto, por exemplo) ela vai-te dizer que tens, por exemplo, -1,5 stops, mesmo que a exposição seja a correcta. Apontando a uma coisa muito clara (branco, por exemplo) ela vai te dizer que tens, por exemplo, +1 stop.

    Peço desculpa pelo testamento mas sobre fotografia há imenso para dizer, e o que aqui foi dito mal cobre o básico.
    Pode haver aqui alguns erros visto que ainda não percebo muito destas coisas, mas assim por alto penso que esteja tudo mais ou menos. Pode ser que alguém venha aqui e explique melhor estas coisas.


    PS: Em relação à abertura disseram-me que se estiver no minimo, quando apanhas uma fonte de luz na foto (tipo uma velca acesa ou uma lampada), essa luz fica cintilante tipo estrela. Se a abertura for grande fica tipo um clarão redondo (como está na foto do livro que tenho no Olhares).
     
    Última edição: 7 de Novembro de 2007
  7. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    isso da luz penso que tenha mais a ver com velocidade do que com abertura
    por exemplo estas fotos que fiz da lua:

    ambas a f/3.5
    primeira com 1/3s
    segunda a 1/250s

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  8. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    A ideia não é ficar como na segunda foto. É ficar como a primeira mas em vez de a lua ficar redonda fica tipo estrela. Experimenta tirar uma foto igual à primeira mas com o F máximo.
    Eu ainda não testei mas penso que é isto.
     
  9. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    já vi uns filtros à venda que fazem esse efeito
    n me lembro é onde
     
  10. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Eu começo a ver que há filtros para tudo... lol

    Offtopic: Devia ser criada uma pequena secção para projectos DIY (Do-It-Yourself) de fotografia. Há quem faça acessórios e outras coisas em casa, e podiam partilhar aqui.
     
  11. filipe85bcl

    filipe85bcl Power Member

    Bem... já temos aqui informação para metermos as mãos na maquina e colocar em "Manual"... ;)
    Obrigada pela paciência.
    Agora pela frente se tiver mais dúvidas coloco. :003:
     
  12. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Em manual ou em Av/Tv (prioridades) onde podes sempre usar o EV para obrigar a máquina a reduzir ou aumentar stops na exposição. :)
     
  13. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    n te aconselho a usar a maquina totalmente em manual
    usa ou com prioridade à abertura ou ao obturador
     
  14. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Podes usar o manual, mas é um pouco mais "chato" teres que configurar tudo para cada foto que tiras. Eu normalmente faço isso, mas porque normalmente não preciso mexer muito. Só um toque ou outro na velocidade.
     
  15. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    eu ou uso um ou outro. prefiro deixar a máquina ter metade do controlo, especialmente qd fotografo desporto (quem ler isto até pensa que sou pro :lol: )
    ela certamente mede a luz melhor que eu e assim n há sub ou sobrexposições
    totalmente manual só macro às vezes e luas
     
  16. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    LoL

    Mesmo em modo manual, a máquina dá-te o "parecer" dela, por isso continuas a poder-te guiar por aí. Mas, sim, quando se fotografa desporto as coisas tendem a ser demasiado rápidas para se andar ali com ajustes. Por outro lado podes não querer perder tempo enquanto a máquina "pensa" e se tiveres tudo fixo manualmente acho que tens menos shutter lag.
     
  17. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    em modo totalmente manual a máquina n dá parecer nenhum. ajustas a abertura e a velocidade e sai assim. tt pode vir bem como sub ou sobrexposta.
    o shutter lag existe na mm no AF. se estiver em foco manual então sim, e carregar e já t+a
     
  18. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Dá parecer sim... Não te altera nada mas quando levas o butão a meio ela indica-te se a exposição está correcta, ou se estás a sub ou sobrexpor a foto, e diz-te por quantos stops é que o estás a fazer. Pelo menos é o que acontece na A710IS.

    Yah, mas não sei porquê estava convencido que em Av ou Tv ela ainda perdia algum tempo a fazer a medição da luz mas parece que não. O principal é mesmo a focagem manual.
     
  19. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    dá o parecer se as configurações são adequadas ou n, mas n as pode alterar. já num dos modos ela configura o outro de forma a conseguir uma boa foto
     
  20. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Sim, claro... Se ela fizesse alguma coisa não seria um modo manual. :)
     

Partilhar esta Página