1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Monitor CRT ou TFT ?

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico PC' iniciada por jofega, 23 de Abril de 2008. (Respostas: 13; Visualizações: 2074)

  1. jofega

    jofega Power Member

    Viva!

    Trabalho em webdesign e artes gráficas, a minha dúvida é acerca da melhor escolha entre utilizar um monitor CRT ( que utilizo actualmente), ou mudar para um monitor TFT.

    Há quem diga ( profissionais da área) que os TFT não tem o mesmo rigor de mostragem da cor que os CRT, será verdade?

    Terá a haver com a qualidade (Gama alta ou baixa) do monitor TFT?


    Alguem pode ajudar?

    Cumps a todos!
     
  2. UnknownName

    UnknownName 1st Folding then Sex

    sinceramente quem diz isso não deve estar propriamente sóbrio.

    Não existe comparação possível, qualidade de imagem claramente superior e já para não falar que isso só te faz bem à vista.
     
  3. Melhor sem duvida é o TFT. Mas para melhor erro de cores tens de ter um com angulo de visao de 180 graus, para evitar que a imagem fique mais escura à medida que vais olhando de lado para o monitor.
     
  4. Romani48

    Romani48 Power Member

    depende muito.. um CRT bom consegue bater um TFT até gamas médias..
    não só na precisão da cor, mas em outros termos como dot pitch, contraste e etc..

    anyway, tens uma desvantagem.. é que um CRT eventualmente vai te acabar por cansar os olhos mais depressa...

    desde que tive o meu primeiro TFT são raros os CRT que não fazem os meus olhos lacrimejar :p após umas boas horas seguidas de trabalho neste
     
  5. Thekillerjp

    Thekillerjp Power Member

    Concordo contigo mas isso também depende da frequência que estiveres a usar
     
  6. reiszink

    reiszink Power Member

    Depende do CRT e do TFT em causa.

    Uma vez que é para uso profissional nessa área, convém optares por um TFT já de gama alta, não qualquer TFT que apareça aí nos centros comerciais.
     
  7. rpedro

    rpedro Power Member

    um crt sony trinitron 19" ainda bate muitos tft que andam por ai. numa resolução de 1280x1024 a 91hz o sony nem se compara. obviamente que não é para jogos, agora para trabalhar com imagem é fantastico. e em comparações com tfts ate um maximo de 200 e poucos euros claro...

    p.s. só é pena a dimensao dele. ocupa-me a mesa toda, para nao falar do peso :) agora qualidade de imagem e de cor é fantastica. acho que me dá uma palete de cores muito mais proxima da real (nota-se mais nos tons de cinza)
     
  8. commendatore

    commendatore Banido

    Concordo. Quem diz que um tft é melhor... enfim...
    NUNCA NA VIDA

    Um bom CRT dá cabo de qualquer tft.
    Há tft´s e tft´s e para comprares um decente mais vale comprares um LCD
     
  9. notepad

    notepad Banido

    por isso é que mudei de 21" CRT sony, para um TFT 19 wide, e hoje penso no erro que cometi (not). alias hj so penso é no dia em que vou comprar um 24wide TFT of course!
     
  10. commendatore

    commendatore Banido

    acho que sim. Fizeste bem. Por isso é que quem os vende não se desfaz dos crt ;)
    É por serem piores.
    Então se fizeres edição de fotografia... esquece os tft.
    OU é crt ou é LCD.
     
  11. notepad

    notepad Banido

    enfim... :rolleyes:

    Se eles são tão bons vendo-te 2 sony's 22" por 389€ (preço do w2408h)
     
  12. Temos de ter em conta que depois do lançamento e expansao dos TFT, pouco tem sido divulgado acerca dos CRT!

    Penso que os TFT vulgares, mesmo so de hipermecado conseguem bater um CRT normal, mas nao tenho duvidas que se investirmos dinheiro num bom CRT para trabalho(ou afins) temos um produto bom, e possivelmente superior a um TFT....mas lá esta...comprando um BOM TFT, deve, bater um CRT...

    Durante muitos anos tive CRT, agora so tenho TFT e ha pouco tive de usar um CRT na casa de um colega, e notei logo a diferença, penso que a projecção de imagens, é muitoo mais fraca e "puxa" mais pelos olhos, enquanto os TFT devido a maior luminusidade fazem com quem as cores sejam mais facilmente absorvidas...mas claro...é a minha opiniao :003:

    [NOTA] No meu estagio, em algumas empresas, para desenho de arquitectura e de desenho textil, etc...so existiam CRT's...BEM GRANDES xD[NOTA]

    Cumps
    39 LEI [UM]
     
  13. Vejamos...

    O LCD é uma tecnologia antiga e obsoleta, criada nos anos '60 para utilização em calculadoras de bolso; nunca foi pensada para ecrãs do tamanho de um monitor ou TV, nem é adequada para tal.

    O facto de o mercado actual haver sido corrompido por um misto de propaganda, ignorância das massas e questões económicas (é mais barato produzir e distribuir LCDs em grandes quantidades devido ao peso e volume reduzidos, sendo imediata a conclusão a tirar no contexto mundial do preço dos combustíveis) não impede outros factos, não menos irrevogáveis:

    -Um CRT tem a imagem mais estável, mais coerente e com maior fidelidade de cor que um LCD;

    -Um CRT permite ajustar a resolução à medida de cada aplicação e jogo sem comprometer a qualidade de imagem, sendo essa, como sabemos, uma necessidade básica na utilização normal de um computador pessoal;

    -Um CRT não desenvolve pontos negros espalhados pelo ecrã com o tempo, nem tem um tempo médio de vida de 2 ou 3 anos antes da morte da sua lâmpada fluorescente (que não a tem);

    -Um CRT não comete o estúpido acto de oferecer um ecrã 16:10 para um mundo, o da Informática, que funciona na VERTICAL (textos, páginas web, programação, imagem...);

    -Um CRT não tem problemas de lag no tempo de resposta (que é isso ??), nem ghosting, nem banding, nem porcaria alguma de tecnologia inferior e porca alguma;

    -Um CRT com um varrimento de imagem (vulgo, refresh rate) devidamente configurado não produz qualquer cintilação ou problema para a vista no contexto de uma utilização normal, sendo esta uma questão limitada às pessoas que não sabem configurar o seu próprio computador (que as há muitas, nos dias que correm);

    A fórmula resultante é de uma simplicidade fenomenal: CRT > LCD.

    As conclusões são igualmente simples:

    -Querem poupar papel (e quem não quer...) e abraçar o mercado "grande público", comprem um LCD e abraçem assim também a sua imagem porca e instável, a sua imbecilíssima resolução nativa obrigatória e os seus 2 anos de vida;

    -Querem qualidade e versatilidade, arranjem um bom CRT;

    -Se podem esperar, aguardem pelos monitores OLED e logo se vê se desta vez a tecnologia avança, em vez de regredir como o fez o LCD.
     

Partilhar esta Página