1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Motherboard ideal para HTPC!

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico PC' iniciada por Nazgulled, 5 de Dezembro de 2008. (Respostas: 25; Visualizações: 2516)

  1. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    A escolha da motherboard anda complicada porque não estou a conseguir encontrar aquilo que quero à venda em stock o que me faz procurar alternativas e depois fico na dúvida sobre qual será melhor e se devo tentar insistir e encomendar A ou procurar pela B.

    Notem que apenas vou apresentar soluções AMD, estou decidido por ai pelo baixo consumo dos CPUs e porque são mais baratos. Uma boa solução Intel poderia, ou não, ficar mais cara, mas fiquei-me pela AMD.

    Até à data, sempre estive interessado na Gigabyte MA78GM-S2H pois pelo que li dela, parece ser muito boa e também é das boards que mais recomendam aqui no fórum, logo, suponho que seja boa. No entanto, está complicado encontra-la à venda...

    Depois vi a Asus M3N78-EM que me parece bastante boa e usa o chip Nvidia 8300. Que tem uma grande vantagem em relacçao ao 780G da Gigabyte, reproduz 1080p/24p sem qualquer problemas. No entanto, entre uma e outra, é ela por ela... Nuns aspectos uma é melhor, noutros é pior e isto deixa-me indeciso. E para além disso, também não a estou conseguir encontrar em stock.

    Também poderia optar por uma Asus M3N78-EMH HDMI mas pelo que vi, é um pouco inferior a da Gigabyte. Mas esta já sou capaz de a encontrar mais facilmente à venda, mas não estou muito confiante em ir para esta.

    Uma review que li para chegar a algumas destas conclusões foi esta:
    http://www.anandtech.com/mb/showdoc.aspx?i=3430

    Mas como eu não sou entendido na matéria não sei bem pelo que me decidir, se bem que o problema de não as encontrar à venda poderá ser grave...

    Uma nota que pode ajudar a ajudarem-me na decisão: A ideia da board é para um HTPC e inicialmente será para ver filmes em HD, nada mais. Talvez jogue um ou outro jogo de vez em quando até porque as gráficas onboard de ambas suportam Pixel Shader 4.0 e até hoje só tive possibilidades de jogar jogos com Pixel Shader 2.0 (isto é muito degradante). No entanto será numa de experimentar a ver como correm, porque estas gráficas não dão lá muito para jogos, mas se algum jogo que goste funcionar bem, mesmo que seja no mínimo/médium, não me importo, e eu não preciso de resoluções muito altas para ficar contente. No futuro, quando a altura não for natalícia e houver mais guito, a ideia é comprar uma gráfica melhor de média gama para jogar minimamente decentemente.

    ACTUALIZAÇÃO:
    Estive a dar uma vista de olhos e uma placa gráfica minimamente decente que dê para uns joguitos (nada de especial e nada muito puxado) e ainda playback de vídeo a 1080p/24p nem fica tão caro quanto imaginava... Talvez vá optar por uma board baseada no Amd 780G que segundo a review acima, é o chip melhor balanceado para tudo e mais alguma coisa.

    A questão agora é, qual? Pelo que vejo, tenho duas boas hipóteses:
    - Gigabyte MA78GM-S2H
    - Asus M3A78-EM

    A Gigabyte parece que já ninguém a vende, a Asus ainda há bastantes lojas com ela. O que preferiam? Tentar insistir com várias lojas a ver se ainda conseguem arranjar uma Gigabyte e pagar os euros extra face a mais barata que é a Asus ou ir directamente para a Asus? Ou outra opção baseada no chip Amd 780G?
     
  2. AmdM

    AmdM Power Member

    Aconselho Asus M3N78-EM, chipset 8300, por ser compativel com hybrid power (vista only) e como referes os baixos consumos como sendo importante...

    p.s. Não esqueçer que a VGA também tem que ser Hybrid compatible.

    p.s.2. Intel E5200 e board Chipset G31 é o sistema com menor consumo neste momento, sem contar com os atom, que para pouco servem.
     
  3. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    O que é o Hybrid Power e para que serve mesmo?
     
  4. AmdM

    AmdM Power Member

    Basicamente, ligas a placa gráfica dedicada só quando precisares, no resto de tempo está desligada (0 w consumo) e a onboard faz as despesas da casa.
     
  5. __Miguel_

    __Miguel_ Power Member

    Por acaso a combinação "explosiva" em termos de consumos neste momento parece ser Penryn (E5xxx, E7xxx) mais 9x00 da NVIDIA, com a vantagem que o 9x00 faz tudo e mais alguma coisa em termos de decode (G31 precisa de gráfica dedicada). Vi há uns tempos uma análise no Anandtech que fala creio que da P5N7A-VM com um E7200, e se bem me lembra aquilo tinha consumos de uns 60 e tal, 70 e tal Watts já a fazer decode HD... :eek:

    Claro que esta combinação é terrivelmente mais cara (tipo o dobro, já que só a board anda pelos €130...) que AMD (boards por €80 ou menos, CPUs a partir dos €45~€50...).

    Sendo que, a meu ver, o 9x00 é hoje o IGP mais eficiente para HTPC, seria a minha primeira escolha. Mas, como ele quer AMD, ía antes para o 8x00, parece ser menos temperamental do que o 780G/790GX.

    Ou então, se houvesse espaço, ía para uma board mais de entrada de gama, e metia-lhe uma 4550 dedicada. Os consumos provavelmente seriam ligeiramente maiores, mas o UVD2 da série 4000 é difícil de bater. Além disso, com uma board mais barata (podes ter output 7.1 digital por HDMI, e só precisas de som on-board decente se não tiveres um descodificador e saída digital na board) podes compensar +- o preço para poderes incluir no orçamento a 4550.

    HybridPower - tecnologia da NVIDIA que permite, com a combinação certa de chipset (mGPU) e placa gráfica (GPU) desactivar o GPU por completo em determinadas aplicações.

    Quando o GPU fica em idle (ou seja, apenas a processar o desktop), o mGPU do chipset (8x00a e 790i apenas, segundo sei) passa a processar o sinal de vídeo (o output continua a ser pela placa gráfica dedicada, as 790i por exemplo nem têm saída VGA...), e desliga o GPU. Quando for preciso mais poder de processamento (jogos, decode HD, etc.), o framebuffer volta a ser copiado para o GPU, e este toma conta da situação.

    As gráficas compatíveis com HibridPower são as séries 9800 (acho que só GTX, GTX+ e GX2, mas não tenho a certeza absoluta) e 200. Chipsets compatíveis, só série 8x00 para AMD e 790i (o 790a chegou a sair?). O 9x00 para Intel não suporta este modo (pelo menos por enquanto, e pelo que li creio que a NVIDIA quer deixar cair esta tecnologia).

    Cumps.

    Miguel
     
  6. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    Vocês entenderam-me mal na parte do consumo. Isso é um factor importante para mim, sim, mas não é o mais importante, dá maneira que estão a falar parece que entenderam que isso para mim era o factor mais importante, mas não é. Óbvio que quero que consuma pouco, mas estava a falar dentro das soluções que apresentei (ou semelhantes que conheçam e eu não) porque ir para Intel, fica demasiado caro.

    Eu já tinha visto a P5N7A-VM nessa review da Anandtech e chamou-me atenção, mas depois fui ver o preço da board e mais o preço de um CPU para esse board e fica demasiado caro para aquilo que eu quero/posso gastar neste momento. Era uma boa escolha sem dúvida, a melhor neste momento para HTPC, mas demasiado cara para o meu bolso.

    Isso do Hybrid Power é interessante mas só se as placas dedicadas para isso forem minimamente decentes para uns jogos (para os meus standards, não para jogar tudo no máximo) e ao mesmo tempo não precisar de gastar balúrdios de dinheiro na mesma. Ou seja, se a gráficas com essa tecnologia forem para cima de 250€ (valor dado à sorte, não faço ideia os preços delas), já não tenho interesse porque é muito dinheiro para uma placa gráfica. Pode ser uma placa excelente, ma se não me sair o euro milhões, eu não vou dar tanto dinheiro por uma gráfica.

    Mas só uma outra dúvida, se fosse tirar partido do Hybrid Power, a gráfica dedicada para além de ser compatível com a tecnologia, tinha de ser uma que faça SLI com a onboard, correcto? O que me iria limitar na escolha das mesmas e se calhar só ficava com escolhas de placas mesmo foleiras, não?

    Acabei de ver mais informações sobre esta tecnologia no site da nVidia e pelos vistos não há placas gráficas que tenham GeForce Boost Technology e HybridPower Technology, o que significa que, ou a gráfica dedicada vai juntar o seu poder de processamento à onboard ou o processamento vai ser alternado entre as gráficas, correcto?
     
    Última edição: 6 de Dezembro de 2008
  7. __Miguel_

    __Miguel_ Power Member

    Bem, sempre podes ficar-te por um E1400 com a P5N7A... :P

    Agora um bocadinho mais a sério. Eu só referi a solução Intel+NVIDIA porque, neste momento, me parece ser a solução "tudo-em-um" mais potente, e incidentalmente também a que tem melhores consumos.

    Não podendo ou não querendo ir para essa solução, 8x00a ou 4550 dedicada (independentemente da board que escolheres) fica óptimo para HTPC.

    Bem, só a partir das 9800GTX, segundo sei, é que o HybridPower está disponível, e essas não são propriamente baratas...

    HybridSLI é diferente de HybridPower. O HybridPower foi criado para os GPU "power hog" (topo de gama, portanto), e nesses casos ou funciona o GPU ou o mGPU, nunca os dois ao mesmo tempo.

    No HybridSLI é que funciona o GPU e o mGPU ao mesmo tempo. Neste caso precisas de um mGPU da série 8x00 ou 9x00 e um GPU 8500 ou 8600 (e nem tenho a certeza quanto ao 8600).

    O HybridCrossfire nesse aspecto é melhor, pode ser qualquer gráfica 2400, 2600 ou 3400.

    Mas no final do dia o resultado continua a ser muito ranhoso, se quiseres jogar a mais de 800x600.

    Sim, é isso mesmo, como disse acima. Chamei-lhe HybridSLI, se calhar estou a cometer uma gafe, mas creio que não. O que interessa é que o 8x00a suporta ambos os modos, mas as gráficas só suportam um deles. E se até faz sentido uma GTX280 não suportar GeForce Boost (o IGP não vai acrescentar nada), já uma 8500 não suportar HybridPower é mais discutível. Sim, os consumos já são baixos à partida, mas faz sempre sentido em algumas situações desligar o GPU por completo...

    Btw, pelo menos os 9x00 (e provavelmente os 8x00 agora também) suportam HybridPhysX (processamento PhysX no IGP, deixando o GPU dedicado, qualquer que seja - desde que NVIDIA, no caso do Windows Vista -, a processar apenas os dados do jogo).

    Cumps.

    Miguel
     
  8. AmdM

    AmdM Power Member

    Última edição: 6 de Dezembro de 2008
  9. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    Mas isso está-me a fazer confusão... Isso do Hybrid Power... Porque o HybridSLI acho que não me interessa muito, prefiro ter uma gráfica dedicada, minimamente boa, do que uma medíocre em SLI com a gráfica onboard.

    Por exemplo, imaginemos que eu compro a M3N78-EM e mais tarde a 9800GT. Com o Hybrid Power, a 9800GT só sera usada para coisas mais intensivas, correcto? Por exemplo, filmes HD é mais intensivo, mas a 9800GT não tem saida HDMI, no entanto, tenho saída HDMI onboard.

    A minha questão é: Posso usar a saída HDMI da board para ver filmes em HD, usando a 8300 (vamos esquecer o suporte ao DXVA que pode não existir, vamos supor que existe sempre) e quando for jogar, usar a 9800GT? O que me faz confusão é, tenho o cabo ligado ao HDMI da onboard e a dedicada, não tem lá nenhum cabo ligado, como é que eu posso usar a dedicada para jogos e usar a ligação por HDMI à board? O Hybrid Power trata disso é?

    P.S: Segundo site da nvidia (http://www.nvidia.com/object/hybrid_sli_desktop.html), a 9800GT tem Hybrid Power (só para ficar aqui como referência).
     
    Última edição: 6 de Dezembro de 2008
  10. __Miguel_

    __Miguel_ Power Member

    Que eu saiba, e a não ser que isso tenha mudado muito, o output de vídeo em modo HybridPower é SEMPRE feito através de um conector do GPU dedicado (há uma ligação quase directa entre o mGPU e o GPU, de forma que quando se está a usar este modo, a lógica para fazer output (provavelmente os RAMDACs) fica ligada (mas é só).

    Ou seja, só se pode usar outputs da gráfica dedicada (os drivers encarregam-se de fazer a transição).

    Entretanto, em relação aos modos de utilização, pelo menos inicialmente (e creio que ainda é assim) o mGPU só funciona se estiver em modo "2D", ou seja, a processar o desktop. Quando qualquer tipo de funcionalidade avançada é precisa, o GPU activa-se. E nas "funcionalidades avançadas" inclui-se também o decode HD (o que é estúpido, a meu ver, mas pronto...).

    Quanto à questão do HDMI, hoje em dia grande parte das gráficas já trazem conversor DVI->HDMI, por isso não deves ter problemas nessa parte.

    Ah! Btw, convém que se diga que algumas 9800GT são apenas 8800GT com outro nome (as novas já são "die shrinks"), e não são compatíveis com HybridPower. Convém confirmar antes de comprar.

    Cumps.

    Miguel
     
  11. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    Estou a ficar mais confuso lol...

    Sim, mas no caso do HDMI da board, vai levar o som, se eu usar um conversor DVI->HDMI, fico sem som por HDMI correcto?

    Podes ser mais explicito? Por exemplo, esta:
    http://www.*****.pt/Placas-Video-Placas-Graficas-XFX-GeForce-9800GT-512Mb-DDR3-PCI-E.php

    Tem HybridPower?
     
  12. __Miguel_

    __Miguel_ Power Member

    Depende. As gráficas da NVIDIA que têm saído ultimamente têm um conector SPDIF que se liga à placa de som internamente, e fazem pass-through do som SPDIF para o conector DVI da gráfica (é a chamada "solução à pressão", já que a NVIDIA não tem chip de som integrado no GPU, como a ATI).

    Infelizmente, não sei quais são os modelos que têm este conector, só vendo. Por exemplo, as GTX260 têm um tapado, perto da fan e dos conectores de energia.

    Pois, e foste logo escolher XFX, que tem dos sites mais indecifráveis que já vi...

    Pelo que pude ler no site da XFX, só te posso dizer que o modelo "PV-T98G-YDF4" diz explicitamente ser compatível com HybridPower. As outras não dizem nada, e há um aviso ao lado quando fala no HybridPower que diz "não disponível em todos os modelos da 9800GT".

    A NVIDIA faz muito destas brincadeiras (a ATI também, atenção)... Primeiro foi com as 8800GS, que passaram a ser as 9600GSO (é EXACTAMENTE o mesmo núcleo, tem é uma BIOS diferente, para ser visto como um GPU diferente :rolleyes:). Depois foi a 8800GT, que passou a 9800GT mas o núcleo manteve-se o mesmo. Só depois de fazerem o die-shrink do núcleo é que passou a ser uma 9800GT diferente da 8800GT, mas continuam a vender-se com o mesmo nome...

    Confuso? SIM! Mas na prática tens de procurar na caixa alguma coisa que diga "HybridPower" (geralmente em letras garrafais), ou tentar encontrar um review do modelo específico (o que é difícil), e depois convencer a loja que uma 9800GT marca X, modelo XPTO1 é diferente de uma 9800GT da mesma marca, mas modelo XPTO2... :rolleyes:

    Cumps.

    Miguel
     
  13. AmdM

    AmdM Power Member

    Normalmente, as gráficas que têm hybrid vem com isso mencionado na caixa.
    Aquelas 2 que eu mencionei são ambas hybrid power e vem refernciado na caixa.

    Miguel, eu acho que o hybrid não é activado por software ou automaticamente.
    Tenho lido, que é o user a selecionar no painel de controle qual a gráfica que está activa.
     
  14. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    Mas se eu comprar online, não posso ver a caixa lol.
     
  15. AmdM

    AmdM Power Member

    Vá, os gajos das lojas não são assim tão dah.
    Aquilo diz lá hybrid power, só um ceguinho não vê.

    Se quiseres jogar pelo seguro compra a evga 9800GT hybrid power na ***** que eles não se enganam de certeza, é cerca de 150€.
     
  16. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    Lol, mas isto não é para já. Como disse, se comprar gráfica dedicada será daqui a uns tempos, não é para agora... Primeiro tá o HTPC, depois mais tarde logo se vê...

    A questão agora é, qual comprar:
    Asus M3N78-EM (8300)
    Asus M3A78-EM (780G)
    Gigabyte MA78GM-S2H (780G)

    Se aquela minha dúvida fosse respondida, talvez facilita-se mais as coisas... Mas talvez o seguinte me ajude a decidir também:

    Eu tou aqui cheio de coisas mas o mais provável é nem tirar partido do HDMI para o som (só agora é que me lembrei disto) porque a ideia é ligar o som as colunas fatelas (mas melhores do que as da TV) que tenho numa mini aparelhagem. Logo, posso ligar por DVI para o video e o resto a ligação normal para áudio.

    A minha questão nisto agora é, imaginando que eu tenho uma 9800GT com Hybrid Power a funcionar com a 8300, ligo por DVI à gráfica dedicada correcto? Depois, o Hybrid Power faz o resto. Ou seja, se for preciso, usa a 9800GT, se não, usa a onboard, correcto também?

    E ainda outra questão, com a 9800GT por DVI, consigo ter 1920x1080 de resolução reproduzindo filmes em 1080p/24p (sim, a TV faz os 1080p/24p)?
     
  17. __Miguel_

    __Miguel_ Power Member

    Ah, então isso faz bastante mais sentido, e é capaz de permitir decode HD em modo de baixo consumo. Fixe!

    O 8300 geralmente é tido como menos "temperamental" ao fazer decode HD (problemas com o C&Q, aparecem numa review da Anandtech). No entanto, creio que a AMD ía lançar uma BIOS para corrigir esse problema, tratava-se de uma definição demasiado agressiva do C&Q, segundo percebi. Provavelmente a estas horas já deve estar ok.

    Depois também tens de ver as opções que cada uma das boards te dá, nomeadamente em termos de saídas SPDIF ou coaxial (para ligares à aparelhagem), dissipação activa ou passiva dos componentes, e, se estás mesmo decidido a agregar placa gráfica dedicada no futuro, as funcionalidades que queres que tenha. A 8300 pode, se não tem já, a capacidade de usar o HybridPower, e o HybridPhysX, que não são nada de deitar fora. O 780G, por outro lado, não suporta modos de baixo consumo na gráfica do tipo HybridPower, mas pode vir a ter capacidades "à la" PhysX (os Catalyst 8.12 vão abrir as hostilidades em processamento "Cuda-like" para a série 4800, com sorte vemos aparecer novos modos híbridos).

    Em termos de "features" que podes vir a usar com uma gráfica dedicada, o 8300 neste momento parece ser um bocadinho mais completo (sobretudo quando chegar o Windows 7, que vai permitir PhysX pelo IGP e GPU dedicado ATI, por exemplo, coisa que hoje só se consegue no XP), mas em última análise deves ficar bem com qualquer uma que escolhas.

    Sim, a ligação, segundo sei, é feita sempre pela placa dedicada, mesmo em modo HybridPower. O que explica, por exemplo, que o 790i suporte HybridPower e não tenha saída VGA.

    Não vejo porque não... Eu tenho uma GMA950 (integrada Intel do 945G/GC/GZ/GM/*****) a debitar 1080p sem problemas nenhuns...

    Quanto aos 24 fps, pode depender de drivers. Mas não creio que haja problema, o mais que pode acontecer é teres de utilizar a opção "3:2 Pulldown", para os 25fps passarem a 24. Mas nesta o melhor é alguém mais entendido responder, estou um bocado fora da água neste assunto.

    Cumps.

    Miguel
     
  18. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    Sim, também li isso, mas agora deixas-te com uma dúvida... A AMD é que lança updates à BIOS? No site da Asus, para cada motherboard eles, tem updates para a BIOS... O que é que isto quer dizer?

    E já agora, dá para tu confirmares isso do C&Q, ou seja, se já existe algum update que tenha isso corrigido? Eu não percebo muito do assunto e não faço ideia onde pesquisar para tentar descobrir. A única coisa que sei ver foi o changelog de updates à BIOS pela Asus que não me parece falar nisso...

    Acho que vai ser assim então:
    1º) Asus M3N78-EM (8300), se a conseguir arranjar à venda, só vi uma loja com ela.
    2º) Gigabyte MA78GM-S2H, se a conseguir arranjar à venda também.
    3º) Asus M3A78-EM (780G), esta existe por ai muitas pelos vistos.

    A minha dúvida neste assunto é porque no site da Asus, nas especificações das boards, elas atingem resoluções diferentes conforme o interface usado. 1080p ambos os interfaces conseguem sem problemas, a minha questão é relativamente aos 24frames. Nos tais artigos da Anandtech, a GeForce 8200/8300 não têm quaisquer problemas com isso. Obviamente que os drivers tem de ter suporte para isso e a TV também. A minha TV tem que já tive a ver e segundo a Anandtech, estas GeForce também o que eu suponho que uma dedicada como a 9800GT também tenha. A minha questão é se o interface faz diferença, será que os 24 frames só funciona por HDMI ou será que tem de ser por DVI? Ou se calhar, é indiferente...
     
    Última edição: 6 de Dezembro de 2008
  19. __Miguel_

    __Miguel_ Power Member

    Bem, tecnicamente o código base para uma BIOS é SEMPRE dado pelo fabricante do equipamento (GPU ou chipset) aos fabricantes de boards, para eles implementarem conforme quiserem.

    Assim, por exemplo no X58, o código de base para as BIOS é fornecido pela Intel, e depois os fabricantes de boards implementam esse código no hardware, de forma a adaptar-se à sua realidade.

    Pois, infelizmente isso é complicado até para mim... Podes tentar ver a review da Anandtech que falava sobre este problema, ver se foi actualizado, e seguir a thread do fórum desse site sobre a dita review, a ver se houve novidades sobre isso.

    Mais do que isso não sei como te possa ajudar, sorry. :(

    Isso depende do próprio interface, em especial se a ligação DVI não for Dual-Link (que fica limitada exactamente aos 1080p). VGA aguenta mais, e HDMI pelo menos teoricamente também. Mas acho que 1080p @24fps é standard para DVI e HDMI... Confirma na Wikipedia, por vi das dúvidas.

    Entretanto, posso dizer-te que tenho a tal GMA950 ligada a um LCD FullHD por um conversor DVI single link->HDMI e não tenho problemas.

    Cumps.

    Miguel
     
  20. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    Estava a ver se encontrava alguma informação sobre o assunto e encontrei algo ainda mais interessante...

    Parece que afinal sempre posso ligar por cabo HDMI :P
     

Partilhar esta Página