1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

Nintendo warns against grey importing

Discussão em 'Nintendo' iniciada por zer0, 22 de Dezembro de 2006. (Respostas: 8; Visualizações: 914)

  1. zer0

    zer0 [email protected] Member

    http://games.kikizo.com/news/200612/076.asp

    nintendo is evil...:004:
     
  2. timber

    timber Zwame Advisor

    Podiam contratar os advogados da Sony que já estão batidos nisto de espezinhar contornadores de lock
     
  3. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    Se comprar uma DS Lite será uma edição especial japonesa, por isso não se metam com ideias, ou querem os 150 euros ou não querem.

    Sou totalmente a favor da importação a partir do momento em que o hardware/software em questão não é disponibilizado no nosso mercado. Quem me vai condenar por importar um Jump Superstars que por questões de licenças nem pode sair na europa?

    Software japonês tanto os americanos como os europeus não entendem nativamente à partida por isso até têm "diga-se" pouco a temer. Entre America e Europa... depende de fazerem um bom trabalho e não distancias de meses entre o lançamento lá e o lançamento cá, ou vice-versa.
     
  4. eyeliner

    eyeliner Power Member

    Não sei o porquê de haver tanta coisa.

    Vamos a ver:
    Isto é básico. O mesmo se passa nos filmes. Há certo software/filmes que simplesmente não
    passaram pela legalização no território onde entraram. Notem o caso da Alemanha. Os jogos que
    são para maiores de 16 e têm sangue ou símbolos nazis simplesmente não entram. É preciso que
    o software/filme seja catalogado para que faça parte do mercado.

    Não é difícil de perceber o que aqui se passa. Jump Superstars, anyone? Pois é. É impossível que
    esse jogo saia do Japão a não ser que uma companhia seja louca o suficiente para pagar os
    direitos das séries que integram o jogo aos seus legítimos donos fora do Japão. Ninguém o faz, o
    jogo não aparece.

    Acordem malta. O freguês neste caso não manda. Há muita coisa aqui por trás. A mim nem me faz
    diferença. Alguns dos jogos considerados obras primas lá no Japão e que a malta chora por ver cá
    a mim simplesmente passam ao lado. O estilo japonês por vezes (para mim) é cansativo.

    Se fossem RPGs, até me preocupava mais. Mas esses já aparecem por cá em bom número. Agora,
    esses jogos só para o estilo, deixem-nos lá que ficam bem.

    Não os confundas com a sony, timber. Eles falam de jogos, simplesmente. A Sony atacou a Lik-Sang por causa de sistemas (isso sim é estúpido).
     
  5. zer0

    zer0 [email protected] Member


    Sim pq a nintendo usa a lei para defender os seus direitos e isso é porreiro, a sony faz a mesma coisa e é o fim do mundo.

    :x2:
     
  6. xernobyl

    xernobyl Power Member

    Não percebo isso. Os lucros não acabam por ir todos para o mesmo lado? Queixam-se de fair play no mercado? Fair play era ser tudo ao mesmo preço em todo o lado! Se é mais barato noutro sitio porque é que não podemos comprar lá?
     
  7. ToTTenTranz

    ToTTenTranz Power Member

    Acho que esta iniciativa é contraproducente para o mercado dos videojogos a nível mundial e só incentiva a pirataria.

    Tem-se pena.
     
  8. xernobyl

    xernobyl Power Member

    Desde que metam cracktros não tenho nada contra a pirataria! :D
     
  9. eyeliner

    eyeliner Power Member

    Se a nintendo vier dizer que se importarmos uma DS/Wii do Japão, fazemos mal, então torna-se
    igual à Sony. Cai no ridículo. Com jogos as coisas são bem diferentes.

    Mas deixa-os lá estar.
     

Partilhar esta Página