NOS FTTH

celituhh

Power Member
Portanto, a linha de fidelização tenta fidelizar sugerindo a migração, mas como depois não migram, o cliente continua livre de mudar para a concorrência.

E entretanto arreliaram o cliente, reduzindo a vontade deste em continuar cliente.

É de facto uma estratégia brilhante.
Não é grande estratégia, é verdade. Por isso é que não percebo como a retenção continua a fazer esse tipo de propostas.

Há alguma falta de comunicação lá dentro, pois não creio que fossem inventar uma coisa dessas e mandar equipas ao calhas. Isso tem custos para a empresa.

De qualquer forma, as zonas HFC que receberam FTTH, vão ser migradas. Mas só quando a NOS o quiser fazer nessa zona específica. De forma gradual estão a fazê-lo. É chato, mas é o que é.
 

tomas_loeps

Power Member
A NOS ganhava era em arrepiar caminho o mais depressa possível e começar a fazer as migrações em massa onde já tem FTTH disponível. Mas a falta de organização dentro da empresa parece ser algo crónico. É pena porque têm-se esforçado para melhorar a rede e as infraestruturas (o mais difícil) e depois acabam por dar tiros nos pés por causa de burocracias de secretaria...
 

celituhh

Power Member
A NOS ganhava era em arrepiar caminho o mais depressa possível e começar a fazer as migrações em massa onde já tem FTTH disponível. Mas a falta de organização dentro da empresa parece ser algo crónico. É pena porque têm-se esforçado para melhorar a rede e as infraestruturas (o mais difícil) e depois acabam por dar tiros nos pés por causa de burocracias de secretaria...
Isso é 100% verdade, mas ao mesmo tempo a NOS tem também que garantir equipas técnicas suficientes para as novas adesões.

Na minha experiência por vezes o prazo de instalações novas ultrapassa 1 semana, pois pelo menos nesta zona a NOS tem conquistado bastante mercado.

Obviamente que esta é uma questão difícil de gerir pela empresa. Seria necessário reforçar o número de equipas.

Do ponto de vista da logística, parece óbvio que é mais fácil fazer essa migração por zonas. Mas sem dúvida que isso vai-lhes custar aqueles clientes com menos paciência para esperar, e com razão.
 

Rikardz

Power Member
De qualquer forma, as zonas HFC que receberam FTTH, vão ser migradas. Mas só quando a NOS o quiser fazer nessa zona específica. De forma gradual estão a fazê-lo. É chato, mas é o que é.
Não está a haver migração nenhuma. Migração implicaria mudar de tecnologia hfc>ftth ou vice-versa e isso não acontece.
Sempre que há um novo cliente em zona FTTH construção NOS, construido em 'cima' de HFC, o mesmo é instalado em FTTH.

A NOS ganhava era em arrepiar caminho o mais depressa possível e começar a fazer as migrações em massa onde já tem FTTH disponível. Mas a falta de organização dentro da empresa parece ser algo crónico. É pena porque têm-se esforçado para melhorar a rede e as infraestruturas (o mais difícil) e depois acabam por dar tiros nos pés por causa de burocracias de secretaria...
Tens que ter em conta que a migração em massa, não é desliga aqui e liga ali. O modelo de ligação HFC não é igual ao FTTH, por isso não é assim tão simples como o rodar de uma chave.
 

Rubenzito

Power Member
E esta questão da moradas também não ajuda, e penso que muita parte destas confusões de migração passem por ai.
No meu caso a minha morada tem número e lote.
No teste de cobertura:
Se pesquisar pela morada completa, dá-me a tecnologia HFC como cobertura.
Se pesquisar a morada colocando só o número já tenho cobertura ftth ( que é a situação actual)

Eles em vez de actualizarem o cadastro da morada completa, fizeram um novo com a morada incompleta e a dizer que tinha ftth.
 

tomas_loeps

Power Member
Tens que ter em conta que a migração em massa, não é desliga aqui e liga ali. O modelo de ligação HFC não é igual ao FTTH, por isso não é assim tão simples como o rodar de uma chave.
Então quando o cliente muda para a VDF ou MEO como é?
Não chegam, instalam o FTTH e pronto? Podem fazer as ligações em FTTH e mais tarde vão então passando por zonas e desligando o DOCSIS. E podiam começar pelos clientes que vão parar à retenção dando-lhes prioridade antes que mudem e iam deixando para o fim os outros que não se queixam. Não sei... Pelo menos ter alguma estratégia ou noção sobre o que fazer e como fazer, coisa que nem parece existir de todo neste momento...
 

Rikardz

Power Member
Então quando o cliente muda para a VDF ou MEO como é?
Não chegam, instalam o FTTH e pronto? Podem fazer as ligações em FTTH e mais tarde vão então passando por zonas e desligando o DOCSIS. E podiam começar pelos clientes que vão parar à retenção dando-lhes prioridade antes que mudem e iam deixando para o fim os outros que não se queixam. Não sei... Pelo menos ter alguma estratégia ou noção sobre o que fazer e como fazer, coisa que nem parece existir de todo neste momento...
Não é isso que estou a referir. Estamos a falar de migração em massa de HFC para FTTH (ou vice-versa falando de todas as opções). Só o operador NOS tem essa possibilidade. Nem meo nem vdf tem HFC.

Sobre a parte da estratégia... Podemos todos em mera cavaqueira apontar muitos pontos de ambas perspectivas. E eu sou o 1º a dizer que acho uma politica errada a referência de "fibra está aí" ou algo parecido, a questão da retenção dar espectativas erradas, etc. No entanto, também acho que não devemos ser ingénuos e achar que se a migração não aconteceu, num operador da dimensão da NOS, "se calhar".... há motivos para isso. Financeiros, contratos a honrar, etc. Por uma empresa não anunciar, ou não se souber publicamente a sua estrégia, não significa ausência dela. Atrevo-me a dizer que por ventura, a larga maioria de nós, faria o mesmo. (isto referente a migração). Também tenho que deixar aqui uma nota, que mesmo aqui no subtópico há muita desinformação debitada que gera confusão e até espectativas defraudadas. (coisas como: "tenho um amigo que migrou").
 

tomas_loeps

Power Member
Não é isso que estou a referir. Estamos a falar de migração em massa de HFC para FTTH (ou vice-versa falando de todas as opções). Só o operador NOS tem essa possibilidade. Nem meo nem vdf tem HFC.

Sobre a parte da estratégia... Podemos todos em mera cavaqueira apontar muitos pontos de ambas perspectivas. E eu sou o 1º a dizer que acho uma politica errada a referência de "fibra está aí" ou algo parecido, a questão da retenção dar espectativas erradas, etc. No entanto, também acho que não devemos ser ingénuos e achar que se a migração não aconteceu, num operador da dimensão da NOS, "se calhar".... há motivos para isso. Financeiros, contratos a honrar, etc. Por uma empresa não anunciar, ou não se souber publicamente a sua estrégia, não significa ausência dela. Atrevo-me a dizer que por ventura, a larga maioria de nós, faria o mesmo. (isto referente a migração). Também tenho que deixar aqui uma nota, que mesmo aqui no subtópico há muita desinformação debitada que gera confusão e até espectativas defraudadas. (coisas como: "tenho um amigo que migrou").
Eu acho que só o simples facto de pessoas dentro da NOS dizerem coisas diferentes, por si só, já indica que algo não faz sentido dentro da empresa e que não parece haver nenhuma explicação lógica para isso sem ser falta de comunicação ou organização, mas ok
Sobre o primeiro parágrafo não percebi nada.
 

nickie

Power Member
eu também acho que as pessoas falam muito de barriga cheia. Há dias vi uma notícia qualquer que a Virgin no UK tinha acabado a conversão da sua rede HFC para docsis3.1, coisa que a NOS fez há uns 2 anos. Todos nós gostariamos de ter fibra (eu incluído) mas enquanto HFC servir, bem podem chorar que a NOS não vai mudar investimentos apenas porque queremos ganhar uns ms em speedtests. Se a NOWO começar a oferecer velocidades simétricas em força na sua rede (ao que parece já está a acontecer com pelo menos um caso de um user com velocidade simétrica 1gbps; vamos lá ver o que vão fazer quanto à PUR!) e a MEO e Vodafone acompanharem, aí o cabo pode ficar em desvantagem. Mas mesmo assim, há clientes com 120/20 e 200/20 e ninguém morre por isso. Por isso, faz todo o sentido continuar a haver cabo nas zonas já cabladas, aproveitando a NOS para expandir a fibra para zonas não servidas por cabo.
 

tomas_loeps

Power Member
u também acho que as pessoas falam muito de barriga cheia. Há dias vi uma notícia qualquer que a Virgin no UK tinha acabado a conversão da sua rede HFC para docsis3.1, coisa que a NOS fez há uns 2 anos.
Lá isso é verdade. E a ser verdade o que a NOS afirma, foram dos primeiros na Europa a usar OFDMA no upstream...
Agora, no que toca à migração, é a própria NOS que publicamente afirma a intenção de passar de cabo para FTTH. De resto, o objetivo deles era daqui a um ano terem 70% da rede em FTTH e ultimamente parece que cada vez mais a passagem de FTTH está a ocorrer em zonas que já têm HFC e não novas zonas. Portanto, também parece ser a própria NOS a ter alguma pressa nisso.

Além disso, convém também não esquecer que ter a rede fixa toda numa só tecnologia também traz ganhos de eficiência (que podem até eventualmente ultrapassar os custos com a passagem de fibra)...
 

Rubenzito

Power Member
Exacto, chega uma altura em que por exemplo, numa zona hfc que dê problemas, já gastaram mais dinheiro ai nas reparações, que gastariam se instalassem ftth.
 

hjnr

Power Member
O problema maior é se uma zona fica congestionada, pela experiência do cliente e pela sua percepção automática de que FTTH resolve todos os problemas.
 
Agora não param de me ligar para eu aceitar migrar para FTTH... Incomodar o cliente para nada não cabe na cabeça de ninguém.
Também passei por isso!
No dia 3/Dez aceitei a proposta da NOS fidelizar por +24 meses com a contrapartida de para Migrar HFC --> FTTH (+ Gigarouter WiFi 6 + 1 mensalidade + NetFlix 9 meses).

A retenção informou-me que não podia agendar na hora, teria de ser a Area Tecnica.
Ficaram de ligar em 2-3 dias úteis... nada! Voltei a contactar, ficaram de ligar em 2-3 dias úteis... nada.

Pior... é que sem instalarem nada, colocaram na Area de Cliente a fidelização por 24 meses, quando o acordado é que só quando instalassem o FTTH é que refidelizava...

Pergunta para queijo... alguém até agora conseguiu migrar de HFC para FTTH ao renovar por +24 Meses ?
Ou é tudo treta da retenção para tentar agarrar os clientes e depois começam a protelar sucessivamente ?
É que no meu caso, ficaram de contactar 2x (hoje vieram com a mesma conversa, seria a 3ª vez) e nem aí, nem ui... zero, não dão qualquer cavaco ao cliente.

Fracos, muito fracos!
 

WaterGun

Power Member
Também passei por isso!
No dia 3/Dez aceitei a proposta da NOS fidelizar por +24 meses com a contrapartida de para Migrar HFC --> FTTH (+ Gigarouter WiFi 6 + 1 mensalidade + NetFlix 9 meses).

A retenção informou-me que não podia agendar na hora, teria de ser a Area Tecnica.
Ficaram de ligar em 2-3 dias úteis... nada! Voltei a contactar, ficaram de ligar em 2-3 dias úteis... nada.

Pior... é que sem instalarem nada, colocaram na Area de Cliente a fidelização por 24 meses, quando o acordado é que só quando instalassem o FTTH é que refidelizava...

Pergunta para queijo... alguém até agora conseguiu migrar de HFC para FTTH ao renovar por +24 Meses ?
Ou é tudo treta da retenção para tentar agarrar os clientes e depois começam a protelar sucessivamente ?
É que no meu caso, ficaram de contactar 2x (hoje vieram com a mesma conversa, seria a 3ª vez) e nem aí, nem ui... zero, não dão qualquer cavaco ao cliente.

Fracos, muito fracos!
Pois, é isso que me está a acontecer, vou mesmo rescindir e tentar num novo NIF ver se instalam FTTH, migração é impossível, não percebo porque continuam a tentar dar a banhada na malta...
 

ELgatu

Power Member
boas

uma dúvida muito rápida de esclarecer aqui para alguns :P

tenho net 500/100 e um gigarouter 5.0 V1 (cilindrico), eu sou FTTH? certo?

Cumprimentos
 
Pois, é isso que me está a acontecer, vou mesmo rescindir e tentar num novo NIF ver se instalam FTTH, migração é impossível, não percebo porque continuam a tentar dar a banhada na malta...

Quando acertaste a renovação por +24 meses não te colocaram logo fidelização na area de cliente ?

No meu caso apos 2 dias, sem terem feito qualquer alteração, e sem ter recebido qualquer contacto dos serviços técnicos (como tinha sido acordado...) colocaram logo a fidelização.
 
Topo