1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. COVID-19 Mantenham-se seguros: Pratiquem distanciamento físico de 2 metros. Lavem as mãos. Fiquem em casa.
    Informação sobre COVID-19. Ajuda a combater o COVID-19 com o [email protected] e com o [email protected].
    Remover anúncio

Novas aquisições - Ler o primeiro post (updated)

Discussão em 'Recomendações de Equipamento' iniciada por Rui Marto, 6 de Julho de 2009. (Respostas: 3708; Visualizações: 292244)

  1. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    Depois dá feedback. O preço não é muito elevado para que mesmo que te arrependas ficares doente :) E o material é de qualidade. Mesmo que não uses a correia se no futuro comprares outra correia da marca aqueles adaptadores à câmara ficam no equipamento e não precisas de andar sempre a tirar e a colocar.

    Eu gosto imenso de mochilas e o preço acaba por ser proporcional à qualidade na maioria dos casos e à proteção / conforto. Teres uma alça muito fina quando começas a colocar peso passado pouco tempo começa a ser desconfortável. Se levas uma máquina fotográfica, uma ou duas lentes caras e um flash por exemplo que muitas vezes pode ficar perto ou ultrapassar 2000€ e/ou o portátil eu prefiro que a mochila tenha proteção e isso não se consegue na mochila de 40€. O que digo sempre às pessoas é simples. Esperem e comprem algo melhor do que andar a comprar algo que se entraga mais depressa, não protege nada e depois estragaram a máquina, o portátil ou uma lente. E eu até hoje, pode mudar amanha, nunca parti um ecrã de um telemóvel.

    É a minha opinião, aceito quem discorde :)
     
  2. TheMadyor

    TheMadyor Power Member

    Parecem-me valores completamente exagerados. Quando li a primeira vez pensei que tivesse sido uma ida a Fátima ou a Santiago de Compostela. A visitar cidades parece-me improvável... Já visitei algumas cidades e farto-me de andar e não me lembro de sequer ter passado os 15km. Fazer 135km em 6dias... Como chegaste a esses valores?
     
  3. APedro

    APedro Power Member

    Exagerado?

    Há cidades e cidades.

    Há sítios onde é obrigatório andar, a experiência passa mais por caminhar nesses sítios do que te moveres por transportes.

    Só mesmo quando sou obrigado é que o faço e é se não puder ir de bicicleta.

    [​IMG]

    Já na viagem que fiz a Itália andei por estes valores.
     
    Última edição: 17 de Janeiro de 2020
  4. TheMadyor

    TheMadyor Power Member

    Sim. Já visitei N cidades e houve algumas em que me fartei de andar e nem nunca me cheguei perto de esses valores. Isso não inclui transportes, táxis, bicicletas?

    Vou lá em Setembro, se tiver como medir e depois me lembrar depois partilho.

    Sorry pelo OT
     
  5. APedro

    APedro Power Member

    Infelizmente não consegui andar de bicicleta.

    Faço facilmente > 10km aqui por Lisboa a fotografar. Por isso não acho muito numa cidade estrangeira fazer mais que isso.

    Faz isso e vais ver que, provavelmente, te vais surpreender com a distância que percorres.
     
  6. m4ndr4ke

    m4ndr4ke Power Member

    Eu, em modo turista, costumo fazer uns 10 a 15km/dia, não mais. E mesmo assim já faço questão de recorrer aos transportes locais.
    Não sou o tipo de pessoa que tenta percorrer todos os locais e mais alguns em meia dúzia de dias, numa azáfama. A minha energia (e a paciência) não chegam para tanto. Geralmente até tento tirar um dia, ou pelo menos meio dia, em que pouco ando, para garantir algum descanso.

    Voltando às malas e mochilas, eu já fiz um pouco dos dois, já comprei barato e já comprei caro. Neste caso de fotografia, a partir do momento em que me vi com uns 1000€ de material ou mais, apostei logo na compra de pelo menos um saco robusto.
    Numa área em que mesmo o material mais barato costuma começar nos 3 dígitos, para mim é essencial sentir que tenho o equipamento bem protegido.
    Por acaso agora não tenho este modelo que vou referir, mas se eu partisse até mesmo uma "mísera" 50mm f/1.8 da Canon, facilmente gastava 100€ para arranjar outra. Para mim, só isso já justifica os 100€ num saco ou mochila (sabendo que nunca se anda só com isso no saco). Acontecendo alguma coisa, o mínimo que se pode estragar já sai caro.

    Actualmente, quando viajo, nem levo o portátil, e arranjei um tablet Lenovo que não é nada de especial, onde instalei Lightroom e pus o maior cartão de memória que ele pode levar, para despejar para lá fotos.
     
  7. matavelhos

    matavelhos Power Member

    Ora boas, como tinha dito há uns tempos, adquiri material para um mini-mini-micro pseudo-estúdio em casa.

    Comprei um flash, um trigger, umas pinças (4), uma sombrinha refletora com difusor, um suporte para a sombrinha e para o flash e um refletor para o flash (porque sim.. Se calhar nem o vou usar)

    Com a excepção do flash e trigger que vieram da amazon.es, tudo o resto veio da feira chinesa, ali coisas… A sombrinha parece-me de uma qualidade aceitável, as pinças são fortes e do tamanho certo para o que queria, o suporte é que pronto, podia ser melhor um bocadinho. A forma de apertar e desapertar deixa um bocadinho a desejar, sendo por vezes assim um bocado mais complicado. Sinceramente, havia um produto na amazon the neewer que tinha aspeto de ser melhorzinho, mas quis poupar uns €. Agora arrependo-me um bocado.

    O flash veio numa caixa bastante agradável com aparência mais premium, mas a qualidade do produto em si não é premium (como é óbvio). Nota-se bem que é feito daquele plástico mais rasca, mas funciona bem e é fácil de configurar. Veio também com um livro de instruções bastante completo e com muita informação útil. Os triggers são muito simplezinhos e fazem o que é pedido.

    Pelo meio arranjei um tecido preto que penduro no varão das cortinas da sala, preço com as piças, monto o tripé com a sombrinha e com o flash, banquinho à frente do pano e pronto, já dá para ir testando e brincando um bocado.

    Seguem as fotos.
    [​IMG][​IMG][​IMG]
     
  8. Lyp

    Lyp Power Member

    Boa cena. Agora é dar uso.

    Qualquer dia, arranjas um Neewer TT560 baratinho, e ficas com um segundo ponto de luz, a disparar por simpatia... Não é preciso mais nada.

    Essa Sombrinha com esse difusor à frente, parece uma soft box.

    Se puderes, coloca aí o link do tal suporte neewer para flash que viste e não compraste.


    Siga para os clicks ;)
     
  9. matavelhos

    matavelhos Power Member

    Não tenho literalmente espaço para mais, até com este setup fica apertado. Viver num T1 e montar uma coisa destas não é fácil. A não ser que pegue nisto e vá para a garagem. Aí talvez conseguisse algo melhorzito.
    Confesso que ainda não sei bem as diferenças entre as duas coisas. Basicamente apontas o flash para dentro, faz bouncing no material refletor e depois passa no difusor. Se calhar é mais softbox mesmo.

    Basicamente estou a imitar o setup deste video



    Confesso que me sinto estúpido por não ter comprado esse. Tinha outro suporte e já trazia o adaptador para colocar no tripé. Mas na altura pensei que o 2º suporte não me iria fazer falta (e provavelmente não vai), e que como já ia gastar um monte de €, mais valia poupar algum… Comprei este e depois ainda tive que mandar vir esse adaptador, porque ele não o trazia.

    https://www.amazon.es/dp/B07CTCR5XD?tag=tropicalpricees-21&linkCode=ogi&th=1&psc=1

    Neste momento falta chegar os refletores.

    Depois é convidar umas pessoas para umas sessões de retratos. Ando a testar comigo mesmo, mas é complicado acertar o foco. Se bem que, estou a usar a 50mm a 1.8, podia fechar a lente para ter um DoF maior e facilitar a coisa -.-. Fica para logo testar isso eheheh
     
  10. Lyp

    Lyp Power Member

    Obrigado pelo link.

    Sim, essa sombrinha é tipo uma softbox, mesmo. A soft box terá um efeito idêntico, apenas costuma ter mais qualidade, e algumas têm 2 difusores (2 panos brancos), e permitem por aquela Grid, para não vazar tanto a luz.

    Para acertares melhor o foco, coloca algo no sitio onde tencionas ficar, e fecha o diafragma... Tal como estavas a dizer... E compensas a luz no flash. Tens que ter atenção só à fotometria para a luz ambiente.

    A segunda luz, não exige muito espaço... Uma luz por trás / lateral para fazer luz de recorte, quase não precisa de modificador... E deixa a coisa diferente.

    Mas sim, o espaço é um problema para brincalhões como nós :)
     
  11. APedro

    APedro Power Member

    Hoje fui trocar a X-Pro2 por uma X-H1 com grip e respectivas baterias originais. A máquina estava nova, não foi usada uma única vez.

    [​IMG]

    Tenho de vir dar o braço a torcer, há cerca de dois anos lembro-me de discutir com o Emanuel a importância de IBIS num equipamento. Sempre disse que não precisava mas a verdade é que senti falta na última viagem que fiz.

    Ganhei no EVF e no IBIS. A X-Pro2 é lindíssima mas não consigo preferir o estilo rangefinder ao SLR.
     
  12. Natto

    Natto Power Member

    Maravilha. Quando houver aqui no meu dealer vou comprar para experimentar. O pessoal fala maravilhas sobre essa maquina. Era a que tinha em vista com a X-T2 na altura.

    Quais sao as lentes que tens?
     
  13. APedro

    APedro Power Member

    Neste momento tenho X-T2 e X-H1 com a 16-55 f2.8, 55-200 e 35mm f2.

    A próxima a vir para completar o set é a 16mm f2.8.

    É inacreditável o shutter da X-H1, só usando mesmo é que se tem noção do que se refere o pessoal quando fala tão bem dele.
     
  14. MylleZ

    MylleZ Power Member

    E essa 16-55?
    É boa?
    Quando poderei a X-T20, ia acompanhar com essa lente...
     
  15. Natto

    Natto Power Member

    E' uma das coisas que tenho curiosidade em experimentar. Dizem que e' tao sensível e isso e' parte integrante do sistema IBIS como um todo.

    Podes descrever o sistema de focagem da X-T2 no que respeita ao eye detect? Qual a distância máxima que podes estar para que detecte o olho?
     
  16. APedro

    APedro Power Member

    Não posso ainda falar com muita propriedade porque não a tenho há muito tempo nem a usei assim tantas vezes mas custava-me a crer que uma zoom fosse tão boa como a 16mm f1.4 e 56mm f1.2..

    A verdade é que o pouco que usei não achei que ficasse atrás destas duas.

    É grande e pesada, mas para a rua uso primes.


    Não serei a melhor pessoa para falar no eye detect, uso mas para além de não ter outras referências não faço assim tanto retrato. Acho o desempenho bom mas acredito que comparado com o da Sony, por exemplo, fique atrás.
     
  17. Natto

    Natto Power Member

    Sim, fica atrás porém não pelo que li não é muito má. Mas não sei é como se porta no dia a dia. Por exemplo a distância máxima a que se pode estar do sujeito é e seguir, pois o sujeito pode estar a fazer podes, é que me interessava muito. Vou mesmo ter que pôr as mãos numa.
     
  18. Natto

    Natto Power Member

    Porque a 16 f/2.8 e não consideras a 18 f/2?
     
  19. APedro

    APedro Power Member

    é mais lenta a focar, o movimento do AF é externo e sofre bastante de aberrações cromáticas. Lembro-me de a achar fraca nos cantos.

    Não a considero uma má objectiva mas é das primeiras objectivas XF e, tendo em conta que a 35mm f2 é uma das minhas objectivas preferidas, só consigo imaginar ir para a 16mm f2.8.

    Mas tenho um amigo a vender uma 18mm f2.8 e vou dar-lhe mais uma oportunidade (quero começar a usar zone focusing e, por isso, até estou mais interessado em lentes manuais grande angulares).
     
  20. ChUk

    ChUk Power Member

    Esta semana tive para a comprar. Vi na Amazon.it a 530€ em "like New". Mas nem associei o preço. Quando me caiu a ficha e lá fui, já não havia. Tenho de ficar à espera por outro negócio destes.

    Tenho é receio que os 16mm não sejam wide enough.
    É para substituir a lente kit e uma samyang 12mm.