1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Número de vírus destinado a aplicações de IM e telemóveis continua a crescer

Discussão em 'Telemóveis' iniciada por RavenMaster, 4 de Abril de 2005. (Respostas: 0; Visualizações: 558)

  1. RavenMaster

    RavenMaster Power Member

    "O volume de worms destinados a serviços de instant messaging e telemóveis têm vindo a registar um grande crescimento, segundo revela a Trend Micro no seu último relatório trimestral. É cada vez maior o número de criadores de malware que opta por estas vias para propagar as suas criações, em detrimento do e-mail, revela a empresa de segurança informática.

    Três das seis epidemias documentadas no primeiro trimestre de 2005 foram geradas por uma sub-espécie de worms que se propaga através de aplicações de mensagens instantâneas. Dois destes worms IM inseriam worms robot nos sistemas infectados.

    O aumento do número de worms destinados a aplicações de IM pode atribuir-se igualmente à disponibilização pública dos seus códigos de origem, deste modo facilmente acessíveis ao mundo do crime informático.

    As ameaças móveis também continuam a crescer, com dez novos tipos de malware descobertos neste trimestre. Além do aumento em número, está igualmente a registar-se o aparecimento de rotinas mais sofisticadas, indiciando que as ameaças wireless se irão tornar fenómenos regulares no mundo do malware. Depois do Cabir e do Skulls, ameaças de 2004, os últimos tipos de código malicioso destinado a software para telemóveis incluem o Vlasco, Locknut, Comwar, Dampig e Drever.

    Neste últimos três meses, a Trend Micro registou 7.598 novos tipos de malware, um valor 200 por cento superior ao último trimestre e 300 por cento ao mesmo período do ano passado. Ao ultrapassarem a marca dos 7.000 códigos maliciosos, estes três meses representaram para a empresa um valor recorde de registos. "

    fonte
     

Partilhar esta Página