1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Encontrem os preços mais baratos dos componentes no Comparador ZWAME. Partilhem o link nas sugestões que apresentam.
    Remover anúncio

Nunca mais comprarei um portátil Asus

Discussão em 'Aquisições/Upgrades Portáteis' iniciada por nickie, 1 de Fevereiro de 2008. (Respostas: 39; Visualizações: 4226)

  1. nickie

    nickie Power Member

    Viva,

    Como o próprio título do tópico indica, a minha experiência com um portátil Asus apenas me trouxe problemas e por isso nunca mais comprarei um portátil da Asus e aconcelho a qualquer utilizador que esteja a pensar comprar um portátil que não opte pela Asus.
    Nesta thread do notebookreview podem ler a minha aventura com a Asus em que o meu computador A8Js teve de ser enviado 3 vezes para reparação em menos de um ano. Quando tiver tempo traduzo para PT, mas de momento o trabalho é muito. A ideia geral é a seguinte:

    - computador comprado a 30 de Janeiro/2007;
    - Enviado para reparação por problema na ventoinha em Maio/2007. 1 semana para reparar.
    - Enviado para reparação por problema na ventoinha em Outubro/2007. 1.5 semanas para reparar
    - Enviado para reparação por problema na dobradiça esquerda em Janeiro/2008. 1 semana
    - no total, cerca de 3.5 semanas sem o computador em menos de 1 ano de utilização.
    - Foi pedido à Asus a troca do computador ou reembolso mas foi declinado.

    Sou utilizador de portáteis há cerca de 12 anos, tendo já comprado cerca de 6 computadores (desde HP, Toshiba, Airis (até estes me deram menos problemas)). O HP e o toshiba que tive nunca deram qq problema e são bem mais antigos que o A8Js (o HP apenas teve de trocar disco mas isso foi por minha culpa). Nunca tiveram manutenção (qual limpeza de circuito de arrefecimento, qual quê!!!) e nunca tiveram de ser reparados. O A8js já teve 3 problemas em menos de um ano. Se repararem neste tópico do A8Js as queixas dos utilizadores são mais que muitas. Para um portátil caro (€1600), os problemas são mais do que muitos e ficam a dever-se, acima de tudo, à falta de qualidade de construção do portátil e à falta de acompanhamento da Asus dos produtos que lança.

    No entanto, este não é um problema que se restringe apenas ao A8Js. Como podem ver no forum do notebookreview e pelos comentário que já tive no post que lá coloquei, são vários os actuais modelos da Asus que têm tido problemas, os quais a Asus não resolve nem assume responsabilidade. Enganam-se se julgam que são apenas os modelos mais baratos, pois há relatos de V1, V2, V6, VX e afins que têm tido imensos problemas. Os problemas não se ficam apenas pela falta de qualidade na construção dos computadores (como é notória no A8Js) mas falta de apoio no desenvolvimento de software/firmware (que deixa de ser actualizado poucos meses depois de os modelos terem sido lançados) o que deixa os consumidores pendurados ou a arranjar entorces para lhes resolver os problemas. Ex. no A8js a última BIOS postada no site da Asus é a 211 apesar de há cerca de 1 ano existir a 213 na internet. Com a BIOS 211, caso se actualize os drivers da nvidia para os mais recentes perde-se o controlo da brightness do monitor. Com a 213 isso não acontece, mas esta não está no site da Asus.

    Sou utilizador Asus há alguns anos (motherboards, routers, etc) e nunca tive razões de queixa. No entanto, ao nível do portátil a experiência tem sido horrível. O apoio técnico pode ser bom (não tenho grandes razões de queixa), mas não é suposto que o portátil tenha de ser reparado 3 vezes em menos de um ano. A Asus não quer saber disso para nada.

    Fica aqui a minha opinião. Espero que seja útil para alguns de vós que estejam a ponderar comprar um portátil e que o querem para trabalhar. Não se deixam levar pelas característica técnicas e por eventual efeito halo da marca Asus. Esse não existe nos portáteis. Podem arranjar uma máquina com excelentes specs, mais barata que a concorrência, mas a probabilidade de ficarem sem ela várias vezes durante a garantia pode ser elevada. Comprei extensão de garantia, pelo que ainda vou ter mais 2 anos deste calvário, isto se entretanto a Asus não me trocar o portátil, o que duvido muito.

    Keywords: Asus, construção, problemas, aquecimento, plástico, garantia, troca, devolução, portátil, A8Js, apoio técnico, compra, qualidade
     
    Última edição: 5 de Fevereiro de 2008
  2. JarimbaG1S

    JarimbaG1S Power Member

    Isso foi puro azar...
    Todas as marcas têm os seus problemas, inclusivé as mais prestigiadas com a Dell, a Apple, a HP, a Toshiba, Asus, entre outros...
    No caso da Asus, as dobradiças é já um "clássico", acontecendo à maioria dos utilizadores.
    Na HP, por exemplo o dv9684ep teve problemas com as baterias e com alguns LCD colocados (uns de boa qualidade e outros de qualidade de feira...).
    Os problemas comuns dependem de marca para marca, e às vezes, do que os utilizadores fazem dele.
    Sou utilizador de um Asus, e até à data, sem qualquer tipo de problemas.
     
  3. nothing

    nothing Power Member

    Tiveste azar, mas se estivesse na tua pele tomaria a mesma decisão. Nunca mais compraria nada de uma marca que me desse tantos problemas.
     
  4. apocalypto

    apocalypto Power Member

    JarimbaG1S:

    No caso da Asus, as dobradiças é já um "clássico", acontecendo à maioria dos utilizadores.
    -----------------------------

    Clássico? O que acontece com as dobradiças?

    Cumps
     
  5. luis_pedro_Sato

    luis_pedro_Sato Power Member

    O computador em termos de performance é granda maquina, mas os plasticos é do pior.
    Tenho o geralmente ligado 24/7 a sacar, jogar e ver filmes com um ecran, teclado e rato e mesmo assim tem a tampa cheia de riscos.
     
  6. m00s

    m00s Power Member

    ...nao digas "nunca" pois as coisas mudam bastante e ainda tens uma carrada de anos de vida! :D

    mas tb estou de acordo com a tua forma de "protesto", de qualquer modo (e como ja disseram) isso acontece em várias marcas...e nao é só a nivel de portáteis infelizmente.

    inevitávelmente nao tens qualquer tipo de garantia em que os aparelhos nao se avariem e corras o risco de teres um péssimo serviço de apoio ao cliente. Há aqueles a quem corre tudo de um modo exemplar e os outros que parecem pagar por todos...
     
  7. JarimbaG1S

    JarimbaG1S Power Member

    As dobradiças começam a ficar um bocado "soltas"/folgadas. No modelo de 12,1'' chegam mesmo a partir.
     
  8. m00s

    m00s Power Member

    este meu último tem 3 anos e nunca teve problemas...excepto a bateria que já é a 2ª.

    as dobradiças ainda tem força e nao se mexem. a unica coisa a reclamar foi só o leitor de cartoes (pcmcia), que nunca funcionou com MS Pro Duo.

    ja tive outros 2 asus e tb n tive problemas drante a sua vida...excepto o ruido do dissipador num deles (mas foi sempre assim).

    ja tive um compaq e tive N problemas no SAC...apesar de ser topo de gama na altura.

    ..fiz questão de nao comprar compaq's num futuro proximo e agora tb nao tenho razoes para voltar pois há muitas outras opçoes.
     
  9. balute

    balute Power Member

    Também sou possuidor de um Asus com quase 1 ano, e até sem problemas de construção.

    As dobradiças já não são tão fortes como no início, mas se isto se tornar grave, não vou hesitar em abrir o portátil e tentar arranjar, tal como fiz quando o disco vibrava em demasia.

    A ventoinha também não está tão silenciosa como antes, mas daqui a uns dias vai levar uma limpeza. :P

    Também pus a hipótese de comprar um A8Js na altura, mas o que me levou a evitá-lo foi precisamente a inferior qualidade de construção.
     
  10. nickie

    nickie Power Member

    Posso ter tido azar, mas a Asus já podia ter tentado resolver o problema. Aliás, desta última vez ofereceram-me uma bateria e mais 3 meses de garantia, o que significa que eles estão conscientes que o computador tem problemas. No entanto, em vez de o tentarem resolver assobiam para o lado. Não ceitei a bateria porque aminha ainda só tem 7% de wear e porque o computador passa a maior parte do tempo ligado à corrente. Quanto à garantia tb não caeitei porque comprei extensão de garantia que me cobre por mais 2 anos, ou seja, mais 3 meses não me servem de nada.

    Quanto à utilização do mesmo: só sai 1 vez por semana de casa. Os plásticos quase não tinham riscos. O computador é mito bem tratado uma vez que não é o meu primeiro portátil e porque tenho cuidado com as coisas. É que €1600 custam a ganhar e eu preciso do computador para trabalhar.

    Em termos de performance não tenho nada a apontar. No entanto, de que vale performance se a uma boa parte do tempo o computador está para arranjar?

    Pois, mas o que parece é que as séries mais recentes (desde início de 2006) têm tido imensos problemas. Pode ser que a Asus para ganhar mercado, principalmente por ter entrado em força no US, tenha feito a opção de quantidade em detrimento de qualidade e os consumidores é que sofrem.

    Na altura não reparei bem na qualidade de construção. Como era um modelo novo (já havia outros A8 mas o A8js tinha acabado de sair) havia poucas reviews negativas quanto ao modelo. Aliás, no notebookreview existem reviews a dizerem que a qualidade de construção era boa. Veio a verificar-se que não. No entanto, por €1600 não estava à espera que a qualidade de construção fosse tão má. €1600 é o preço de um computador de topo de gama e não de linha de consumo normal. Se fosse este o caso, estaria caladinho e considerava que por €1000/€1100 não poderia querer mais. Não é este o caso.
     
    Última edição: 2 de Fevereiro de 2008
  11. Daniel Maia

    Daniel Maia Colaborador
    Staff Member

    Lá por teres tido um Asus..e por azar acontecer-te esses problemas...e dizer logo que asus é uma porcaria e que já não aconselhas a ninguém não acho correcto...

    O meu irmão tem um F3JC e tá aqui a bulir impecável...como eu já vi muitos users com portáteis asus e 0 problemas.

    abraço
     
  12. nickie

    nickie Power Member

    Daniel Maia,

    No meu post onde é que me encontras a dizer que a Asus é uma porcaria? Que eu saiba em lado algum. Aliás, até vês que escrevi que foi utiilizador Asus durante vários anos sem quaiquer problemas. Foi essa aliás uma das razões que me levou a comprar Asus.Eu digo que se me perguntarem a opinião não aconselho que comprem portáteis Asus tendo em conta a minha experiência com esta linha de produtos da marca e a minha experiência com outras marcas. Tens de concordar comigo que, o facto de no primeiro Asus que tive, em menos de 1 ano ter ido para reparar 3 vezes não é algo normal e que, tendo em conta que a minha experiência com outras marcas (já lá vão 6 portáteis) ter sido consideravelmente melhor, dá-me suporte para dizer que não aconselho a marca.

    Há uma coisa que não percebo no teu post: parece que nos fóruns temos de vir dizer bem das marcas. Se tu estás satisfeito com o Asus F3 (que por sinal é dos que menos problemas tem), ainda bem para ti. Tens todo o direito a vir defender a tua decisão. Agora se eu tive os problemas que tive, tenha a Asus com uma atitude de não querer saber depois de ter ficado com os meus €1600+€120 de extensão de garantia, se calhar não vinhas para aqui diser que tinhas tido uma excelente experiência com a o portátil Asus e que voltarias a comprar. Para mim as marcas são indiferentes; é que não quero mesmo saber delas para nada. Quero é que o computador que comprei dure e trabalhe sem ter de andar sempre preocupado quando é que ele vai ter de ir a reparar outra vez e isso em menos de 1 ano. Essa experiência não tive com o Asus, mas tive com HPs e com Toshibas. Logo, a minha conclusão, decorrente da minha experiência é: não comprarei mais nenhum portátil Asus uma vez que tive uma experiência de utilização melhor com outras marcas. Para teres uma noção: Toshiba Satelite com 6 anos- 0 problemas; HP com 3 anos: o único problema que teve foi o disco que avariou porque houve uma altura que o tinha a trabalhar ininterruptamente durante 6 horas por dia sempre a ler e a escrever; está aqui ao lado sempre a dar-lhe sem limpezas de cooling system, sem dobradiças com folga, sem sobreaquecimento, sem os plásticos a partir, enfim, a trabalhar. Logo qual seria a tua conclusão?
     
    Última edição: 2 de Fevereiro de 2008
  13. Wookie

    Wookie Power Member

    A minha experiência com Asus é boa. Eu tenho agora um Asus que por sinal nem é uma máquina (X50RL) e o uso que lhe dou é apenas trabalho e não tenho tido problemas nenhuns. Para mim, a Asus sempre foi uma excelente marca a todos os níveis. Tanto em portáteis, como eu Routers, Motherboards, etc... E não tenho nenhum problema em recomendar Asus a quem me pedir uma sugestão.

    Mas eu percebo o teu lado nickie. Percebo perfeitamente que te sintas "revoltado" com a Asus. Tens todas as razões para isso, e acredita que eu também ficaria se estivesse na tua situação. Infelizmente, não deve de haver muito a fazer no teu caso porque os problemas são bem conhecidos da Asus e não querendo eles substituírem o teu computador, penso que terás que continuar assim. Olha, o que te posso desejar é boa sorte e que não tenhas problemas daqui para a frente. Fica bem.
     
  14. dppako

    dppako Power Member

    Eu tenho os mesmos problemas exactamente com o mesmo portátil... é pena, porque até gosto dele...
     
  15. asturmas

    asturmas Power Member

    nickie, nao podes dizer isso pois os problemas e o tempo até é bastante aceitável ha por ai reparaçoes a demorar 1 mes e tal cada..
    Ja agora se eles te oferecem uma bateria nova porque não aceitar? é estupido desculpa dizer..
     
  16. CesarLuc

    CesarLuc Power Member

    Já tive um Asus e não me deu quaisquer problema. Casos potuais acontecem.

    Já agora qual é a marca que tem melhor qualidade de construção?

    cumps
     
  17. JarimbaG1S

    JarimbaG1S Power Member

    A Apple, Dell e a HP.
     
  18. nickie

    nickie Power Member

    O facto de ter demorado menos de 1 mês não invalida o computador ter de ser arranjado 3 vezes em menos de um ano. Quando compro um computador é para ele trabalhar não para ter que ser enviado para arranjo todos os 4 meses. A garantia serve para cobrir eventualidades que aceito podem existir em qualquer equipamento. 3 vezes no mesmo equipamento é porque algo está mal.

    Bateria: segundo a legislação portuguesa, quando um equipamento avaria dentro da garantia são várias as soluções que podem ser tomadas: reparação, troca, devolução do montante pago ou redução do preço pago. Se aceitasse a bateria (e a extensão de garantia) poderia estar a aceitar implicitamente uma redução do preço o que me colocaria problemas numa eventual futura reparação, caso decida requerer novamente a troca ou anulação do contrato. Aliás, essa futura reparação não está tão longe quanto isso uma vez que jugo que não me montaram bem a dobradiça, já que sempre que ele está a fazer um barulho que nunca fez na dobradiça esquerda sempre que mexo no ecran. Veio de RMA há 1 semana.
     
    Última edição: 2 de Fevereiro de 2008
  19. CesarLuc

    CesarLuc Power Member

    A toshiba e a sony não têm tanta qualidade como as que referis-te?
     
  20. JarimbaG1S

    JarimbaG1S Power Member

    Esqueci-me da Sony. A Toshiba já teve melhores tempos, a nível de acabamentos.
     

Partilhar esta Página