1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

O futuro do Android vs IOS e Windows 8?

Discussão em 'Tablets' iniciada por Bugu1990, 15 de Outubro de 2012. (Respostas: 9; Visualizações: 2098)

  1. Bugu1990

    Bugu1990 Power Member

    Boas,

    Estava agora a dar a vista de olhos pelas notícias e vi no Android Authority um post que diz que nas próximas duas semanas, com o lançamento do Ipad Mini a ocorrer dia 23 de Outubro segundo todos os rumores e o lançamento finalmente da plataforma Windows 8 com os seus tablets, nomeadamente o Surface da Microsoft a 26 de Outubro, o cenário poderá ficar complicado para o Android, sobretudo na sua vertende de tablets... Como sabemos, infelizmente apesar de eu pessoalmente achar o Android uma plataforma melhor para o meu gosto e necessidades do que o IOS, o desenvolvimento de Apps para o Ipad sempre esteve à frente do android e apesar do Android ter multiplos fabricantes de tablets e modelos, a sua grande fragmentação nunca permitiu que as vendas fossem aquilo que a Google esperava...

    Aqui fica um link para o artigo:
    http://www.androidauthority.com/ipad-mini-windows-8-android-trouble-122672/

    Com base nisto, o que pensam do futuro dos tablets, computação em geral e plataforma Android?

    Cumprimentos
     
  2. touromelga

    touromelga Banido

    vai continuar haver mercado para todos, pois os sistemas open sourse(android) continuam a ser o sistema mais apelativo para algo mais tweak, para os utilizadores que gostem de personalizar mais fundo, o ios é aquilo que todos nos já conhecemos pela simplicidade para aqueles utilizadores que querem algo funcional e sem se chatear muito, o aparecimento do windows 8 nesta vertente, vem apenas desbloquear aquela parte que até agora com ios e android não se conseguia para certas e determinadas areas que há necessidade de ter a vertente windows como base...

    em questão de evolução, sim com esta entrada da microsoft neste sistemas, a nivel futuro vai haver muitas alterações a nivel geral dos sistemas de hardware ou seja vir a ter mais compatibilidade com sistemas que até a data era somente android e ios a utilizar, vamos ver o que irá surgir de inovações nos proximos anos...
     
  3. Catacang

    Catacang Power Member

    Haver concorrência é bom! Possivelmente a Apple não tinha nos planos iniciais o iPad Mini e teve de o fazer para responder aos tablets Android daquela dimensão que entretanto foram surgindo no mercado.

    Nos smartphones o Android já atingiu uma quota de mercado esmagadora, se também conseguissem obter o monopólio nos tablets não vejo como é que o consumidor seria beneficiado. No passado houve inovações trazidas por outros concorrentes, veja-se o caso do webOS e tenho pena que tablets como o HP TouchPad ou até o BB Playbook não tenham tido mais sucesso comercial.

    A história já mostrou que mesmo os gigantes com quotas de mercado muito elevadas eventualmente acabam por quebrar, veja-se o domínio que a Nokia tinha nos telemóveis e como o perdeu em muito poucos anos, se o mercado dos tablets ficar mais dividido entre Android, Windows 8 e iOS tanto melhor: todos fazem falta e também não consigo ver algum benefício numa dependência total nos serviços e produtos da Google.
     
  4. xenupy

    xenupy Power Member

    3 é o numero que deus fez... 3 sistemas operativos tão diferentes quanto estes só vai trazer mais harmonia ao mercado...

    Google/Android será sempre aquilo que o linux não conseguiu, um open source para as pessoas...

    Apple/iOS vai continuar a dominar a cabeça daqueles que querem algo que funcione e que seja bonito e não se pense muito nisso, nem que se tenha que pagar mais.

    Microsoft/Windows 8 é o sistema operativo das massas a que todos nós já estamos habituados e tudo ou quase tudo funciona...
     
    Última edição: 15 de Outubro de 2012
  5. manipulo

    manipulo Banido


    Linux não é um sistema operativo, mas sim um kernel.
    Portanto não podes comparar linux com android, uma vez que o linux é uma parte integrante de android e não um sistema á parte.

    Se quiseres comparar sistemas chama-lhe GNU/LINUX isto sim é um sistema operativo.
    Usam ferramentas do GNU e o kernel LINUX formando assim o OS.

    Quanto ao windows seja ele qual fôr (ser um sistema de massas a que já estamos habituados e tudo ou quase tudo funciona... )
    Isso é uma piada e discordo com tal afirmação.

    Sempre trabalhei com sistemas seja para calibrar, programar máquinas industriais, e nunca usei windows algum, nem sequer na aprendizagem.
    No dia a dia ou a titulo pessoal só usa esse sistema quem não procura alternativas, não se quer informar ou é obrigado a usar windows ou mesmo em ultimo caso usa essse sistema porque funciona apenas e nunca se arriscou fora desse sistema não está para se chatear.

    O que não falta hoje é alternativas eficázes, funcionais que chegam a atropelar o windows, mais económicas sem problemas e sem as tretas de sempre a que os sistemas windows já nos habituaram.

    Acredito que o Android manterá o nivel de vendas e activações, apesar de mais e novos concorrentes no mercado, o sistema Android é e continuará a ser o sistema mais versátil, adaptável e de fácil exploração por parte de quem o usa.

    ps: apesar de dizer que não usei o windows, para ser sincero já dei uns toques num pc estático a nivel do antigo XP e do Seven, apenas a titulo de como quem diz um test drive.
    Posso trabalhar perfeitamente com windows, mas não é sistema que me inspire muito.
     
    Última edição: 15 de Outubro de 2012
  6. xenupy

    xenupy Power Member

    1º) Quando disse "sempre aquilo que o linux não conseguiu" estava-me a referir as várias distros, com kernel linux como dizes, que tentaram oferecer uma alternativa (válida ao meu ver) ao windows... Ou já te esqueces-te o proposito do Ubuntu?

    2º) O Windows é um so para as massas, ou vais-me dizer que a maioria usa outro sistema operativo? Não é uma piada é a simples realidade que o senhor programador de máquinas industriais devia saber.

    tens aqui um estudo do passado mês de Setembro que o prova: http://www.statowl.com/operating_system_market_share.php

    E
    ste mesmo estudo demonstra que 84% do share pretense a Microsoft/Windows. O mesmo estudo diz que Linux é um Sistema Operativo (embora possa ser discutível como disse em cima)

    3º) Quando dizes que é possível escapar ao windows usando outras ferramentas em distribuições Linux ou em iOS, em que para isso é necessário desenvolver, pesquisar e formar recursos, demonstras um completo afastamento do mundo empresarial actual.


    Longe de mim de estar a defender a microsoft, mas que é um mal necessário, isso é...
     
  7. manipulo

    manipulo Banido

    Sim estou afastado do mundo empresarial, o meu trabalho é mais fisico, programava as consolas de pavimentadoras e do mais variado tipo de equipamentos móveis industriais pesados e corria testes vários, em uso calibrava e mantinha os sistemas limpos de erros e outras flutuações.
    E esta não foi a primeira empresa onde trabalhei em que se usavam alternativas, mesmo a nìvel de gestão, encomendas, logistica, etc...

    Eu sei que windows é para as massas, mas chegou ao que é hoje por falta de alternativas viáveis apoderou-se do mercado sozinho, é como dizes um mal, abusa do seu poder corporativo impinge o que queremos e o que não queremos é um sistema ultra trancado que não dá liberdade a ninguem e continua a ter os seus males que permanecem.
    A microsoft é uma empresa que tem vindo a fechar caminhos ás alternativas, uma vez que possui a hegemonia quase completa do mercado, não quer perder a galinha dos ovos de ouro...
    Tens um tópico aqui na Zwame em que demonstra de certo modo o que referi anteriormente.
    Muita gente apenas usa windows, porque desconhece existirem as alternativas e quando experimentam ou passam a usar permanentemente as alternativas ou usam windows em dual boot/virtual machine, porque precisam apenas de uma ou outra aplicação.
    Nos meu post não me refiro a nivel empresarial, mas sim das pessoas no geral.
     
    Última edição: 15 de Outubro de 2012
  8. brruno

    brruno Power Member

    ja experimentei unbutu, mint, e acho que tb o fedora e sinceramente nenhuma está estão ao nivel do windows , pelo menos para o uso que lhe dou...

    quanto á questão do topico , há que ter em atenção que virão 2 sistemas operativos da windows , o Windows 8 e o Windows RT.. O windows 8 não tem qqr competição , o RT é que está mais ao nivel do iOS e android.
    A nivel de liberdade o android continuará a ser o king , mas a "moder UI" do windows tb está muito bem criada e tem funcionalidades que não há/ou estão bem melhoradas em relação ao que há Android e iOS , terá tb alguns pontos negativos , dependendo tb do que cada um prefere..
     
  9. MaStyle

    MaStyle Power Member

    Giro, giro era a apple, android e windows unirem e fazerem um tablet, aposto que dava uma coisa muito boa.
     
  10. xenupy

    xenupy Power Member

    bem, voltando ao tópico...

    Eu acho que os tablets de um modo geral vão substituir os portáteis... ou melhor... passaremos a ter portáteis com ecran touchscreen, teclado amovível e com o máximo de 1,5 kg de peso.

    O futuro é este e ninguém o pode negar.

    Para isso basta ver as novas opções de tablets/portateis com o windows 8 e Android.

    [​IMG]


    [​IMG]

    [​IMG]


    Agora, partindo deste principio vamos analisar os sistemas operativos.

    Windows: vai ser uma mudança de paradigma embora mantenha os princípios básicos da microsoft. Vai ser "fácil" de implementar nos tablets, as pessoas (grande maioria) vai adquirir assim um tablet hibrido e fazer uma transição relativamente harmoniosa nas suas aplicações comuns de produtividade.

    Android: pode e vai continuar a sua franca expansão no mundo dos tablets, podendo alcançar os patamares desejáveis de compatibilidade com o windows mas mantendo uma extrema fiabilidade devido as suas bases open source e kernel.

    Na minha perspectiva a unica maneira do Android conseguir manter esta liderança e continuar a espalhar a sua magia na área dos tablets hibridos, vai estar centrada em três vertentes: USABILIDADE, COMPATIBILIDADE e PREÇO


    USABILIDADE: A facilidade com que a maioria das pessoas consiga interagir com o equipamento, aplicações e internet. É com este ponto que se atrai novos utilizadores, pelo menos aqueles mais cépticos. O Google Chrome nas novas versões 4.0+ são um ponto FORTÍSSIMO. Não sei se a maioria já experimentou mas o raio do browser é rápido e permite a partilha de informações como bookmarks e afins, suporte para html5 e formatos complexos.

    COMPATIBILIDADE: Um curriculo tipico EUROPASS em word tem que poder ser editável em Android de uma maneira semelhante. Uma apresentação feita em PowerPoint tem que obrigatoriamente ser editável ou até criada de raís em Android de uma maneira fácil e intuitiva, entre estes existem vários exemplos, se este ponto for mantido, muitos utilizadores do windows saltam para o android. Se formos pesquisar um bocadinho encontramos aplicações como o Polaris Office que estão quase lá.

    PREÇO: Aqui o Android está tão bem ou melhor que os adversários, pois é um sistema operativo altamente versátil e "cabe" em quase todos os hardwares disponíveis. Acho que não vou ver nenhum tablet com windows 8 a 95€.



    Depois existem os patamares que já foram alcançados e que acho que foram fundamentais para a substituição de um portatil com windows por um tablet hibrido android.

    O hardware chegou onde poucos pensaram ser possível, tipo: quadcore 1,5 GHZ num smartphone? 1920x1200 IPS+ num tablet 10"? LTE? HDMI out (mini ou micro)?

    A possibilidade de ligar um tablet hibrido com Android a um monitor externo, a um teclado a um rato bluetooth ou a comando tipico da xbox e um disco de 1Tera para trabalhar e aceder a conteúdos multimédia normalmente, possibilita este pensamento!

    Imaginem-se com um telemóvel, que se pode transformar num tablet que se pode transformar num portatil que por sua vez se pode transformar num computador ligado a um ecran com 24" que por sua vez se pode ligar a um computador dedicado para jogos (que está na mesma rede mas na cave/garagem/sotão sem incomodar ninguém nem ser um mamarracho no centro da sala)

    Para os que não entenderam o ultimo paragráfo, passo a explicar uma das potencialidades que está na minha cabeça como concretizável já no inicio de 2013:

    isto:

    [​IMG]

    com isto:

    [video=youtube;6nyg2kZfF5A]http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=6nyg2kZfF5A[/video]

    Digam lá que o futuro não é Android!?
     
    Última edição: 15 de Outubro de 2012

Partilhar esta Página