1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

O futuro dos jogos

Discussão em 'Jogos - Discussão Geral' iniciada por Everquester, 7 de Maio de 2002. (Respostas: 0; Visualizações: 1169)

  1. Everquester

    Everquester Power Member

    Estive a ler o post sobre a PSX3 onde a Sony volta a afirmar que o futuro dos jogos está na vertente multiplayer.

    Estou completamente de acordo porque:

    1- A banda larga está em expansão

    2- O facto de um jogo ser multiplayer não invalida a vertente uniplayer que esse mesmo jogo possa ter, logo é uma mais valia e não uma negação ou substituição do uniplayer.

    3- A indústria dos jogos está a entrar numa fase adulta no que diz respeito ao multiplayer e aos universos persistentes. Estão a aprender com os erros do passado, tipo Ultima Online onde a vertente player vs player trazia muita polémica e frustação.

    4- As próprias consolas já estão a ser construídas para poderem funcionar nesta modalidade.

    5- A possibilidade de interagir com milhares de outros jogadores dentro de um jogo só traz mais riqueza ao mesmo e tal não invalida que o jogador não continue a interagir com NPCs (Non Player Characters)

    6- Hoje já são comuns os jogos que permitem ter vários milhares de jogadores num mesmo servidor sem que haja lag ou outros problemas técnicos ( Ultima Online, Anarchy Online, Everquest, Dark Ages of Camelot)

    7- Normalmente este jogos (MMORPGS- Massive Multiplayer Online Role Playing Games) criam universos persistentes e dinâmicos onde o nosso personagem está em constante evolução e essa evolução não é linear.

    8- Estes jogos exigem um pagamento mensal (o que à partida pode parecer uma desvantagem) dando assim direitos especiais que os gamers nunca tiveram. Por exemplo, equipas criadas especialmente para dar suporte ao jogador em caso de problemas técnicos ou outros, durante 24 horas por dia, 7 dias por semana.

    9- Para quem é da geração do Spectrum, como eu, é bom encontrar jogos onde a média de idade ronda os 20 anos para cima, devido à exigência de pagamento através de Cartão de Crédito. Já não há paxorra para os PPAFPS (Putos Peixes Agulha dos First Person Shooters).

    10- Cada vez mais este género de jogos tenta equilibrar a vertente de cooperação entre jogadores com a vertente Player VS Player (também sabe bem mandar um enxoval de porrada de vez em quando) }>

    É pá estiquei-me um pouco no texto, agora vou-me calar e ouvir a vossa opinião

    Everquester
     

Partilhar esta Página