1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

O que fazer? (Problemas com telemovel e com serviço de reparações)

Discussão em 'Telemóveis' iniciada por Peterwolf, 17 de Dezembro de 2008. (Respostas: 13; Visualizações: 4246)

  1. Peterwolf

    Peterwolf Power Member

    Boas,

    Comprei dois Sony Ericsson W580i em finais de Agosto, na loja *****. Após usar durante algum tempo os telemoveis, e fazer alguns testes, verifiquei que ambos têm um defeito de fabrico, defeito esse que os leva a encravar durante as chamadas. Sou obrigado a retirar e colocar novamente a bateria para conseguir fazer alguma coisa com eles. Para além disso, ambos os telemoveis apresentam fraca autonomia (cerca de 1 dia/1 dia e meio).

    Um dos telemóveis já foi para reparar 2 vezes, mas por incompetencia da assistência técnica o problema não foi resolvido nas duas vezes. Fiquei durante 3 semanas sem o telemovel na primeira reparação, e 1 mês na segunda reparação. Na primeira reparação foi apenas feito um update de software (quando não havia software mais recente para colocar no telemovel), e veio tal e qual com os mesmos problemas. Na segunda reparação foi enviada juntamente uma carta onde era referido que eu pretendia a substituição do equipamento... Foi feito novamente um update de software, trocada a bateria, trocado o teclado e feita uma limpeza exterior ao telemovel (ridiculo), e mais uma vez o telemovel voltou exactamente com os mesmos problemas.

    O segundo telemovel foi enviado apenas uma vez para reparação (depois de o primeiro telemovel voltar da primeira reparação), juntamente com uma carta onde referia que ambos os telemoveis apresentam os mesmos problemas, revelando um defeito de fabrico daquele lote de telemóveis, e pedindo também a substituição do equipamento... Foi feito apenas um update de software. Estive cerca de 3 semanas sem ele, e mais uma vez como é obvio ele voltou com os mesmos problemas.


    A assistência técnica parece-me revelar extrema incompetencia, e dá a entender que andam a gozar comigo, pois são feitas coisas que em nada resolvem os problemas.
    Para além disso, paguei o preço de dois telemóveis completamente funcionais e o que é certo é que me sinto burlado, pois os telemóveis apresentam defeitos de fabrico que impedem o correcto funcionamento dos mesmos.

    Muito resumidamente o ponto de situação neste momento é o seguinte:
    Adquiri os telemoveis à 4 meses, mas um dos telemoveis esteve praticamente 2 desses meses em reparações, e o outro 3 semanas em reparação. As reparações não resolveram nenhum dos problemas que os telemoveis apresentavam. Já foi pedida substituição dos equipamentos, mas pelos vistos foi recusado pela assistência técnica.


    Tenho estado a tentar resolver tudo a bem, mas começo a ficar cansado desta situação... Gostaria de saber que opções tenho disponíveis neste momento, e dada esta situação.

    Posso pedir a devolução do dinheiro na loja, alegando que os equipamentos nunca funcionaram bem?
    Posso exigir a substituição dos telemoveis directamente na loja?
    O que posso fazer neste momento para não estar mais 1 mês sem os dois telemoveis e efectivamente virem com os mesmos problemas, sem serem resolvidos (como tem acontecido)?


    Obrigado
     
  2. vsmn

    vsmn Power Member

    Penso que no teu caso (após tantas idas à assistência) podes pedir a resolução do contrato.
    É ler cautelosamente o DL 68/2008 (se não estou em erro é este)
     
  3. Rmack

    Rmack Hard BOINC

    Se os compraste há cerca de 4 meses isso significa que ambos estão dentro da garantia pelo que as alternativas são: reparação; substituição por equipamento idêntico ou outro; devolução do dinheiro.
    No teu caso, e tendo em conta que já os levaste à reparação e não houve solução eficaz, o que eu faria se estivesse na tua situação seria uma reclamação por escrito da assistência técnica. A assistência técnica tem prazo para comunicar a decisão que certamente será inferior a 1 mês. Julgo que só a partir daí é que se pode decidir a forma de compensação do cliente: devolução do dinheiro vs substituição do equipamento.

    Cumprimentos
     
  4. Peterwolf

    Peterwolf Power Member

    Obrigado pelas respostas.

    Estive a verificar o decreto de lei, e nao é esse. Consegues ver qual é ao certo?

    Em relacao a carta, ja tinha pensado nisso. Tenho 72h (se nao me engano) para reclamar, fui levantar o telemovel na terca.

    Tambem ja pensei pedir o livro de reclamacoes, muitas vezes resulta.

    Alguem sabe de mais procedimentos que resultem neste caso?
     
    Última edição: 18 de Dezembro de 2008
  5. Peterwolf

    Peterwolf Power Member

    Neste momento o ponto de situação é o seguinte,

    Elaborei uma carta de reclamação onde explicava a situação, e juntei fotocopia das facturas e relatórios de reparação. Na loja, escrevi um resumo da situação no livro de reclamações e foi anexada a tal carta que elaborei, juntamente com as facturas e relatórios de reparação. Em ambos os procedimentos, referi que quero a substituição dos equipamentos por uns não defeituosos.

    Agora é aguardar para ver como é que fica esta situação...
     
  6. Peterwolf

    Peterwolf Power Member

    Só para actualizar o ponto de situação.

    Recebi hoje a carta de resposta referente à reclamação que deixei no livro de reclamações.
    Após praticamente um mês de espera, e para minha surpresa, a ASAE (entidade responsável pela avaliação e resolução das reclamações na loja em questão) descartou-se de qualquer indicação/decisão, e reverteu a situação para os tribunais ou para o Centro de Informação Autárquico ao Consumidor da zona em questão.

    Fica a questão no ar: Para que serve o livro de reclamações, se a entidade competente descarta qualquer indicação e manda-nos para outras instituições? Como já é habito em Portugal, empurra-se sempre de um lado para o outro...

    Vou tentar assim que possivel consultar o Centro de Informação Autárquico ao Consumidor para ver se resolvo de vez esta situação que já se anda a arrastar mais tempo do que devia.
     
  7. rameira

    rameira Power Member

    boas.. olha muitas pessoas não sabem que o prazo de garantia tem um prazo ,, passo a explicar depois do cliente acionar a garantia á um prazo prá mesma e esse prazo é de 1mês . isto nos primeiros 6 meses dos 24 visto que a garantia é de 2 anos . ou seja vais á loja com o telefone mandas prá garantia e nem tens que te preocupar que te liguem a dizer se está pronto ou não simplesmente apareces na loja ao fim de 1mês .ora então nessa data se não tiverem o tlm pronto são por lei obrigados a darem-te ou o dinheiro ou um equipamento novo igual ou superior ao teu e sem custos ( a lei diz que o prazo máximo que o cliente pode esperar pelo seu produto depois de acionar a garantia nos primeiros 6 meses é de um mês ) faz barulho , grita com com eles senão vais ficar uns meses á espera ..:mad::mad::mad:
    espero ter ajudado..cumpr
     
  8. Craven

    Craven Power Member

    esta sim é a ASAE (ANACOM que vai dar ao mesmo neste caso)que eu conheço. também já passei por experiência semelhante mas desta vez com a NOKIA. a resposta em carta que obtive foi precisamente essa.

    insiste com eles e tenta contactar alguém superior na *****, envia e-mails com todos os dados para algum contacto de reclamações deles ou mesmo para a SEDE.
     
  9. .:Mescaline:.

    .:Mescaline:. Banido

    Para ser sincero,li assim pro alto este topico,mas conheço 2 casos de 2 pessoas com SE que tiveram muitos problemas tambem! Um deles era o SE 910i que na altura era o shake.o rapaz passado quase um ano ou ja tinha um ano,o telemovel avariou e foi lá,á *****! passado usn dias o telemovel volto e disseram que nao tinah conserto porque ja nao faziam peças para aquele modelo. e que lhe davam o nokia 5310,ele nao aceitou e disse que tinham que o arranjar ou ia haver problemas! o telemovel voltou a ficar na loja,umas semanas depois ja estava pronto! outro caso foi um amigo meu que tinha esse mesmo telemovel,e por ele ter o extravaganza fazia muitas chamadas,e foi la e disseram que nao cobriam a garantia porque o telemovel tinha muito uso! Mas o uso a que eles se referiam,era interno,ou seja o contador de chamadas,porque por fora,o telemovel nao tinha nada!
     
  10. daishi

    daishi Power Member



    Tens a noção que o teu post é no mínimo esquisito.

    Pois o contador de chamadas dá perfeitamente para reinicializar, ou seja, apagar todas essas informações. Quanto ao primeiro caso que disses-te não sei qual era o interesse deles trocarem u telemóvel com um ano por um novo...
     
  11. rameira

    rameira Power Member

    boas,, Mescaline acho que os teus amigos andam a ver muitos filmes principalmente o que diz ter feito muitas chamadas acho que uma coisa nada tem a ver com a outra , mas enfim já acredito em tudo..:mad::mad:
     
  12. Banhoca_PT

    Banhoca_PT Power Member

    Isso do contador nem sempre é ultrapassavel. Os Motorolas têm perpétuos por exemplo. De resto , não é por aí que se vê que há mau uso.
     
  13. VoLtArC

    VoLtArC Banido

    Essa questão do contador, segundo me lembro, em nada tem ligação com a garantia.
    Os equipamentos electrónicos tem garantia de 2 anos contra defeitos de fabrico.

    Peter, tens PM.
     
  14. .:Mescaline:.

    .:Mescaline:. Banido

    Se nao percebes,nao tenho culpa,estudasses! o contador podes apagar,mas eles na SE têm acesso a tudo,e podem muito bem ver o contador. Eles iam dar-lhe um telemovel novo,porque o SE nao tinah arranjo,percebeste ou queres um desenho?

    Se o gajo da loja lhe disse isso,porque razao eu havia de estar a inventar isto? o gajo disse-lhe que nao o arranjava,porque o telemovel apresentava muito uso,mas o uso a que ele se referia era o interno e veio com a desculpa de que tinha muito tempo de chamadas!
     

Partilhar esta Página