1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. COVID-19 Mantenham-se seguros: Pratiquem distanciamento físico de 2 metros. Lavem as mãos. Usem máscara.
    Informação sobre COVID-19. Ajuda a combater o COVID-19 com o [email protected] e com o [email protected].
    Remover anúncio

O que não consegues fazer em LINUX?

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por InforMed, 23 de Dezembro de 2007. (Respostas: 450; Visualizações: 1334440)

  1. Nomearod

    Nomearod Power Member

    Eu faço quase tudo em Linux com excepçao de algumas coisas:

    -Passar músicas para o iPod (copio os files em linux para o aparelho, restart, copio para windows, passo para iTunes e depois para o iPod. Demoro pra 5 min)
    -Usar a impressora (apesar de reconhecida, mas ainda não me dei ao trabalho de meta-la a funcionar pois é recente e não tenho tido tempo. Mas tenho quase a certeza que deverá funcionar)
    -Jogar...

    Este último é que é o pior... Tenho um PC bastante bom (my system ao lado) e gostava mesmo muito de poder aproveita-lo ao máximo no sistema operativo que realmente gosto, mas pronto... Lá se faz um restart para se jogar Gears of War.
     
  2. arconada

    arconada Power Member


    ja tentaste o yamipod?
     
    Última edição: 23 de Janeiro de 2008
  3. CR_

    CR_ Power Member

    Tens a certeza que não existe nenhum programa para passar músicas para o ipod em para Linux?
     
  4. Nomearod

    Nomearod Power Member

    Eu já consegui uma vez passar coisas para o Classic. Tive que compilar a última versão do libpod e instalar pelos repositórios a versão mais recente do Amarok.

    Funcionava, mas tinha problemas como por exemplo ao nível do artwork que não aparecia no iPod.

    Mas não cheguei a experimentar o Yamipod. Nem sabia que existia. Quando puder experimento. Obrigado pela sugestão.
     
  5. madskaddie

    madskaddie Power Member

    Em relação ao iPod, o meu irmão usa o Amarok para o "nano". E o Rhythmbox axo que também dá porque quando ele ligou o iPod para carregar a bateria no meu portátil, apareceu logo no desktop XFCE e o dito programa ligou-se automaticamente.
     
  6. Transmontano

    Transmontano I folded Myself

    Uma das coisas que não conseguia ligar era o Bluetooth, mas depois de umas marretadas, lá foi.
    Dava-me jeito o Project e o Visio, sei que há alternativas, mas não são tão profissionais.
    Em relação à bateria do portátil não é bem "o que não consegues fazer", mas sim a diferença brutal que tem em relação ao Windows. Mesmo com a redução do brilho e as "dicas" do PowerTop não dá muito mais.
     
  7. jaapaurelio

    jaapaurelio Power Member

    Não consigo rodar Dreamweaver! :'(
    Meu Steam também está com uns problemas!
    Ainda não consigo usar 100% Linux, talvez o comece a usar 100% quando a Adobe começar a fazer versões para Linux
    Até la tenho que continuar a usar W$!
     
  8. skinnie

    skinnie Power Member

    eu com o meu ipod mini uso o gtkpod...funciona perfeitinho...mas agora com o firmware rockbox no ipod já não é preciso programa :D
     
  9. petersaints

    petersaints Power Member

    Não consigo utilizar uma das drives do meu desktop. O leitor de DVDs no primary master não funciona bem (em Windows dá sem problemas) mas o gravador de DVDs no primary slave dá na boa... penso que seja mesmo problema entre o hardware e o software. Porque ele abre e tudo quanto são ficheiros de texto (txts) dá... Imagens e outros formatos esquece não abre nem copia. A abrir diz qualquer coisa do género: ficheiro marcado como texto extensao não corresponde I/O error. A copiar para o disco rigido esses mesmo ficheiros dá erro de I/O porque não tem permissões... e isto desde sempre e em todas as distros LoL Acabo por usar o gravador para tudo!
     
  10. ErrorTerror

    ErrorTerror Power Member

    Isso era espectacular! Photoshop, Flash, e principalmente After Effects e Premiere Pro... 8|
     
  11. Para mim, principalmente o Photoshop era grandioso!
     
  12. kastelo

    kastelo Power Member

    nao consigo por 1 wallpaper-relogio!

    e mt mais!:'(:'(
     
    Última edição: 30 de Janeiro de 2008
  13. slack_guy

    slack_guy Power Member

    A menos que a Adobe abrisse o código fonte desses produtos, qual era o benefício real de ter essas aplicações com suporte para Linux/BSD? trazer a cegada dos cracks para Linux?

    O que distingue Linux de Windows não é um ter um pinguim e outro uma janela: um é software Livre, o outro é software fechado. Se o Kernel Linux fosse proprietário tinha morrido logo à nascença.

    Há quem argumente: "ah! e tal, mas se este software proprietário tivesse suporte em Linux haveria mais gente a mudar para este sistema operativo". E eu pergunto: "e que interessa isso se o software continua fechado? Eu gostava era que o software fosse Livre, independentemente da plataforma em que é executado."
     
  14. petersaints

    petersaints Power Member

    Infelizmente um mundo de Free Software Only é utópico!
     
  15. neonl

    neonl Banido

    Felizmente tem a tendência contrária.
     
  16. slack_guy

    slack_guy Power Member

    Epa... grande esticanço!! eu estava a falar do software que foi referido, aquelas coisas da adobe. Daí para "um mundo de Free Software Only" ainda vai um bocadinho.

    Além do mais, se há coisas no mundo que urgem ser resolvidas, a licença de um software não é propriamente a mais importante, apesar de poder ter um impacto indirecto na vida (e na qualidade da vida) de milhares/milhões de pessoas (dependendo do software que estejamos a falar).
     
  17. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Penso que com código fechado ou aberto, a disponibilização dos produtos da Adobe em Linux seria um grande passo. Até te digo mais. No meu caso, que trabalho muito em volta desses tais produtos, foi dos maiores motivos para ter "passado" para um Mac. Unix na mesma, mas com as maravilhas todas disponíveis, e eu preciso-as. Quem não as precisa claro que vai falar de open source e tal, mas quem trabalha na área e não tem alternativas, ou tem um sistema que seja capaz de as usar, ou fica para trás (ou muda de profissão). É tão simples quanto isso.
     
  18. slack_guy

    slack_guy Power Member

    E, caso a adobe disponibilizasse essas aplicações para Linux (mantendo-as fechadas), que vantagens vias em abandonar o Mac (ou Windows) e passar para Linux?
     
  19. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Mas eu já estava em Linux :). Foi o contrário. Quanto ás vantagens de passar para Linux, isso já foi mais que discutido, e aplicam-se sempre. No Mac as mesmas coisa aplicam-se (isto é tudo unix, tenho tudo o que tinha em linux, e muito mais), praticamente todas, sendo que aqui não tenho que andar com kungfus para meter coisa a funcionar, e tenho todo o software disponível. Claro que a opção Mac acarreta ter que adquirir um Mac, que para alguns não serve. Lá está, é uma questão de necessidades.

    O assunto "open source" é outra história.
     
  20. m00s

    m00s Power Member