1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

O T9 e a 2ª pessoa

Discussão em 'Telemóveis' iniciada por DeBosch, 26 de Junho de 2007. (Respostas: 12; Visualizações: 1006)

  1. DeBosch

    DeBosch Power Member

    Olá

    Eu sei que nem toda a gente usa, mas o chamado T9 (ou escrita previsível, ou automática, como por vezes lhe chamam) é uma coisa que pode dar muito jeito, principalmente se tiver um bom dicionário com quase todas as palavras mais correntes. O que acontece é que os criadores do T9, que é, ao que parece, um software independente, usado por todas as marcas de telemóvel (pelo menos as que eu conheço), não parecem muito familiarizados com o português falado em Portugal. Basta ir ao site da T9 (http://www.t9.com/portuguese/) para ver que eles nos mandam de imediato para o Brasil...8|
    Pode-se dizer que até houve algum cuidado da parte de quem desenvolveu o dicionário de incluir as palavras que têm dupla grafia Portugal/Brasil - ex: facto/fato, planeamento/planejamento, acção/ação.
    Infelizmente, parecem ter-se esquecido de algo essencial: as formas verbais na segunda pessoa! É escusado, não se encontra um "fazes" ou um "dizes" e, muito menos, um "fizeste" ou "disseste". Claro que podemos sempre acrescentar, mas, tendo em conta que existem centenas de verbos e que esses aparecem em diversos tempos, é uma missão que nunca mais tem fim.
    Ora bem, sendo que os sms têm um uso praticamente reservado para a comunicação entre amigos (não fica muito bem enviar um sms numa situação mais formal) e, tendo em conta que em Portugal os amigos se tratam por tu, a inexistência da segunda pessoa, torna o uso do T9 em Portugal praticamente inútil!
    Isto é grave, até porque é uma das coisas que é capaz de contribuir para a confusão que os miúdos fazem, escrevendo, por exemplo, "andas-te" em vez de "andaste" e outros disparates do género.
    Eu sei que somos um país pequeno, mas, mesmo com apenas 10 milhões de habitantes, segundo as estatísticas, temos mais de 12 milhões de telemóveis!:wow:Não somos assim um mercado tão irrelevante, parece-me. Seja como for, já escrevi a protestar, há uns dias, para o contacto que existe na página do site da T9, mas não obtive qualquer resposta.
    Não acham que devíamos protestar?

    Cumprimentos
     
  2. Pedrocas

    Pedrocas Banido

    Praticamente inutil? Dizes tu...

    Eu uso o T9 desde que tenho telemovel e não escrevo sms sem a ajuda do dicionário, porque torna a escrita muito mais rápida e intuitiva.

    Quanto ao problema que tu dizes que a falta desses tempos verbais pode provocar... só pega com quem não se informa ou não tem interesse em se cultivar... na duvida, pega-se num dicionário ou numa gramática e vê-se qual a forma correcta de escrever... isso não é desculpa para os jovens de hoje em dia escrevem tão mal...

    A solução? Vai acrescentando as palavras ao dicionário à medida que as escreves ou te surge uma nova... no inicio pode parecer uma tarefa hercúlea, mas depois, com o passar do tempo, vais ver que compensa...
     
  3. DeBosch

    DeBosch Power Member

    Praticamente inútil é uma força de expressão, porque a verdade é que eu o utilizo - se não utilizasse não estaria aqui a queixar-me. :) No entanto, já por diversas vezes amaldiçoei o ter-me habituado ao T9, porque, são tantas as vezes em que eu tenho de recorrer a inserir palavras que não constam do dicionário, que duvido sinceramente que ele cumpra a função para que foi criado, que era poupar tempo. Na verdade, a maioria das pessoas que conheço e que usam o "multitaping" são quase todas mais rápidas do que eu, embora isso também se possa dever a eu ser naturalmente lento. ;)
    Sinto-me portanto algo algo encurralado entre dois mundos: voltar para a escrita "multitaping" da qual me desabituei (se é que alguma vez tive grande hábito), ou continuar a usar o T9 que me obriga constantemente a ter de apagar o que já escrevi, por não constar no dicionário, e a usar na mesma o "multitaping". Ou seja, acabo por não me habituar nem bem a um tipo de escrita, nem a outro, o que também pode explicar a minha lentidão. :)
     
  4. nunyx

    nunyx Moderator
    Staff Member

    Bem, mas repara, teres que adicionar palavras ao dicionário não é assim tão mau. Isso asó acontece mais durante as primeiras vezes, porque a partir do momento em que adicionaste as palavras, não precisas de voltar a fazê-lo. Só precisas de o fazer novamente para palavras mais dificeis ou longas tipo "encontramo-nos", "expediram", etc. ;)
     
  5. spytech

    spytech Mega BOINC

    por + erros k o T9 tenha e sempre 1 ferramente mt util... alem disso o T9 vai aprendendo conforme as necessidades

    alem disso, nao me lembro de escrever uma mensagem sem estar a usar o T9 e nao me estou a ver a deixar de o usar
     
  6. nina_nortenha

    nina_nortenha Power Member

    eu tb uso o T9 e acho que é uma grande ajuda, mas à medida que vou acrescentando palavras as outras que pus anteriormente vao desaparecendo. e issoaocntece tanto no nokia como no samsung
     
  7. DeBosch

    DeBosch Power Member

    Eu acho que vocês não estão a entender o ponto, ou fui eu que me exprimi mal. A questão aqui não é sobre a utilidade ou inutilidade do T9. É evidentemente uma ferramenta muito útil, na minha opinião.

    A questão é, porque é que o dicionário T9 de português não tem verbos na segunda pessoa (tu)? Na minha opinião só se pode dever a ter sido feito para o Brasil e, quando muito, adaptado posteriormente, acrescentando as palavras que têm grafia diferente em Portugal. Ora tendo em conta que, como disse, a segunda pessoa deve ser a mais usada nos sms, é uma falha tremenda! Até porque acrescentar uma ou outra palavra menos vulgar ao dicionário não é problemático, mas esta falha obriga a acrescentar milhares de palavras, porque há centenas de verbos portugueses e, cada um, nos mais diversos tempos (presente, conjuntivo, pretéritos perfeitos e imperfeitos, etc). A questão não é falta de espaço, certamente, não só porque os telemóveis têm cada vez mais memória, mas porque espaço suficiente já deve ser utilizado em todas as outras pessoas e tempos verbais e não é por isso que elas não existem. Repito, isto foi certamente feito para o Brasil e, como lá a segunda pessoa, embora exista, claro, é muito pouco utilizada, quem o fez achou que estaria a ocupar espaço inutilmente.

    A minha reivindicação é por um dicionário de T9 verdadeiramente adaptado ao português de Portugal. Não por qualquer questão xenófoba, claro (adoro o Brasil), mas por questões meramente práticas!
     
  8. venga

    venga I quit My Job for Folding

    Ya, a mim tb acontece isso. Vou acrescentando até q chega a um ponto reparo q já tenho q adicionar palavras anteriormente adicionadas.
     
  9. nunyx

    nunyx Moderator
    Staff Member

    Hum? Isso nunca me aconteceu. Talvez seja dos modelos, os que vocês usam devem ter que apagar algumas para haver espaço para as que colocam depois? Não sei...
     
  10. DeBosch

    DeBosch Power Member

    Exactamente, esse é outro problema. Agora tenho um SE novo, pelo que é normal que tenha de ir acrescentando palavras, mas tinha um nokia há 2 anos e continuava a ter de acrescentar palavras a toda a hora, muitas delas que eu tinha a certeza de já ter adicionado anteriormente. Espero ao menos que este meu novo, como tem mais memória, não lhe aconteça o mesmo. A ver vamos.
     
  11. 6r4ff3r

    6r4ff3r [email protected] Member

    Pois, e que Nokia tinhas? Mandavas muitas sms's por dia com ele?

    Eu apenas estranhava o uso do T9 nos primeiros tempos. Fazia-me confusão como com um toque em cada tecla (dependendo da palavra a escrever), as palavras iam-se moldando.

    Actualmente considero uma ferramenta indispensável para a escrita de sms, a não ser que tivesse um teclado "QWERTY" no telemóvel. De vez em quando lá ponho palavras novas, mas também em certas palavras, construo metade da palavra automaticamente e o resto das letras vou colocando-as "à pata".
     
  12. DeBosch

    DeBosch Power Member

    Finalmente recebi resposta ao mail enviado à T9:

    «Bom dia Sr. ,

    Iremos produzir dicionários específicos para português de Portugal a partir do primeiro trimestre do ano que vem. Lembrando, que isso dependerá da adoção do fabricante para os novos modelos.

    Obrigada pelo seu e-mail, ficamos sempre satisfeitos em ouvir nossos usuários.

    T9® Solutions / Tegic»

    Enfim, parece que iremos ter finalmente um dicionário T9 especificamente feito para português de Portugal. Já não era sem tempo, principalmente considerando que, segundo sei, existem dicionários de T9 para algumas das mais obscuras línguas deste planeta.
    Mas pronto, mais vale tarde que nunca.
     

Partilhar esta Página