1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Openbox - introdução/personalização

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por uterrorista, 5 de Fevereiro de 2008. (Respostas: 91; Visualizações: 18827)

  1. uterrorista

    uterrorista Suspenso

    Apresento aqui mais um tutorial/guia elaborado por mim no meu blog (meplace.net):

    Overview:
    O teu ambiente gráfico poderá no final ter este aspecto:
    [screenshots - clica para aumentar]​
    [​IMG] [​IMG]
    Introdução:
    Openbox é um gerenciador de janelas (tal como o conhecido Metacity) bastante leve e extremamente personalizável, apresentando um estilo minimalista, como tal indicado para máquinas com fraco desempenho.
    O Openbox permite executar as últimas/todas as aplicações que foram desenhadas/pensadas para Gnome/Kde sem que haja necessidade para correr estes (entenda-se Gnome/Kde). Também é possível correr o Openbox dentro do Gnome/Kde combinando assim as suas funcionalidades. Permite tornar o desktop mais limpo e mais rápido.

    Instalação:
    Consultar a homepage. Ou então instalar a versão disponível nos repositórios:
    Código:
    # aptitude install openbox
    # aptitude install obconf openbox-themes #EXTRAS_RECOMENDADOS
    Para correr o Openbox:
    • Fazer Logout;
    • Escolher o tipo de secção: (1) Gnome/Openbox; (2) openbox-kde.desktop ou (3) Openbox Session;
    • Inserir User e Password.
    A opção (1)/(2) permite correr o Openbox juntamente com o Gnome/Kde respectivamente.
    A opção (3) lança apenas o Openbox, mas futuramente poderão ser chamadas aplicações do Gnome/Kde (e.g: gnome-panel)

    Personalização:
    Se escolheste a opção (3) anteriormente, verificas que o teu desktop está vazio, nem nenhuma barra. Não desesperes! :D
    1. Duplicar ficheiros de configuração:
      Código:
      $ mkdir -p ~/.config/openbox/
      $ cp /etc/xdg/openbox/rc.xml ~/.config/openbox/rc.xml
      $ cp /etc/xdg/openbox/menu.xml ~/.config/openbox/menu.xml 
      O ficheiro rc.xml é responsável pela configuração dos atalhos, temas, desktop virtuais, etc.. Enquanto o ficheiro menu.xml é apenas responsável pela configuração do menu que aparece quando clicas com o botão direito do rato no desktop - editar este ficheiro em modo texto pode ser chato e complicado, mais à frente existe uma solução mais fácil.
      .
    2. Alt+F2:
      O atalho Alt+F2 aka gnome-panel-control --run-dialog não funciona no Openbox. Acho este comando essencial em qualquer distribuição Linux, por isso vamos arranjar uma alternativa: gmrun - instalar:
      Código:
      # aptitude install gmrun
      Agora vamos atribuir o atalho Alt+F2 ao gmrun:
      Código:
      $ gedit ~/.config/openbox/rc.xml
      Adicionamos o seguinte código antes da string: </keyboard>
      Código:
      <keybind key="A-F2">
      <action name="execute"><execute>gmrun</execute></action>
      </keybind>
      Nota: Se verificarem o último atalho existente no rc.xml é o W-e, que lança o Konqueror, eu substitui este atalho para o Nautilus (pois prefiro):
      Código:
      <keybind key="W-e">
      <action name="Execute">
      <startupnotify>
      <enabled>true</enabled>
      <name>Nautilus</name>
      </startupnotify>
      <command>nautilus</command>
      </action>
      </keybind>
      Nota2: No meu caso tive de fazer logout/login para que os atalhos funcionassem na perfeição.
      .
    3. Adicionar uma barra:
      Penso que todos gostam de ter uma barra nem que seja só para visualizar as janelas minimizadas.
      Há várias alternativas: tais como pypanel , fbpanel, gnome-panel, xfce4-panel, etc.
      Vou escolher a pypanel:
      Código:
      $ aptitude install pypanel
      .
      • Personalizar o pypanel:
        O ficheiro de configuração encontra-se/é ~/.pypanelrc.
        Vamos fazer backup do ficheiro para salvaguardar qualquer problema que possa ocorrer:
        Código:
        $ cp ~/.pypanelrc ~/pypanelrcbackup
        Agora vamos pegar neste texto/configurações e guarda-lo:
        Código:
        $ gedit ~/.pypanelrc
        .
    4. Adicionar o pypanel (ou outra aplicação qualquer ao arranque):
      Código:
      $ gedit ~/.config/openbox/autostart.sh
      Colar o seguinte texto:
      Código:
      # Run the system-wide support stuff
      . $GLOBALAUTOSTART
      # Programs to launch at startup
      pypanel &
      #/opt/wicd/tray.py &
      #conky &
      # all commands must end with: " &"
      Seguir o exemplo para adicionar mais aplicações.
      .
    5. Editar o Tema do Openbox (ObConf):
      Para este fim temos de utilizar o obconf. Podemos lançar esta aplicação com o gmrun (instalado anteriormente - Alt+F2), pelo terminal $ obconf ou então temos um atalho no menu do Openbox (clicar no botão direito do rato sobre o desktop).
      Aqui podemos escolher o Tema, Aparência, Fontes, Janelas, etc. Eu recomendo que mexam nas Margens (Desktop Margins) e deixam pelo menos 1 pixel num lado do ecrã para poderem sempre aceder ao menu do Openbox - eu deixei um pixel no Topo.
      .
    6. Editar o menu Openbox:
      Como referi no ponto 1, é possivel alterar o menu Openbox editando o ficheiro menu.xml. Mas existe uma solução mais 'agradável à vista': obmenu. Instalar o obmenu:
      Código:
      $ wget [URL="http://switch.dl.sourceforge.net/sourceforge/obmenu/obmenu-1.0.tar.gz"]http://switch.dl.sourceforge.net/sourceforge/obmenu/obmenu-1.0.tar.gz [/URL]#fazer download 
      $ tar xvzf obmenu-1.0.tar.gz
      $ cd obmenu-1.0/
      # python setup.py install
      Agora para lançar a aplicação:
      Código:
      $ obmenu
      Nota: Podes fazer os menus que te apetecer, mas depois tens de juntar uma atalho do teu menu, no menu Openbox 3.

    Conclusão:

    Penso que com este tutorial dá para ter uma ideia básica de como podemos personalizar o nosso sistema. Claro que há outra aplicações que podemos utilizar, mas esta foi a minha escolha.

    Outras Referências:
    »Openbox homepage
    »Pypanel homepage
    »Obmenu homepage
    »Archlinux wiki - openbox
    »Debian wiki - openbox contêm algumas teclas de atalho interessantes
    »Box-Look.org - temas

    »Wallpaper utilizado!

    Feedback:
    Se quiserem sugerir outras aplicações que não estas, envia um comentário.
    Já agora vota nas estrelinhas e votação e faz o teu balanço.. »Aqui«

    Fonte: meplace.net



    Continuando este post, tenho mais três dicas para personalizar o Openbox.
    1. Openbox logout script:

      Umas das coisas que falham é o openbox não ter nenhuma pop-up para permitir o Encerramento/Logout de secção. Descobri um script que faz isto mesmo.
      Para adicionar:
      Código:
      $ sudo gedit /usr/bin/openbox-logout
      E colar este código. Salvar e sair.
      Falta apenas tornar o script executável:
      Código:
      $ sudo chmod a+x /usr/bin/openbox-logout
      Para correr:
      Código:
      $ openbox-logout
      .
      .
    2. Screenshot (tecla de atalho):O Openbox não tem nenhuma tecla de atalho para tirar um screenshot. Tem de ser feito manualmente.
      Logo, vamos fazer um atalho.
      Da mesma maneira que fizemos anteriormente, vamos editar o ficheiro rc.xml.
      Código:
      $ gedit ~/.config/openbox/rc.xml
      E adicionar os seguinte código:
      Código:
      <keybind key="Print">
      <action name="Execute"><execute>gnome-panel-screenshot</execute></action>
      </keybind>
      <keybind key="A-Print">
      <action name="Execute"><execute>gnome-panel-screenshot --window</execute></action>
      </keybind>
      Antes da string: </keyboard>
      Assim teremos o Atalho da tecla PrtSc que tira um screenshot do ecrã inteiro e o atalho Alt+PrtSc que tira apenas screenshot da janela activa no momento.
      Nota: é necessário ter a aplicação gnome-screenshot/gnome-panel-screenshot instalada.
      .
      .
    3. Adicionar um atalho/launcher ao pypanel

      Dá sempre jeito ter um/alguns atalhos no painel.
      Vamos adicionar um atalho para o script instalado anteriormente:
      Começamos por editar o pypanelrc:
      Código:
      $ gedit ~/.pypanelrc
      Vamos até à parte/ e alterar para algo do género:
      Código:
      #------------------------------------------------------------------------------
      # Panel Layout:       -----------------------------------
      #                     [  1  ][  2  ][  3  ][  4  ][  5  ]
      #                     -----------------------------------
      #
      # The panel layout is split into 5 sections numbered 1, 2, 3, 4 or 5 as shown
      # in the diagram above.  Each of the following objects can be enabled by
      # assigning it a section number or disabled by assigning it 0:
      #------------------------------------------------------------------------------
      DESKTOP         = 1             # Desktop name section
      TASKS           = 2             # Task names section
      TRAY            = 4             # System tray section
      CLOCK           = 5             # Clock section
      LAUNCHER        = 3             # Application launcher section
      Como aqui explica, temos de atribuir um número ao LAUNCHER para o permitir. Podem utilizar outra disposição dos elementos se gostarem mais..
      Agora para fazer o atalho realmente dito. Encontrem a entrada: LAUNCH_LIST e fazer algo do género:
      Código:
      LAUNCH_LIST     = [
      ("xterm", "/usr/share/icons/Tangerine/16x16/apps/gdm-setup.png"),
      ("openbox-logout", "/usr/share/icons/Human/16x16/stock/generic/stock_exit.png"),
      ]
      Como podem reparar, também tenho um atalho para o xterm.
      Em relação aos icons utilizados, tens de ver se tens este ficheiros no teu sistema, senão vai até à pasta /usr/share/icons/ e procura algum que gostes.
     
    Última edição: 1 de Abril de 2008
  2. petersaints

    petersaints Power Member

    Parece fixe o Openbox :P
     
  3. Sumerset

    Sumerset Power Member

    se eu quiser instalar o openbox a partir de uma versao server, tenho que instalar apenas o openbox ou mais alguma coisa?

    (isto para ter um desktop minimo mas funcional)
     
  4. TuxBoss

    TuxBoss Power Member

    Tens de instalar todo o X e mais uma série de libs.
     
  5. LnxSlck

    LnxSlck Power Member

    Se fizesses este topico para Arch ate pensava em meter isso :-D
     
  6. uterrorista

    uterrorista Suspenso

    LOL
    Por falar nisso a wiki do Arch é porreira. Se experimentar outra distro vai ser o Arch...:p
     
  7. petersaints

    petersaints Power Member

    Olha já agora... arranjas aquele wallpaper?
     
  8. uterrorista

    uterrorista Suspenso

    Não sei não! :rolleyes:
    Informação adicionada sob "Outras Referências:" :P
     
  9. LFReq

    LFReq 1st Folding then Sex

    Quem é que falou em openbox para o Arch Linux???? Aqui vai um tutorial do meu blog e de um amigo meu...

    Como o tuto tem screen e as fontes onde foi buscada a info ponho aqui o link.

    http://tuxonearth.wordpress.com/2008/02/04/7/

    Já agora vejam o resto do blog e deixem comentários com opiniões ;)
     
  10. esquiso

    esquiso Power Member

    http://wiki.archlinux.org/index.php/Openbox
    Que não te falte nada ;)

    Já usei o dito Openbox, mas continuo a preferir o meu Fluxbox, não sei porquê :)
     
  11. uterrorista

    uterrorista Suspenso

  12. LnxSlck

    LnxSlck Power Member

    Obrigado a todos, vou testar isto depois coloco fotos
     
  13. c3l5o

    c3l5o I'm cool cuz I Fold

    Tive a experimentar isto e até gostava de o explorar mais, mas com exames a porta é complicado! Depois talvez.. Mas isto a nível de comparação com o flux não é pêra doce...
     
  14. dronepwn

    dronepwn [email protected] Member

    Eu ainda não percebi foi muito bem como é que eu acedo às minhas pastas.. estou habituado apenas ao gnome. E já agora, a definir um wallpaper.. já procurei mas não percebi lá muito bem. Se alguém me pudesse ajudar, agradecia imenso.

    edit: já sei como acedo às pastas.
     
    Última edição: 9 de Março de 2008
  15. neonl

    neonl Banido

    Para as pastas. Tens que usar um file manager. Se estás habituado ao Gnome usa o Thunar ou o Nautilus (como estás em Ubuntu já tens um Nautilus instalado).

    Para definir wallpapers, embora o Openbox não tenha essa ferramenta integrada, nada mais fácil. É instalar o FEH
    Código:
    sudo apt-get install feh
    e fazer
    Código:
    feh --bg-scale /caminho/para/imagem.jpg/png
    para ficar com esse wall quando reiniciares o PC tens que meter no ~/.config/openbox/autostart.sh a linha
    Código:
    eval `cat ~/.fehbg` &
     
  16. c3l5o

    c3l5o I'm cool cuz I Fold

    Não concordo com essa do feh... Mais vale instalar o Nitrogen e depois meter no ficheiro de arranque:

    Código:
    nitrogen --restore &
    O Nitrogen é mais user friendly para defenir o wallpaper :)
     
  17. dronepwn

    dronepwn [email protected] Member

    Fiz como o neonl disse, e acho que é também uma maneira fácil. Obrigado pelas ajudas.
     
  18. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Vou experimentar esta "coisa" aqui no meu Debian, para matar as saudades ;)
     
  19. LnxSlck

    LnxSlck Power Member

    Só falta uma coisa, sempre que se meter uma pen, o Openbox abrir o nautilus ou o thunar.
     
  20. neonl

    neonl Banido

    Isso é uma questão de ter uma série de dependências do Gnome instaladas e, no autostart.sh meter o gnome-settings-daemon.
     

Partilhar esta Página