1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Oz OS - em desenvolvimento (testers welcome)

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico - GNU/Linux & *nix' iniciada por neonl, 7 de Dezembro de 2007. (Respostas: 75; Visualizações: 5982)

  1. neonl

    neonl Banido

    Boas.

    Uns rapazes fixes (sobretudo americanos, mas também um português, user cá do fórum, o Rui Pais) decidiram criar uma distro (um flavour de Ubuntu) para Enlightenment DR17 decente (sim, o elive não é grande coisa e o gOS... bem... acho que nem por isso também...).

    O Oz é baseado numa raiz Debian, mais concretamente Ubuntu, mas no entanto NÃO É UBUNTU, não tem aquelas GUIs todas para controlar tudo e mais alguma coisa.

    Usa um Enlightenment DR17 compilado a partir da CVS de forma que é pode ser muito actual.

    Tem muitas coisas boas herdadas do Ubuntu (e consequentemente do Debian) como o APT, repositórios infinitos, etc.

    O cafelinux.org dá alojamento inicial ao projecto e consequentemente à zona "oficial" de discussão mas eu achei como user/tester do Oz OS que devia aqui divulgá-lo.

    Já há CD do Oz, o que nos deixa com duas possibilidades de instalação: usar o minimalCD do Ubuntu e depois instalar o Oz desktop pelo APT, ou então usar o CD que está na imagem.

    TIP: Para users menos experientes recomenda-se a utilização dos LiveCDs fornecidos pelos devs (para a plataforma de processamento apropriada).

    LiveCDs com installer e Enlightenment DR17 já compilado


    TIP: O torrent é sempre recomendado.

    Construir o Oz OS "na hora" compilando o e17 a partir do minimalCD do Ubuntu

    1. Obter um minimalCD do Ubuntu. Para isto ir descarregar do Ubuntu 'Gutsy Gibbon' 7.10 o minimalCD para a arquitectura adequada. NOTA: a compatibilidade dos pacotes com as arquitecturas depende do Ubuntu, já que o que é mais específico do Oz é compilado ou são configs.
    Gravar a imagem e arrancá-la pela BIOS.


    2. Fazer o boot. Para isto não basta fazer Enter, é preciso digitar
    Código:
    cli
    e depois sim, fazer Enter.

    3. Seguir os passos de instalação. Para quem já instalou Debian ou Ubuntu pelo AlternateCD este passo é muito fácil, mas para quem nunca instalou também não é complicado, é só dar instruções simples.

    4. Iniciar o sistema mínimo instalado. Basta fazer o login com o teu username e password (que registaste durante a instalação).

    5. Adicionar os repositórios do Oz OS. Ok, isto para quem conhece Debian, Ubuntu, Mint, Mepis ou outra distro Debian based é habitual. É só adicionar umas linhas ficheiro sources.list.
    Fazer:
    Código:
    sudo nano -w /etc/apt/sources.list
    e adicionar (sugere-se no fundo do ficheiro):
    Código:
    deb http://cafelinux.org/Downloads/oz-os scarecrow main contrib
    deb http://cafelinux.org/Downloads/oz-os tinwoodman main contrib
    6. Pôr os pacotes a instalar. Basta pedir ao APT para puxar dois pacotes: o primeiro é o Enlightenment DR17 versão CVS e o segundo é um conjunto de pacotes (alguns deles depois automaticamente obtidos pelos repositórios oficiais do Ubuntu) como configurações as aplicações que fazem o Oz OS.

    Fazer:
    Código:
    sudo apt-get update
    sudo apt-get install e17-cvs oz-desktop
    # o apt-get update é necessário, senão os pacotes não serão encontrados pelo APT
    Pode, também, optar pela solução do desktop light
    Código:
    sudo apt-get install oz-desktop-light
    7. Reiniciar o gdm e brincar *. Para isso fazer:
    Código:
    sudo /etc/init.d/gdm restart
    TIP: O utilizador criado durante o processo de instalação (atenção que isto só é válido para este método, para o LiveCD não há este problema) não terá o proflie do Oz (não terá configs, não terá o visual, os temas, etc). Convém, portanto, a criação de um user a-posteriori que será o "user principal" e aplicar, com este, os seguintes comandos numa consola não-gráfica.
    Código:
    sudo cp -a /etc/skel/. $HOME
    sudo chown -R $USER\: $HOME
    ____________________________________​

    Convém, para mais informação e dúvidas consultar também:Podem ainda (e devem fazê-lo) postar aqui as vossas dúvidas e sugestões posto que tentaremos prontamente respondê-las.

    O fórum do cafelinux.org tem um sub-quadro de Oz OS, sendo este o oficial do projecto. Lá, além de poderem livremente (requer registo para isso) criar novas threads (em inglês) têm ainda a possibilidade de consultar algumas já existentes bastante úteis (screenshots, sugestões, canal de IRC, etc), ver:
    http://cafelinux.org/forum/index.php/board,91.0.html

    * - Para instruções, dúvidas e links de personalização, utilização, etc do E17 (versão CVS) usar este tópico.

    Screenshot do look default (integrado no LiveCD):
    [​IMG]
    Atenção ao facto de que esta imagem é uma montagem de varios screenshots feita à postriori com o GIMP e não é nenhum efeito de composite (Compiz e afins) que o Oz OS integre.

    Cumpz.

    Postem dúvidas, dêem feedback, sugestões, críticas (construtivas), etc.
     
    Última edição: 11 de Julho de 2008
  2. Nomearod

    Nomearod Power Member

    Preciso aqui de uma ajuda.

    Neste momento tenho algo deste género:
    -Instalei Ubuntu
    -Instalei Kubuntu-desktop
    -Instalei Geubuntu-desktop

    Tenho os menus todos organizados de forma a aparecer no menu do Gnome um menu a dizer "KDE" com tudo o que é KDE lá dentro direito, e em KDE o mesmo para Gnome por isso não atrapalha nada a organização de menus.

    Dependendo do que queira usar basta seleccionar Enlightment, Gnome ou KDE no início e entro no Ubuntu, Kubuntu ou Enlightment.

    O que queria fazer era saber se dá para instalar o Oz OS juntamente com isto e ficar a funcionar da mesma forma que o Geubuntu.
     
    Última edição: 5 de Janeiro de 2008
  3. neonl

    neonl Banido

    Essa do Geubuntu + Oz OS numa mesma instalação cheira-me a explosão. Acho que não funciona mesmo. Aliás, o Oz ainda não têm um desenvolvimento estável o suficiente (pelo menos é a minha opinião).

    Anyway, se quiseres brincar um bocado e ver o eye-candy todo que Oz proporciona, instala no VBox.

    Cumps :p (e obrigado por trazeres este tópico "ao de cima").
     
  4. Nomearod

    Nomearod Power Member

    Eu estava a pensar era em desintalar o Geubuntu e depois instalar o Oz Os. É só um "sudo apt-get remove geubuntu-desktop".

    Estive a ler e existem algumas críticas ao Geubuntu por incluir algumas coisas do XFCE como o thunar e o painel em cima, mas pessoalmente gosto bastante.

    Não faço ideia de como está a nível de recursos utilizados, mas responde rapidamente e sem grandes problemas.

    E17 é mesmo um espanto no que toca a eye candy.
     
  5. Rui Pais

    Rui Pais Power Member

    Olá.
    Obrigado pelo interesse no OzOS!

    Sim, como neonl disse, misturar o Oz com o geubuntu (ou qualquer variantes que usem diferentes repos) é problema garantido.
    O problema não é o oz-desktop per si, mas o e17-cvs, que é o deb central do oz-desktop. Nota que quer o Geubuntu quer o Oz se "conflitam" um ao outro, não sendo possível instalar nenhum em simultâneo.

    Em termos de estabilidade, todos os "e17/ubuntu based" são mais ou menos a mesma coisa. Todos usam código CVS e o ubuntu... O Geubuntu usa os panels do xfce4 para oferecer um systray e algumas applets (network e volume control).
    É uma opção. Não a melhor, mas perfeitamente funcional. Tiveram um problema com isso no fechar das sessões, mas em princípio deve já estar ultrapassado (com uma sugestão minha, btw, ;)...)

    Para remover o geubuntu não creio que um simples remove funcione. É um meta package... tens de apagar as dependencies. Tenta:
    Código:
     sudo apt-get remove --purge geubuntu-desktop 
    sudo apt-get autoremove
    e depois abre o synaptic, remove as referências aos repos do Geubuntu, verifica se há enlightement* e e17* ainda instalados (deverão estar na secção Local packages) e remove-os.
    Só depois o Oz poderá ser instalado.
     
    Última edição: 5 de Janeiro de 2008
  6. Nomearod

    Nomearod Power Member

    Rui pais, eu acabei por remover tudo no Synaptic e tirei os repositórios do Geubuntu.

    Meti depois os do Oz OS e está neste momento a instalar.

    A instalação é que está a demorar muito mais do que estava à espera. Estava a contar com coisa de 5 ou 10 minutos mas já está à bem mais. Isto está a compilar o E17 em vez de instalar *debs, não está?

    Não tenho nada contra isso desde que funcione mas demora ainda um bocado.

    BTW, o bug ao encerrar o Geubuntu continua presente. Sempre que fazia log out veficava-se um "time out" e tinha que mandar fechar tudo para conseguir sair.

    Se pois quiser desinstalar o Oz preciso de fazer o quê? Basta ir ao Synaptic, fazer remover e é tudo apagado (incluindo as pastas que foram criadas no home)?
     
    Última edição: 5 de Janeiro de 2008
  7. neonl

    neonl Banido

    Sim, ele está a compilar tudo. O deb aí, a única coisa que faz é instalar (e correr) um bash script que automatiza o processo, e configura, etc... Sim, demora um tempito. Na máquina que vez no meu "My System" demora 25 min (aprox.). Para actualizar o Enlightenment (eles actualizam varias vezes por dia) não se usa o APT, mas sim um comando que fica instalado:
    Código:
    sudo easy_e17 -u
    Assim, ele vê se há codigo fonte (atenção, não são binários) novo e esse (não custuma ser todo, felizmente) é descarregado, compilado e instalado automaticamente ;)
     
  8. Nomearod

    Nomearod Power Member


    Tenho que correr sempre esse comando ou sempre que há actualizações elas são feitas automaticamente?

    Sinceramente, gostava bastante de achar o Oz Os superior ao Geubuntu. Tanto uma como outra podem não ter muitos users e forums grandes, mas se ficasse com o Oz Os sempre tinha aqui no TZ um local para tirar dúvidas pois de E17 não percebo nada.

    Quanto a compiz fusion, não dá para correr, pois não? Até porque o E17 já faz grande parte do que ele faz.
     
  9. neonl

    neonl Banido

    Estas actualização têm de ser feitas manualmente, executando este comando, isto deve-se ao facto de não serem (por motivos óbvios) os repos do Oz (que também têm o meta-pacote "e17-cvs") que gerem o código fonte do E17. O E17 é actualizado muitas vezes. Isto não quer (nem pouco mais ou menos) que tenhas que o actualizar a toda a hora, até porque a compilação ainda demora uns minutos :)

    O Oz é, na minha (comprometida :)) opinião superior. Simplesmente tem dois (ou algo assim) meses desenvolvimento, não está "maduro ainda.

    Ooops. Temos aqui uma "desilusão", talvez. O bling (extensão de composite, que substitui o compiz) não funciona bem, e está retirada da lista de módulos a compilar. Podes instalá-la, basta personalizar uma lista de "--skip" mas isso agora tem que ser o Rui Pais a explicar-te. Repito é que, não funciona bem (a última versão da CVS com a versão do servidor X do Gutsy) do Bling :(. A mim tb não me faz muita diferença porque nunca a usei muito (nem o Compiz, ou beryl).
     
  10. Rui Pais

    Rui Pais Power Member

    Sim demora um bocado a instalação inicial, mas depois os updates são apenas uns momentos com a recompilação de um ou outro pacote que tenha tido alterações. Como neonl já disse só tens de actualizar quando quiseres (diariamente, semanalmente, ...)

    Estranho, a última vez que trocámos mails Luca e Intilinux, do Geubuntu, pareciam já ter implementado a minha sugestão sobre o repo deles... talvez estejam a juntar um conjunto de bug fixes...
    Para desinstalar todo o oz, é preciso fazer o mesmo que fizeste para o geubuntu, com o extra de remover o e17. Para isso faz primeiro (antes de apagar o Oz):
    Código:
    sudo .easy_e17.sh -c -c -c
    (eu nunca experimentei mas é suposto o script apagar tudo, code e compilações... manualmente podes simplesmente ver/apager /opt/e17 e $HOME/.e17-cvs)
    Nota que podes fazer backups com um simples:
    sudo cp -a /opt/e17 /opt/e17_BKP
    (util por exemplo antes de updates que possam parecer perigosas tipo api breakages, ver anúncios aqui).

    A diferença entre as duas implementações é que o Geubuntu é orientado para quem não percebe nada de Linux (pois implementa muitas das coisas do Gnome/Xfce que são parecidas ao Windows).

    Em relação ao Oz, não pretendo que seja muito completo ou user-friendly... é impossível satisfazer todos os gostos, por isso tento implementar um set bastante simples e geral.
    Mas se um utilizador se entende com o Ubuntu pode usar o OZ sem dificuldade. Os repos de base são os mesmos é só usar o apt para instalar qualquer funcionalidade pretendida que não venha por default...
    A grande vantagem do Oz é usar o e17-cvs, que é muito flexível, seguro e configurável ao invés de repos como todos as outras implementações de e17 fazem.
    Dentro de um dia ou dois penso lançar o 1º iso :)

    Quanto a foruns, eu tento reponder a qualquer dúvida que vá aparecendo :)
    POdes também usar os foruns do ubuntu (aqui ou aqui por exemplo), ou no que se refere a outras coisas não directamente relacionadas com o desktop
    O forum oficial em inglês é no Cafelinux:
    http://cafelinux.org/forum/index.php/board,91.0.html

    Correr o compiz é teoricamente possível, mas muito complicado (vi uns videos uma vez... mas acho que a coisa não era muito viável). O bling continua com problemas nas últimas versões... aconselho normalmente a usar o xcompmgr eis aqui uma sugestão:
    http://cafelinux.org/forum/index.php/topic,894.0.html

    Qualquer dúvida é só perguntar.
     
  11. Nomearod

    Nomearod Power Member

    Até agora não tive nenhum problema. Tudo funciona como devia funcionar e nenhum crash.

    Os únicos reparos que tenho a fazer são a falta dos icons na barra de acesso rápido. Aparecem espaços vazios com o programa e não o icon.

    A única coisa que aconselhava a melhorar seria o visual. Na minha opinião está demasiado simples. Talvez a ideia seja mesmo essa e seja isso que procuram, mas gostos são gostos =)

    O projecto é ainda muito jovem pelo que li, no entanto foi uma surpresa muito agradável. Espero que continuem e que tenham muito sucesso.

    "E17 é feio"
    "E17 é instável"
    etc

    São tudo mitos e preconceitos que eu próprio tinha. Obrigado por terem ajudado a desfazê-los (principalmente ao neonl que se criou estas duas threads sobre o assunto).

    Congratz =)

    EDIT:
    Sugestões?

    sudo easy_e17 -u
    sudo: .easy_e17.sh: command not found
     
    Última edição: 5 de Janeiro de 2008
  12. Rui Pais

    Rui Pais Power Member

    Boa. Fico contente por ter corrido tudo bem.

    Sim é suposto o e17 ter um look leve e despojado. (Os gostos eh eh...)
    Podes activar ou desactivar os icons no desktop carregando ou descarregando o modulo 'File Manager' (eu prefiro sem...)

    Podes alterar os fundos ou os temas. Vê aqui bons temas e outros eye-candy:
    www.get-e.org e http://e17-stuff.org

    Dá também uma olhada na secção Tips and Tricks do meu thread sobre o e17-cvs:
    http://ubuntuforums.org/showthread.php?t=546746
    para mais dicas sobre configuração.

    Quanto ao comando mencionado, foi uma gafe é:
    Código:
    sudo easy_e17.sh -u
    Boas configurações
     
  13. Nomearod

    Nomearod Power Member

    Thanks =)

    Tentei remover e deparei-me com um erro a dizer que não era possível( E: e17-cvs: subprocess post-removal script returned error exit status 1 ). Estive a ver e já aconteceu a mais alguns users e parece não haver solução a não ser apagar isto:
    /opt/e17
    /usr/bineasy_e17.sh
    /etc/.easy_e17.conf


    E substituir isto:
    /var/lib/dpkg/available
    /var/lib/dpkg/status

    O único problema é que o que está a negrito não existe. E mesmo depois de ter removido tudo à mão e de ter substituido aqueles ficheiros pela versão "old", o e17-CVS continua a aparecer no Synaptic e a dar erro. =|

    O mais chato é que sempre que abro o Synaptic o pacote está automaticamente marcado para remoção e mesmo que tente "unmark" não dá.
     
    Última edição: 5 de Janeiro de 2008
  14. neonl

    neonl Banido

    O que está em negrito não existe mesmo. Em relação ao teu segundo problema... :confused: I'm afraid I can't help... pode ser que o Rui Pais saiba.
     
  15. Nomearod

    Nomearod Power Member

    O pior é que agora nem fazia o boot e não tinha maneira de saber porquê (o ubuntu 64 bits tem um bug que desliga o ecrã durante o boot).

    Tive que iniciar em recovery mode e depois fazer "gdm". Deu um erro a dizer que o tema "oz" não existia. Tentei iniciar no modo Enlightment mas não dava. Pelos vistos está removido, mas continua a aparecer listado.

    Se não der para fazer nada: Format XD

    Não imaginam a quantidade de vezes que já instalei Ubuntu... Mas também já estava a contar fazer isso. Andava a inventar a mais nos últimos tempos =D
     
  16. neonl

    neonl Banido

    Em relação a isso de desligar o ecrã durante o boot... só faz nalguns PCs, no meu por exemplo. Criei uma vez uma thread sobre isso no fórum do ubuntu (aqui). Acho que se pode resolver, eu é que ainda não consegui. Anyway, tb não vou prescindir dos 64 bits só por causa disso :)
     
  17. Rui Pais

    Rui Pais Power Member

    Não percebo muito bem o que aconteceu... (a proposito é /usr/bin/easy_e17.sh)
    cuidado a mexer directamente nos files de /var/lib/dpkg ... isso pode dar broncas das sérias.
    tenta primeiro:
    Código:
    sudo aptitude remove e17-cvs
    e depois:
    Código:
    sudo aptitude remove oz-desktop
    para remover o enlightenment da lista do gdm:
    Código:
    sudo rm  /usr/share/xsessions/enlightenment.desktop
    isso acontece por causa da remoção parcial...
    tens de ser mais detalhado com o que aconteceu para eu poder dar mais pistas...
     
    Última edição: 5 de Janeiro de 2008
  18. Rui Pais

    Rui Pais Power Member

    Ah. Isto deve ser por causa das configurações do Oz (para adaptar o gdm do ubuntu ao Oz).
    tenta:
    Código:
    sudo aptitude reinstall gdm
     
  19. Nomearod

    Nomearod Power Member

    Basicamente corri o script com a parte do "-c -c -c" e não deu erro nenhum.

    Depois fui ao Synaptic e slecionei o oz-desktop e o E17 para remover completamente assim como o que tinha ficado. E aí apareceu este erro (E: e17-cvs: subprocess post-removal script returned error exit status 1 ).

    Aparece quer com o Synaptic, quer com apt-get ou aptitude.

    Sinceramente não é que seja assim um problema muito grave para mim. 20 minutos e reinstalo o Ubuntu e em mais 10 fica com tudo a funcionar. Tenho quase tudo de origem já para depois quando tiver que formatar não ir trabalho ao ar.
     
  20. Rui Pais

    Rui Pais Power Member

    Ah penso que já percebi o problema!
    Muito obrigado, é assim que as coisas se vão afinando e melhorando (:))

    Tenta:
    sudo aptitude reinstall e17-cvs
    e depois tenta remover de novo tudo (sem o commando com -c -c -c)

    Tenta pelo menos isto antes de formatar, se possível, para eu colidir informação sobre o problema ok?
    e diz como correu. Muito Obrigado.
     

Partilhar esta Página