1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Para os mais interessados em .NET

Discussão em 'Programação' iniciada por tassebem, 17 de Agosto de 2004. (Respostas: 4; Visualizações: 756)

  1. tassebem

    tassebem Power Member

    Queria dizer que existe um site na net de .NET em português que pode dar muito jeito para tirar dúvidas de VB.NET, C# e .NET em geral. O URL é em http://www.dotnetpt.com/ :)

    Cumprimentos.
     
    Última edição: 18 de Agosto de 2004
  2. tassebem

    tassebem Power Member

    Esqueci-me de dizer que:
    É o site com mais conteúdos e experts de .NET e VB Classic em Portugal.

    Cumprimentos.
     
  3. Sandman

    Sandman Power Member

    O .NET até me parece um plataforma de desenvolvimento bem fixe, mas sinceramente não me agrada muito cenas proprietárias... Se bem que posso sempre usar o Mono, mas ainda assim não me convence muito a tentar aprender alguma coisa de C# e o resto da pandilha .NET...

    Alguém me pode dizer quais são as vantagens deste novo "brinquedo" do Sr. Bill Gaitas???
     
  4. tassebem

    tassebem Power Member

    Sandman, .NET foi o nome dado pela MS a uma nova maneira de pensar os seus produtos. Básicamente, aquilo de que eles se realizaram, é que hoje em dia é cada vez mais termos dispositivos heterogeneos que não só vão correr aplicações monoposto como na maioria dos casos irão funcionar e comunicar numa rede. O que se pensa é que num futuro próximo tudo o que tiver uma interface pessoa-máquina vai ter um processador, um segmente de memória, provavelmente vai ter um OS e vai ser programável. Pelo menos é isto que se pretende, alguns exemplos são os smartphones, Pocket PCs, Tablet PCs, Desktop PCs, Laptops ou os telefones de 3ª geração. Também já existem microndas e frigorificos, entre outros, com uma API de hardware. O que as empresas já começaram há muito a pensar é como implementar isto, a Sun até há pouco tempo foi a mais inovadora com a introdução da revolucionária Virtual Machine, a qual veio solucionar isto mesmo, cria-se uma máquina virtual que corre em dispositivos que são, em natureza, muito diferentes uns dos outros, e é disponibilizada sempre uma API em Java programável. Isto foi uma revolução tremenda, e só hoje em dia é que se começa a ver os seus efeitos, quando já podes programar o novo jogo para o teu telemóvel ou actualizar a sua base de dados, por exemplo, com Conduits via HotSync. Um programador de telemóveis agora é também 1 programador de PCs e vise-versa pois a linguagem que ele sabe é sempre a mesma, Java, apesar de variar um pouco as classes que ele vai usar pois provavelmente vai programar com objectivos diferentes para um PC quase todo o seu conhecimento é reutilizado.
     
  5. tassebem

    tassebem Power Member

    No que toca à MS e ao .NET, mais especificamente a .NET Framework é que se trata de uma Virtual Machine também só que vem resolver uma série de desvantagens da VM da Sun. Quais são essas desvantagens? Existem muitas desvantagens mas vou falar apenas das 3 mais importantes: 1. Todos os programadores do mundo terão que ser programadores da syntax Java. 2. Performance. 3. Integração com a web. 1. Agora na .NET Framework podes, virtualmente, programar as tuas aplicações em qualquer linguagem, basta para isso que esta tenha sido desenvolvida por alguém ou alguma empresa para correr na .NET Framework, mais exactamente na CLR, que é como se chama a VM da MS. Isto significa que agora todos os programadores do mundo vão poder reaproveitar de novo os seus conhecimentos, não vão ter que reaprender outras syntaxs de linguagens, como o Java, para poderem tirar todos os beneficios deste modo de programação. Os programadores de VB poderão continuar a programar em VB, os de C ainda não foi criado o C puro para correr sobre a CLR mas já existe o C# onde a syntax é quase a mesma e tiras partido do OOP. Os programadores de Java têm o J.NET ou J#, os de COBOL o COBOL.NET, etc.. etc.. 2. Performance foi a grande falha do produto da Sun a meu ver, como os programas Java eram muito lentos quer a compilar quer a executar o produto não teve muito sucesso na industria do lazer e do comercio, como jogos, aplicações multimédia etc... Fazer uma aplicação que seja intensa em processamento gráficos é algo que desilude qualquer programador de Java, é verdade que agora com o Java 1.5 as coisas estão bem melhores mas de qualquer forma ainda fica muito longe, a meu ver. a .NET Framework veio resolver isto, chegou-se a fazer benchmarks em que jogos programados em .NET eram quase 3000% mais rápidos que os em Java, de facto a plataforma .NET foi optimizada com os algoritmos mais avançados de tal forma que aplicações .net agora em qq. linguagem podem ser quase tão rápidas como aplicações VC++. 3. A integração foi outro avanço tremendo da plataforma, com o IDE da MS virado para a .NET, agora chamado Visual Studio.NET, podes programar as tuas aplicações em qualquer linguagem e para qualquer ambiente, telemóveis, pocket pcs, pcs, a web, etc... Sim a web! Podes programar para a web em qualquer linguagem da framework no mesmo IDE, e sim é programar, o código já não é mais interpretado, em vez disso é compilado e corre directamente dentro da CLR quando é chamado pela web não deixando de o resultado para o cliente ser puro HTML. Podes criar as tuas páginas web usando o mesmo paradigma de programação, por exemplo, do VB, com Forms, arrastas labels, textboxs e no fim tens a tua página, pois existem essas coisas todas em HTML também, labels = texto puro, textboxs = inputs dos forms web. Poderia falar muito mais mas acho que não teria espaço para escrever lol, espero ter-te esclarecido, simplesmente não é possível eu resumir-te mais que isto. Vou tentar resumir da seguinte forma, hoje em dia a industria pensa que este tipo de tecnologia disponibilizada pela Microsoft vai alimentar o mercado das ITs pelos próximos 10 anos.

    Cumprimentos.
     

Partilhar esta Página