1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Partições e backup

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico - Apple' iniciada por mredondo, 23 de Abril de 2007. (Respostas: 25; Visualizações: 2340)

  1. Olá a todos, mais uma vez.
    Estou a preparar-me para o grande SWITCH (vou encomendar um iMac 20" em Maio) e estou na fase de resolver, pelo menos na minha cabeça, algumas dúvidas.
    E esta é a seguinte...

    No ambiente Windows, habituei-me a "entregar a alma" ao Norton Ghost. Regularmente criava "imagens" da minha partição de sistema, e quando alguma coisa corria mal (o que em Windows, já se sabe, é muitas vezes - vírus, corrupção de sistema, ou mesmo falhas de disco rígido...) limitava-me a restaurar a última imagem e pronto, era como se nada se tivesse passado, e em menos de meia hora estava a trabalhar outra vez.

    Ora, essa estratégia implicava várias coisas:

    - Primeiro, adoptei o hábito de ter SEMPRE os meus documentos separados do sistema/aplicações. Fazia isso colocando-os numa partição separada do mesmo disco rígido. Assim, de cada vez que tinha de recorrer ao Ghost para restaurar uma imagem de sistema, isso não afectava em nada os meus documentos, já que se encontravam noutra partição. Escusado será dizer que os documentos tinham por sua vez a sua própria rotina de backup, separada e muito mais frequente.

    - Segundo, recorria a um segundo disco rígido interno para fazer e armazenar as tais imagens de sistema com o Ghost. Além disso, de tempos a tempos, também gravava essas imagens em dvd (com compressão, a partição de sistema cabe-me num só dvd...)


    E assim chegamos ao meu futuro iMac... Vamos às dúvidas:

    - Gostaria de ter, no meu novo sistema, uma estratégia de "peace of mind" semelhante. No entanto, sei que a plataforma é diferente... Acham que se justifica "replicar" esta estratégia, ou haverá outras mais adequadas?

    - Quais as ferramentas aconselhadas? Já ouvi falar do CCC e do SuperDuper, e parecem-me bem...

    - O iMac só tem um disco rígido, por isso suponho que a "táctica" mais comum é usar discos externos para clonar ou guardar as imagens, certo?


    E agora, o mais complicado... partições!

    - Acham que ainda se vai justificar a minha abordagem de manter os docs separados do sistema operativo + aplicações? Pra mim faz todo o sentido, mas sei que estou a pensar como utilizador de Windows...

    - Vou em princípio instalar o BootCamp e criar com ele uma partição para o WinXP. Li na net bastante material sobre como criar uma terceira partição "no meio". Não me pareceu excessivamente complicado. A ideia seria ficar com três partições: 100Gb para sistema, 100Gb numa segunda partição, e 30Gb para o XP (isto deve encher os 250Gb "teóricos" do iMac). Acham bem estes números, ou alguém tem uma sugestão melhor? E depois, lá está, fica a dúvida: devo transferir os meus documentos para a "partição do meio" ou usá-la apenas para armazenamento (multimédia, por exemplo)?


    Enfim... se calhar estou a pôr questões demais!
    Mas tenham paciência com este switcher a tentar desesperadamente fugir do Windows!
    Qualquer informação/reflexão/ideia será benvinda!
     
  2. ]-noBOdy-[

    ]-noBOdy-[ Power Member

    1º WOW, grande post!

    2º Em Windows também uso partições + Norton Ghost + mil-e-uma-maricadas-que-me-lixam-a-cabeça-e-que-de-nada-servem. em Mac é simples: Uso tudo no mac, sem partições. Semanalmente perco uns minutitos e faço backup do seguinte:
    - Documentos e ficheiros de trabalho: copy-paste das pastas mac --> disco externo
    - iBackup (gratuito) para guardar definições, preferências, dados, librarires e tudo o que mais te lembrares (é muito bom. fiz uma vez o restore para experimentar e funcionou muito bom...2 cliques e já está). Gravo tudo no disco externo;
    - Salvar base de dados do iCal, Address Book e Stickies para o disco externo;

    Procedimento habitual (talvez te interesse)
    1º perder 10 minutos e criar uma função no automator (realizar apenas uma vez). Guardar esta função algures.

    A partir deste momento, ou seja, procedimento semanal:
    1º ligar o disco externo;
    2º correr a função do automator e ir tomar café;

    Quanto à 3ª partição, tenho ideia que é um pouco complicado isso ficar a funcionar direito. No entanto, posso estar errado. Quanto a espaço, não te posso aconselhar. Se fizeres partição, convém fazer em FAT32 para poderes ler e escrever.

    De qualquer das maneiras, se vais usar X e XP talvez seja mesmo melhor usar uma partição para documentos/ficheiros.

    Ajudou de alguma maneira?
     
  3. Meje

    Meje Power Member

    Eu uso o sistema de ter os meus documentos numa partição sem sistema operativo. Sou forçado a usar muitas vezes windows que tenho instaldo com bootcamp, porque tenho de usar software que não existe para Mac, mas uso-o quase sempre pelo parallels. Depois tenho atalhos para a pasta dos documentos nos ambientes de trabalho dos dois sistemas operativos. Assim os documentos são comuns aos dois so's e estão em ambos os casos à distancia de um duplo click.

    O unico inconveniente disto é que por estarem em partições diferentes, ao arrastar os ficheiros, por exemplo do ambiente de trabalho para os documentos eles são copiados e não movidos. Se calhar até dá para mudar isto e eu não sei. Tirando esse inconveniente dou-me bem com este sistema.
     
  4. Obrigado a ambos! Sim, este é exactamente o tipo de resposta que procuro. Quanto mais opiniões e "casos reais" eu analisar, mais fácil será tomar uma decisão e "desenhar" o meu sistema.

    @pcascais:
    Tens razão, outra vantagem de fazer a tal "partição do meio" é poder aceder livremente aos mesmos documentos de base tanto pelo OSX como pelo XP, desde que esteja em FAT32. Aliás, "por causa das tosses" até estava a pensar ter a própria partição do XP em FAT32. (sim, eu sei que NTFS tem vantagens, mas trabalho há 4 anos num XP instalado em FAT32 e nunca tive problemas com isso)
    Uma dúvida: os documentos a que te referes (de trabalho, preferências de aplicações e ainda bases de dados específicas) não ficam salvaguardados se eu fizer um backup de todo a pasta Home? De qualquer forma, obrigado pela dica do iBackup, parece-me excelente.
    Quanto ao procedimento para criar a terceira partição, sim de facto não é simples, mas pelo que tenho lido se for feito de uma determinada maneira, funciona (quem descobriu essa maneira foi a malta do linux, desejosos de fazer triple-boot num Mac-Intel).

    @Meje:
    Vejo que o teu setup é muito parecido com o que eu gostaria de implementar... Poderias dizer-me como tens a estrutura de partições (tamanho e file-system)?
    Também já tinha lido que o Parallels pode usar o XP instalado na partição do BootCamp. Confirmas, portanto?
     
  5. ]-noBOdy-[

    ]-noBOdy-[ Power Member

    @mredondo

    Hmmm....mas quanto maior fizeres o backup, mais lento e moroso será o mesmo! Assim apenas demora uns minutinhos, é rápido....e para fazer backups semanais é preferível (na minha opinião).

    Uma coisa: no macbook só uso o osx. Se também usasse windows, o mais certo seria criar uma terceira partição para backups ....e depois usaria o iBackup para salvar preferências.

    outra coisa: o Meje tem um macbook, logo, a estrutura de partição será sempre muito inferior àquela que havias definido ..... um conselho: reduz a partiçã do osx para uns 70 gb e aumenta em 30 gb a partição para Windows.... Isto se fizeres a 3ª partição, claro.
     
  6. @pcascais:

    Tens razão quanto ao tempo dos backups. Enfim, nada como experimentar e logo se vê qual é a forma mais prática.
    Quando dizes aumentar em mais 30Gb a partição "para Windows" queres dizer a partição onde instalo o XP ou a "do meio"? 60Gb para instalar o XP parece-me excessivo...


    @all:

    Por acaso acabo de ler uma coisa aqui no fórum que me deixou a pensar: parece que se formatar a partição "do meio" (aquela que vai alojar os documentos) em FAT32 perco a possibilidade do seu conteúdo ser indexado pelo Spotlight... Hmmm... Não sei se isso me agrada...
    Se calhar formato ambas em HFS+ e a do XP em FAT32. Em princípio, nas poucas vezes que precisar do XP vai ser para qualquer coisa muito específica. E rápida... Posso sempre depois, em OSX, ir à partição FAT32 do XP buscar os ficheiros que eventualmente tenham sido criados.
    Que me dizem?
     
  7. ]-noBOdy-[

    ]-noBOdy-[ Power Member

    excessivo? todo o espaço que tens pode ser considerado excessivo:P j/k...

    Tipo...instalas uns programas, queres trabalhar umas coisas na partição do windows, etc...ficas com isso cheio!
     
  8. Não exageremos... :-)
    Trabalho há 4 anos numa máquina XP "artilhada" e a minha partição de sistema+aplicações só tem 10Gb (neste momento com 2Gb livres). Isto inclui Photoshop, progs de edição de video e som, etc, etc.

    E quanto a esta história do Spotlight, que me dizes?
     
  9. ]-noBOdy-[

    ]-noBOdy-[ Power Member

    para falar a verdade, não sei. Prefiro ter as coisas separadas (um portátil para osx e outro para Windows), pelo que não uso partições.... sorry.

    EDIT: aguarda até mais logo. O pessoal que percebe desta história conseguirá ajudar-te certamente.
     
  10. OK, obrigado na mesma pelo teu input! Foi muito importante.

    Agora é ver se mais alguém quer partilhar a sua experiência, e em breve terei de tomar uma decisão. Conto encomendar o meu novo iMac já em princípio de Maio!
     
  11. ]-noBOdy-[

    ]-noBOdy-[ Power Member

    já que falas nisso .... porquê princípio de Maio? a plataforma santa rosa começa a ser expedida em meados de Maio ... em Junho deverá ser apresentado um refresh aos iMAC .... para quem já esperou algum tempo (parece ser o caso), aguenta mais um mesito....
     
  12. Pois, percebo o que queres dizer...
    Esperei por Maio por causa do Leopard, e foi o que se viu!
    As minhas razões são estas: estou pelos cabelos com a minha máquina e com o Windows. Já há um ano que tinha decidido fazer um "refresh" em 2007, na altura por estar a pensar na chegada do Vista.
    Além disso, em termos profissionais, agora, até início de Junho, estou mais folgado e posso dedicar-me mais ao processo de migração e genericamente a "brincar com o brinquedo novo". Depois começa a ser mais difícil e só volto a ter mais disponibilidade lá para Outubro. Não quero esperar tanto tempo!
    Quanto ao Santa Rosa, as minhas reflexões são as seguintes (corrige-me se estiver errado...): é verdade que vai ser lançado em Maio, mas ninguém sabe quando é que a Apple a vai adoptar, nem quais os primeiros modelos a fazer o refresh. Com sorte, sai um novo iMac em meados de Maio. Com azar, a Apple atrasa-se um bocado e começa pelos MacBooks,e só há novo iMac lá para Julho! Depois (e disto saberão vocês muito melhor que eu) ainda há que esperar que os novos modelos saiam EM PORTUGAL! O quê? Talvez mais um mesito, não? Ou seja, com um bocadito de azar, só há novos iMac em Portugal lá para Agosto. Sinceramente, não sei se me apetece esperar...
    E depois ainda há outra coisa: o refresh de hardware será assim tão significativo? As especificações actuais já excedem em muito as minhas necessidades! É evidente que toda a gente gosta de ter mais 200Mhz pelo mesmo preço, ou mais 250Gb de disco ou melhor desempenho gráfico. Mas no fundo, no fundo, é tudo um bocado "síndrome de regateio", porque nenhuma dessas melhorias vai afectar significativamente o meu dia-a-dia com a máquina.
     
  13. ]-noBOdy-[

    ]-noBOdy-[ Power Member

    Nessa perspectiva, tens toda a razão. Tinha ficado com a ideia que tinhas tempo....claro! Se precisas, compra! é a atitude mais racional (e a menos complicada, claro).
     
  14. Meje

    Meje Power Member


    As minhas dúvidas de dimensão das partições foram bem mais simples, pois tenho muito menos espaço para gerir (tenho isto em Português):
    32 GB - Mac OS X - Mac OS Expandido (Reg. Cronológico) - 18,7 GB ocupados
    20 GB - Dados/documentos - Sistema de arquivos do MS-DOS (FAT32) - 9,5 GB ocupados
    22 GB - Windows XP - Sistema de arquivos Windos NT (NTFS) - 10 GB ocupados (na verdade são menos de 7 GB, mas aparece-me 10 não sei bem porquê)

    Como é um portátil, com um disco de 80 GB e é essencialmente para trabalho, não tenho muito para meter na partição de dados. Ficam lá os documentos, algumas fotos, alguma musica e eventualmente 1 filme ou 2. Se fosse um desktop esta seria a minha maior partição.

    O Mac OS X ocupa muito mais espaço que o windows e tem software cujo espaço em disco também é muito significativo, por isso deve ser uma partição bem grande.

    Eu uso office, autocad, tenho 1 jogo instalado e mais um ou outro software que é mais prático ou apenas posso usar em windows. Não tenho ideias de colocar mais nada lá... Por isso apenas devo ocupar metade da partição.

    Pela utilização que faço do windows, que me parece semelhante à tua, duas partições de 100 GB e o resto para windows parece-me bem, eu faria o mesmo.




    Sobre o parallels, tive alguma dificuldade em ter 3 partições e correr o windows instalado numa delas, mas não tem nada que saber, deixo-te dois links que explicam tudo:

    Criar 3 partições com bootcamp aqui. (tirado daqui)

    Resolver o conflito de o prallels não saber qual das outras duas partições tem o windows instalado aqui.
     
    Última edição: 24 de Abril de 2007
  15. Demiurgo

    Demiurgo Xerife de Nottingham

    A lógica para comprar Macs é uma batata. É comprar quando é necessário. Period.

    Os Macs são actualizados sensivelmente de seis em seis meses, portanto quem puder esperar aproveite e aguarde o final do ciclo actual, quem não puder esperar que compre agora.

    PT
     
  16. @Meje:

    Muito obrigado por toda a informação. Os links já conhecia, mas é sempre bom confirmar que usaste o procedimento e tiveste sucesso.
    Estou praticamente decidido em relação ao desenho do sistema. Depois de implementado virei aqui contar tudo, para partilhar a experiência.

    Em relação à dúvida que me surgiu com o Spotlight, tenho andado a investigar e parece que era boato: afinal, o Spotlight também indexa volumes em FAT32. Já agora, Meje, qual é a tua ideia em relação a isso, já que tens a partição de docs em FAT32?


    @Demiurgo:

    Precisamente, concordo contigo... em teoria! E é, de longe, o conselho que se vê dar mais vezes a futuros compradores de Mac.
    O problema é que a definição do que é "necessário" é muito mais subjectiva e nebulosa do que parece...
    Se formos realmente rigorosos, um novo sistema só é mesmo "necessário" quando o antigo deixa de funcionar, ou quando o novo permite uma funcionalidade indisponível no antigo (um novo software com requisitos de sistema mais elevados, ou uma fucnionalidade de hardware que não seja susceptível de upgrade por via externa). Ora, estes casos, hoje em dia, já não são assim tantos, convenhamos, pelo menos para a grande maioria dos utilizadores, cujas necessidades são largamente excedidas pelas capacidades das máquinas.

    Muito mais difícil de "pôr o dedo na ferida" são as situações de desgaste ao longo do tempo, pequenas irritações de performance, etc, que levam que ao fim de três ou quatro anos aparente ser "necessária" a troca de máquina para permitir uma experiência de trabalho mais fluida e mais produtiva, mesmo que não seja um salto "absolutamente necessário" ou decisivo.
    O caso dos switchers, neste aspecto, é paradigmático!
    Como é que podes decidir que "precisas mesmo" de um novo Mac, e que portanto é boa altura para comprar, quando vens de uma plataforma completamente diferente? Só se a máquina Windows pifar...
    No meu caso, a minha máquina Windows funciona. Com mais ou menos "arrancar de cabelos" vai suprindo as minhas necessidades... Será que PRECISO mesmo de um novo Mac? Precisar, se calhar, não preciso... Mas a minha paz de espírito e produtividade agradeciam muito!

    É por estas e por outras que não é assim tão fácil recorrer à fórmula do "se precisares, compra - se não, espera"...
    É que isso do "precisar" tem muito que se lhe diga...
     
  17. Meje

    Meje Power Member


    Não sei exactamente o que "indexar" significa neste contexto:sad:, mas se tem a ver com pesquisar ficheiros, reconhecimento de dados, não há qualquer problema.

    Em windows, no parallels, como o disco de dados aparece como um volume partilhado em rede (é preciso definir no parallels tudo o que queremos que apareça no windows, drives de cd, discos, etc), ele diz-me sempre que o ficheiro que quero salvar pode ter sido alterado por outro utilizador desde a ultima vez que o guardei e pergunta-me se quero substituir o existente ou criar uma cópia, isto em vez de carregar no save no office e aquilo salvar-me automáticamente. A mim não me causa grande transtorno. É talvez a única diferença de usar este sistema a trabalhar no parallels ou estar de raiz no windows.
     
  18. OK, esse problema no parallels não é nada grave.

    A questão do Spotlight:
    para facilitar as buscas, o Spotlight "indexa" o conteúdo do computador, ou seja, constrói o seu próprio catálogo com informação sobre os ficheiros que temos. É a esse catálogo que depois vai buscar a informação que nos dá nas buscas. Para tentar clarificar: por exemplo, o Spotlight NÃO INDEXA cds ou dvds quando montados no Finder, nem volumes de rede. Já ouvi falar de ferramentas que permitem modificar o comportamento por defeito do Spotlight em relação à indexação.
    Ora acontece que eu tinha ouvido um boato de que o Spotlight, precisamente, não indexava partições FAT32 (o que tornava as buscas, embora possíveis, muito menos ricas em detalhes). Entretanto, já li na net precisamente o contrário, inclusivamente há bastante informação sobre como desactivar a indexação de discos externos FAT32 para melhorar a performance do sistema. Isto, em conjunto com o teu comentário, leva-me a crer que efectivamente não há problema nenhum, e que o Spotlight funciona de facto bem na partição de dados formatada em FAT32.
     
  19. Meje

    Meje Power Member

    Eu fiz uma pesquisa rápida por coisas que tinha nos meus documentos no disco de dados em FAT32 e a pesquisa pareceu-me igualmente rápida, (muito) poucos segundos e estava lá tudo.
     
  20. Experimentaste com uma busca por nome de ficheiro ou por conteúdo do texto?
     

Partilhar esta Página