1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

[PC] Rise of Nations

Discussão em 'PC Gaming' iniciada por vjoe, 19 de Agosto de 2006. (Respostas: 42; Visualizações: 4887)

  1. vjoe

    vjoe Power Member

    Compei hoje o Rise of Nations Gold Edition por 19,99€ na Vobis e estou a gostar bastante. Ainda assim, confesso que ainda prefiro o sistema de jogo mais simplista do Age of Empires II.
    Ainda estou a descobrir o jogo por isso não posso dar uma opinião definitiva, se bem que não me agrada muito o facto dos recursos serem intermináveis :?

    Falem aqui das vossas experiências com este jogo.

    Estou disponível para umas partidas online. :)
     
  2. dA_PhReAk

    dA_PhReAk Power Member

    é o que ando agora a jogar em single player. Estou a adorar, ha muito tempo (leia-se desde o AoE2:Conq) que nao ficava colado a um jogo de estrategia.

    Nao gostei muito do meu primeiro jogo, mas quando comecei a perceber as coisas o jogo torna-se muito viciante, so tenho pena e de ser demasiado facil, sem grande esforco acabas os mapas 1on1 com o inimigo em 5 minutos com um belo rush ao primeiro site que ele tenta atacar, leva na boca em 2v1 e depois toma-se a capital :).

    Nunca experimentei online :/
     
  3. vjoe

    vjoe Power Member

    Pois, eu também vim do Age of Empires II Conquerors (com o qual ainda faço uma partida online todos os dias), daí que me tenha custado a habituar à jogabilidade do Rise of Nations. Falo dos limites entre nações, recursos infinitos (isto é o pior..), não existirem casas, três unidades criadas de cada vez, etc.
    Por acaso pelas imagens do jogo que tinha visto, julgava que era como o Age of Empires.
    Mas por um lado, ainda bem que não é, não se pode ficar colado só a um tipo de jogabilidade e é preciso haver variadade.

    Depois combina-se um joguito online :)
     
  4. dA_PhReAk

    dA_PhReAk Power Member

    sure :)

    Mas os combat district funcionam como casas. O limite das nacoes ate gosto, mais que os recursos infinitos o que me faz uma certa confusao e que os recursos vao aumentando sucessivamente e nao por intervalos como no AoE e maioria de jogos de estrategia (intervalos correspondentes à quantidade transportada plos trabalhadores)
     
  5. Bluestrattos

    Bluestrattos Power Member

    Rise of Nations

    RoN, é extremamente viciante, então quando se joga em multiplayer com mais uns amigos :mrgreen:

    Eu por acaso não gosto muito do AOE, e até o acho um bocado lento quando comparado com o RoN. Já o tinha jogado à uns tempos atrás, recentemente a pedido de uns amigos voltei a jogar, mas tive de desinstalar porque senão não fazia mais nada na vida :007:

    Depois de se perceber verdadeiramente o jogo, não se quer outra coisa, e acho que a adição do atrito veio tornar o jogo ainda melhor. E depois é claro há que escolher muito bem a nação, as capacidades da mesma, e jogar muito bem com as wonders :Winkani:

    O jogo torna-se mais emocionante quando se permite alianças. Já me aconteceu de um momento para o outro, decidirem atacarem-me todos ao mesmo tempo :'( E outra situação engraçada, foi eu ter já um exército junto à fronteira pronto a tomar de assalto a cidade, e à última da hora, eles pedem desculpa e passam a ser meus aliados :x2:
     
  6. vjoe

    vjoe Power Member

    Então temos que combinar um joguinho um dia destes. Era fixe se mais pessoal da Techzone jogasse o jogo :)

    Não estou a ver esses "combat district" que falas. Para aumentar a população é preciso avançar as tecnologias militares na biblioteca, pelo menos é o que eu faço.
    Que atrito? :o
     
  7. dA_PhReAk

    dA_PhReAk Power Member

    *military district (enganei me) :P precisas de os construir nas 3 racas para aumentar a pop.
     
    Última edição: 21 de Agosto de 2006
  8. Bluestrattos

    Bluestrattos Power Member

    Atrito

    neste momento estou um pouco com falta de tempo...

    fonte
     
    Última edição: 20 de Agosto de 2006
  9. vjoe

    vjoe Power Member

    Isso é algo que também não me agradou muito, pelo menos até agora. Mas como já disse, é bom que hajam diferentes tipos de jogabilidade e pelos vistos, o Rise of Nations é um jogo que inovou muito não?

    Uma coisa que me faz confusão são os villagers. Apesar de ser bom haver uma "anti-idle", é complicado porque os idle dão jeito quando procuramos pessoal para construir alguma coisa.
    A grande quantidade de tecnologias também me está a fazer confusão, mas isso resolve-se só com o tempo :)
     
    Última edição: 20 de Agosto de 2006
  10. Bluestrattos

    Bluestrattos Power Member

    Eu nunca tive problemas em encontrar pessoal sem nada que fazer, já que sempre que crio uma mina ou extrai-o madeira, preencho aquilo com o máximo de pessoas, assim haverá sempre alguém sem nada que fazer.

    O atrito é algo útil, principamente quando se joga com a Rússia, porém é preciso destruir os supply wagon's caso contrário o efeito do atrito é nulo. Se formos os franceses, construindo a wonder Versailles, é quase impossível matar um soldado francês, porque eles recuperam muito depressa.

    O atrito foi uma novidade, que inicialmente ignorei. Vinha habituado do C&C em que mandava um exército para determinado ponto, e não me preocupava, já com o RoN, apercebi-me que os soldados nunca chegavam ao inimigo, foi quando dei conta do atrito.

    O RoN é um bom jogo, é preciso gerir muito bem os recursos, porque torna-se necessário avançar o mais depressa possível, e às vezes, basta não pesquisar na altura certa, para perdermos o jogo.
     
  11. dA_PhReAk

    dA_PhReAk Power Member

    ermmm perebi agora que cometi uma gafe de todo o tamanho... esta thread e sobre "Rise of nations"... e nao sobre "Rise of Legends" :p desculpem lá.. sao as ferias.. nao estou habituado a nao ter nada para fazer, esta me a afectar :|
     
  12. Bluestrattos

    Bluestrattos Power Member

    Rise of Legends não tem nada a ver com o Rise of Nations! Se o Rise of Nations de uma forma mais ou menos real, mostra-nos a evolução de uma civilização, o rise of legends é demasiado futurista, com criaturas voadoras e magias, etc.... gosto do Rise of Nations pela realidade (dentro do possível) que nos apresenta.
     
  13. vjoe

    vjoe Power Member

    Mas então os supply wagons servem para quê? Não percebi muito bem o seu funcionamento. E o templo, serve para quê também?

    Ainda bem que falas de realismo. O Rise of Nations tem uns problemas de realismo. Por exemplo, Astecas com aviões e tanques :P

    Acho que o jogo tem menos estratégia do que o Age of Empires por exemplo. Muito por causa do facto dos recursos serem infinitos. Estou agora a fazer um Random Map em que sou os Astecas. Basicamente estou rico por isso é só fazer unidades e mais unidades e enviá-las para o combate. Se fosse Age of Empires, provavelmente preocupava-me em fazer uns 10 cavaleiros para destruir as quintas do adversário.
    Já agora, há algum patch para o jogo? É que os meus barcos não aparecem no mini-mapa.
     
  14. Bluestrattos

    Bluestrattos Power Member

    os suply wagons servem para evitar que o atrito afecte as tuas unidades quando estas se encontram em território inimigo. Se seleccionares o suplly wagon, vês um círculo à volta dele, quem estiver dentro desse círculo não sofre o atrito. Sem o supply wagon, não consegues resistir muito tempo em terreno inimigo. Os aztecas são uns dos melhores povos, já que conseguem ganhar wealth enquanto extraem metal. Com o tempo vais perceber que o importante aqui não é ter um grande exército, mas sim evoluir. Tens de apostar bastante na "knowledge" já que é isso que te permite evoluir. Knowledge é a única coisa que não consegues comprar. Se fores ao mercado, podes comprar comida, madeira, metal, petróleo, mas nunca sabedoria. O importante neste jogo é evoluires.. Tens que construir muitas cidades, para evoluires mais depressa, e gerir muito bem os recursos, porque há alturas em que eles não te vão parecer infinitos, mas lá chegarás ;)

    Os templos aumentam as fronteiras e permitem gerar mais riqueza. Se não vês os navios e porque não fizeste as pesquisas todas. É importante estares sempre a pesquisar, desde universidades até torres de vigia, até a cidade em sim. Quase todos os edifícios fazem pesquisas que te ajudam (obviamente) no jogo. O facto de não veres os teus barcos é porque não fizeste as pesquisas necessárias para isso.

    O jogo é muito mais que simples estratégia, necessitas e muito bem de saber micro-gestão. Ter um exército é importante, para defenderes as cidades, mas não é o primordial. Evoluir é muito mais importante. A verdadeira batalha começa quando chegam à idade da informação, quando há petróleo e quando há armas nucleares.

    Finalmente sobre o realismo, se fores ler sobre o jogo verás que sobre as civilizações aztecas ou maya, etc, como elas desapareceram, os programadores pensaram em como seriam essas civilizações se não tivessem desaparecido.
     
    Última edição: 21 de Agosto de 2006
  15. vjoe

    vjoe Power Member

    Hm optimo, então a ver se experimento os romanos. Devem ter uma artilharia bem poderosa.

    No jogo que estou a fazer não sofro atrito por estar no territorio inimigo e não tenho nenhum Supply Wagon. Será por estar a jogar em Easy?
     
  16. Bluestrattos

    Bluestrattos Power Member

    agora não estou bem recordado das opções existentes em easy. também pode acontecer o computador não fazer research do atrito (o que era pouco inteligente, mas em easy não se pode pedir muito) :)
     
  17. vjoe

    vjoe Power Member

    Já comecei a campanha e reparei num sistema de cartas, em que consiste?
     
  18. Bluestrattos

    Bluestrattos Power Member

    se não em falha a memória isso são cartas de bónus que podes usar nas campanhas! antes de começares escolhes se queres usar alguma carta nesse jogo. normalmente usam-se o bónus em jogos difíceis, quando tens de defrontar grandes nações e tens de conquistar-lhes a capital. Ou se vais jogar numa zona pobre em algo.
     
  19. vjoe

    vjoe Power Member

    Damn, o tempo esgotou na missão de unir a grécia. É pena porque estava quase a matar o amarelo e depois era só matar o roxo :(
    As campanhas do RoN rulam, principalmente isto dos inimigos também "jogarem" quando nos estamos a fazer uma missão :)
     
  20. Anoni Mus

    Anoni Mus I'm cool cuz I Fold

    Pessoal alguem que tenha o jogo quer jogar online contra mim?
     

Partilhar esta Página