1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Phonak deixa de produzir os auscultadores Audéo PFE

Discussão em 'Audio Portátil' iniciada por MMC, 10 de Fevereiro de 2013. (Respostas: 4; Visualizações: 629)

  1. MMC

    MMC Colaborador Editorial

    A phonak colocou um aviso, na sua página oficial, que a produção e distribuição internacional dos auscultadores audéo PFE vai terminar em 31 de Março de 2013.

    [​IMG]

    Talvez seja boa ideia adquirirem uns filtros de reserva, ou fazer o upgrade para os filtros cinzentos, ou pretos.
     
    Última edição: 13 de Fevereiro de 2013
  2. LizardKing1

    LizardKing1 Power Member

    Obrigado pelo aviso. É triste que isto aconteça, eram considerados dos melhores para o preço.
     
  3. MMC

    MMC Colaborador Editorial

    Na minha opinião tinham modelos exemplares, com bom R&D e um excelente apoio pós-venda.

    Infelizmente, tal como noutras áreas, este é um mercado menos justo para os que investem mais em pesquisa e desenvolvimento. Há marcas com menos mérito e mais sucesso. Têm modelos que sobrevivem a qq FOTM, porque a qualidade existe, seja a nível de som seja a nível de conforto.

    Mas ainda continua a ser difícil ao consumidor ultrapassar a barreira dos 50€ na compra de qq in-ear. Apesar de pessoalmente ter modelos mais caros que os modelos base da phonak, afirmo que ficaria muito bem servido com os in-ear da phonak, seja pela ergonomia do produto, seja pelo conforto sonoro - para mim é tão, ou mais importante que a qualidade sonora bruta que obtemos num in-ear. Nunca gostei de recomendar modelos inferiores em preço sabendo da qualidade dos pfe.
     
  4. starcraft2

    starcraft2 Power Member

    As empresas reestruturam-se. Acontece. Muitas vezes é para melhor. Assim esperemos que seja.
     
  5. MMC

    MMC Colaborador Editorial

    Para já abandonaram esta área e vão-se focar na área principal. Em termos de produto, não vejo onde podem melhorar: têm um dos melhores iems da gama média e um dos melhores na gama alta. Para já, não podem apostar na gama baixa devido à tecnologia empregue nos auscultadores atuais. A não ser que invistam num modelo dinâmico mais acessível, o que também implica mais um grande investimento, parece que não é possível de momento.

    As marcas que investem mais um pouco no desenvolvimento dos produtos, têm dificuldade em competir a nível de preço com determinadas marcas OEM, que já começam a lançar os seus produtos.
     

Partilhar esta Página