1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

PSP/PSV Pirataria na PSP

Discussão em 'PlayStation' iniciada por Herege, 19 de Setembro de 2006. (Respostas: 7; Visualizações: 1626)

Estado do Tópico:
Fechado a novas mensagens.
  1. Herege

    Herege Power Member

    Também gostava de colocar aqui a minha opinião sobre o assunto mas infelizmente a thread com este assunto está encerrada.

    Não é preciso ser nenhum génio para perceber que a pirataria leva indirectamente à degradação da qualidade dos jogos.

    Também não é "rocket science" que com a afirmação da indústria dos jogos vem também a diversidade e qualidade dos mesmos.Há por aí muitos jogos com orçamentos que fazem corar de inveja muitas super-produçoes cinematográficas.

    Mas exigir entre 50 a 60 euros por um jogo, independentemente da qualidade deste e dos custos de desenvolvimento parece-me demais. É que uma coisa é pagar 60 euros por um jogo que levou anos a desenvolver e que nos propicia largas horas de divertimento, outra são os inúmeros barretes que proliferam nas prateleiras das lojas.

    Talvez uma das maneiras de proteger o consumidor destes abusos seja o sistema de aluguer com tempo limitado. Experimenta-se, gosta-se, compra-se.

    Quantas e quantas vezes já me aconteceu largar 50 euros por um jogo que acabou por se revelar numa desilusão. Será que é moral cobrar 60 euros por um mero "import" da PS2 para a PSP quando o trabalho de programação é praticamente nulo?

    Fazer DL de um jogo sem pagar? Legalmente é errado mas moralmente já é discutível.
     
    Última edição: 19 de Setembro de 2006
  2. degenerated

    degenerated Power Member

    Mas por alguma razão é que tens direito à devolução do produto até 15 dias após a data compra...
     
    Última edição: 19 de Setembro de 2006
  3. PSH

    PSH Power Member

    De um jogo aberto, deves ter, deves.
    cd's e dvd's abertos não são retornáveis. Sejam jogos, filmes ou musica.
     
  4. Herege

    Herege Power Member

    Sim tenho esse direito mas não com base num argumento tipo: " ai e tal não gosto" . O jogo tem que ter um defeito tipo risco que impede o funcionamento normal do jogo ou qualquer coisa "palpável" do género.
     
  5. Al Kaline

    Al Kaline Power Member

    É mto subjectivo akilo q dizes pq o q é barrete p ti pode n ser p mim!!!!! concordo q os preços dos jogos são elevados e n maioria das x a editora fika c + de 50% do bolo... ms isso já é 1 assunto bem + complicado..........
     
  6. Herege

    Herege Power Member

    Sim tens razão é subjectivo. No entanto essa questão nem se punha se os preços cobrados não fossem uma alarvidade. Já existem cerca de 500 títulos para a PSP sendo que muitos deles são meros "imports" de outras plataformas querendo isto dizer que o desenvolvimento desses jogos teve um custo bastante mais reduzido, no entanto o preço final ao consumidor mantém-se. É isto justo?
     
  7. Korben_Dallas

    Korben_Dallas Zwame Advisor

    Perdoem-me a expressão mas esta discussão é inútil. Quem aqui é que tem a mínima noção de quanto custa produzir e publicitar um jogo?

    Alguém aqui tem conhecimentos para dizer que empresa X fez o jogo Y por €€€ e que podiam ter vendido bem + barato? :rolleyes:

    Já agora também se preocupam quanto custam os Ténis de marca que são vendidos a 100€? Será que a criancinha que os fez recebeu 1/100 desse dinheiro? Será que os materiais são caros?

    Tretas... quando se faz um prédio paga-se o material mas também a MÃO-DE-OBRA... no caso dos jogos a empresa também tem que licenciar as apps que usa (Maya e afins) e tem que pagar a não sei quantas pessoas durante 1 ou 2 anos (ou + em alguns casos).

    Querem o quê? Que a empresa faça uma estimativa de quanto vai vender e fazer o preço do jogo a partir daí? Se calhar aí a Rockstar podia ter vendido os últimos GTA's a 3€ cada :rolleyes:

    Quem vende um produto coloca o preço que QUISER. As vendas dirão se é um valor realista ou não... qualquer pessoa que ande no Ebay e afins sabe disto :)

    Estamos a discutir o quê, o facto de acharem os jogos caros? Se calhar deviamos estar a discutir porque é que os salários são baixos... enfim.

    A desculpa do "É CARO" para piratar é ridícula... é tão má como a do "ah toda gente faz isso" :puke:

    Se a questão aqui é não saber a qualidade de um jogo antes de o comprar... o mesmo se aplica a outra cenas. Voltando ao exemplo dos Tenis... há marcas em que confiamos e há outras que nem por isso. Se tenho uns NIKE de qualidade se calhar da próxima compro NIKE... e mesmo assim podem ser uma bosta.

    Na indústria dos jogos há empresas que garatem qualidade... mas mesmo essas podem lançar um jogo de qualidade duvidosa. Se a marca não chega têm sempre MILHARES de sites e revistas com REVIEWS. Se isto não chega podem sempre ver se há uma demo.

    Acho que as DEMOS são importantes e deviam existir para todos os jogos... no tempo da Mega Drive de vez em quando lá conseguia que uma loja me deixasse testar o jogo antes de o comprar. Sempre que isso aconteceu não fiquei decepcionado com a minha compra.

    Se cometer um erro por desinformação a culpa é minha... lembro-me quando a CORE lançou o Fighting Force. Adorava o Tomb Raider e respeitava a CORE. Curti muito o Fighting Force (old school) mas acabei o jogo na noite em que o comprei.

    Ora se tivesse lido uma review saberia que o jogo era curto e poderia ter esperado por uma edição Platinum :wvsore:

    O "preço justo" é um conceito muito volátil... e o consumidor pode sempre optar por:

    - Comprar de outra marca/developer
    - Esperar que o preço baixe

    Agora ir à loja roubar (= pirataria) não me parece ser a melhor forma de conseguir algo que achamos que tem um preço "injusto" :rolleyes:

    Quem não tem € não tem vícios... o pessoal saca um jogo e depois nem o compra quando está a 10€ "porque já é velho" :rolleyes:

    É uma hipócrisia... mas cada sabe do que faz e o que sempre se disse na Techzone é que cada um faz o que quer desde que não discuta isso aqui. Este fórum é para falar sobre JOGOS e não "como obtiveram o vosso jogo?"
     
  8. Herege

    Herege Power Member

    Se eu fizesse as contas ao dinheiro que ja gastei em jogos (PC, PS2, Xbox, PSP) tenho a impressão que me dava um fanico.

    Yeap, esta discussão não leva a nada, há muitas outras coisas que fazem o preço dos jogos parecer elevado, tal como o nosso nível de vida, o ordenado mínimo, os impostos sobre os jogos, o nível de descontos a que estamos sujeitos todos os meses, etc, etc.
    Mas o que é facto é que para Portugal um jogo da PSP a 60 euros é um ROUBO.
    Só a título de exemplo os livros e os CDs de música neste país são artigos de luxo e taxados como tal 8o
     
Estado do Tópico:
Fechado a novas mensagens.

Partilhar esta Página