1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

MMO Pirates of the Burning Sea

Discussão em 'PC Gaming' iniciada por xanax_fm, 15 de Março de 2008. (Respostas: 6; Visualizações: 1532)

  1. xanax_fm

    xanax_fm Power Member

    Alguém joga este jogo? Para quem não conhece está aqui o site http://www.burningsea.com/page/home

    E uma pequena descrição do jogo:
    Espanha, França e Inglaterra lançaram suas forças no Caribe. Navios de guerra se enfrentam em sangrentos conflitos em alto mar. Comerciantes fazem contrabando do material bélico. Em meio ao cenário sem lei, navegam os Piratas. Sanguinário, destemidos e determinados, eles não servem nenhuma bandeira e não atendem a nenhum rei. Eles são livres, duros brigadores e seguem somente a sua fé.

    Pirates of the Burning Sea é um jogo onde você escolhe seu destino e se envolve em electrizantes batalhas navais. Manobre seu navio em tempo real, procure o lado vulnerável de seu inimigo, trabalhe em conjunto com seus aliados, escolha bem seus alvos, domine o controle do navio e tenha tiros mais precisos.

    Velocidade e direcção influem directamente na sua estratégia, ao passo em que você atira e navega em tempo real. Como capitão de seu próprio navio, você se divide no controle de sua tripulação, navegação, arsenal e habilidade de manobras. Seja rápido, tome decisões momentâneas e planeie seus próximos passos.

    Centenas de animações capturam todos os gestos em três estilos diferentes de luta. Toda habilidade é unicamente animado com as respostas correspondentes, o que torna as lutas ágeis e fluídas. Mantenha seu equilíbrio e você conseguirá ataques precisos; tome a iniciativa e finalize os combates; em último caso, empunhe sua arma para acabar com qualquer brincadeira.

    Prepare-se para enfrentar hordas de inimigos, abrindo caminho em meio a ladrões que se colocam entre você e seu alvo específico.

    Um pouco da história

    No Caribe do século XVIII, estão localizados dúzias de portos pertencentes às três grandes potências da época: Espanha, França e Inglaterra. Cada porto representa uma valiosa fonte de benefícios. Durante as missões, você deve desestabilizar um porto para conquistá-lo. A partir daí, o modo de conquista começa e o oceano torna-se o limite de sua expansão. Novas missões surgem, como invadir armazéns e destruir fortificações.

    A IA de Pirates of the Burning Sea tem como objectivo não criar duas batalhas semelhantes. Reforços inesperados, missões na calada da noite e objectivos secundários indicam uma jogabilidade que sempre traz novos recursos e atractivos.

    Os avatares de Pirates of the Burning Sea lhe permitem personalizar 16 características, como cabelo, rosto, calçado, casacos, chapéus, cintos, joalharia e muito mais. Como não poderia deixar de ser, também é possível escolher tampões, ganchos e pernas de pau, símbolos dos piratas.

    Seja seu interesse em combates electrizantes, piratas, acordos comerciais ou aventura, você tem um papel neste jogo, com todas as suas aventuras em um mundo de conflitos e mudanças. Você pode ser um sagaz comerciante, um capitão influente ou um pirata destemido. Portanto, escolha seu papel em meio à guerra e faça sua própria história.

    Os combates entre navios são rápidos e tácticos. A direcção do vento, sua velocidade e a movimentação do seu alvo são fundamentais para seu sucesso ou fracasso. Não é uma questão de apertar diversos botões freneticamente. Pesquise e observe o local de batalha, atente para o vento e tente sempre prever situações e perigos. É como se fosse uma partida de xadrez com armas, reagindo no momento em que você planeia seu próximo movimento.
     
  2. Revenant

    Revenant Power Member

    N me parece lá mt bem... pelo menos em gráficos deixa mt a desejar. Gameplay compensa?
     
  3. massiveman

    massiveman Power Member

    Este jogo tem alguns defeitos mas parece estar bom especialmente as batalhas entre barcos e isso o que torna este jogo engraçado de resto nao e dos meus preferidos e se nao se pagasse jogaria ele de certeza so para fun
     
  4. Irxson

    Irxson Power Member

    Quando é que aprendem que gráficos não é tudo? ...
    o eyecandy é bom, mas é um aspecto secundário num jogo do meu ponto de vista e talvez seja por isso que o mercado dos jogos está actualmente.
     
  5. xanax_fm

    xanax_fm Power Member

    Mas alguém já jogou?! O que acharam?
     
  6. Revenant

    Revenant Power Member

    E quando é q aprendes q cada um tem as suas opiniões e gostos? Eu ligo bastante aos gráficos e acho que é um ponto fucral num jogo. Assim como a animação. Não só a história, ambiente, modúlos, etc...

    Um jogo para ser bom sem gráficos tem q pedalar bué... e isso kuase nunca acontece. Eqt q um jogo médio pode ser tornar-se bom apenas evoluindo o seu aspecto gráfico. Simplesmente não consigo passar mt tempo a olhar para algo q me cansa a vista, e, é feio q doi, só pq até arranjaram um bom módulo de PVP ou outra cena qq.....

    Mais ainda... hj em dia só não tem gráficos minimamente decentes quem faz esses jogos de caca c uma duração a curto prazo.
    Estamos no século do design e da imagem. Eles deviam mas era todos meterem-se ao trabalho, fazer menos jogos mas com mais kualidade, do que pazadas de jogos q n valem um charuto.
    E esse é o grande problema dessas empresas... deviam fazer as coisas também pelo produto q é e não apenas pelo dinheiro q vão fazer c ele. Sejam jogos free ou n...

    Tb ves filmes com kualidade de cam?
    O q importa é o argumento, elenco e etc... nem o som interessa vendo por esse ponto de vista... bah!

    Um jogo é um ambiente interactivo feito primeiramente de imagem e som... e isso não há volta a dar.

    É como as gajas... todos dizem q o q importa é o q tá por dentro (feitio, cabeça e etc) mas tb ng nega q o melhor mm era se o 'pacote' viesse todo bom por fora tb... loOL

    Big up!
     
    Última edição: 17 de Março de 2008
  7. tiagopestana

    tiagopestana Power Member

    Sei que o tópico já é um bocado velho, mas eu por acaso joguei Pirates durante pouco mais de dois meses logo a seguir ao lançamento do jogo. Achei que era uma ideia interessante, e um conceito bastante diferente dos produtos que actualmente dominam o mercado i.e. não se passa num setting de fantasia. O combate entre barcos está extraordinariamente bem conseguido, se bem que reconheço que pode não ser para todos um vez que se trata de um sistema bastante realista e portanto consideravelmente mais lento do que a maioria de nós provavelmente estará habituado para um RPG.

    Ao contrário de outras opiniões por aqui, acho que o Pirates está muito bem conseguido a nível gráfico, na parte do jogo que realmente interessa. Ou seja, embora nos portos e no open sea os gráficos deixem algo a desejar, nas instances de combate os gráficos são soberbos e os barcos estão muito detalhados.

    Outras coisas muito interessantes é o facto de os jogadores puderem criar, submeter e caso sejam aprovados utilizar no jogo os seus barcos e designs para bandeiras e velas.

    O que me fez deixar de jogar foi o facto de eu pessoalmente preferir um jogo mais vocacionado em PvE e o Pirates ser totalmente focado no combate Realm vs Realm e na economia.

    Tudo isto, é claro, são informações já um bocado desactualizadas dado que deixei de jogar já há alguns meses. Alguém tem uma ideia de como o jogo anda hoje em dia?
     

Partilhar esta Página