1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Pode o Ubuntu competir com a interface do Mac OS?

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por PJ_viana, 7 de Maio de 2009. (Respostas: 29; Visualizações: 2728)

  1. PJ_viana

    PJ_viana Power Member

    Para o CEO da Canonical, distribuidora do sistema, objetivo será alcançado em dois anos com a contratação de pessoal especializado.

    O CEO da Canonical, distribudora do Ubuntu, afirmou que ele quer fazer o sistema operacional de código aberto competitivo com o Mac OS, da Apple, nos próximos dois anos.
    Comparando o desempenho do Linux até hoje com o meteórico sucesso das companhias de Web 2.0, como Craiglist e Facebook, Mark Shuttleworth disse que “precisamos da mesma urgência, imediatismo e elegância como parte da exepriência de desktops livres”.
    O executivo afirmou que a Canonical lançou uma campanha para fazer com que isto aconteça. “Estamos contratando designers, pessoas que entendem de experiência dos usuários e visionários do design de interações”, escreveu em seu blog. O objetivo da companhia é “entregar uma experiência para o usuário que possa competir com a Apple em dois anos”.
    Segundo a Net Applications, o Linux responde hoje por menos de 1% do mercado mundial de desktops. O Mac OS tem 8%, e o Windows - com todas as suas versões combinadas - tem 90%.
    Shuttleworth acredita que parte do problema é que as raízes de código aberto do Linux levaram ao desenvolvimento de muitas variações do sistema, situação que confunde os potenciais usuários. “Cada um coça sua própria ferida. Como você pode ter uma consistência na interface com o usuário?”, escreveu. “Eu vejo isso como um ponto fraco e forte ao mesmo tempo”, completou. “As pessoas estão livre para inovar, e o resultado é impressionante. Nosso desafio é tirar o melhor destes dois mundos”.
    Ele reforçou que a Canonical tentará aumentar a participação do Linux contratando programadores para trabalhar em vários projetos relacionados ao desktop como X, OpenGL, GtK, GNOME e KDE. “Será um grande desafio, mas eu acredito que seja atingível”.

    FONTE: http://www.ubuntu-sp.org/2009/05/06/pode-o-ubuntu-competir-com-a-interface-do-mac-os/
     
  2. ErrorTerror

    ErrorTerror Power Member

    Na minha opinião, e trabalhando com todos estes SO, considero o interface do Ubuntu superior ao Windows (pelo menos as versões anteriores à 7) e ao Mac OS.
     
  3. 070tiag0

    070tiag0 Power Member

    Principal problema da interface ubuntu será no meu ver com as fontes que em pastas ou ambiente de trabalho são excelentes mas depois a visualizar páginas de internet torna-se, desculpem-me, horrível.

    Mais de resto tenho acompanhado a evolução do ubuntu e a cada nova versão tem trazido boas melhorias à sua interface.
     
    Última edição: 8 de Maio de 2009
  4. zoidberg

    zoidberg Folding Member

    Acho que a partir do momento em que se possa instalar applicações tão facilmente como no macOS ( drag and drop ) e que as dependências de pacotes passem a ser uma coisa acessivel ao utilizador comum, a experiência de utilizador pode perfeitamente competir com o MacOS ( a nivel mainstream ). Até lá, continua ( apesar de BEM mais facil agora de usar ) a ser para os entendidos em linux apenas.

    A estratégia traçada pelo CEO da Canonical ( 2 anos para atingir essa meta ) parece-me completamente possivel e espero que traga as boas inovações que surgem no mundo linux ao mercado para o nivel mainstream.
     
  5. Underground909

    Underground909 Power Member

    Em princípio as dependências de pacotes não deviam ser uma coisa acessível ao utilizador comum, deviam ser uma coisa na qual o utilizador nem devia precisar de pensar (por ser completamente automático). Se alguma coisa falha aí, há algum problema com o gestor de pacotes, ou então essa é realmente uma deficiência que deve ser objecto de atenção.

    Quanto à instalação das aplicações ser ou não por drag and drop, são gostos...
     
  6. Nomearod

    Nomearod Power Member

    É bom saber que o Ubuntu vai começar a contribuir mais para a comunidade. :)
     
  7. John Silva

    John Silva Power Member

    É uma questão de gostos !
    Na minha humilde opinião, creio que o trabalho criativo terá de ser feito pela equipa do Gnome e do KDE para melhorar o interface, caso contrário, será apenas cosmética e para cosmética já há muitos temas por aí.
    Mesmo assim, é bom que a Canonical trabalhe o aspecto do Ubuntu e seus derivados directos pois são na minha opinião, uma verdadeira porcaria.

    No que diz respeito ao aspecto e poder de configuração do ambiente gráfico, nada bate o Linux e actualmente é bastante bom. Quanto à Apple, tem o mérito de serem inovadores e aí é que está o cerne da questão. A inovação.
    O KDE4 deu um importante passo no que diz respeito à inovação e embora ainda não esteja completamente acabado, promete muito.
    O Linux tem que seguir o seu próprio caminho embora defenda que deva assimilar o que de bom há na concorrência, mas que siga o seu caminho e não se limite a copiar....
     
  8. valentex

    valentex Power Member

    Acho que o problema reside mesmo no Gnome. Não que o gnome seja mau... longe disso, mas aquilo que lhe falta é mesmo a combinação de um interface gráfico que agrade à maioria dos usuários com as funcionalidades que hoje apresenta!!! Quanto à segunda, convenhamos que é sem dúvida superior a qualquer OS MS ou Mac. Já falando da primeira, temos que reconhecer que existe um défice de desenvolvimento (comparemos o inteface gráfico do gnome com, por exemplo , o windows 7) e quer queiramos quer não, por muito bom que um SO seja, meio caminho andado para a massificação de um SO é precisamente a aparência. Acho portanto que a aposta deverá começar por aí...
     
  9. ChesterLP

    ChesterLP Folding Member

    A verdade é que vejo algumas das features do ubuntu serem copiadas do Mac osx, por isso não acho assim tão descabida esta afirmação.
    Achava era mais "bonito" em vez de tentarem copiar, que fizessem algo ainda melhor, mais inovador.

    PS: Concordo com a opinião de que as letras para ler na web são muito más.
     
    Última edição pelo moderador: 21 de Maio de 2009
  10. bmpv666

    bmpv666 Power Member

    what?!
    mas o ubuntu até tem aquele que eu considero ser o melhor package manager do universo Linux! nunca tive que me preocupar com dependências, o Synaptic resolve tudo.
    e dizer que intalar apps no ubuntu não é fácil, pode ser no mínimo falacioso. com alguns cliques de rato instalas as apps que quiseres através do Add/Remove que esta no menu Applications...qto muito, os nomes de maior parte das apps não dizem mto a um noob, mas isso já é outra história.
    é certo que este sistema pode não ser tão user-friendly como o do MacOs, mas é bem mais do que o do Windows por exemplo.
     
  11. PJ_viana

    PJ_viana Power Member

    Eles não disseram que querem copiar o sistema operativo dos MAC como muita gente pensa mas sim fazer um interface que agrade à maioria dos utilizadores e que concorra com o SO dos MAC! Como diz em cima eles estão a contratar pessoal especializado para embelezar o Ubuntu como tambem para ajudar noutras areas que não são da competencia deles como o gnome, KDE, OpenGL, etc.
     
  12. h4rri3r

    h4rri3r Power Member

    Pesquisa no Google formas para tornar as fontes do Firefox mais bonitas no Ubuntu. Ainda hoje estive a ver isso e num instante meti tudo impecável. ;)

    O Ubuntu já atingiu um nível de qualidade, compatibilidade e interacção muito bom, comparando com as versões 5, 6 e por aí. Se fizessem uma nova versão com uma UI mais bonita e ainda mais intuitiva a nível de instalações acho que tornava-se facilmente no meu SO principal. Já a versão actual (9) é uma forte candidata a tomar controlo do meu PC. :P
     
  13. tmafcerqueira

    tmafcerqueira Power Member

    Ah! Isso so depois de ver:D. Eles ja tem developers a trabalhar nesses campos, no entanto ate à bem pouco tempo tinham menos patches lançados mainstream que os developers de outras distros, nomeadamente gentoo, debian, entre outras. Para quem nao sabe, gentoo e debian nao tem nenhum profissional pago.
     
  14. bseixas

    bseixas Power Member

    Na minha opinião pode competir e de certa forma até já o faz (Linux Mint com Gnome+Compiz Fusion+AWN) e pormenores como a alteração da fonte (a Segoe UI é um bom exemplo), torna (pelo menos para mim) um desktop Linux tão agradável de utilizar como o OSx neste momento, o mesmo já n posso dizer por exemplo do KDE 4.1 do q tenho testado actualmente no openSUSE 11.1...

    A questão aqui é q enquanto nos outros está instalado por defeito, em Linux ainda tem q se andar a personalizar à parte, coisa q muitos utilizadores n estão para isso...

    Mas onde acho q Linux continua a falhar face aos OS da Microsoft e Apple é no q diz respeito a uma melhor organização dos menus e dos programas, uma melhor selecção dos q vêm instalados por defeito e simplesmente tornar rápida e acessível a instalação de versões recentes de programas e abstrair o utilizador comum de coisas como resoluções de conflitos de dependências ou compilação de programa, pormenores q nos últimos anos evoluiram bastante felizmente, mas pode ainda ser melhor.

    Quando me refiro à selecção de melhores programas q melhorem o aspecto e utilização do OS, refiro-me por exemplo a um Songbird, XBMC, Opera ou Picasa e/ou à inclusão de programas de livre utilização sendo estes realmente melhores, sejam open-source ou n.

    De um modo em geral, estou bastante satisfeito com a realidade Linux, mesmo q depois de instalar o OS, tenha q perder algum tempo a configurar e instalar mais algumas coisas, para ficar no ponto... :D
     
  15. Jota.Ce

    Jota.Ce Power Member

    Acho que esta tua frase resume muito bem a situação actual: O problema não é a personalização que podes fazer ao sistema (aí obviamente o Linux tem vantagem) mas o que já trás (ou não!) de origem.
    O "Zé da esquina" não está para andar a configurar/personalizar o sistema. Ele quer é que funcione.
     
  16. arkannis

    arkannis Power Member

    Eu não sei bem qual é o vosso problema com o ubuntu de origem... vem bem mais completo que qualquer windows. Querem ver:

    Coisas absolutamente essenciais (para mim) a instalar/configurar no fim de uma formatacao:

    Windows:
    Drivers wireless
    Drivers LAN
    Drivers chipset
    Drivers camera
    Drivers som
    Drivers grafica
    Drivers bluetooth
    Drivers impressora
    Firefox
    Thunderbird
    Antivirus
    Codecs
    Media Player
    CD/ISO Burner
    Desligar maravilhas da M$ (tipo user control e outras chatices)

    Ubuntu:
    Codecs. (e é BEM mais facil que no windows, diga-se de passagem).
    Drivers grafica (é so preencher a checkbox que lá aparece e reiniciar o pc).
    (nao me esqueci de acabar a lista nao, é mesmo so isto).

    Se isto não é um "sistema operativo que simplesmente funciona", já não sei o que dizer mais :-D
     
    Última edição: 11 de Maio de 2009
  17. timber

    timber Zwame Advisor

    Sinceramente tenho dúvidas que o Ubuntu consiga atingir o nível da interface do Mac OS X.

    É uma questão de foco e dinheiro aplicado nesse sentido. Mesmo com essa "dedicação" continuavam a ter de fazer malabarismos com muita coisa ao mesmo tempo face ao esforço que a Apple tem que fazer para continuar a manter e melhorar a experiência de usar o Mac OS X.

    Mas pode perfeitamente ficar muito bom (emrelação ao nível actual que já é óptimo) e o suficiente para ganhar mercado.
     
  18. bseixas

    bseixas Power Member

    O meu "problema" com o ubuntu de origem, começa com as cores castanhas (sempre achei uma péssima escolha e é uma das razões, q me leva a preferir o Mint), e passa por opções a nível de software instalado por defeito q nem sempre é a melhor opção(por causa da questão do "livre mas n é open-source", mal q n é exclusivo ubuntu claro).

    Mas como disse antes, eu nem me importo de instalar, desinstalar e personalizar, agora para o "zé normal" q n está para isso, até a questão da aceleração 3D n vir activada por defeito, empata, e estando a falar de um OS q procura "roubar" utilizadores com vícios de outros OS no mercado, isso é um problema...

    Mas a questão aqui é o interface e nesse aspecto, um Linux Mint com Gnome+Compiz Fusion+AWN (o q conta aqui é q n vem assim por defeito) é muito mais agradável de utilizar q o Windows 7 (embora goste bastante do OS) e está próximo em alguns pormenores do OS da Apple, noutros ainda terá muito q evoluir, isto na minha opinião claro. ;)

    Mas vejo evolução e é isso q interessa, é q quando experimento algo como o Ubuntu 9.04 a correr da maneira q vi hoje no PIII 868Mhz/256Mb RAM e com uma gráfica S3 de 3Mb, depois de instalado, esqueço-me rápidamente dos pormenores q estão menos bem. :D
     
  19. apmartins

    apmartins Power Member

    Não me parece que seja pelo interface que esse share de 1% irá aumentar.

    Agora se me disserem que o Adobe Suite vai ter uma versão para linux, acredito que até possam competir com o Mac OS.
    Conheço montes de gente que ainda só não fez a troca por isso.
     
  20. arkannis

    arkannis Power Member

    Ora nem mais.
    Podem dizer "Tens o gimp" ou "Tens o NVU", mas a verdade é que as ferramentas da Adobe não têm rival.

    E quem diz estas diz outros programas obviamente. Ainda há muita gente presa ao windows (me included) devido à falta das aplicações em linux.
     

Partilhar esta Página