1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Por onde começar?

Discussão em 'Programação' iniciada por TheBeginner, 5 de Setembro de 2018. (Respostas: 12; Visualizações: 476)

  1. Boa noite a todos,

    Depois de algumas pesquisas, acabei por encontrar este forum.
    Venho pedir-vos a vossa ajuda, pois estou completamente a zeros. Passo a explicar... Tenho uma licenciatura na area das ciências sociais e dez anos de trabalho em cima. Assim como muitos, sinto-me encurralada num trabalho sem nenhumas perspetivas de evolução de carreira e que não me realiza, não me sinto intelectualmente desafiada. Resumidamente... chegou a um ponto em que tem sido a morte lenta!

    Conclusão... Quero muito tentar uma reconversão profissional. E por influência de uma amiga que trabalha em IT, tenho pensado muito em tentar algo por aqui.
    No entanto... a minha área não tem mesmo nada haver e como tal estou neste momento a começar completamente do zero.

    E é aqui que peço a v/ ajuda... enquanto pessoal que trabalha na área, que têm experiência, será que me podiam dar algumas luzes?

    Em termos de formação, seria impensável começar do zero numa licenciatura. Gostaria de saber qual a v/ opinião, tendo em conta o que vos contei sobre mim, se uma Academia do Código (por exemplo) poderia ser uma alternativa para mim?
    Tenho muito receio em investir uma quantia tão significativa (6000 euros), mas tenho ouvido tão bem... Questiono-me até que ponto as empresas contratarão pessoas não licenciadas... Será fácil penetrar no mercado de trabalho?

    Sei que existem outras escolas que preparam os formandos talvez tão bem como esta Academia de Código, mas será que têm o mesmo cuidado em integrar as pessoas no mercado de trabalho?

    Por outro lado, será a programação a melhor área dentro das IT, para começar?

    Sei que isto pode parecer um pouco forçado... Muitos poderão questionar a minha vocação... Eu própria me questiono. Mas o facto de estar num trabalho que em nada me alicia, o facto de adorar estudar e aprofundar novos temas, o empenho que geralmente tenho quando quero conseguir algo, acredito que me possam levar a algum lugar.

    Bem... escrevi bastante e tenho a sensação que não me exprimi 100% como gostaria. Mas espero que possa ser um ponto de partida para poder começar a desbravar algumas questões que tenho.


    Sei que o tópico também não é novo... mas o que encontrei era um pouco desatualizado e acho que entretanto podem-me ser dadas novas respostas.

    Please... quem puder, agradecia mesmo muito se me pudesse dar algumas dicas...

    Obrigada, desde já.
     
  2. lenric

    lenric Power Member

    Porto ou Lisboa?
     
  3. DiogoLamego

    DiogoLamego Power Member

    Boas, isto é apenas a minha opinião e poderá não estar correta, mas pressupondo que nunca teve contacto com nada em informática, acho que entrar diretamente na programação não terá bases para depois ultrapassar os obstáculos que irão aparecer.
    Informática é uma área muito vasta, vai desde o hardware (instalação e manutenção), software (instalação, configuração, recuperação) e passa depois pelo desenvolvimento (programação, design, tester), entre outras, sendo estas as que trabalho e as que posso falar.
    O que posso dizer é que sem conhecer bem a área do software nunca conseguiria no meu dia a dia estar à vontade como estou em programação.
    Isto porque de uma forma ou de outra, aparecem sempre ferramentas que precisam de configuração avançadas, precisa de conhecer bem o sistema operativo e dominar não só pela pelo modo janela. Um simples exemplo e que pode ajudar a perceber... Procure pelo VS CODE que é o editor de texto mais usado nos dias de hoje, e explore como projetar um site para o navegador (para visualizar o projeto). Não é muito difícil para quem já conheça alguma coisa de informática, mas também não é fácil, e isto é apenas um pequeno exemplo.
    Outra situação será por exemplo trabalhar com bancos de dados... Terá que ter noção de como funciona uma rede, como funciona um aplicativo e isso são coisas que, no meu ponto de vista, aprendesse a trabalhar.
    Resumindo, eu começaria por hardware e software... Foi assim que comecei e hoje dá me uma base sólida para desenvolver projetos.
    Claro que muita gente começou na programação sem nunca ter tocado num parafuso de um computador, mas acredito que uma boa base faça toda a diferença.

    Cumprimentos
     
  4. bashir

    bashir Power Member

    Eu começava por aprender algoritmia aliado a um curso de beginner (por exemplo no udemy) da linguagem que tencionas seguir. (Na Academia do Código penso que ensinam Java). E vês como te vais adaptando e se tens gosto por isto.
    Depois disso, e dependendo da forma como te adaptas lá decides o que fazer. Podes nem precisar de tirar um curso.
    Digamos que te decides a fazer web development. Depois dos cursos da udemy/tutoriais fazes um site para ti de portefolio. Fazes um ou outro para o negocio da tua vizinha/cunhada/wtv. E vais tentando procurar uma posição junior. A par disso podes tentar concorrer a programas trainee de várias empresas. Por vezes eles procuram pessoas de outras áreas que tencionem ingressar na programação. Isto diz-te para nunca desvalorizares o que já sabes e a experiência que tens. Programar não é nada mais que resolver problemas do dia-a-dia de uma forma lógica.

    Uma formação do género da Academia do Código é algo muito bom, porque te ensinam de forma estruturada, mostram-te problemas que ocorrem no dia-a-dia que normalmente não encontras só a fazer cursos genéricos, e desempancam-te quando estás bloqueado. Os maiores problemas para quem começa sozinho passa um bocado por encontrar problemas que não consegue resolver (sejam eles de configuração, seja de programação em si). Dito isto, não são eles que vão fazer milagres, são mais uma rodinhas de treino na tua bicicleta.

    Boa sorte.
     
  5. Cerzedelo

    Cerzedelo Power Member

    Referiu que a sua formação é na área das ciências sociais, se dominar bem matemática e estatística, poderá tentar o futuro por analista de Big Data, Data Science ou Data Analytics, que são profissões com um enorme futuro e não necessitam de conhecimentos profundos de programação.
     
  6. Lisboa
     
  7. [QUOTE="bashir, post: A par disso podes tentar concorrer a programas trainee de várias empresas. Por vezes eles procuram pessoas de outras áreas que tencionem ingressar na programação. Isto diz-te para nunca desvalorizares o que já sabes e a experiência que tens. Programar não é nada mais que resolver problemas do dia-a-dia de uma forma lógica.

    Uma formação do género da Academia do Código é algo muito bom, porque te ensinam de forma estruturada, mostram-te problemas que ocorrem no dia-a-dia que normalmente não encontras só a fazer cursos genéricos, e desempancam-te quando estás bloqueado. Os maiores problemas para quem começa sozinho passa um bocado por encontrar problemas que não consegue resolver (sejam eles de configuração, seja de programação em si). Dito isto, não são eles que vão fazer milagres, são mais uma rodinhas de treino na tua bicicleta.

    Boa sorte.[/QUOTE]

    Pode dar-me exemplos de empresas que procurem pessoas de outras áreas para esses programas trainnes?

    Quando falou nos portefólios... Acha que esse poderia ser um ponto de partida para entrar no mercado de trabalho?
    Claro que para chegar até aí há um longo caminho... aprender a fazer, executar... mas poderá ser isso suficiente ( não tendo uma licenciatura na área, nem formações concretas) tendo a aprendizagem sido baseada num método essencialmente auto-didata?
     
  8. bashir

    bashir Power Member

    Novabase, Glintt etc tem programas de trainees. Em empresas melhores também tens, são é mais pequenos e mais restritos (na minha opinião) apesar de poderes entrar na mesma.

    Quanto ao resto, eu não tenho curso de informática e conheço muita gente q nao tem nada do genero e que trabalha normalmente. Podes aprender normlamente em casa.
     
  9. lenric

    lenric Power Member

    Se fosse no Porto ia sugerir o .Switch(), que é uma pós-graduação em web development com estágio de 1 ano remunerado.
    De qualquer modo, seja uma Academia de Código, ou a aprender em casa, chega-se ao objetivo, mas é necessária disciplina e 1 plano.
     
  10. Estive a pesquisar e encontrei as Pós-Graduações da Nova -IMS...
    Na área que falou, existem duas pós-graduações que me parecem as mais ajustadas, sendo que uma refere inclusivamente como destinatários pessoas com a minha licenciatura (Psicologia).
    Essa Pós-Graduação é de Gestão do Conhecimento e Business Intelligence http://www.novaims.unl.pt/gcbi-unidades-curriculares-obrigatorias. O preço anda à roda dos 4000 euros.

    Depois vi outra, que me pareceu mais interessante e mais abrangente... Pós-Graduação em Enterprise Data Science & Analytics http://www.novaims.unl.pt/edsa-plano-de-estudos. O preço anda à roda dos 5000 euros.

    Acredito que estas formações também sejam muito boas e reconhecidas...

    Talvez agora o meu caminho passe por, primeiro que tudo, pesquisar estas diferentes áreas das tecnologias e perceber efetivamente com o que é que me identifico mais. Obviamente não me posso mandar de cabeça e investir (muito) dinheiro em áreas que conheço muito pouco...

    Mas sem dúvida, estas duas, data base e programação me parecem atraentes...

    Já agora outra questão... do muito que tenho estado a ler... tenho-me assustado com a questão dos ordenados.
    Neste momento ganho 800 líquidos. Tenho visto que os salários de quem começa nesta área são a este nível... 700 e tal a 900 euros...
    Fará sentido investir tt dinheiro e ficar a ganhar o mesmo'??? Acham que com o tempo, e bastante investimento em estudo as perspetivas salariais poderiam melhorar???

    Obrigada mais uma vez.
     
  11. Meados

    Meados Power Member

    @TheBeginner

    Antes de gastares uma batelada de dinheiro começa por aprender o básico numa linguagem de programação por exemplo Python ou Java.

    Tenta fazer uns programas simples como ler números que um user introduz na consola e fazer um calculo com eles e mostrar um resultado, se te sentires à vontade podes tentar fazer algo mais complexo como um jogo do galo em consola.

    Como dizes que estás entediada com o teu trabalho, até te vai ajudar a fugir um pouco do tédio do dia a dia. Tenta estudar e fazer alguns exercícios depois do trabalho (praticamente todos os dias).

    Com isto vais conseguir perceber se gostas mesmo da área ou não e evitas gastar dinheiro desnecessariamente. Quanto tiveres as tua resposta, aí sim começa a pensar na melhor maneira de entrares no mercado profissional e na formação necessária.

    700-900 é em início de carreira, se fores boa sobes isso rápido (1-2 anos). Mas deixa-me já dizer que há empresas que te vão tentar baixar o salário o máximo possível, com a justificação de não teres licenciatura (apesar de não serem todas), especialmente no ínicio.
     
  12. lenric

    lenric Power Member

    Acho que seguir algo na área de data é future-proof. E, nessa medida, começares por aprender os básicos de programação em Python é uma boa ideia.

    https://www.datacamp.com/

    Se efetivamente gostares (realço o efetivamente, porque gostar por ser diferente do que fazes e gostares por de facto te apelar são coisas diferentes e que fazem a diferença) então avançaria para uma pós-graduação na IMS, ou coisa assim.

    Mas primeiro, conforme já foi dito aí em cima, aprende por ti os básicos. E ainda por cima com Python, que é das línguas mais usadas nessa área de data science, a par de R.
     
  13. Klauspt

    Klauspt Power Member

    Bom dia , o que sugiro é aprender o básico da programação , algoritmia de dados etc pela net por exemplo codeacademy entre outros sites que aqui no fórum tem dito, fazer algumas cadeiras de programação em Engenharia Informática numa universidade ( Algoritmia de Dados, Linguagens de programação) e tentar entrar em projetos Trainee de empresas como a PrimeIT , Novabase.

    Acho que gastar 6000 Eur numa pós-graduação em Data Science não faz muito sentido visto que não tem as competencias minimas de programação e lógica para exercer a profissão. Sim é uma área com grande futuro mas é preciso muito mais do que apenas uma pós-graduação na minha opinião.

    Se estiver á procura de algo a curto prazo , sugiro aprender Java visto ser a linguagem de programação mais utilizada no mercado e procurada.
     
    Última edição: 11 de Setembro de 2018

Partilhar esta Página