1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Portátil e-oportunidades e para quê?

Discussão em 'Novidades Portáteis' iniciada por Aircom, 14 de Setembro de 2007. (Respostas: 51; Visualizações: 6101)

  1. Aircom

    Aircom Power Member

    Ora viva!

    Devo admitir que o Governo está a ter uma iniciativa de valor com este programa de portáteis baratos (e-oportunidades), mas...

    Acho que fica muita gente de fora dele, injustamente.
    Falo por mim, que trabalho e estudo. Pago propinas, pago impostos, e não é fácil fazer tudo...

    Acho que há quem tenha direito também injustamente. Haverá casos em que esses pcs não servirão mais do que para "brincar"... O que é uma pena e mais um desperdício de recursos importantes.


    O Governo já se pronunciou sobre quanto vai gastar nesta inicitiva e quantas pessoas vão ser abrangidas por ela? Apesar de ser uma boa iniciativa acho que devemos sempre saber os seus custos.

    E depois há algo que me deixa triste, é ver que a educação dos portugueses mais jovens está cada vez mais virada para o egoísmo (materialista), como se verifica em certos posts. Pois só o que interessa é adquirir um computador barato, não interessam os custos que têm mesmo que sejam suportados pelos outros Portugueses.


    Vou deixar aqui um desafio a quem adquirir o pc nas condições das novas oportunidades

    Deixem um post sobre o que pretendem fazer com o vosso novo computador.
    Como vêem criei um novo tópico para não fugir ao tópico anterior.




    Axo que é um dever cívico para com quem não tem direito a eles e também devia ter...

    Obrigado.


    Post inicial: http://www.techzonept.com/showthread.php?p=2004222#post2004222
    (só o Migael e o iMode é que tiveram a coragem de responder ontem)
     
    Última edição: 14 de Setembro de 2007
  2. 112

    112 Power Member

    Para jogar Pinball nas aulas. :P
     
  3. Mirage_3D

    Mirage_3D Suspenso

    Jovens , egoismo ? Materialismo ? Nao terás te esqueçido de uma grande virtude portuguesa que mostras com muito afinco Aircom ? INVEJA ...

    O governo nao vai gastar nada com esta iniciativa , as operadores suportam a totalidade do custo dos computadores portateis , em troca o estado portugues facilita as liçensas para a 3G .
     
  4. luikki

    luikki Power Member

    o governo não vai gastar nada? ui, ui .... achas mesmo que a tmn e a vodafone são assim generosas? os custos dos táteis vão ser pagos (directa ou indirectamente) pelos contribuintes. tudo o resto é areia para os olhos:
    as qualificações à pressão, a propaganda e o foguetório não vão fazer do rectângulo um sítio melhor!
    táteis distribuídos ao "preço da chuva" (quero ver quem é que vai receber as reclamações quado as facturas de net começarem a aparecer com débitos de excesso de tráfego) e a avaliar pela maneira como (no tópico original) escrevem e raciocinam (?) alguns (muitos) dos candidatos às maquinas.... tudo vai ficar na mesma....
    antigamente, dizia-se: um burro carregado de livros é um doutor. agora, com estas "modernices", pode dizer-se: muitos burros carregados de computadores são doutores....
    sempre dá jeito para que os números das estatísticas fiquem mais cor-de-rosa....
     
  5. Meje

    Meje Power Member

    Aircom, bem vindo à realidade. Ainda não conheces o país onde vives? A sério que me parte a cabeça estas iniciativas de pseudo-civismo e apelos ao coração. Em Portugal toda a gente explora o estado, incluindo os próprios governantes, o estado é a grande Put@. Todos "roubam", quem não "roubar", fica mal... Se me perguntares se é correcto? Obviamente que não é. Portugal é um país de mentalidades "podres" e de individualismo, somos um pouco como os indigenas da Europa, se comparares com as mentalidades Nórdicas, é por isso que acho que isto nunca chegará a levantar-se. Preferia tornar-me um colónia Espanhola, acho que não seriamos tão explorados.

    Numa corrida em que todos andam de ferrari, se fores para lá de vw, vais ficar em ultimo. É um pouco isso que se passa em termos de atitude. Hoje tudo quer parecer fashion, vip e bem de vida. Essas fachadas muitas vezes não se mantêm com um ordenado normal, é preciso estar à espreita de tudo aquilo que pode ser explorado. Depois chega-se ao que exiiste hoje, aquilo que se generalizou e que chamo de mentalidade portuguesa (atenção que o estado também tem muita culpa).
     
  6. Mirage_3D

    Mirage_3D Suspenso

    "...Os três operadores móveis integram este programa definido pelo Governo no âmbito das contrapartidas alinhadas para a Sociedade da Informação aquando da atribuição das licenças 3G..."

    A TMN e as outras empresas em vez de pagarem uns bons milhoes pelas licenças , pegam nesses mesmos milhoes , dao portateis , e recebem a licença sem mais encargos , e ainda vao estar a ganhar da mensalidade da internet .

    Do nosso bolso nao vai sair tusto , o que aconteçe é que nao vai entrar tusto no estado das obtençoes das licenças .

    Infelizmente o dinheiro dos contribuintes continua a ir para reformas milionarias de empregados do estado que passaram uma vida inteira a cosar micoses .
     
  7. Meje

    Meje Power Member

    Qual é a diferença? É o mesmo que dizer que o copo está meio vazio, em vez de dizer que está meio cheio.
     
  8. Mirage_3D

    Mirage_3D Suspenso

    Tem a sua diferença , nao é o dinheiro dos meus descontos nem dos teus nem os do ze ali da esquina que vao pagar os portateis , a diferença esta aqui , o dinheiro dos contribuiente vai continuar a ser canalizado para as reformas milionarias dos empregados do estado que passaram a vida a cosar a micose .
    Os 200 ou 300 milhoes que as empresas BL moveis vao investir nos portateis em vez de pagarem as licenças nunca seriam canalizados para reformas ou camaras , sao daqueles dinheiros que muito bem desapareçem em Portugal , neste caso sabemos onde estam esses 200 ou 300 milhoes .

    É so a minha opiniao enquanto trabalhador e estudante RVCC , é normal esperar opinioes contrarias de quem nao tem direito ao portatil ... é a tal mentalidade portuguesa
     
  9. 112

    112 Power Member

    Até eu que acho que não vou ter direito ao portatil, digo que para já os portateis em questão são baratos, depois claramente as operadoras irão fazer um investimento que irá regressar com os 3 anos de net de maravilha que vão obrigar os "beneficiarios" a contratar. :zzz:
    Por isso o custo ao estado vai ser de 0€, de qualquer maneira mesmo que o governo tivesse que investir estava-me a "lixar" porque pago os impostos e até agora não me deram nada. :004:
     
  10. TheRunner

    TheRunner Power Member

    Bem visto que este tópico é para dizer o que se vai fazer com o portátil e não para estar aqui a opinar sobre a iniciativa do governo como têm sido os ultimos posts, aqui vai:

    A minha mão anda no curso das Novas Oportunidades e como tal tem direito ao portátil. Visto que já temos um desktop em casa, o portátil ficará para mim pois vou para a faculdade e só quero algo para trabalhar e o meu desktop fica para ela para ela fazer os seus trabalhos.

    Cumps
     
  11. Migael

    Migael Banido

    Bem existem aqui 4 ou mais pontos de vista para analisar esta questão, e enumerando acabamos por ter:

    -Governantes;
    -Operadoras;
    -Pessoas incluídas na Iniciativa;
    -Pessoas excluídas da iniciativa.

    Começando por analisar o ponto de vista dos Governantes, chegaremos à conclusão que estas iniciativas tem como objectivo não só requalificar uma população cada vez mais envelhecida e com os níveis de educação a não ultrapassam a média da União Europeia, mas sim também dar novas oportunidades para quem desistiu de estudar possa retomar os seus estudos do ponto em que os deixou. Várias campanhas do género já foram realizadas, mas duvido que alguma chegasse a ter o impacto que as mesmas estão a ter actualmente e ainda para mais com resultados visíveis. Este governo está de parabéns por isso.

    Também há a questão da atribuição dos portáteis de que toda gente fala, que numa primeira fase foram atribuídos a todos aqueles que ingressaram às novas oportunidades, que tem não só a funcionalidade de ajudar quem tem poucos estudos mas também para cativar novas pessoas a ingressarem nestas iniciativas, já que muito boa gente se não sentisse que iria ganhar alguma coisa com a inscrição isso não o faria.
    Além disso, este "prémio" (que no fundo não o é, pois quem paga o portátil é o utilizador) serve para colmatar uma falha que existe no ensino que tem de nome info-exclusão.

    Passando um pouco pelo pequeno ponto de vista dos privados, que apenas entram nesta iniciativa por terem uma perspectiva de mercado a curto e médio prazo que ultrapassa largamente os 3 milhões de clientes novos para o seu segmento de redes móveis. Obviamente que nenhum dos três operadores está nisto por obrigação, mas sim por necessidade de alargar o seu leque de clientes e com isto facturar mais uns milhões de euros por ano, visto que os equipamentos "oferecidos" ficam amortizados na sua totalidade quando acabam os contratos. Do ponto de vista empresarial só têm a ganhar. E ainda juntando ao facto de a única clausula para os equipamentos, será de os mesmos terem que ser montados em território nacional o que implica a criação de emprego, assim como um maior aumento do PIB. (Mais uma vez o estado volta a ganhar em dois pontos).

    Falando agora do ponto de vista dos excluídos da iniciativa que não só foram Universitários e os Alunos do 11º e 12º; foram também excluídos da iniciativa antigos alunos das novas oportunidades. Por isso, quem fica fora deste tipo de iniciativas, não se tem que queixar nem pode ficar indignado... pode quanto muito lamentar os tempos da oferta. Mas é assim a vida. Eu por exemplo não tive aulas de informática no 9º o que me obrigou a tirar um curso externo de informática e hoje qualquer aluno é obrigado a ter esse acesso. Quem diz aulas de informática diz aulas de educação sexual ou outro tipo de iniciativas sociais. Ou até mesmo nos tempos das novas oportunidades, por exemplo tive a sorte de ter os meus pais estarem inscritos no curso quando foi anunciado que iriam ser distribuídos portáteis... mas se o acaso levasse ao adiantamento de um mês, já só poderia lamentar.

    Para finalizar estes pontos de vista, só falta mesmo falar dos beneficiados, sejam eles das Oportunidades, ingressastes no secundário ou até mesmo professores, só lhes cabe a eles dar o melhor seguimento à sua formação tendo agora um computador para lhes dar apoio escolar - sei que muitos utilizaram o mesmo para brincar, mas pelo menos a brincar aprende-se muito... nem que isso apenas sirva para colmatar a info-exclusão. Assim como muitos professores vão aprender a lidar com as novas tecnologias, acompanhando assim, os seus alunos para lhes poder dar um ensino com mais qualidade. (Se soubessem a quantidade de professores que não sabem o que é uma palavra como USB, ou MS-DOS, não ficariam admirados).



    Já agora quanto à questão particular levantada, poderia não responder já que ninguém tem a ver com aquilo que eu faço com o meu dinheiro, mas posso referir que um dos portáteis vai fazer jeito para o meu ano lectivo na Faculdade, uma vez que me vai permitir ter acesso à rede e-U e realizar trabalhos na própria faculdade na companhia de colegas, assim como ter acesso a outros documentos importantes que só teria acesso em casa - que de outra forma teria de o comprar obrigatoriamente. Já o segundo ficará com o respectivo "dono" servido exclusivamente para trabalhos CAD - que também tinha em vista adquirir um a médio prazo.

    Por isso, posso dizer que estes "timings" do governo foram mesmo a calhar! :berlusca:
     
    Última edição: 14 de Setembro de 2007
  12. Mirage_3D

    Mirage_3D Suspenso

    respondendo ao topic em si , o meu portatil vai ser usado para excel & word e um software proprio da empresa onde trabalho e que me propos a entrada no RVCC , quem anda num curso de RVCC sabe o que eu digo e sabe a necessidade que tem , eu ja passei a primeira fase do meu RVCC e tenho um protefolio com 300 paginas escritas em word em horario pós-pós-laboral , daqui a 2 semanas vou começar a segunda fase e a necessidade de um portatil é enorme , so quem esta dentro de um processo destes sabe a necessidade do mesmo .

    voltando ligeiramente ao offtopic , ou talvez nao visto que o topic aberto em si é off-topic , volto a dizer ... aircom , educaçao dos jovens portugueses ... egoismo ...materialismo ?! e mentalidade portuguesa como a tua ?

    INVEJA ?...

    á muito tempo que sou user deste forum ms nunca senti a necessidade de um registo , apenas verificava as varias opinioes , mas hoje registei-me por ver certos posts carregados de falso moralismo tipico portuga ...
     
  13. Migael

    Migael Banido

    Não me digas que vais fazer daquelas apresentações maçadoras onde contas todos os dias da tua vida até a idade adulta...

    :zzz::zzz::zzz:

    ... Nem imaginas a seca que é para as pessoas que estão na assistência trabalhos que demorem mais do que 5 minutos. Que pena naquele dia em particular, em que fui assistir, não ter levado tomates podres :lol:
     
    Última edição: 14 de Setembro de 2007
  14. andper7

    andper7 Banido

    Quem compra a maior fatia de portateis sao os universitarios. Se eles fizessem esta iniciativa com os universitarios depois nao se vendiam portateis...
     
  15. Mirage_3D

    Mirage_3D Suspenso

    lol ja passei essa fase (300 paginas depois e aguardo diploma do 12º), muito secante e mta falta dos tais tomates ... agora vou passar para outro tipo de RVCC , para o RVCC profissional ... para ficar com carteira (diploma) profissional do emprego que desempenho á cerca de 6 anos .
     
  16. Migael

    Migael Banido

    lol ainda bem :) força nisso. ;) Não sabia da existência desse RVCC profissional. Mas pelo menos para já, só inscrevi os meus pais no 12º.

    ;)
     
  17. Aircom

    Aircom Power Member


    Mirage_3D, apenas vi algo neste forúm que me revoltou, se calhar exagerei na crítica, mas só se pica quem quer, não fiques tão enervado!

    Não tenho inveja de ninguém, antes pelo contrário, tenho orgulho do ponto que atingi na minha vida, pois lutei para o atingir e continuo a lutar para ter o futuro que desejo.
    Não faço conta com o cú da galinha.
    Aqui sim há uma virtude dos Portugueses.

    (inveja não é virtude, é defeito Mirage_3D e tens uma ideia muito errada do que é o verdadeiro povo Luso, infelizmente só deves ter maus exemplos próximo de ti, mas não generalizes por favor)

    Refiro-me a injustiça e não inveja, não gostar de ser gozado. Quem trabalha deve saber do que falo.

    Se as operadoras têm tanto a ganhar então porque é que não distribuem mais computadores, uma vez que o Governo também não gasta dinheiro nenhum. Podes explicar isso melhor
    (ou será que ainda não abriste os olhos)


    não sei onde é que viste a falta de moral oh "Mirage_Lama".


    Cumps
     
  18. Vieirao

    Vieirao Power Member

    Então aqui bem se lixam, que um vem cá para casa
     
  19. TheRunner

    TheRunner Power Member

    E outro vem para aquipela mesma razão.
     
  20. Trance

    Trance Power Member

    Ora vejamos a oferta da TMN:

    Vamos oferecer um portátil Portátil Fujitsu Amilo PRO V3515 que custa 599 Euros na Chipset e 499 no Reino Unido (google e vêr preços em lojas). Ora bem nós TMN devemos arranjar isto por 350 Euros ou menos da LG. Mas vamos dizer ao ppl que custa 800 Euros para parecer muito bom.

    Vamos por uma Fidelização de 36 mêzes obrigatória com um tarifário de 17,50 por mês para acesso á Internet a 384 kbs e vamos dizer que é banda larga. Trafego ... ora vejamos 1GB na net (a banda paga-se meninos). Mais que 1Gb começam a pagar 8,48MB para não serem gananciosos.

    Vamos pegar então na calculadora ... Ora bem 150 + 17.50*36 = 780 Euros. Tiremos o custo do portátil fica 430 Euros. Vamos dividir isto por 36 e temos 12 Euros por mês. Umm com esta ligação da treta e cobertura semelhante ainda temos lucro :) Bom muito bom. Arranjamos aqui um batalhão de clientes e ainda poupamos milhões em licenças ... negócio muito bom mesmo muito negócio ... e ainda ficamos com a imagem de bom samaritanos :) Isto claro para o escalão 3.

    Vamos agora ao escalão 2, 15*36 = 540 Euros. Menos 350 = 190 Euros. Dividimos por 36 temos 5 Euros mês para comunicações o portátil é pago pelo ppl. Ok ainda ganhamos aqui qq coisa, fora os restantes milhões em licenças. Não é mau mas podia ser melhor.

    Vamos agora ao escalão 1. Total 180 Euros ... bom aqui estamos a perder dinheiro. Umm não os milhões que poupamos em licenças cobrem isto tudo nice. Só espero que poucos do escalão 1 apareçam á porta, de qq forma isto é apenas por 3 anos e até lá o pessoal ainda continua analfabeto. Além do mais a nossa aposta são mesmo os universitários e professores do escalão 3. Sim porque o pessoal não vai agora aos bairros pobres e aldeias fazer publicidade disto claro está, pelo menos sem as câmeras da TV a filmar o nosso empenho em tornar Portugal num país desenvolvido.

    Sim por que nós tinhamos muito mais onde gastar o dinheiro ou vocês não percebem isso.

    Vocês aí a dizerem uns aos outros que são invejosos etc etc, estão é a ser todos totalmente comidos para não dizer outra coisa.

    Já agora milhão de euros dá +- 2860 amilos. É assim que portugal vai ficar melhor ... muito melhor.

    Trance.
    PS: Esta iniciativa privada na participação social dá cabo de mim :)
     
    Última edição: 15 de Setembro de 2007

Partilhar esta Página