1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

Preço dos jogos

Discussão em 'Jogos - Discussão Geral' iniciada por gfernandes, 8 de Junho de 2008. (Respostas: 21; Visualizações: 1407)

  1. Voystice

    Voystice Power Member

    Mais um tópico com este assunto?

    Está condenado a ser encerrado, até aposto!

    Por 2 motivos:

    Existem pessoas neste fórum que acham que pedir 50/60/70€ por um jogo é "normal"! Como, não sei! Mas que existem, existem!

    Depois quando se começa a dizer que se baixassem o preço dos jogos a pirataria diminuiria; aparecem logo meia-dúzia de fundamentalistas "holier than thou" a dizerem que mesmo assim ninguem compraria jogos à mesma, mesmo sabendo que a diferença de 70 para 30€ podería ser o suficiente para que muitos pais optassem por comprar um jogo aos filhos de vez em quando; ao invés de os "deixarem piratear" tudo o ke apanham,...

    E depois porque é óbvio que quer um jogo custe 30€ ou 70€, um miudo nunca vai ter dinheiro para comprar nem um nem outro, logo o mercado-alvo a "atacar" é o daqueles que acham que 70€ é um abuso, mas que 30€ já é aceitável!

    Mas enfim,... as palas na fronha de muita gente continuam lá; preferem proferir bacoradas fundamentalistas e cheias de moral bacoca, quando o mercado dos DVd's já nos mostrou a lição há vários anos...

    O motivo do preço exorbitante dos jogos em (p)ortugal é o mesmo para quase todos os outros bens de consumo;.. IVA exagerado, e uma chulisse descarada em quererem inventar impostos por tudo e por nada,... então se for para transformarem produtos culturais em luxos é mato!

    Muito mais haverá para ser dito, mas acho que nem deve valer a pena, uma vez que daqui a pouco já vão aparecer os fundamentalistas do costume mais a moral deles, e algum moderador acabará por encerrar esta thread, ou até apagar alguns posts...

    Fiquem bem!

    \w/
     
    Última edição: 9 de Junho de 2008
  2. Mitch

    Mitch Banido

    voystice, se te achas assim tão bom economicista, proponho que te candidates a um emprego numa editora de jogos, decerto que eles te vão contratar para baixar os preços para metade e mesmo assim conseguir mais lucro :lol:

    deves pensar que descobriste a pólvora.
     
  3. Voystice

    Voystice Power Member

    gfernandes: See what i mean?

    Uma coisa é o lucro das editoras; (30 euros chagavam e sobravam para pagar a editora e todo o canal de distribuição até ao retalhista; e existem exemplos que o comprovam, GT5: Prologue vendido a "half-price" e Resident Evil 4 para a Wii, proposto a 20€ pela capcom, mas que cá no burgo foi vendido aos 60 e tal euros da "praxe") e outra coisa é aquilo que o consumidor portuga paga a mais nos impostos. Mais de metade do preço do jogo pedido é impostos!

    Não tem nada a ver com economía, tem a ver com proxenetismo descarado mesmo!

    Cumps!

    \w/
     
  4. Mitch

    Mitch Banido

    volto a pergunta: se vender os jogos mais baratos der mais dinheiro, porque é que não o fazem?
    ah, e explica lá essa de mais de metade do jogo serem impostos. tanto quantos sei o iva ainda não passou dos +21%
     
  5. sapropel

    sapropel Power Member

    mas ainda há quem compre jogos em portugal?
    so se forem burros ou ricos ou ambos!
     
  6. gfernandes

    gfernandes Power Member

    Olá a todos.

    Espero não ter tocado num assunto demasiado falado nestes forums. Apenas queria fazer uma discussão "saudavel" em relação ao mesmo.

    Não vou criticar as vossas escolhas e ideais individuais de maneira "ofensiva" ou destrutiva, mas sim de maneira construtiva. Gostaria que todos fizessem o mesmo.

    Voystice:

    Tocou num ponto importante, apesar de eu me poder inserir claramente no grupo dos "putos" que o senhor diz.
    Pelo menos no meu caso, que recebo uma mesada de 40€, e sou possuidor de uma Playstation 3, acho que pagar 60/70 euros por um jogo é algo de absolutamente absurdo, como você diz e muito bem.
    Para alguem como eu é impossivel pagar despesas de tal ordem, apesar de se comprar no estrangeiro ir gastar também algum dinheiro, mas, é a minha diversão que está em jogo.

    Mitch:
    volto a pergunta: se vender os jogos mais baratos der mais dinheiro, porque é que não o fazem?

    Porque existem pessoal que lhes chegue que continua a comprar os jogos a 70€, logo porque haveriam eles de baixar?
    Penso que isto tudo é mais um problema de consciencialização geral da população em relação ao que se passa neste pais.
     
  7. rafsantos

    rafsantos Power Member

    Fora os 10€ do imposto do IGAC.
     
    Última edição: 8 de Junho de 2008
  8. Mitch

    Mitch Banido

    10 euros do IGAC? isso quer dizer que quando se compram jogos "platinum" ou semelhantes, que na realidade perdem dinheiro? :D
     
  9. Voystice

    Voystice Power Member

    Volto a repetir: As editoras "vendem", ou "fornecem" os jogos para o preço-alvo de 30/40€,...

    Os impostos cá do burgo é que "atiram" o preço final para os 60/70€ (impostos de "luxo" que nem deveríam existir, sequer!)

    Já para não falar na pouca-vergonha de empresas como a Concentra de venderem avulso jogos de bundle "not for sale"; e da decisão dos retalhistas venderem ao público a +60€ um jogo que a Capcom definiu como P.V.P os 20€,... (R.E.IV Wii Edition)

    Cumps!

    \w/
     
  10. Voystice

    Voystice Power Member

    Não, não perdem, daí já vês a xulisse...

    \w/
     
  11. Mitch

    Mitch Banido

    então se eu vejo jogos À venda por 10 ou 12 euros, com 10 euros pro IGAC e 21% de IVA, não têm prejuízo? :p
     
  12. Ibodhi

    Ibodhi Power Member


    Os unicos jogos que compro em Portugal são raridades que encontro nas Cash Converters e alguns jogos que não enviam para cá xD
     
  13. Voystice

    Voystice Power Member

    Perde, so se for a loja, porque os xulos do costume já receberam o pagamento por inteiro quando o jogo era novo... :)

    \w/
     
  14. Irxson

    Irxson Power Member

    Caso não saibas os 21% são aplicados no preço recomendado de venda do produto.
    Estás a querer dizer que ignorando os impostos o produto deveria ser 2x mais caro do que noutro pais?
    Se acham que licença sobre software de lazer é um luxo, concordo plenamente, tal como a Internet, o sofá, a cama, a TV, os canis de TV, o jogo de futebol, comer um prato de sushi em vez de algo mais barato, até o computador que estas a usar é um luxo, o que não significa que por o ser ao se definir um preço superior localizado seja moralmente justificável, "ha mas têm esse direito", pois têm ainda assim não nos retira o direito de protestar, uma vez que é possivel existir preços mais baixos.
    A gasolina é u mexemplo... Pela tua ordem de ideias Mitch, tudo deve ser deixado como está, pois está tudo nas mãos dos divinos capitalistas, e nós deveriamos pagar 70€ por um DVD, 1000€ por um DVD player e 24.000€ por um carro urbano como um C2.
    Epá eu não vou entrar em discussões gastas e sem sentido ou objectivo.
     
  15. CH4OS

    CH4OS Power Member

    Desculpa? O IVA não é aplicado assim! O IVA recai sobre o valor liquido do produto e cuja soma irá dar o valor bruto que é o valor de venda ao publico. O Preço recomendado de venda não tem nada a ver com isso.....
     
  16. Irxson

    Irxson Power Member

    E o valor liquido do produto é o quê? Falhas ao tentar não ver para lá do óbvio.
     
  17. Mavors

    Mavors Power Member

    Só se o estado andasse a dormir. :)

    Posso-te dizer que segundo a lógica já apresentada anteriormente (WII REIV p.ex.), não é o preço recomendado.
     
  18. .DX.

    .DX. Power Member

  19. CH4OS

    CH4OS Power Member

    O valor liquido é o valor determinado pelas lojas para venda sobre o qual incide o IVA (que vai para o estado) o que é diferente do valor recomendado de venda ao publico. É que isto nem sequer tem discussão e espanta-me quando ainda teimam em debater algo que é obvio que não teem qualquer conhecimento....
     

Partilhar esta Página