1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Primeira Reflex: canon eos 600D, 650D ou 60D? Qual escolher?

Discussão em 'Recomendações de Equipamento' iniciada por Antonio_Sousa, 23 de Dezembro de 2012. (Respostas: 23; Visualizações: 6528)

  1. Olá a todos, descobri este site em pesquisas na internet, e já li alguns tópicos sobre cada uma dessas máquinas que tenho dúvida sobre a qual escolher, mas não há nenhum tópico comparativo. Para já o que já li e sei é que a 600D tem a vantagem no preço. A 650D tem vantagem no video, com auto zoom, mas pelo que vi funciona de forma algo lenta e aos pulos, o micro é estério mas tem muito ruido de fundo, tem um bom alcance de ISO superior à 60D, mas sinceramente irei tirar partido disso? Tem o novo Digic5 mas pelas reviews a camera não é mais rápida e silenciosa que a 60D. Supostamente tem um sistema que com pouca luz tira 3 fotos seguidas e sobrepôe-as, criando uma melhor definição de imagem, mas comparando no youtube certos videos, a imagem é exactamente igual. Depois temos a 60D um pouco mais cara, com 5 disparos por segundo (contra 5,3 da 650D) mas com um buffer que aguenta 6 segundos seguidos, enquanto a 650D passados 2 ou 3 segundos abranda para 1 fps. A bateria da 60D dura quase o triplo das outras. A 60D é mais resistente, estando preparada para apanhar água (pingos, e chuva leve...). Também vi uma review que a 650D bloqueia muito, mas era recém lançada, e provavelmente haverá firmware para a corrigir. Também li num sitio que a 650D nao tem fast focus, mas no site da canon diz que sim, fiquei sem saber se já foi adicionado posteriormente. Gostaria quem tem estas máquinas, ou conhece, ou já trabalhou com elas, que desse o parecer sobre qual a melhor para um iniciante, que dá valor valor ao facto de poder fazer videos tb, embora não seja o mais relevante. Abraço a todos e bons disparos.
     
  2. jm1.jonas

    jm1.jonas Power Member

    Aconselho-te muito a leres o livro "Fotografia" do Joel Santos antes de comprares o que quer que seja visto que pelo que escreveste ai deu para perceber que pouco percebes de camaras e de fotografia no geral.

    A 60D não é resistente a água nem perto.
    Camaras não são computadores nem tiram fotografias por ti, os 3 corpos que falas são muito parecidos em termos de sensor, tens de ver se as pequenas diferenças compensam a diferença de preço, e o mais importante que já reparei que não sabes é que o que faz a qualidade de imagem é a Lente, significando que não te serve de nada ter um bom corpo se vais meter uma lente da treta á frente.
     
  3. A lente que estou a pensar adquirir é a EF-S 18-135mm em qualquer dos modelos, pois parece-me que é uma lente que é bastante abrangente, não havendo necessidade de andar a trocar de lente constrantemente. Aconselham para primeira lente?
     
  4. Wildstar

    Wildstar Power Member

    O objectivo de usar uma DSLR é precisamente trocar de lente, obtendo a melhor relação qualidade-preço para cada ocasião...

    A 60D é melhor que a 650D, ponto final. A 650D pode ter mais tretas para marketing, mas no que realmente interessa a 60D é melhor, por isso é que está num patamar acima das xxxD e por isso é que custa mais.
     
    Última edição: 23 de Dezembro de 2012
  5. boras

    boras Power Member

    X2


    Se não queres andar a trocar de lentes compra uma bridge... A sx50 por exemplo.

    A mim dá-me muito gozo trocar lentes sempre que posso/preciso. Quem me dera poder fazê-lo mais vezes! Era sinal que tinha muitas lentes!!:-D Por isso é que tenho uma dslr...
     
  6. Bem sei que trocar de lentes é bom e aconselhável, mas o dinheiro não abunda, e um amigo que tem uma 50D com a lente 18-200 é que me disse que quando teve a sua primeira dslr (1000D) comprou com a 18-55 e a 55-250 para ter 2 lentes, e era uma treta, porque são lentes muito limitadas, uma apenas permite fotos perto outra longe, e que ele tinha conhecimento que a 18-135 é das melhores e mais versáteis lentes do mercado. Não é por acaso que qualquer desses modelos com esta lente é mais caro do que com as 2 anteriores que referi antes.

    A vantagem destas máquinas em termos de lentes, nem é tanto trocar de lentes para estas amplitudes, pelo que percebo, mas sim, permitir em caso de necessidade (e poder económico claro) comprar uma lente dedicada para macro, comprar uma fish-eye ou uma tele-objectiva, etc, e garantir excelente qualidade, desde que claro está e já foi dito acima, as lentes sejam boas (logo, caras).

    Pois é, em relação à máquina estou indeciso entre os 3 modelos, 600D ganha no preço, a 650D no video, que apesar de não ser perfeito é prático, e a 60D que é mais máquina.

    Gostaria de ouvir experiências de cada um com os modelos que entraram nas dslr e as dificuldades que sentiram e necessidades, porque trocaram ou não de máquina depois, etc.

    Feliz Natal a todos e bons disparos.
     
  7. jm1.jonas

    jm1.jonas Power Member

    Não quero ofender o teu amigo, mas ele não percebe absolutamente nada de fotografia. E novamente aconselho-te o livro do Joel Santos "Fotografia" para perceberes como é que funciona isto das DSLRs, estás completamente trocado, quanto á 650D ser boa no preço, o auto-focus é horrivel...

    A lente do teu amigo a 18-200 é uma lente muito mázinha, e a 18-135 não é má, mas não é de longe nem de perto a melhor lente do mercado...
     
  8. pitogas

    pitogas Power Member

    A versatilidade não é tudo. Por vezes mais vale andar a trocar de lente do que ter uma cheia de aberrações e distorções. Se eu fosse a ti optaria pela 60D (apenas corpo) e comprava a 15-85 à parte (mas também não conheço o teu orçamento disponível).
     
  9. Wildstar

    Wildstar Power Member

    Como amigos desses quem é precisa de inimigos :-D
    Pela conversa vê-se claramente que o teu amigo não sabia o que fazia e estava a usar a máquina como se fosse uma compacta.
    Quanto maior a gama (real) da lente, mais dificil e caro é ter qualidade de imagem. Por isso é que se usa duas lentes, permitem sempre ter maior qualidade de imagem para o mesmo preço. Por exemplo, compara a 55-250 com a 18-135 aqui. É muito mais fácil fabricar uma 55-250 do que uma 18-135.
     
  10. O orçamento para máquina, lente, tripé, filtro, cartão, bolsa, bateria extra, para começar, seria rondar os 1000€. Não quero gastar demasiado dinheiro para depois estar encostado. Eu sou um curioso da fotografia, comecei a fotografar em modo automático com a minha olympus sp-550uz e depois passei para os modos manuais e fui percebendo por mim as pequenas diferenças obtidas com mais abertura, mais tempo de exposição, etc, e queria dar o salto, mas não exagerar pois o meu gosto pela fotografia está só a começar e pode desvanecer-se e fico com muito dinheiro "empatado".

    Vou comprar o livro do Joel Santos conforme me recomendaram (estou a tentar achar online), e descobri um site www.cambridgeincolour.com que estou a adorar explorar.
     
  11. Expo

    Expo Power Member

    Mais um aspirante a aprendiz de fotógrafo a deitar fumo pelas orelhas, já veio de outro fórum com com N de explicações válidas e não as aceitou até que lhe deixaram de responder aos posts. Escolhe uma bridge e tens o caso resolvido!
     
  12. Agradeço a dica, mas bridge já eu tenho. E não vim de outro forum, fui deste para o outro. Sim sou aprendiz de fotografo, não nasci ensinado, e vim aqui com intuito de aprender com quem sabe algo de máquinas e fotografias explicasse como funcionam as coisas através de debates e ideias e conceitos, como têm feito acima, e vou recolhendo informações aqui e ali e formo a minha opinião, pelo facto de rebater penso que é para isso que servem os foruns, para debater ideias, e é desta forma que se aprende, porque já li o livro do Joel Santos conforme recomendaram, e fico praticamente na mesma sobre o que comprar. Sinceramente já aprendi mais a ler debates em foruns do que propriamente no livro (com todo respeito pelo Sr. Joel Santos).

    A minha ideia ao perguntar pelo corpo da máquina era para quem as tem ou já teve e trocou, para partilharem as limitações das mesmas que os levaram a trocar.

    Quanto à lente tenho lido bastante pq há bastantes mais debate, e não precisei ainda criar um tópico, já destas máquinas não achei debate e confronto de ideias que me tirasse as dúvidas.
     
  13. Wildstar

    Wildstar Power Member

    Mas afinal qual é a dúvida? É que entre as 3 máquinas não há dúvidas nenhumas a ter. Mesma marca e sensor, a qualidade das fotos é a mesma.
    - 600D: mais barata, só tem um ponto AF cruzado;
    - 650D: tem os nove pontos cruzados; tem também AF hibrido em video mas pelo que vi isto não tem grande utilidade;
    - 60D: tem os nove pontos cruzados, buffer e velocidade de disparo maior, bem como um corpo muito mais robusto que faz as outras parecerem brinquedos e um viewfinder melhor.

    Ter os nove pontos cruzados é útil sobretudo para fotografar alvos em movimento. Para coisas paradas não têm grande utilidade (basta focar e recompor).
    O AF hibrido para video da 650D no papel parecia bom, mas vendo os resultados aquilo não serve para nada.
     
    Última edição: 7 de Janeiro de 2013
  14. Sim tem razão, a 60D ganha, não é por acaso que é XXD, ganha em autonomia também, quase triplo da autonomia. Acho que vou perder amor à diferença de preço e ficar mais satisfeito.

    Já vi videos no youtube feitos com a 60D e para videos caseiros é mais que suficiente e era aí que constistia a minha dúvida principal.

    Outra coisa que a 650D faz por si só e a 60D não tem ainda, é controlo de luz HDR, que o Sr. Joel Santos menciona no livro, e que pode ser feito manualmente, mas a 650D já faz sozinha, tira 3 fotos seguidas, sobrepõe-as, e apresenta uma foto com maior amplitude dinâmica, (que pelo que li, a Nikon bate a Canon neste aspecto).

    Mas é possível fazer com a 60D mas com bastante mais trabalho, penso que posso deixar referencias a outros sites, e este achei interessante:
    http://www.tecmundo.com.br/fotograf...tecnica-hdr-para-criar-imagens-mais-reais.htm

    A lente continuo inclinado para a EF-S 18-135 IS, não tem tanta distorção nem aberração como as 18-200. Depois com o tempo vou com calma tentar comprar em segunda mão lentes melhores.

    Bons disparos!
     
  15. boras

    boras Power Member

    Quanto ao HDR "Automático" vs o "manual", prefiro o manual :). Não dá trabalho nenhum. Configuras o auto-bracketing com o intervalo de exposição que pretendes, carregas no botão de disparo 3 vezes(a máquina altera-te automáticamente a exposição por ti em cada foto), abres o photoshop e fazes o merge das 3 imagens e depois aplicas o estilo que preferes. Ou então usas o photomatix. Não deixes que o HDR in-camera seja um factor de escolha :)
     
    Última edição: 8 de Janeiro de 2013
  16. capitaomorsa

    capitaomorsa Power Member

    Embora possam existir questões de garantia, com o SW Magic Lantern podes ter HDR's "automáticos" na 600D ou na 60D e com muita mais flexibilidade e controlo.
     
  17. Wildstar

    Wildstar Power Member

    Pessoalmente não gosto de HDR automatico, mas de certeza que há plugins para isso no PS ou semelhantes.
     
  18. Queria só dizer que li que a 60D é selada na zona da bateria e do cartão, ao contrário das XXXD, o que dá maior confiança para tirar fotos em zonas mais húmidas, tal como zonas de praia, zonas com nevoeiro e quando tá aquele orvalho matinal. Não posso afirmar que isto é mesmo assim mas para mim faz sentido, gostaria de saber a vossa opinião.

    Bons disparos :)
     
  19. Sim li no livro do Joel Santos que é possível fazer manualmente, mas não conhecia o auto-bracketing, pensei que dava um pouco mais de trabalho, apesar de que continuo a achar que fazendo foto a foto com tripé, analisando as zonas escuras e claras e ajustando no momento deverá ser o ideal, mas agradeço imenso a informação pois certamente a prática hei-de chegar à conclusão que as amplitudes não irão diferir muito e programando automaticamente o efeito já é bastante bom. Vou pesquisar a estudar como se faz e como funciona. Boa dica Boras :-) Obrigado.

    Menos um ponto a favor da 650D.
     
  20. Wildstar

    Wildstar Power Member

    Condições adversas também não são assim tão adversas. Já levei a minha 1100D para a praia, levou um banho de areia e pó e continua impecável. Claro que pode ter sido só sorte... Infelizmente o mesmo não posso dizer da objectiva que ficou com areia no mecanismo :(
     

Partilhar esta Página