1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Compara os preços de Smartphones das marcas mais populares:
    ASUS | Alcatel | Google | Huawei | HTC | LeEco | LG | Meizu | Motorola | Nokia | Samsung | Sony | Xiaomi

Processador MediaTek MT6588 Quad-Core

Discussão em 'Android' iniciada por geekk, 1 de Setembro de 2012. (Respostas: 6; Visualizações: 1572)

  1. geekk

    geekk Power Member

    Fonte: http://techideki.com/mediatek-mt6588-quad-core-phones-to-welcome-us-this-2013/

    Tradução:

    MediaTek MT6588 Quad-Core Telefones chega em 2013


    A empresa por trás desses MTK6577 dual-core telefones que estamos desfrutando agora, nos traz uma boa notícia sobre o seu plano de futuro para a etapa com esta corrente corrida smartphones Android. Agora, aqui está algo para antecipar, o MT6588/MTK6588. que é um chip novo processador quad-core que está programado para começar a rolar para fora no primeiro trimestre de 2013.

    [​IMG]
    Logotipo MediaTek
    Isso é uma grande notícia. Nós todos sabemos que aparelhos com chipset MediaTekprocessamento são realmente baratos. A alegria de ter um smartphone quad-core por um preço barato é realmente uma maravilha. Eu tenho sido um usuário de telefones baseadosMediaTek por algum tempo agora e eu posso dizer que ele é um ator muito bom, que pode até levar uma à frente de outros tipos de chips de processamento Android em testes de benchmarking e experiência do usuário (UX) baseada no desempenho.

    Este novo MTK6588 processador quad-core tem clock de 1,5-1,7 GHz de velocidade.Este processador é capaz de processar resoluções HD de até 1280 × 800 pixels, uma câmera que pode usar uma caranga de 13 megapixels e captura vídeos de até 1080p de qualidade. O MT6588 será baseado em ARM Cortex A7 em 28nm. Algumas fontes disseram que seremos capazes de ver os dispositivos com esta especificações sobre o 2 º semestre do próximo ano.

    [​IMG]
    MediaTek MT6588/MT6583 tabela especificações detalhadas
    MediaTek é também sobre o plano para incluir suporte LTE sobre este novo chip, como citado pelo general MediaTek gerente Xieqing Jiang. Isso significa que dispositivos LTE Android vai se tornar mais barato e mais acessível como era também um alvo da empresa; permitindo que os fabricantes de smartphones para liberar mais baratos aparelhos que suportam esta tecnologia 4G.
    Lá vai um ponto forte em obter esta dispositivos MediaTek baseados sobre os chips da Qualcomm e Nvidia potência em um dispositivo. Seu sinal óbvio que um MediaTek quer aumento no baixo custo e maior consumidor-base com seu preço mais barato oferecido na quad-core dispositivos.
     
    Última edição: 1 de Setembro de 2012
  2. 2_kamikaze_2

    2_kamikaze_2 Power Member

    mais tarde ou mais cedo vamos ver estes cpu's nas grandes marcas como vemos hoje em dia nos telemoveis mais baratos
     
  3. ToTTenTranz

    ToTTenTranz Power Member

    Não sei até que ponto é que é verdadeiramente "inteligente" (diga-se, desenhar para performance e não para o marketing) ter 4 cores Cortex A7.

    Tanto quanto sei, o Cortex A7 foi desenhado mais para implementações big.LITTLE a par com o Cortex A15 (ter um Cortex A7 que consome pouquinho + 2 Cortex A15 que gastam muito).

    A performance não deve ser má, mas a menos que venham a >1.5GHz, esta solução 4x Cortex A7 deve ficar atrás dos Cortex A9 dual, e ainda mais dos Krait dual.

    O SGX544 é que é uma verdadeira lufada de ar fresco, estava a ver que a MediaTek nunca mais saía do velhinho SGX530.
     
  4. RuiRamosPT

    RuiRamosPT Power Member

    Então qual escolhias?

    MT6588 ou MT6583? São os dois Cortex A7?

    Compensa "trocar" o A9 por um SGX544?

    Qual será o melhor combo?

    MT6577 vs MT6583?

    Obrigado desde já.
     
  5. ToTTenTranz

    ToTTenTranz Power Member

    Se o MTK6583 tiver Cortex A7 (acho que sim), então clock-por-clock o MTK6577 deve ser mais rápido. Mas é só clock-por-clock.

    A ARM diz que o Cortex A9 dá 2.5 DMIPS/MHz/core, e o Cortex A7 dá 1.9 DMIPS/MHz/core.
    2.5/1.9 = ~1.32

    Ora, se não me engano o MTK6577 vem a 1GHz, portanto basta que o MTK6583 venha a mais de 1.32GHz que já é mais rápido do que o anterior.
    Olhando para as velocidades de CPUs que têm saído a 28nm, dá para ver que quase todos vêm a 1.5GHz ou mais, portanto um Cortex A7 @ 1.5GHz é um pedaço mais rápido que um Cortex A9 a 1GHz.
    Relativamente a GPU, o SGX544 é muito mais rápido que o SGX531 (que na prática é um SGX530 com maior largura de banda interna).


    Eu acho que é relativamente seguro assumir que o MTK6583 vai ser mais rápido que o MTK6577.
    É claro que ainda vamos ter que esperar +/- 1 ano até que saiam smartphones com os MTK658x, portanto eu esperava "sentado"..
     
  6. RuiRamosPT

    RuiRamosPT Power Member

    Estes posts são qualquer coisa de espectacular.

    Mas não há diferenças entre o A7 e o A9? Do género de versões de ARM? Ou na versão das instruções?

    Sei que há o A5, A8, A9 e A15, pelo menos. Estas versões diferem, resumidamente, em quê afinal?

    Obrigado desde já pelo teu tempo perdido.
     
  7. ToTTenTranz

    ToTTenTranz Power Member

    [​IMG]


    O Cortex A8 foi a primeira vaga de CPUs com instruções ARMv7, assim como todos os Cortex Ax que vieram a seguir.

    A seguir veio o Cortex A9 com bastante maior performance/clock que o Cortex A8 e capaz de funcionar em multi-CPU, mas também a ocupar mais transístores.

    O Cortex A5 é a versão low-cost e low-power dos Cortex Ax com performance inferior ao Cortex A8, e está equiparado ao ARM11 clock-por-clock. Um Cortex A5 a 1GHz deve ser equiparável a um Cortex A8 a ~800MHz, ou um Cortex A9 a ~650MHz.
    Cortex A7 é um CPU com performance/clock muito semelhante à de um Cortex A8, mas capaz de funcionar em multi-CPU e especialmente desenhado para funcionar em multi-CPU com o Cortex A15.

    O Cortex A15 vai ser um "monstro" de performance e será o primeiro CPU realmente "ameaçador" para a Intel no mercado de portáteis (tanto quanto sei, está perto do Core2 em performance/clock, mas ainda muito superior aos Core ix em performance/watt), mas para isso sacrifica no consumo energético. Para isso, a ARM desenvolveu sistemas big.LITTLE, onde temos um Cortex A7 que gasta muito pouco nas tarefas leves e os Cortex A15 que despacham rápido as tarefas pesadas.
    O objetivo é então usar o mínimo de tempo possível os Cortex A15 e o máximo de tempo os Cortex A7.

    Todos usam o conjunto de instruções ARMv7, mas acho que os Cortex A15 e Cortex A7 têm instruções adicionais, ARMv7a ou coisa parecida.
     

Partilhar esta Página